Jornal Estrada Real - Edição 1

Download Jornal Estrada Real - Edição 1

Post on 07-Apr-2016

212 views

Category:

Documents

0 download

DESCRIPTION

um prazer para o Instituto Estrada Real (IER) apresentar a voc mais esta novidade, o Jornal Estrada Real. Uma publicao que enxerga na Estrada Real um destino turstico recheado de opes para viajantes e empreendedores. Nas pginas do Jornal Estrada Real, apresentamos aes e projetos do IER. Desejamos uma boa leitura e esperamos que as pginas de nossa nova publicao o motive a desbravar ainda mais todas as belezas da maior rota turstica do pas.

TRANSCRIPT

  • Estrada Real ao alcance da indstria mineira

    Pg. 04

    Viagem para ser contada

    Pg. 06

    Passaporte Estrada Real chega ao Caminho Velho

    Pg. 08

    Ano 1 N 1 Informativo Estrada Real

    Observatrio do Turismo incentiva o setor

    Pg. 07

    Acer

    vo IE

    R

  • Estrada RealA maior rota turstica do pas agora

    em Jornal

    Mais de 1.600 quilmetros de extenso, mais de 300 anos de histria, 199 municpios e, agora, um jornal.

    O Instituto Estrada Real (IER) apresenta mais esta novida-de. Uma publicao que enxerga na Estrada Real um destino turstico recheado de opes para viajantes e empreende-dores. Nas pginas do Jornal Estrada Real, apresentamos aes e projetos do IER. O objetivo , sempre, o de promover a atividade turstica e gerar bons negcios para a indstria mineira. Acreditamos que os benefcios dessas atividades so reais para todas as comunidades da ER, por meio da gerao, tambm, de emprego e renda.

    A demanda gerada pelos milhares de visitantes do destino capaz de movimentar mais de 50 setores da indstria, e criar oportunidades de lucrativos negcios, de mais empre-gos e renda, e contribuir de forma efetiva para o desenvol-vimento do pas. A proposta deste jornal de tornar visvel e interligar todas as aes que visem ao desenvolvimento sustentvel dos municpios da Estrada Real.

    A publicao, que ser trimestral, uma ferramenta para intensificar o relacionamento do IER, com a indstria minei-ra, agncias de viagem, operadores de turismo, associaes de classe, imprensa e a administrao pblica em todos os nveis na rea de abrangncia da Estrada Real.

    Nesta primeira edio, apresentamos as mais recentes aes do IER na promoo do destino turstico Estrada Real.

    Boa leitura!

    EDIT

    ORIA

    L

  • IER reforma e instala novos marcos na

    Estrada RealTrabalho levantou quais precisam de cuidados e pontos em que no havia

    a sinalizao

    O s marcos instalados ao longo da Estrada Real ajudam o via-jante a se orientar. Ao todo, so 1.926 totens no eixo principal: ao longo do traado dos Caminhos Velho, Novo, dos Diamantes e de Sabarabuu. O IER est restaurando os que esto em mau estado. Tambm sero instalados outros, onde a sinalizao deve ser mais precisa.

    Eles indicam qual caminho a seguir. O IER fez um levantamento para verificar quais precisam de reforma ou substituio. Vamos instalar novos em algumas bifurcaes onde no havia, adiantou o turismlogo do IER, Rodrigo Alves de Azevedo.

    Rodrigo de Azevedo comeou esse levantamento em fevereiro de 2014, percorrendo o Caminho dos Diamantes. Com o auxlio de algumas ferramentas registrou o local exato dos marcos que precisa-vam de cuidados. O trabalho termina at o fim do ano, disse.

    Unidos pelo turismoIdeia integrar aes no estado e promover o turismo

    de forma ampla e conjunta

    I ntegrao est no foco das entidades do se-tor do turismo em Minas Gerais. Pensando assim, Instituto Estrada Real (IER), Sebrae-MG, Sistema Fecomrcio, Belo Horizonte Conven-tion & Visitors Bureau, Associao das Cidades Histricas, Belotur, Federao dos Circuitos Tu-rsticos de Minas Gerais, Grupo G6+ e Governo do Estado, se reuniram, em outubro, na capital mineira, para estruturar aes conjuntas e for-talecer o turismo no estado.

    A turismloga do IER, Lorena Sorice, explica que todas as entidades construiro juntas me-tas para 2015. A proposta promover o turis-mo em Minas Gerais de forma ordenada, junto a toda a cadeia produtiva do setor. A impor-tncia dessa unio mostrar um estado forte e preparado para receber, encantar turistas e fazer bons negcios. E nos prepararmos para atuar no s em Minas, mas em outros esta-dos, diz.

    Brun

    o Fi

    guei

    redo

  • Estrada Real ao alcance da indstria mineira

    Projeto do IER oferece descontos de at 30% em hotis e pousadas da rota turstica

    O s empregados do Sistema Fiemg, da Ger-dau e da Fiat Services afirmam juntos: A Estrada Real Nossa. Eles so os mais de 84 mil beneficirios de um projeto criado no se-gundo semestre de 2014 pelo Instituto Estrada Real (IER), que d descontos de at 30% em 196 hotis e pousadas ao longo da rota turstica e histrica.

    A proposta do A Estrada Real Nossa pro-porcionar melhor qualidade de vida, sade geral e reduo do estresse dos trabalhadores por

    meio de atividades tursticas e de lazer. A ideia expandir para mais indstrias os benefcios do projeto.

    O projeto est alinhado com o objetivo maior do Sistema Fiemg, que o aumento da com-petitividade da indstria mineira. O esforo que est sendo feito, desde a criao do projeto, visa trazer mais qualidade de vida aos funcio-nrios do setor. O trabalhador mais motivado tende a gerar melhores resultados e mais ino-vaes, conta a gerente do IER, Karla Bittar.

    Pedr

    o Si

    lvei

    raBr

    uno

    Figu

    eire

    do

  • Estrada Real destaque na Olimpada do Conhecimento 2014

    Instituto lana Guia Virtual da ER em seu estande

    A Estrada Real (ER) ganhou destaque na edi-o nacional da Olimpada do Conhecimen-to (OC) 2014, realizada em Belo Horizonte, no Expominas, de 3 a 6 de setembro. O Instituto Estrada Real (IER) contou com um estande no espao e ainda realizou o lanamento do Guia Virtual da ER e um workshop com o fotgrafo da revista National Geographic, Joo Marcos Rosa.

    No estande do IER, os visitantes puderam adquirir pacotes tursticos para viagens s cidades do destino, alm de conhecer me-lhor as aes da entidade. Em outro espao,

    na Arena Cyber da OC, aconteceu o lana-mento do Guia Virtual da Estrada Real o SitGeo, que oferece um tour digital pela ER: (www.estradarealguiavirtual.com.br).

    Para o analista de sistemas do IER e respon-svel pelo SitGeo, Carlos Cavalcanti, a apre-sentao na Olimpada do Conhecimento foi uma tima oportunidade para mostrar o Guia para um grande pblico. O prximo passo agora fazer um aplicativo da Estrada Real para plataformas mveis, como celulares e tablets, conta.

    Feiras nacionais de turismo no radar do Instituto Estrada Real

    Destino turstico foi divulgado em eventos de destaque do mercado nacional

    A Estrada Real est na cabea dos profissionais do turismo. No segundo semestre de 2014, o Instituto Estrada Real (IER) exps o destino em dois grandes eventos nacionais do mercado a Feira da Associao dos Agentes de Viagens de Ribeiro Preto e Regio (Avirrp), em agosto, e a 42 Expo Internacional de Turismo, realizada pela Associao Brasileira de Agncias de Viagem, em So Paulo, em setembro.

    A Estrada Real um projeto importantssimo para o turismo brasileiro, com muito potencial. Temos todos muito que aprender com ele, afirmou o Ministro do Turismo, Vincius Lages, em sua participa-o na Avirrp.

    O IER participou das feiras em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo e Esportes de Minas Gerais, Belotur, Sebrae-MG e Federao do Comrcio de Bens, Servios e Turismo do Estado de Mi-nas Gerais (Fecomrcio-MG) e ademais instituies do segmento turstico de Minas Gerais.

  • Viagem para ser contadaInstituto Estrada Real promove ao com jornalistas no

    Caminho dos Diamantes

    J ornalistas de veculos de circulao nacional e internacional viajaram pelo Caminho dos Diaman-tes da Estrada Real (ER) neste segundo semestre. O Instituto Estrada Real (IER) promoveu um FamTour 4x4 com reprteres do jornal O Estado de So Paulo, da revista UP Magazine, da compa-nhia area portuguesa TAP, e com o fotgrafo Marcelo Andr.

    A viagem de cinco dias e mais de 400 quilmetros, entre Diamantina e Ouro Preto, aconteceu de 12 a 17 de agosto. Alm das centenas de atrativos tursticos da ER, eles conheceram aes do IER como o Guia Virtual da Estrada Real e o Passaporte. A experincia dos jornalistas foi contada na matria especial Tempo ao Tempo, publicada pelo Estado e tem previso de estar nas pginas da UP em fevereiro.

    G6+ Negcios em Turismo e CulturaH um ano constituiu-se o G6+ Negcios em Cultura e Turismo. O grupo se formou a partir da iniciativa de seis empresrios da regio do Entre Serras: da Piedade ao Caraa - Caet, Baro de Cocais, Santa Brbara e Catas Altas. O objetivo incentivar negcios na regio e contribuir para o fortalecimento de aes estruturais do segmento, junto a outras institui-es de fomento.

    H grande oferta de atividades tursticas na regio (eventos culturais, gastronomia etc). Seus municpios tm grande potencial para fazer esse setor se desenvolver.

    Para o G6+, se o turismo for administrado com eficincia, ele pode ser o veculo de trans-formao dessas cidades, que podem se tornar uma das atraes lucrativas do Roteiro da Estrada Real. Nosso objetivo fomentar o desenvolvimento econmico regional de forma sustentvel atravs da estruturao de cadeias produtivas locais, criar oportunidade para novos empreendimentos e tornar as cidades envolvidas mais competitivas.

    Mais informaes: P. Monsenhor Gerardo Magela, 158 - Centro - Baro de Cocais - MG - Contato: 8688 0808 | adm.g6mais@gmail.com

    Mar

    celo

    And

    r

  • Observatrio do Turismo incentiva o setor

    IER reestrutura pesquisa de indicadores da atividade turstica na Estrada Real

    O Observatrio do Turismo, criado pelo Instituto Estrada Real (IER) em 2005, est sendo reestru-turado. A inteno que os indicadores levantados por meio de pesquisas possam influenciar empresrios mineiros do setor e auxiliar polticas pblicas.

    Um dos projetos de destaque do Observatrio do Turismo a pesquisa mensal "Indicadores de ocu-pao turstica da Estrada Real", realizada com os meios de hospedagem. Ela permite obter a taxa de ocupao mdia da Estrada Real como um todo e tambm de cada um dos municpios do eixo principal; alm de revelar a origem do turista e o motivo da viagem.

    O Observatrio tambm produz pesquisas de demandas, que indicam o gasto per capita e seus impactos na cadeia do turismo. Os levantamentos tambm so feitos nos grandes eventos, como a Mostra de Cinema, e o Festival de Gastronomia de Tiradentes (MG), e a Flip, festival literrio que ocorre em Paraty (RJ).

    As pesquisas, que so realizadas com pblico-alvo estratgico, levantam o impacto do fluxo de turistas na cadeia do setor. uma forma de buscar oportunidades para a indstria mineira. Com dados em mos, o empresrio capaz de avaliar investimentos e posicionar seu produto ou sua empresa em patrocnios, apoios ou vendas diretas, diz o analista de pesquisa de mercado no IER, Frederico Pereira Coelho.

    Rodr

    igo

    Azev

    edo

  • E X P E D I E N T E

    JORNAL ESTRADA REAL

    PRESIDENTE SISTEMA FIEMGOlavo Machado Junior

    DIRETOR GERAL INSTITUTO ESTRADA REAL

    Rogrio Livramento Mendes

    GERENTE INSTITUTO ESTRADA REAL

    Karla Bittar

    Gerente de ImprensaTrajano Raposo

    Gerente de Comunicao e Marketing

    Ana Paula Gondim

    EdioAlisson Coutinho

    Carlos Braga

    RedaoAlisson Coutinho

    Ana ArsnioCarlos BragaGrazi Souza

    Guilherme PedrosaIzabela Ferreira

    Renata Pires

    FotografiaRodrigo Azevedo

    Marcelo AndrPedro Silveira

    SupervisoDaniela Kapitizky

    Giselle Henriques Figueiredo

    Projeto Grfico e DiagramaoKildare Barbosa dos Reis

    Fale com o Instituto Estrada Real:

    estradareal@estradareal.org.br

    Viajante carimbadoPassaporte Estrada Real chega ao

    Caminho Velho

    A Estrada Real (ER) instiga o viajante que corre atrs de boas histrias. E o Instituto Estrada Real (IER) ajuda a man-t-las vivas na memria. No ms de setembro, a entidade ampliou a rea de abrangncia do Passaporte ER, vlido agora para os Caminhos Velho (Ouro Preto-Paraty) e dos Diamantes (Diamantina-Ouro Preto). O do-cumento ldico oferecido para

    os turistas e pode ser carimbado em dezenas de pontos ao longo do trajeto. Ao final da viagem completa, ele recebe um certificado do IER.

    O Passaporte Estrada Real foi lanado em maio deste ano. Em 2015, h a previso da incluso do Caminho Novo (Ouro Preto-Rio de Janeiro). Ele funciona assim: o turista preenche um formulrio no site www.estradareal.tur.br/passaporte e retira o documento nos locais indicados pelo IER em Diamantina, Ouro Preto ou Paraty, aps doar 1 kg de alimento no perecvel. A partir da, basta visitar os restaurantes, bares, pousadas, hotis, centros culturais e turs-ticos indicados para carimb-lo.

    A ideia do Passaporte Estrada Real foi ins-pirada em destinos tursticos consagrados, como o Caminho de Santiago de Compostela.

    Ademil Bar e Restaurante do Ademil, So Gonalo do Rio das Pedras

    Mar

    celo

    And

    rAc

    ervo

    IER