Jornal Lemos - Edição 79

Download Jornal Lemos - Edição 79

Post on 11-Nov-2015

59 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal Lemos - Edio 79

TRANSCRIPT

<ul><li><p>Pg.03 Pg.03</p><p>Pg.05</p><p>Dia do Jornalista, comemorado em sete de abril,tem o reconhecimento do Vereador MarceloAmaral que agraciou diversos profissionais.Parlamentar promoveu um breakfast, no Hotel LaGondola e entregou pessoalmente comendas de suaautoria, em outro dia no menos importante: Diade Tiradentes, celebrado em 21 de abril.</p><p>Vereador Marcelo Amaral e o jornalista Aurlio Lemos</p><p>Foto: Raphael Gonalves NetoPg.04</p><p>Na manh do dia 25 deabril, pela primeira vezna histria poltica deAraruama, a cidade re-cebeu a visita do Presi-dente do ParlamentoBrasileiro.O deputado Eduardo Cu-nha (PMDB-RJ), queteve uma excelente vota-o aps campanha localcoordenada pelo verea-dor Z Antonio (PP-RJ),veio cumprimentar apopulao e se compro-meter em apoiar o jovemvereador em sua trajet-ria poltica.Alm de diversos popu-lares, Cunha foi recebi-do no Hotel Ver a Vistapor correligionrios,gestores de cidades vizi-nhas e lideranas polti-cas da cidade:</p><p>Deputado Eduardo Cunha agradece eleitorado, critica a gestomunicipal e reafirma parceria poltica com o parlamentar</p><p>Prefeitos SolangeAlmeida (PMDB-RJ);Helil Cardoso (PMDB-RJ); vice-prefeito deAraruama, AndersonMoura (PT do B-RJ);presidente da CmaraMunicipal, vereadorRusso (PTB), alm dosvereadores Zezinho(PSD); Rone Rossy (PTdo B); Borracha (PP);vereador Binho (PTB)de Silva Jardim, presi-dente do Conselho deSegurana Municipal,Sueli de Souza Lima;presidente do CLEMA,ex-vereador Adenor deCastro Vieira e o presi-dente do Partido Pro-gressista local, ex-vere-ador (senador - mais conhecido) Jlio Mari-nho.</p><p>Vereador deAraruama</p><p>Paulinho CorraJnior (PSL)</p><p>convidasociedade para</p><p>audinciapblica indita</p><p>na Casade</p><p>Leis. Tema:Animais</p><p>abandonados.</p><p>Z Antonio trs pela prmeira vezum presidente da Cmara Federal</p><p>Foto: Rafael Gonzaga</p><p>Foto: Renato Seixas</p><p>O presidente do CLEMA - Clube da Experincia doMunicpio de Araruama, ex-vereador Adenor de CastroVieira e o editor-chefe do Jornal Lemos, jornalistaAurlio Lemos tambm prestigiaram a vinda dopresidente da Cmara,deputado federal Eduardo Cunha</p><p>Ao chegarem ao Hotel Ver A Vista foram recepcionados por autoridades, correligionrios e populares, alm daimprensa da Regio dos Lagos e G1 presentes ao encontro. As autoridades posam para o registro dos fotgrafos</p><p>Prefeitura deAraruama</p><p>abre concursopblico para</p><p>1.727 vagas emnveis</p><p>fundamental,mdio esuperior.</p><p>Vencimentosvariam entreR$ 788,00 eR$ 1.536,89.</p></li><li><p>02 5 de Maio de 2015</p><p>P R S LEMOS EDIES DE JONAIS CNPJ N 11.267.787/0001-79</p><p> INSCRIO MUNICIPAL: 1158 ENDEREO: RUA MARLIA, LT. 10/QD.01 - BOA - PERNA -</p><p> ARARUAMA/RJ-CEP. 28970-000E-MAIL: JORNALLEMOS@HOTMAIL.COM</p><p>DIRETOR COMERCIAL/EDITOR-CHEFE: Aurlio LemosDRT-RJ N 15.332/94/64/Jornalista Profissional - Tel.: 22-99817-8323/oi - 99711-3209DIRETORA: MARKETING/PUBLICIDADE E FINANCEIRO:Publicitria: Patrcia LemosDIAGRAMAO, ARTE E FOTO: Aurlio LemosFOTOLITO E IMPRESSO: Editora Esquema LtdaRua Jos Figueiredo n 20 - Centro - Niteri - RJColaborador sem vnculo empregatcio: Professor Wellington MelloTiragem: 5 mil exemplaresObs.: Os artigos publicados so de total reponsabilidade de seus idealizadores/autores e, por serem espontneos, assim como os colaboradores, a pedido, nopossuem vnculo empregatcio com a empresa.</p><p>E X P E D I E N T E:</p><p>Descontraindo!!!By Luizo SKY</p><p>ByLuizoSKY</p><p>Foto: Divulgao webOl, meus "queri-dos" e desocupadosfofoqueiros! Este sin-gelo recado tem umnico e puro objetivo:desejar que todos te-nham um bom dia e,tambm, muitatranquilidade para re-solverem as prpriasobrigaes.Que todos tenham mui-ta paz para cuidar daprpria vida, e queaproveitem o preciosotempo - precioso por-que faz parte da vida,que por sua vez, umdom de Deus para de-senvolverem coisasprodutivas, ao invs degastarem energia sepreocupando com avida alheia e com o queesta ou aquela pessoafaz ou deixa de fazer.Tenho a certeza aindaque vocs todos, seri-am mais felizes se almde no se preocuparemcom a vida alheia, dei-xassem de criar e in-ventarem histrias ques envenenam o ambi-ente, que no acrescen-tam nada de bom ao es-prito de ningum.No quero ser chato oumoralista, mas o con-vvio social algo aoqual estamos expostosem nome da sobrevi-vncia.Infelizmente no pode-mos escolher o local ouas pessoas com as quaisvamos conviver e, en-to, devemos respeitaralgumas regras bsi-cas como, por exemplo:No invadir a privaci-dade dos outros e, prin-cipalmente, no calu-niar ou difamar, por-que estas coisas, inclu-sive, caracterizam CRI-ME.Ningum obrigado agostar ou ser amigo deningum, mas, como jdisse antes, s vezes so-mos obrigados a convi-ver para ganhar o pode cada dia. Portanto,em nome desta boaconvivncia, vou pedirque cessem os comen-trios maldosos a meurespeito e deixem a mi-nha vida em harmonia.Isto serve para vizinhosfofoqueiros; colegas de</p><p>Aos "amigos" fofoqueiros</p><p>trabalho fofoqueiros;mulheres (bonitas efeias) fofoqueiras; mo-torista de caminhoque fica "tirando onda"de jornalista sem ser;todos os fofoqueiros;padres fofoqueiros;pastores protestantesfofoqueiros; zeladores(as) de santofofoqueiros; professo-res fofoqueiros; mdi-cos fofoqueiros; artis-tas fofoqueiros; comer-ciantes fofoqueiros;polticos fofoqueiros,etc.Enfim, at o Santo Pa-dre, o Papa Francisco</p><p>reconhece o problemae, disse em uma de suasbrilhantes homiliasque: "A fofoca tornou-se o TERRORISMO daHumanidade". Vamosrezar mais, amar maise fofocar menos.Quem quiser VESTIRA CARAPUA, quevista!</p><p>O mineirinho foi ao mdi-co pois estava com dor nopnis. Chegando ao consul-trio ele narrou seu dia parao mdico mais ou menos as-sim:- "Acordo s 3 horas da ma-nh, dou umazinha na espo-sa, tomo banho, dou outra naesposa, tomo caf, dou maisuma na esposa, e vou traba-lhar no milharal; s 10 horasvolto para lanchar, douumazinha na esposa, como olanche, dou mais umazinha</p><p>na esposa, e volto para omilharal; s 12 horas voltopara almoar, dou umazinhana esposa, almoo, dou umadormidinha, acordo, douumazinha na esposa, e voltopara o milharal; s 16 horasencerro meu trabalho, voupara casa, dou maisumazinha na esposa, tomoum banho, dou outra na es-posa, janto, durmo, e no ou-tro dia comeo tudo denovo."O mdico ficou horrorizado,e disse que sabia o que es-tava causando as tais doresno pnis:o problema do mineirinhoera que ele estava fazendosexo demais. O mineirinholevantou as mos para o cue disse:- "Graas a Deus Dr., acheique fosse as punhetinhasque tocava no milharal.",</p><p>Mineirinho</p><p>Taxa de Publicidade</p><p>Temos a conscincia dacrise no Pas, contudo, noh como no rechaar lite-ralmente a chamada Taxade Publicidade, cobradapela prefeitura deAraruama, com valoresbeirando a escorchantes.Nosso comrcio, porexemplo, consideramosmais como placa de identi-ficao para que o clientesaiba onde ir, do que pro-paganda. Raras so asempresas que utilizam esteefeito especial visual comooutdoor.O atual governo no crioua lei, mas tirar do papelnessa hora, deu outro tirono p.</p><p>ProfessorWellington</p><p>Melo</p><p>SEMPREsem</p><p>papas na</p><p>lingua</p><p>PREPARE-SE: CONCURSOPBLICO DE ARARUAMAEnfim o edital do concursopblico de Araruama est narua: "concurseiros" de plan-to e aspirantes a empregoformal na administrao mu-nicipal devero extremar pre-parativos e intensificar o rit-</p><p>mo de estudos.Como dito em outras oportu-nidades nesta coluna (DE-TERMINAO E PERSE-VERANA) sero funda-mentais para atingir o objeti-vo. (SACRIFCIOS E PRI-VAES) so partes do IN-VESTIMENTO em prol depassar nas provas objetivasque esto datadas para 26 dejulho e 02 de agosto deste ano.</p><p> IMPORTANTEPREPARAR-SE NUM</p><p>CURSO?</p><p>A experincia indica que sime os resultados falam por si:OS BONS CURSOS ES-TO ANTENADOS COM AMETODOLOGIA DASORGANIZADORAS, co-nhecem bancas, provas e</p><p>macetes, consequentementea probabilidade de acertar ostemas e eixos temticos dasquestes que vo cair na pro-va, aumenta consideravel-mente.</p><p>No CURSO DARWIN, porexemplo, trabalhamos desdejaneiro com todas as provasda FUNCAB - organizadorado concurso , entre outras,mesmo sem o Darwin saberse ela seria a escolhida para</p><p>organizar o concurso.Isso mrito dos professorese da coordenao do cursoque ficaram atentos as possi-</p><p>bilidades de escolha da ban-ca, resultando num plus na</p><p>hora da prova, para os alunos.Alguns de nossos alunos quenos comentaram a sua expe-rincia aps serem aprova-dos, foram enfticos:Fernanda (foto), quinta colo-</p><p>cada na categoria secretariaescolar, no ltimo concurso deIguaba Grande, destacou:- Todo o que a professoradeu em sala de aula caiu naprova; foi incrvel. espan-tou-se.J Marcelo de Oliveira S.Dias, outro aluno dedicado;primeiro colocado no recenteconcurso So Pedro de Aldeia,na categoria tcnico de arqui-vo, gabaritando a disciplinaportugus, tambm frisou:- Nunca tive facilidade paraportugus, mas a professorado curso ps em prtica umametodologia que ficou fcilapreender e acabeigabaritando a prova. Tenhomuito agradecer a ela ao Cur-so Darwin. sentenciou.Outro aluno, o Denilson, hojeno Colgio Naval de Angrados Reis, nos visitou recente-mente e deixou seu coment-rio:- Estudar num curso queaprova muito importante,</p><p>vim no DARWIN porque sa-bia do histrico de aprovaoe queria muito passar na pro-va. disse.- Muito nos orgulha a visitade nossos ex-alunos, hoje en-caminhados na vida. Comosempre falo: Ns damos umachave, porm quem abre oufecha a porta da vitria o alu-no. A ele cabe o estudo, a gar-ra, a disciplina, a dedicao. afirmou o coordenador e di-retor, Fabian Artzcoz,Agora estamos diante de umnovo desafio: So 2.000 (duasmil) vagas atrativas, sobretu-do, para professores. Prepa-re-se: No deixe para ltimahora. Um bom estudo, combons professores, garantem,parte de sua aprovao.Mais informaes: InstitutoDarwin: 22 - 2665-5873. Tur-mas em maio.</p><p>O deputadoe s t a d u a l , J o r g ePicciani (PMDB), emseu quinto mandatocomo presidente daAlerj tem feito toda adiferena nol e g i s l a t i v ofluminense. At agoraj economizou mais deR$ 11 milhes de re-ais e aposta que at ofim do ano, a economiapode chegar a R$ 30milhes de reais. Me-didas austeras tem fei-to toda a diferena emtempos de crise.</p><p>Jorge Picciani</p><p>Fernanda (aprovada no concurso de IguabaGrande)</p><p>Marta e Solange (secretaria escolar) doDarwin</p><p>Professor Maicon - preparatrio (discentes:futuros vencedores)</p><p>Foto</p><p>s: A</p><p>rqui</p><p>vo D</p><p>arwi</p><p>n</p></li><li><p>0305 de Maio de 2015</p><p>Vereador Paulinho Corra Jniorconvida sociedade para audinciapblica indita na Casa de LeisTema: Animal irracional. Ser mesmo???</p><p>Voc j parou para olhar aquantidade de ces de rua quea sua cidade possui? Voc jparou para pensar na quanti-dade de doenas (as chama-das zoonoses) que eles podemabrigar e posteriormentetransmitir aos seres huma-nos? E a? O que fazer?Agir, por exemplo, como emBogot, onde o prefeito man-dou exterminar todos os ani-mais encontrados soltos nasruas? Ou deixar a"carrocinha" pegar estes bi-chinhos para lev-los paraum depsito, onde a grandemaioria exterminada? Achoque nada disso soluo! Eo problema no se resumesomente aos animais que jesto nas ruas.O problema real o aumentodesta populao, sendo esterecrudescimento determina-do no somente pela repro-duo deles, mas tambm</p><p>pelo acasalamento indesejadode animais que possuemdono.Estes proprietrios, no ten-do conhecimento nem condi-o de lidar com as constan-tes ninhadas. nascidas emsuas casas, as deixam "aoDeus dar", acabando estesanimais indo parar nas ruas.Segundo a WSPA - WorldSociety for the Protection ofAnimals (Sociedade Mundialde Proteo Animal), uma ni-ca cadela, com uma vidareprodutiva de seis anos, podegerar 100 (cem) filhotes. Sonmeros realmente assusta-dores, desconhecidos da mai-oria das pessoas.Mas estes nmeros provamque tentarmos reduzir a popu-lao com apreenso e euta-nsia , no mnimo, falho, almde ser um crime.No s o mtodo defectivo,como a apreenso pode deter-</p><p>minar a disseminao de v-rias doenas. Imaginemos asituao em que o seu animalde estimao, por exemplo,foge para um passeio na rua,sendo apreendido, juntamen-te com outros animais, alguns,de rua, seno, a maioria!Este animal pode est doentee contaminar o seu. Quandovoc for ao depsito retirar oseu bichinho, pode estar levan-do para dentro da sua casa;para a sua rua; para o seu bair-ro, doenas que por no se-rem usuais da regio, certa-mente, encontraro terrenoadequado para se alastrar,contaminando toda uma popu-lao que antes no estavadoente.Convido voc a participar danossa audincia para achar-mos alternativas de polticaspblicas a serem adotadas emnossa querida cidade ARARURAMA.</p><p>Marcelo Amaral promovebreakfast para entrega de comendasDia do Jornalista foi lembradoformalmente pelo vereador petista</p><p>O vereador petistaMarcelo Amaral, em seudiscurso, agradeceu a im-prensa da regio pelosvalorosos esforos no sen-tido de informar e notici-ar.- Tenho convico que asdificuldades de se manterum negcio, nesse mo-mento, so grandes, so-bretudo, a imprensa queprecisa de publicidadepara sobreviver, mas ape-lo aos senhores, que emtempos de crise, diferenteda maioria, hora de ino-var e ousar; vamos nosunir para que adversida-de no mundo inteiro, nonos desanime, nem nosafete. apostou o parla-mentar.</p><p>O tambm mdico e em-presrio de educao umdos poucos em Araruamaque acredita e investe naimprensa.Marcelo Amaral semprepresitigiou os jornais lo-cais e as rdios. Sempre</p><p>torna pblico as aescomo vereador e, anunciaos seus negcios, comoStetic Club e Espao BabyClub. Todos os Colegas daregio receberam moode congratulaes numquadro emoldurado.</p><p>A liderana e a gestoempreendedora foram osprimeiros temas aborda-dos pela Escola deGestores, que teve inciona ltima tera-feira, dia28, no auditrio da Univer-sidade Cndido Mendes,em Araruama.O projeto desenvolvidopela Prefeitura deAraruama, atravs da Se-cretaria de Educao, composto por sete encon-tros, cujo primeiro tema foia liderana e a gesto em-preendedora, desenvolvi-do pelo palestrante Rena-to Casagrande. Em maio,nos dias 19 e 20, os dire-tores das unidades escola-res participam do segundomdulo, com o palestranteJair Passos abordando aadministrao de conflitose a gesto de talentos. Nosdemais meses as pales-tras e oficinas versarosobre a avaliao em lar-</p><p>Escola de Gestores traz novos conhecimentospara profissionais da educao em Araruama</p><p>ga escala e os problemasfederais, escola de tempointegral, a escola da inclu-so na perspectiva da di-versidade, e o planejamen-to estratgico na constru-o da escola do sculoXXI.De acordo com a secret-ria municipal de Educao,Miryam Inz, o projetocontribui para implementarprocessos de gesto esco-lar ainda mais compatveiscom a concepo da quali-dade do ensino no munic-pio.Este um momento queos diretores de escola tmpara aprender, para buscaro conhecimento e fazer adiferena, no s para me-lhorar o ndice do IDEB domunicpio, mas tambmpara que nossas crianassejam felizes, estejam cadavez mais bem cuidadas emnossas escolas, destacou.O prefeito Miguel Jeovani</p><p>falou sobre o esprito em-preendedor que deve estardentro de cada profissionalda educao.A gesto da escola peafundamental para o forta-lecimento das bases para aorganizao escolar. Ogestor , antes de maisnada, um empreendedor.Quem est frente de umaescola tem a responsabili-dade de saber gerir, de secomprometer no s com obom desenvolvimento ad-ministrativo, mas tambmc...</p></li></ul>