jornal dos bairros 20 setembro

Download Jornal dos Bairros 20 Setembro

Post on 31-Mar-2016

231 views

Category:

Documents

8 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal dos Bairros 20 Setembro

TRANSCRIPT

  • ACESSE: www.jornaldosbairros.tv

    ITAJA NAVEGANTES BALNERIO CAMBORI | 20 DE SETEMBRO DE 2013 | ANO XII | N 668

    Expositores e autoridades

    avaliam a sexta edio do Sul Trade Summit

    Petrobras assina convnio de R$ 1,1 milho

    com Hospital Marieta Konder Bornhausen

    Defesa Civil alerta sobre

    possibilidade de chuva forte para o

    final de semana

    PGINA 3

    Patrocinadores oficiais da Aventura Pelos Mares do Mundo so apresentados

    PGINA 7

    PGINA 7

    Creche Divino Esprito Santo completa 20 anos

    PGINA 3

    PGINA 4

    Victor Schneider

    Divulgao

    Divulgao

    Div

    ulga

    o

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 668 - 20 de SETEMBRO de 2013 | Ano XII | Pgina 3

    O Jornal do Bairros uma publicao da empresa Letras Editora Ltda. (ME), com sede na Rua Jorge Mattos, 15 Centro Itaja SC.Telefone: (47) 3344.8600 Site: www.jornaldosbairros.tv | Twitter: @jornalbairros

    Diretor: Carlos Bittencourt | direcao@bteditora.com.brColaboradores: Marcelo Nunes, Neide Uriarte e Hlio RebelloJornalistas:Leonardo Thom - DRT SC 04607 JPRenara Almeida DRT SC04030 JPDiagramao: Solange Alves | solange@bteditora.com.brDepartamento Comercial: (47) 3344.8600Circulao: Itaja, Balnerio Cambori, Navegantes e regio.Fale conosco: Sugesto de temas, opinies ou dvidas:

    direcao@bteditora.com.br | jornalismo@jornaldosbairros.tvO Jornal dos Bairros no se responsabiliza pelos artigos assinados pelos seus colaboradores ou de matrias oriundas de assessorias de imprensa de rgos oficiais ou empresas particulares.

    Jornal filiado Associao dos Jornais do Interior de Santa CatarinaRua Adolfo Melo, 38, Sala 901, Centro, Florianpolis, CEP 88.015-090Fone (48) 3029.7001 - e-mail: adjorisc@adjorisc.com.br

    EXPEDIENTE

    O QUE FAZ, EXATAMENTE, O OBSERVATRIO SOCIAL DE ITAJA?

    REBELO & ZENDRONADVOGADOS

    Rua Dr. Pedro Ferreira, 155, sala 1502 15 andar - Centro - Itaja

    Fone: (47) 3398.1165 | (47) 9923.7503

    Creche Divino Esprito Santo completa 20 anos

    A resposta a essa pergunta bem simples: o Obser-vatrio Social de Itaja monitora; como o prprio nome o diz: observa, monitora. Simples assim.

    O que significa, ento, monitorar? O verbo moni-torar indica a ao de acompanhar, submeter algo, al-gum, ou alguma situao a controle, significa checar, levantar item por item, obedecendo a um sistema e a um mtodo.

    isto que o Observatrio Social de Itaja faz: mo-nitora, sistematicamente, a qualidade dos gastos pblicos do Municpio de Itaja. Faz isto com base no preceito constitucional de que todo poder emana do povo, ou seja, age apoiado no princpio sagrado da soberania po-pular.

    Agir baseado nesse princpio sagrado da democra-cia d toda legitimidade aos atos praticados pelo Obser-vatrio Social, sendo esse o maior desafio enfrentado pelas suas equipes: no se desviar, jamais, da rigorosa fidelidade que lhe impe o dever da cidadania, no tra-zer para o cerne das suas lutas nenhum trao, por mnimo que seja, de interesse privado, ou de defesa de causas que no sejam as causas da sociedade itajaiense.

    Monitorar o mesmo que fiscalizar? No, so duas coisas diferentes. Veja essa frase: A Receita Federal quer monitorar a entrada de mercadorias, para fiscalizar o cumprimento das leis. Monitora uma coisa, para fisca-lizar outra. Essa a diferena. O monitoramento uma das etapas da fiscalizao, ou melhor, uma modalidade de fiscalizao. A vigilncia exercida por quem tem que fiscalizar, o monitoramento feito por quem exerce controle. O controle uma atividade tpica e clssica da administrao, e exercido sempre em funo da busca de mais qualidade, a tal ponto que no h como se falar em qualidade, sem se falar em controle; e mais, o con-trole sempre colocado em funo da mudana. A busca da mudana, que, se supe, seja a busca da qualidade, obrigatoriamente, passa pelo adequado desenvolvimento das ferramentas de controle.

    Quando o Observatrio Social de Itaja, portanto, se dedica ao controle social da qualidade dos gastos p-blicos do Municpio, no est fazendo outra coisa seno buscar a qualidade desses gastos, ou seja, est prestan-do um relevante servio comunidade, legtima dona do dinheiro pblico. Com isso o Observatrio no visa assessorar o governo, que sempre passageiro, mas for-talecer o estado, que a estrutura permanente. por este motivo, tambm, exatamente, que o Observatrio Social apartidrio: existe para servir ao estado e sociedade, no ao governo.

    Cada cidado, ou cada agrupamento da socieda-de civil de nossa Cidade deveria exercer e fortalecer o controle social da administrao pblica municipal. O chamado do Observatrio Social para que a sociedade itajaiense se conscientize da necessidade de participar mais, de conhecer as aes do Governo, de fiscalizar, monitorar e tambm avaliar a execuo das polticas p-blicas e dos gastos da Administrao.

    Portanto, promover a transparncia pblica e esti-mular a participao da sociedade no acompanhamento e no controle da gesto pblica do Municpio a fim de garantir efetividade e eficcia dos programas e polticas governamentais, ser nossa meta permanente.

    Para todos fica o desafio de procurar ter uma parti-cipao mais ativa na vida da Cidade, de fazer valer a sua cidadania, de conhecer as aes administrativas do Governo municipal. Assim estar exercendo o controle social que o envolvimento da sociedade nos assuntos do governo, com o escopo de monitorar e avaliar as con-dies de execuo das polticas pblicas bem como, acompanhar a realizao dos gastos pblicos a elas ine-rentes.

    Jonas Tadeu NunesCoordenador do Observatrio Social de Itaja

    Empresrios do setor de logstica, comrcio exterior e transporte de carga tiveram acesso aos principais for-necedores, compradores e ao que h de mais moder-no e eficiente em termos de servios nestes segmentos du-rante o Sul Trade Summit 2013. O segundo maior evento do setor no pas, que chegou a sexta edio, terminou em Itaja, no dia 13 de setembro. A feira passou, mas a certeza de bons negcios ficou. Pelo menos isso que garante al-guns dos empresrios, executivos e polticos que passaram pelo Centreventos durante os trs dias do evento.

    O secretrio de Desenvolvimento Econmico de Ita-ja, Onzio Gonalves Filho, fez uma avaliao positiva do Sul Trade Summit, uma vez que o evento atraiu em-presas e portos de todo Brasil, proporcionando aos envol-vidos atualizar contatos, avanar negociaes e engatilhar futuros clientes. Para Onzio, no entanto, o que ficou a garantia de que Itaja caminha a passos largos para se tornar a principal economia de Santa Catarina.

    Eu no tenho dvidas de que nos prximos anos Itaja vai ultrapassar Joinville e se tornar o maior Produto Interno Bruto (PIB) catarinense. E eventos como o Sul Tra-de Summit s reforam essa certeza, porque aqui a gente ouve de todo o trade de logstica e navegao o quanto Itaja cresce e atende as demandas desses setores to im-portantes para a economia nacional, disse Onzio.

    Gerente comercial do Porto de Santos, Wagner Gon-alves, saiu do litoral paulista certo de que conseguiria efetuar bons negcios em Itaja. Habitue da feira desde seus primrdios, ele afirma que os portos catarinenses e,

    Expositores e autoridades avaliam a sexta edio do Sul Trade Summit

    especialmente, o Complexo Porturio do Rio Itaja-Au so essenciais para Santos, pois, revela, cerca de 10% de tudo que transacionado pelo porto paulista tem como sada ou destino os portos barriga-verde. O Sul Trade Summit importante para os portos catarinenses e, se importa para eles, tambm importante para Santos, conclui Wagner.

    O Centro Educacional Divino Esprito Santo (CE-DES) comemora neste ms de setembro seus 20 anos de fundao. A entidade sem fins lucrativos, que atende em mdia 80 crianas de baixa renda, com idade entre 0 e 4 anos, celebrar seu aniversrio com uma programao especial, voltada aos pais e a toda a comu-nidade.

    Para envolver a comunidade, o CEDES presentear os moradores de Itaja, nesta sexta-feira (20), s 19h15, com uma palestra sobre o uso de drogas. O objetivo gerar dilogo com pais e interessados na temtica, sobre como ocorre a dependncia de drogas, como o comportamento dos pais influenciam os filhos e como conversar com os filhos sobre esse assunto. O evento ser aberto, gratuito, e ocorrer na sede da creche, na Rua Minas Gerais, no Cos-ta Cavalcante, Bairro Cordeiros. A palestra ser ministrada pelos profissionais do Projeto Escolhas, da Univali, as farmacuticas Noemia Liege Bernardo e Vnia Noldin, e pela mdica Viviane Faria da Silva.

    No dia 27 de setembro, o Centro Educacional pro-mover uma cerimnia na Cmara de Vereadores de Ita-ja, a partir das 19h30. Sero realizadas apresentao e homenagens.

    HistriaFundada em 27 de setembro de 1993, o Centro Edu-

    cacional Divino Esprito Santo (CEDES) surgiu em Itaja com a proposta de educar e cuidar de bebs e crianas carentes, de famlias trabalhadoras.

    Nessas duas dcadas de funcionamento, mais de 3000 crianas j estudaram no CEDES. Por ser uma enti-dade sem fins lucrativos e no governamental, a instituio se mantm com auxlio de empresas e colaboradores es-pontneos. A creche atende em perodo integral, e oferece

    alm das atividades de ensino, materiais pedaggicos, ali-mentao, banho e aulas de capoeira.

    :: Programao20 de setembro:: 19h15 - Palestra O prazer das drogasPalestrantes: Noemia Liege Bernardo, Vnia Noldin e Viviane Farias da Silva Projeto Escolhas Univali:: Local: Centro Educacional Divino Esprito Santo

    27 de setembro:: 19h30 Sesso Solene em Comemorao 20 anos CEDES:: Local: Cmara de Vereadores de Itaja:: Festa de aniversrio CEDES, com alunos e equipeLocal: Centro Educacional Divino Esprito Santo

    29 de setembro:: 11h Almoo de Integrao:: Local: Centro Educacional Divino Esprito Santo

  • WWW.JORNALDOSBA