jornal dos bairros | dezembro 2013

Download Jornal dos Bairros | Dezembro 2013

Post on 28-Mar-2016

222 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição de dezembro de 2013 do veículo comunitário, Jornal dos Bairros.

TRANSCRIPT

  • Ano 17N 12

    Jornaldos

    BairrosDezembro 2013Publicao da Unio das Associaes de Bairros de Caxias do Sul - Filiada FRACAB e CONAM

    Caxias possui um dos dez melhores centros de ensino pblico do pas. Conhea mais sobre o IFRS, que proporciona ensino tcnico e superior gratuito

    Pg. 07

    Educao

    Melhores da Srie Prata e do Veteranos 2013 so premiados pela UAB

    Pg. 15

    Esporte

    Comunidade Negra celebra sua culturaFoto: caro de Campos

    Pgs. 08 e 09

    Edinia Santos de Castilhos a Mais Bela Negra de Caxias. Ela foi escolhida em um concurso no dia 22 de novembro, em meio s comemoraes do Dia da Conscincia Negra. A data busca dar visibilidade para a situao do negro na sociedade, jogando luz sobre a desigualdade racial. Novembro o ms de refletir, mas tambm de celebrar com alegria todas as contribuies do povo afrodescendente

    Confira as dicas apresentadas na Oficina Bsica de Comunicao Comunitria. Saiba como divulgar seu evento para imprensa e como criar uma notcia Pgs. 04 e 05

    Comunicao

    ltimo Cmara Vai aos Bairros de 2013 concentra reclamaes sobre a situao da BR 116

    Pg. 10

    BR 116

  • Jornal dos Bairros

    Dezembro 2013Opinio 02

    Editorial

    Preocupao com a Festa da Uva

    Jornal dos BairrosExpediente: Veculo da Unio das Associaes de Bairros de Caxias do Sul UAB - Rua Luiz Antunes, 80, Bairro Panazzolo Cep: 95080-000 - Caxias do SulFiliada Federao Riograndense de Associaes Comunitrias e de Moradores de Bairros (FRA-CAB) e a Confederao Nacional de Associaes de Moradores (CONAM)

    Presidente: Valdir WalterDiretor de Imprensa e Comunicao: Cludio Teixeira - claudiosteixeira@gmail.comEditora: Karine Endres - MTb. 12.764 - karine.endres@gmail.comEditorao e Design Grfico: Karine EndresReportagem: Karine EndresE-mail: jornaldosbairroscx@gmail.com Telefone: 3238.5348Tiragem: 10.000 exemplares

    Conselho Editorial:Antonio Pacheco de Oliveira, Cludio Teixeira, Flvio Fernandes, Karine Endres, Paulo Saussen e Valdir WalterEmail: uabcaxias@gmail.comComercial: 3219.4281Os textos assinados so de inteira responsabilidade de seus autores.

    Mande seu recadoEscreva para o Jornal dos Bairros. Mande sua sugesto, reclamao ou comentrio.

    Entregue na sede da UAB at a ltima semana de cada ms ou pelo e-mail jornaldosbairroscx@gmail.com

    UAB homenageada pela Comenda 100 anos de Amizade do Pompia

    18 /12 - 18h30min Manifestao contra alagamentos na Regio Norte. Concentrao na Av. Dr. Mrio Lopes, em frente a SER Criana Feliz

    18/12 19h30min Reunio do Policiamento Comunitrio Amob Sagrada Famlia II - Salo da Igreja Catlica - na Rua Conselheiro Dantas

    20/12 9h Ato de entrega dos novos ncleos de policiamento comunitrio - Lagoa do Rizzo - Desvio Rizzo

    21/12 14h Festa de Natal da Amob Parque dos Pinhais

    21/12 14h Festa de Natal da Amob So Luiz

    11/01 14h Assembleia Geral - Sede da UAB

    Agenda Comunitria

    Foto: Felipe PavanO Hospital Pompia pres-

    tou uma homenagem s institui-es que colaboraram para que ele alcanasse a marca de um sculo de histria. A UAB esteve entre as 100 entidades escolhi-das e, no dia 29 de novembro, foi agraciada com a Comenda 100 anos de Amizade do Hos-pital Pompia.

    Entre os demais homena-geados estavam entidades de classe, poderes executivos, le-gislativos e judicirios, alm de rgos de imprensa, entidades esportivas, educacionais e de sade, entre outras. Os homenageados receberam trofus e diplomas.

    Certamente, teramos muitas ou-tras instituies e pessoas para agra-ciar, mas essa Comenda dos 100 anos a forma que o Hospital Pompia encon-trou para dizer um muito obrigado para toda a comunidade pelo apoio que ela sempre lhe dedicou, disse o superin-tendente-geral do HP, Francisco Ferrer.

    Para Maria Bonilla, que recebeu a comenda em nome da UAB, comemorar

    os 100 anos do HP mais que festejar, abraar uma longa histria de servi-os prestados comunidade caxiense e, de modo mais especial, classe mais necessitada. Quando no h vagas em outros pontos de atedimento, o Hospi-tal Pompia abre suas portas e abraa a quem chegar, disse.

    Sempre fomos parceiros do hospi-tal, mantendo boas relaes com a Dire-o e administrao desse monumento intitulado Hospital Pompia, completa a diretora de Patrimnio da Unio.

    Maria Bonilla (1 esq.) representou UAB

    A Festa Nacional da Uva tida como a maior festa comunitria do Brasil. Construda por muitas mos, realizada h mais de 70 anos e agora chega a sua 30 edio. Como uma festa feita h muito tempo, ela j tem uma receita mais ou menos a ser seguida. Nesta receita, entram os shows como um dos compo-nentes para a alegria da festa e so res-ponsveis por levar uma boa parte do pblico aos Pavilhes. Tradicionalmen-te a Festuva traz shows nacionais e es-taduais de gosto bem popular. Este ano durante a escolha da corte da festa foi anunciado com pompa e circunstncia que a Festa teria na sua abertura o show internacional da banda mexicana Man.

    Essa notcia causou alvoroo no es-tado inteiro, pois essa banda tem muitos sucessos em novelas e seria uma opor-tunidade nica assistir a um show como esse com as facilidades que uma grande festa como a Festa da Uva proporciona, vide preo popular e espao. Surpreen-dentemente, passados quase 3 meses aps o anncio pela alta cpula da Fes-tuva juntamente com a escolha da cor-te do evento, a banda Man publica em suas redes sociais uma nota desmentin-do qualquer agendamento de show para a Festuva. Explicaes no faltam para tamanha falta de zelo com o nome de um dos maiores patrimnios de Caxias do Sul, que a nossa Festuva. A culpa recaiu sobre a produtora contratada pela direo da Festa para intermediar o show. Dizem at que a produtora vai pagar R$ 50 mil de multa.

    O fato que foi feito um enorme es-trago na imagem da Festa Nacional da Uva e tambm no nome da cidade. Basta lembrarmos que nossa vizinha Flores da Cunha conhecida como a terra do galo, por causa de uma lambana feita por um

    mgico que cobrou por uma apresenta-o em que mataria e ressuscitaria uma galo, enquanto o povo esperava o galo voltar a vida, o mgico fugiu com todo o dinheiro da apresentao. Os vizinhos florenses levam em auto estilo a gozao e cunharam terra do galo na cidade. J pensaram se Caxias comear a ser lem-brada como terra do Man?

    Ainda se esse fato fosse isolado, mas outros acontecimentos recentes na histria da Festa da Uva esto gerando uma carga negativa que pode compro-meter este que o nosso maior evento. No necessariamente por erros na con-duo da festa como este do Man, mas no entorno da festa tem se notado uma apropriao pessoal buscando um retor-no poltico, haja visto no comeo do ano e tambm comeo do mandato da nova direo da festa a vontade de projetar a sucesso da Prefeitura em 2020 a partir do sucesso do evento. Ou ainda mesmo embaixatrizes que aproveitam o espao da festa para catapultar suas carreiras polticas e j se anunciam candidatas a deputao em 2014. Esses fatos por si s no so de alada da Festa da Uva, mas com certeza contribuem para criar uma aura negativa sobre a Festa.

    A UAB parceira da Festa da Uva desde sempre. Somos companheiros da construo desta Festa, que como dito no incio deste texto, construda com vrias mos.

    Recentemente estivemos em So Gabriel para a escola da Mais Bela Esta-dual e fomos os ganhadores de melhor torcida. Torcida que com orgulho levou o nome da Festa da Uva 2014. Nossa pre-ocupao com a Festa e com tudo que ela representa para o nosso povo. Deus queira que tenhamos uma boa festa, a maior festa que j tivemos.

  • Jornal dos Bairros

    Dezembro 2013Movimento 03

    Sade pauta da ltima Assembleia do anoFoto: Karine Endres

    Secretria Dilma Tessari apresenta dados sobre a sade em Caxias

    Comunitaristas questionam

    Cooperativa Habitacional apresentada

    Tambm durante a AG foi apresentada a Coohabras Co-operativa Habitacional Central do Brasil, que pretende ser uma ferramenta para a construo de moradias dignas e acessveis.

    A Coohabras atua em todo o Brasil, formando cooperati-vas autogestionrias que tm como objetivo a construo coletiva das moradias. Segun-do o Coordenador Pedaggi-co para a Regio Sul da Cooha-bras, Tadeu Peixoto, desta for-ma se pode construir moradias dignas, maiores daquelas que esto sendo ofertadas para as famlias de baixa renda e ainda mais baratas.

    Em alguns lugares, j es-

    O dia 7 de dezembro foi o momento dos comunitaristas participarem da ltima Assem-bleia Geral da UAB em 2013. E um dos temas que mais afeta as comunidades, a sade pblica, foi o tema do encontro, com a presena da titular da pasta, Dil-ma Tessari.

    A secretria municipal da Sade aproveitou a oportuni-dade para trazer mais informa-es sobre o Sistema nico de Sade (SUS), seu financiamento e dados sobre a sade pblica em Caxias. Ela apresentou um relatrio do trabalho realizado pela pasta, com um diagnsti-co da sade pblica, as dificul-dades e as formas de venc-las.

    A secretria explicou como esto estruturadas as redes de ateno sade. Dilma relatou que um dos objetivos a frente da secretaria melhorar a re-solutividade da ateno prim-ria. Para isso, pretende incenti-var atividades preventivas, au-mentar as equipes e as prprias UBSs, proporcionar mais capa-citaes aos funcionrios, pro-mover a descentralizao dos medicamentos e de exames. Alm disso, Dilma falou que as UBSs Desvio Rizzo, Diamantino e Mariani tero novas equipes de Estratgia Sade da Famlia.

    Dilma Tessari tambm fa-lou sobre as novas unidades em construo, como a UPA da Zona Norte, a UBS Campos da Serra e a UBS Diamantino, e sobre a reforma e ampliao da UBS Planalto Rio Branco. Em nmeros, ela citou que so atendidas mais de 4,2 mil pes-soas diariamente nas UBSs e 1,1 mil no Pronto Atendimento 24 Horas.

    FinanciamentoConforme a Emenda Cons-

    titucional 29, o SUS deve ser financiado pelos trs entes