jornal cidade - jardim camburi

Download Jornal Cidade - Jardim Camburi

If you can't read please download the document

Post on 07-Apr-2016

220 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Ed06 | Rg08

TRANSCRIPT

  • Jardim camburiregioJardim camburi e parque industrial

    Reforo na segurana com mais agentes, novo DPM e Base Operacional da Guarda PG.10

    deZembro de 2014ano 1 | nmero 6

    www.vitoria.es.gov.br @VitoriaOnLine facebook.com/vitoriaonline instagram.com/vitoriaonline

    Feira orgnica: alimentos sem agrotxicos no bairroA comerciante Laysa incentiva os filhos, Antnio e Letizia, a cuidarem da sade PG.11

    8

    Nova iluminao em Camburi:mais beleza e segurana

    Avenida Dante Michelini: rea livre para esporte e lazer

    Programa Educao Ampliada: novo jeito para aprender

    Prefeitura quer criao de polo gastronmico no bairro

    Centro de Convivncia promove a sade da Terceira Idade

    pg.08 pg.04

    pg.06

    pg.03

    pg.05

    Aerbica noturna agita a comunidade na praa

    Os aules na pracinha da bocha, uma parceria da Prefeitura com a Associao de Moradores: mais qualidade de vida

    Lmpadas brancas e de vapor metlico iluminam a orla Jardel com a filha, Maria Clara: alegria na Rua de Lazer

    Escolinha de futsal uma das opes oferecidas no bairro

    Os empresrios Fausto, Marinete e Gustavo: expectativa

    Atividades manuais ajudam na socializao dos idosos

    pg.05

  • 2V I T R I A - ES

    PARQUE INDUSTRIAL

    JARDIM CAMBURI

    CARATORA

    MRIO CYPRESTE

    BAA DE VITRIA

    SERRA

    VITRIA

    AEROPORTO

    13

    2

    45

    7 9

    68

    Regio 8Vitria

    Conhea mais um pouco da sua regio

    al morador!

    Como voc j per-cebeu, prezado leitor, este infor-mativo fala de Vitria e mais um canal de comu-nicao que se integra ao modelo de gesto com-partilhada adotado pela Prefeitura para ouvir os moradores e incentivar a participao popular.

    Essa forma compar-tilhada de administrar a cidade tem o objetivo de envolver a populao nas escolhas das aes da Prefeitura e permite solucionar problemas reais das comunidades.

    Um dos mecanismos criados para transformar a gesto compartilhada em realidade o Gabine-te Itinerante, uma srie de audincias pblicas que levam o prefeito e o secretariado a discutir, nos bairros, os proble-mas e as sugestes locais.

    E o Jornal Cida-de nasce com o mes-mo objetivo, ouvindo os moradores e dando transparncia s aes da municipalidade para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

    Para aproximar ain-da mais os moradores da realidade da cidade, e tambm para conhecer melhor as demandas da comunidade, cada uma das nove regies admi-nistrativas em que Vit-ria dividida tem o seu prprio informativo.

    Esta edio dedi-cada Regio 8 - Jar-dim Camburi, formada por Jardim Camburi (o bairro mais populoso da cidade) e pelo Parque Industrial, que abriga grandes empresas e no habitado.

    Queremos ouvir a sua opinio. No se aca-nhe nem para criticar. Juntos, faremos uma Vi-tria a cada dia melhor.

    Boa leitura!

    O gerente Vander ( esquerda) e sua equipe: meta da Regional atender demandas com rapidez e eficincia

    Para aperfeioar o geren-ciamento de Vitria, cuidan-do ainda melhor de cada um dos bairros, dentro do mode-lo de gesto compartilhada, a Prefeitura redividiu a cidade em nove regies administra-tivas (at 2013 eram sete).

    A mudana foi feita por meio da Lei no 8.611, publi-cada no Dirio Oficial de 2 de janeiro deste ano. As nove re-gies so: 1 - Centro, 2 - Santo Antnio, 3 - Jucutuquara, 4 - Marupe, 5 - Praia do Canto, 6 - Goiabeiras, 7 - So Pedro, 8 - Jardim Camburi e 9 - Jar-dim da Penha.

    Em cada uma dessas re-gies h uma Gerncia Regio-nal, que conta com uma equi-pe prpria para atender s demandas. Coordenada por Vander Borges dos Santos, a Regional 8 - Jardim Camburi atua de forma eficiente para atender comunidade.

    Ns trabalhamos para executar tudo com muita ra-pidez. O morador de Jardim Camburi bem exigente, e, por isso, nosso diagnstico e nosso trabalho precisam ser rpidos e eficientes, destaca Vander.

    Fazemos toda a parte de manuteno de pequenas obras na regio.Atendemos no apenas as demandas que chegam pelo Fala Vitria 156, mas queremos ter um dilogo muito prximo com a comu-nidade, completa.

    Vander assumiu em maio deste ano e, para conseguir diagnosticar e resolver os problemas, ele e sua equipe dialogam com todos que pro-curam a Regional.

    Na foto acima, Vander ( esquerda) com sua equipe Nycollas Teodoro,Ari de Al-meida, Israel Lyra e Heleisson Rais (em p) e Jlia Lirio Pela, Vanuza Pinto Lopes e Elai-ne Servate (sentadas), alm de Vitria Suliotis e Joanna Wetler (que no esto na foto).

    Entre os servios exe-cutados pela Regional des-tacam-se a manuteno dos equipamentos pblicos, pe-

    Com o objetivo de aproximar ainda mais a administrao dos moradores, foram criadas mais duas regies

    Prefeitura fica mais perto do cidado com nove regionais

    - Endereo: rua Paschoal Delmaestro, 635

    - Telefone: 3317-4713

    - Atendimento: das 8 s 18 horas

    REGIONAL 8 - JARDIM CAMBURI

    InFORMAtIVO dA PREFEItuRA MunICIPAL dE VItRIA

    Regio 8 - Ano 1 nmero 6dEZEmBro dE 2014

    Secretria de Comunicao Marg Devos

    margodevos@vitoria.es.gov.br

    Subsecretria de Imprensa Kennya Gava Pinheiro

    krgava@vitoria.es.gov.br

    Subsecretria de Marketing Janana Frechiani Lara Leite

    janainaleite@vitoria.es.gov.br

    Subsecretrio de Comunicao Institucional

    Jaldecy Pereira da Silva jp@vitoria.es.gov.br

    Produo, projeto e textos s Comunicao - 3347-0163 www.ascomunicacao.com.br

    EdioEliza Zamagna/

    s Comunicaco

    textos Anderson Cacilhas

    Cristian Favaro Eliza Zamagna Filipe de Paula

    Jaqueline Vianna e Viviann Barcelos

    Reviso Edlamara Conti/PMV

    Matheus Thebaldi/PMV Eliza Zamagna

    diagramao Charles Santos/

    s Comunicaco

    Fotos Filipe de Paula

    Mauro Schauffert Pablo Baptista

    Produo de fotos Maurcio Queiroz de Oliveira

    Apoio Secretaria de Comunicao

    da Prefeitura de Vitria

    autorizada a reproduo dos textos aqui contidos desde que

    citada a fonte. Sugestes e crticas podem ser enviadas para o e-mail: jornalcidade@vitoria.es.gov.br

    quenas obras nas ruas, lim-peza de redes de drenagem e das coletoras e caixas-ralo, pedidos de demolies em locais de fcil acesso etc.

    As Regionais tambm atendem s solicitaes de deslocamento de mobilirio de edificaes em situao de risco e sinalizaes.

    GESTo ComParTIlHada

  • 3REGIO JARDIM CAMBURI8

    Os empresrios Lucignani Fausto, Marinete Oakes e Gustavo damasceno: variedade de sabores na Laminha

    Clientes e moradores do bairro, Isabel e Antnio aprovam as opes

    Jardim Camburi vive um verdadeiro boom gas-tronmico. Bares e res-taurantes das mais variadas especialidades vm se insta-lando em diversos pontos do bairro, ampliando o universo de sabores e de opes de la-zer para o pblico, inclusive de outras regies.

    O sucesso to grande que, em 2015, Jardim Cam-buri (Regio 8) vai ganhar, oficialmente, um polo gas-tronmico, assim como o Centro (Regio 1), a Ilha das Caieiras (Regio 7), Jardim da Penha (Regio 9), a Praia do Canto e a Curva da Jurema (Regio 5).

    Na prtica, os polos gas-tronmicos renem empre-sas da rea de alimentao para promover o desenvol-

    vimento do setor em busca de competitividade e excelncia de produtos e servios.

    Nas reas em volta dos estabelecimentos, frequen-tadores, trabalhadores e mo-radores passam a contar com melhorias na infraestrutura local, incluindo a urbaniza-o, a segurana, a ilumina-o e o transporte.

    A Lei Municipal nmero 8758/2014, que cria o progra-ma Polos Gastronmicos, j foi sancionada pelo prefeito. O prximo passo a regula-mentao de cada polo, o que ocorrer por meio de decreto.

    O projeto dos polos fruto de parceria entre a Prefeitura, o Sebrae-ES e o Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares do Esprito Santo (Sindbares).

    Com o crescimento e a variedade de opes, o bairro se tornou autossuficiente e vai ganhar, oficialmente, um polo gastronmico em 2015

    ENTrETENImENTo E CulINrIa

    Jardim Camburi conquista o pblico

    Laminha se desenvolve e vira referncia na noite

    Qualificao a prioridade Da culinria interna-

    cional ao melhor da comida de boteco, a diversificada avenida Judith Leo Castello Ribeiro, em Jardim Cambu-ri, popularmente conhecida como Laminha, cresceu e tornou-se um dos princi-pais points de gastronomia e entretenimento da cidade.

    Empresria do setor h 22 anos, Marinete de Souza Farias Oakes, 49, possui um bar na Laminha e est en-tusiasmada com a eferves-cncia do local. Aqui era deserto. Hoje somos uma re-gio urbanizada, que oferece opes para todos os gostos. Pblicos de todas as regies vm aqui para nos presti-giar, afirma.

    Atentos ao potencial de Jardim Camburi, o italiano Lucignani Fausto, 56, e o mi-neiro Gustavo Damasceno, 43, tambm apostaram na Laminha para montar novos negcios. Gustavo, que h dois anos comanda um res-taurante mexicano, come-mora o aumento da clientela:

    Quando eu cheguei aqui, era o meu restaurante e mais alguns. Agora a varie-

    Capacitaes, cursos e palestras integram as estratgias da Prefeitura para promover a quali-ficao do atendimento e de produtos dos polos gastronmicos.

    Segundo a lei dos po-los, alm do treinamento da mo de obra e de em-presrios, a Prefeitura far melhorias nas reas comuns, festivais e aes de marketing.

    Para Marcelo Navar-ro, de 32 anos, dono de

    uma choperia no bairro, as aes vo contribuir ainda mais para o cres-cimento do setor.

    A aprovao da lei foi uma vitria de todos. Estamos ansiosos para acompanhar todas essas transformaes previs-tas, comemora.

    A choperia de Mar-celo fica na av. Ranulfo Barbosa dos Santos, ao longo da qual existe uma grande concentrao de bares e restaurantes.

    dade grande, e a qualidade tambm. O pblico aumen-tou, principalmente nos fins de semana, e vai desd