jornal dos bairros

Download Jornal dos bairros

Post on 28-Mar-2016

240 views

Category:

Documents

18 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição fevereiro 2014

TRANSCRIPT

  • Secretaria da Sade afirma que somente 20% dos atendimentos realizados no Pronto Atendimento 24 Horas, o Posto 24H, so considerados urgncias ou emergncias, o tipo de atendimento para qual a unidade foi projetada. Isto acarretaria mais tempo de espera para consultas eletivas. Movimento comunitrio considera que problema poderia ser diminudo se servios fossem regionalizados | Pginas 08, 09 e 10

    Ano 18N 02

    Jornaldos

    BairrosFevereiro 2014Publicao da Unio das Associaes de Bairros de Caxias do Sul - Filiada FRACAB e CONAM

    Sade: Filas podem ser solucionadas

    Foto: Karine Endres

    Movimentos sociais se mobilizam para realizar Plebiscito Popular pela Reforma Poltica. Nova reunio acontece em 25 de fevereiro | Pgina 11

    Plebiscito

    UAB inova e lana o Mais Bela Comunitria Negra de Caxias do Sul. Em maro abrem as inscries tanto para o novo concurso quanto para o Mais Bela tradicional| Pginas 04 e 05

    Mais Belas

    Fevereiro chega trazendo duas festas importantes para as comunidades caxienses. tempo de celebrar a uva e a folia do Carnaval | Pginas 11 e16

    Festas

  • Jornal dos Bairros

    Fevereiro 2014Opinio 02

    Editorial

    Ano curto pra tanta coisa

    Jornal dos BairrosExpediente: Veculo da Unio das Associaes de Bairros de Caxias do Sul UAB - Rua Luiz Antunes, 80, Bairro Panazzolo Cep: 95080-000 - Caxias do SulFiliada Federao Riograndense de Associaes Comunitrias e de Moradores de Bairros (FRA-CAB) e a Confederao Nacional de Associaes de Moradores (CONAM)

    Presidente: Valdir WalterDiretor de Imprensa e Comunicao: Cludio Teixeira - claudiosteixeira@gmail.comEditora: Karine Endres - MTb. 12.764 - karine.endres@gmail.comEditorao e Design Grfico: Karine EndresReportagem: Karine Endres e Luana Reis E-mail: jornaldosbairroscx@gmail.com Telefone: 3238.5348Tiragem: 10.000 exemplares

    Conselho Editorial:Antonio Pacheco de Oliveira, Cludio Teixeira, Flvio Fernandes, Karine Endres, Paulo Saussen e Valdir WalterEmail: uabcaxias@gmail.comComercial: 3219.4281Os textos assinados so de inteira responsabilidade de seus autores.

    Mande seu recadoEscreva para o Jornal dos Bairros. Mande sua sugesto, reclamao ou comentrio.

    Entregue na sede da UAB at a ltima semana de cada ms ou pelo e-mail jornaldosbairroscx@gmail.com

    Moradora reclama de desleixo do Samae

    Samae amplia abastecimento

    20 /02 - 15h Abertura da Festa da Uva

    20/02 17h Inaugurao do campus do Instituto Tcnico Federal em Caxias, no bairro Ftima Baixo

    25/02 19h Reunio dos Movimentos Sociais pr Comit Plebiscito Popular - na UAB

    27/02 09h s 18h 1 Encontro dos Conselhos da Comunidade da 7 Regio Penitenciria - Em debate, reduo da reincidncia carcerria | Na Cmara de Vereadores

    28/02 20h Entrega da chave da cidade ao reim Momo - Abertura Oficial do Carnaval

    28/02 e 01/03 21h Carnaval de Rua de Caxias - Sinimb

    08/03 14h Assembleia Geral - Sede da UAB

    Agenda Comunitria

    A moradora do Mariani, Margare-te Amaral, reclama que o Samae abriu um grande valo no passeio pblico em frente sua casa, na rua Virgnia Bo-tini Reuse, mas que fechou o valo com muito desleixo.

    Agora a gua est empossando no passeio, bem na frente da entrada da garagem. Ainda por cima, com os des-nvel, o carro raspa no cho ao entrar na garagem, reclama.

    Ela relata j ter ligado duas vezes para a autarquia, pe-dindo reparos. Ainda no dia 07 de fe-vereiro, foi informada que uma equipe avaliaria a situaao do passeio naque-la semana.

    Como isso no aconteceu, ela ligou novamente e pediram que aguardasse para a prxima semana.

    Eles vo ficar enrolando quanto tempo?, questiona.

    A Estao de Tratamento de gua (ETA) Compacta Eng Idelfonso Jos Schroeber ser inaugurada no dia 15 de fevereiro.

    O evento ocorre s 11h, na prpria ETA, localizada ao lado da Barragem do Sistema Maestra, na Estrada Adolfo Randazzo, bairro Santa F.

    A Estao tem capacidade para tra-tar 50 litros por segundo, sendo abas-tecida pela tubulao de gua bruta da represa Maestra. F

    oram investidos em torno de R$

    2,3 milhes na obra, com o objetivo de ampliar o abastecimento dos bairros e loteamentos Cnyon, Vila Maestra, Pe-dancino, Brandalise, Brandalise II e Par-que Alvorada.

    Fazem parte do sistema 6,5 quil-metros de redes adutoras de gua tra-tada, j implantadas, alm de estaes de bombeamento e centros de reserva-o. A ETA j possui capacidade para ampliar, futuramente, o abastecimento de bairros como Belo Horizonte, Linha 40, Luxor e Altos da Maestra.

    Dois mil e quatorze ser um ano curto. Curto para tantos acontecimen-tos marcantes que ocorrero com ta-manha intensidade para a populao, que cada um ter a capacidade de tor-nar-se o fato a ser lembrado desse ano. Faamos uma previso ento para re-fletirmos sobre aquilo que est por vir. Esperamos, que ao seu fim, tenhamos aprendido coisas que nos permitam evoluir como povo.

    Para os caxienses, o ano traz a Festa Nacional da Uva j em fevereiro, em seus mais de 80 anos e chegando 30 edio. O maior evento da cida-de movimentar em torno de 1 milho de turistas que viro terra, para co-nhecer uma parte do Brasil que carrega forte cultura do trabalho e tem na uva apenas um smbolo de uma agricultura diversificada.

    Acontecendo paralelamente, de forma discreta na divulgao, mas im-portantssima em mostrar o que real-mente feito aqui, acontecer mais uma edio da Feira Agroindustrial que movimentar volumes expressivos de negcios.

    Em maro teremos o Carnaval, no que esta festa popular do nosso pas seja um fato de grandiosidade tal que fi-car marcado como um fato importante do ano, mas este ano teremos algumas peculiaridades que merecem ateno. O Carnaval de Caxias ser na data ofi-cial, coincidindo com a Festa da Uva, o que ser um fato a ser observado, j que durante muitos anos o Carnaval teve sua data alterada sob a alegao que no poderia acontecer durante a Festa da Uva.

    Passando o Carnaval e a Festa da Uva, j vamos cair nos eventos pr Copa do Mundo e suas muitas incon-

    gruncias. Fazer um evento da magni-tude da Copa ser um desafio para o pas todo, mesmo nos lugares que no acontecero jogos.

    Em se falando de Copa do Mundo existem distintas vises sobre os gas-tos pblicos, o estresse do povo e se a Seleo vai ganhar ou no, porm no podemos esquecer-nos da circulao de milhares de turistas estrangeiros e da oportunidade em sediar um evento mundial.

    Ganhando ou perdendo dentro de campo h todo um legado da Copa que dever se incorporar ao pas.

    E as manifestaes? Como as que ocorreram em junho de 2013 estimula-das pela crtica aos gastos com a Copa, tero propores gigantescas?

    Nesse contexto durante a Copa do Mundo vai comear as eleies gerais com a escolha dos ocupantes da pre-sidncia da Repblica, Governador do Estado, Senador e Deputados Federais e estaduais. E a ter um choque entre os entendimentos sobre o pas que quere-mos. Estaro em jogo, literalmente, os destinos do pas pelos prximos anos.

    , 2014 ser um ano curtssimo, passar voando ante tantas atividades e acontecimentos. No deixa de ser o reflexo de um pas que se agiganta ante outros tempos em que o medo e o si-lncio eram as palavras de ordem. Ao fim deste ano faremos uma retrospec-tiva narrando todos estes fatos.

    Sejam quais sejam as definies ou os desfechos de todas estas ativi-dades, com toda a certeza sairemos mais maduros e sabedores de que fize-mos tudo que estava ao nosso alcan-ce. Que as boas energias iluminem esse ano de 2014.

  • Jornal dos Bairros

    Fevereiro 2014Movimento 03

    Washington apresenta realizaes da Smel na UABFoto: Karine Endres

    Jogos Escolares, Fiesporte e Centro de Referncia Regional foram alguns dos destaques

    Aps a primeira fala do secretrio, os comu-nitaristas fizeram seuas intervenes.Maria Apa-recida Stecca, do Por-tinari, mais conhecida como Cida, pediu a co-laborao dos comuni-taristas para ajudarem a cuidar das reas de lazer. Se no, no se consegue construir novas unida-des, temos sempre que estar refazendo as que j existem, disse.

    Sirlei da Luz, comu-nitarista do Vila Leon, pe-diu que o secretrio olhe para aquela comunidade, que conta com uma rea verde que poderia rece-ber alguns equipamen-tos, mas hoje est vazia e a comunidade sem es-pao para integrao e e lazer.

    Luiz Pizetti, presi-dente de honra da UAB, props que o secretrio refletisse que o esporte pode ser uma forma de constituir cidados e que o Brasil precisa de seus jovens. Afinal, j perde-mos duas geraes aps a Ditadura, disse.

    O secretrio municipal do Esporte e Lazer (Smel), Wa-shington Stecanela Cerqueira, esteve presente na Assembleia Geral Em debate, reduo da reincidncia carcerria | Na Cmara de Vereadoressobre a mudana do Fundel para Fies-porte (Financiamento Municipal do Desenvolvimento do Espor-te e Lazer) e tambm sobre as demais atividades desenvolvi-das pela Smel, como o Convi-ver, Jogos Escolares, Navegar e Brinca Enxuto.

    Em relao ao financia-mento municipal para o espor-te, o gestor destacou que no foi apenas no nome do progra-ma que houve mudanas. Se-gundo ele, em 2013 foram in-vestidos um milho e novecen-tos mil reais no projeto. Este ano, o prefeito Alceu Barbosa Velho j aprovou 3 milhes e 200 mil reais para investimos no Fiesporte. uma iniciativa muito importante e temos mui-to a agradecer, pois desta for-ma, poderemos financiar ainda mais comunidades em toda a Caxias, disse.

    Hoje temos mais de 122 projetos protocolados no Fies-porte. Espero que a gente pos-sa atender todos, que o recur-so alcance e que as entidades estejam tambm com a pape-lada em dia, para poderem re-ceber os recursos e desenvolver as atividades, falou. Para Wa-shington, Caxias logo comear a ver cada vez mais seus atle-tas em destaque nacional, pois est aumentando tambm os recursos para o esporte de alto rendimento. Temos hoje atle-tas de alto r