jornal maranduba news #79

Download Jornal Maranduba News #79

Post on 24-Jul-2016

221 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Notícias da Região Sul de Ubatuba

TRANSCRIPT

  • Maranduba, Dezembro 2015 - Disponvel na Internet no site www.jornalmaranduba.com.br - Ano 6 - Edio 79

    15 Romaria a p Aparecidabate recorde de peregrinos

    Foto: Aguinaldo Jos/PROMATA

  • Pgina 2 Jornal MARANDUBA News Dezembro 2015

    Editado por:Litoral Virtual Produo e Publicidade Ltda.

    Fones: (12) 3832.6688 (12) 99714.5678 e-mail: jornal@maranduba.com.br

    Tiragem: 3.000 exemplares - Periodicidade: mensal

    Editor Chefe: Emilio CampiJornalista Responsvel: Ezequiel dos Santos - MTB 76477/SP

    Colaborador: Pedro dos Santos Raymundo - MTB 0063810/SPConsultor Jurdico - Dr. Robson Ennes Virglio - OAB/SP 169.801

    Consultor Ambiental - Fernando Novais - Eng Florestal CREA/SP 5062880961

    Colaboradora: Adelina Fernandes Rodrigues

    Os artigos assinados so de inteira responsabilidade de seus autores e no refletem a opinio da direo deste informativo

    TODO MUNDO L. ANUNCIE: (12) 3832.6688 - (12) 99714.5678

    Bar do Pedro

    Um estabelecimento que faz parte da histria da Maranduba o Bar do Pedro. Localizado de frente para o mar, prximo a praa do Sap, centro co-mercial local, esse bar come-ou a funcionar na dcada de 70 como uma barraca de praia feita de bamb.Local pitoresco, sempre co-

    nhecido como point badalado da regio, foi muito frequen-tado pelos turistas que busca-

    vam na Maranduba seu refgio de frias e finais de semana. Por mais de 4 dcadas o bar foi administrado pelo empre-srio Pedro Resende e sua fa-mlia.Em novembro de 2014 o Bar

    do Pedro passou a ter nova direo. Sob o comendo dos empresrios Carlos Alberto Guandaline Alves (Carlinhos) e Rubens Mendes do Patroc-nio (Rubinho), o Bar do Pedro

    sofreu algumas modificaes para melhor atender ao pbli-co local. Alm das pores e batidas, o local oferece um res-taurante com deliciosos pratos a la carte e uma pizzaria com forno lenha. Nesse ambien-te aconchegante a beira mar tambm conta com msica ao vivo nos finais de semana. Mais uma opo para quem

    deseja desfrutar deste paraso chamado Maranduba.

  • Dezembro 2015 Jornal MARANDUBA News Pgina 3

    Prefeito desiste de projeto que dispensaria prdios na Maranduba de fiscalizao ambiental pelo Estado

    Leandro Cruz/Informar Ubatuba O prefeito Maurcio Moromi-

    zato (PT)acabou desistindo do Projeto de Lei 05/15, de autoria do prprio Executivo, que criaria uma Zona de Es-pecial Interesse Social (ZEIS) em um terreno na regio da Maranduba reclamado por um empresrio local. Se aprova-da, essa forma de regulariza-o fundiria permitiria que futuros empreendimentos fossem levados a cabo sem a necessidade de Declarao de Conformidade Urbanstica e Ambiental (DCUA), emiti-da pelo Governo do Estado e auto de regularizao da Se-cretaria de Habitao.Embora o ofcio assinado por

    Maurcio contenha carimbo do ltimo dia 18, o pedido de re-tirada do projeto s foi torna-do pblico na ltima sesso da Cmara Municipal de Ubatuba, durante a leitura do expediente.

    O PL 05/15 tramitava em regime de Urgncia Especial, isso , dispensando o pare-cer da Comisso de Justia e Redao. A comisso ha-via recomendado que antes da aprovao do PL, fossem feito amplo debate com espe-cialistas e a sociedade, sobre-tudo os moradores da regio.A retirada do projeto acon-

    teceu aps diversas manifes-taes contrrias por parte do Conselho Municipal de Meio Ambiente, de morado-res da regio, de vereadores e de organizaes de prote-o ambiental. Esses mes-mos grupos tambm fizeram crticas a outro projeto, irmo deste, o PL 06/15 que pas-sa a permitir prdios de at quatro andares na regio e foi aprovado a toque de cai-xa aps tambm ser colocado em regime de Urgncia Espe-cial.

    Leandro Cruz/Informar Ubatuba O vereador Claudnei Xavier

    (DEM) voltou a defender a aprovao de legislao que permite a construo de pr-dios de at quatro andares em uma rea da regio Sul de Ubatuba, prxima a um famoso posto de gasolina. Segundo ele, a supresso da mata nativa naquela rea necessria para atender demanda habitacional do mu-nicpio, cuja populao vem aumentando.Em sua avaliao, o desma-

    tamento de determinadas re-as se justifica devido ao fato

    Xavier volta a defender prdios na Maranduba e chama InforMar e Reclama Aqui de mdias nocivas e retrgrados

    de o municpio ter mais de 85% de seu territrio cober-to por vegetao nativa. Vai construir no mar?, ironizou.Na tribuna, em seu longo

    discurso de mais de 20 minu-tos, aps falar tambm sobre questes relacionadas Sa-de e defender a permanncia de Ubatuba na Regio Me-tropolitana do Litoral Norte, Claudnei disse que voltava a abordar o tema dos prdios na Maranduba para responder queles que, em suas pala-vras, estariam batendo nele na Internet. Xavier criticou os ambientalistas e falando sobre

    o que classificou como pen-samento retrgrado citou o portal de notcias e turismo InforMar Ubatuba e o grupo de debates do Facebook Re-clama Aqui, Ubatuba, que conta com mais de 12 mil membros. Para o vereador, o site de notcias e o frum de discusso online seriam m-dias nocivas.Os debates iniciados nas

    redes sociais que contiveram opinies que desagradaram ao vereador foram gerados pela tramitao dos Projetos de Lei 05/15 e 06/15. Corfor-me noticiado pelo InforMar

    Ubatuba, o projeto 06/15, j aprovado, permite prdios de at quatro andares e faz me-nos restries ao uso do solo a uma determinada rea da regio da Maranduba.O projeto 05/15, que cria-

    ria uma ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) em uma rea de 120 mil metros qua-drados, dispensaria eventuais futuros empreendimentos de terem que receber aprovao de orgos estaduais de fisca-lizao ambiental e urbansti-ca. O prefeito Maurcio Moro-mizato (PT) acabou pedindo a retirada da pauta do projeto,

    de autoria do Executivo, aps receber crticas do Conselho Municipal de Meio Ambiente, de vereadores, de cientistas e de moradores da regio Sul.Os dois projetos receberam

    pedido do Executivo para tra-mitar em regime de Urgncia Especial, isso , passando por cima da Comisso de Justia e Redao que havia dado parecer contrrio a ambos os PLs. A comisso recomendava que antes de ir a plenrio o assunto fosse debatido com a sociedade por meio de ins-trumentos como audincias pblicas.

  • Pgina 4 Jornal MARANDUBA News Dezembro 2015

    Projeto Pescador Amigo incentiva consumo responsvel de pescados e valoriza pescadores artesanais

    Ezequiel dos Santos O projeto que inicialmente

    foi criado para reduzir a captu-ra acidental de tartarugas ma-rinhas e golfinhos, atualmen-te trabalha em parceria com pescadores do litoral sul de So Paulo na adoo de prati-cas de pesca responsveis de forma interativa, respeitosa e incentivada do ponto de vista sustentvel. Guia de ConsumoO projeto dispe gratuita-

    mente um guia de consumo responsvel de pescados que pode ser baixado e impresso atravs da internet a ser uti-lizado na hora da escolha de pescados para consumo. Clas-sificado em trs categorias BOM APETITE, COMA COM MODERAO E EVITE, - a tabela apresenta 61 espcies de pescados, desde o consu-mo livre at o restritivo. As atividades do Projeto Pesca-dor Amigo so desenvolvidas por uma equipe de monitores, educadores ambientais, estu-dantes de Biologia e mestres para disseminar o conheci-mento em diferentes faixas etrias, grupos sociais e cul-turais.

    CartilhaExiste tambm uma cartilha

    ambiental e uma Histria em Quadrinhos, para atender cer-ca de 4 mil alunos da Rede P-blica da Baixada Santista. Com o ttulo Pescando Novos Co-nhecimentos, a cartilha traz como personagens principais O Pescador, A tartaruga Ma-rinha e a Toninha (Golfinho). Este material pode ser dispo-

    nibilizado atravs da internet e mostra a arte da pesca e medidas simples que vem aju-dando a diminuir os acidentes com espcimes que no fazem mais parte do cardpio huma-no. Com uma didtica interes-sante o material em nenhum momento aborda a brutalida-de que vem ocorrendo com a categoria.Simples idias Os depoimentos de pesca-

    dores a respeito da impor-tncia de prticas de pesca responsvel fazem parte do documentrio Pescador Ami-go. Idias simples de pesca-dores como adoo de praticas de pesca com redes de fundo, que evita a captura de tartaru-gas, tingimento da rede usada no cerco flutuante, tcnicas de

    manejo cuidadoso de espci-mes a serem retirados da rede tambm foram premiados. Ao que parece, o importante sa-ber que o concurso livre de influencias ambientalides e de pessoas biodesagradveis para que os profissionais da pesca artesanal pensem por si s sem presso- nas mu-danas que podem melhorar o trato, a tcnica e o manejo das espcies para o futuro da pesca local e regional. Geral-mente os prmios so sondas

    e sonares para os primeiros colocados. Respeito em 1 lugarO texto fala de um roteiro

    de visitas pautado na respei-tabilidade das partes e uma coleta continuada de dados a serem compartilhadas entre pesquisadores e pescadores, tambm como preenchimen-to de base de parceiros como o Instituto de Pesca de So Paulo (IP). A equipe de moni-toramento est treinada para efetuar uma abordagem amis-

    tosa e didtica aos pescado-res, interagindo de maneira a envolv-lo ao projeto e no na desistncia da atividade. Mos-tram alternativas positivas em compartilhar as informaes de sua atividade como base estatstica e principalmente pela oportunidade de melho-ria em sua atividade artesanal, para um sucesso na pesca ain-da em muitas dcadas. Maio-res informaes ou baixar os materiais de apoio acesse: http://pescadoramigo.eco.br

  • Dezembro 2015 Jornal MARANDUBA News Pgina 5

    No ltimo ms de novembro, a PROMATA, atravs de um de seus integrantes, recebeu o livro autografado Imigran-tes Bessarabianos Blgaros e Gagazos do pesquisador e escritor Jorge Cocicov con-tendo mais de 756 pginas da mais rica e elaborada histria da imigrao deste povo pelo mundo e pelo Brasil no terri-trio do litoral norte paulista, principa