jornal a voz do povo

Download Jornal  A Voz do Povo

Post on 01-Apr-2016

217 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O jornal que eu gosto de ler

TRANSCRIPT

  • Ano XXIV edio 517- 18 a 31 de julho 2014 - Uberlndia MG - www.jornalavozdopovo.com.br - E-mail:jornal@umg.com.br DISTRIBUIO DIRIGIDA E GRATUITA

    Festana

    no Conviver

    LaranjeirasCom o objetivo de debater

    s o b r e a q u a l i c a o

    prossional no segmento

    supermercadista e fomentar

    o relacionamento empresa-

    rial entre varejo e indstria, a

    Associao Mineira de

    Supermercados (Amis)

    promoveu em Uberlndia,

    nos dias 15 e 16 de julho, a

    1 7 e d i o d o S u p e r

    Encontro Varejista (Sevar)

    do Tringulo Mineiro e Alto

    P a r a n a b a . O e v e n t o

    reneiu cerca de 2 mil

    empresrios do segmento

    de supermercados de

    diversas cidades das duas

    regies e inclui palestras,

    debates e mostra de produ-

    tos em sua programao.

    De acordo com o presi-

    dente da Amis, Alexandre

    Poni, o objetivo do encontro

    estreitar o relacionamento

    com a categoria. uma

    oportunidade que temos de

    conhecer mais as necessi-

    dades dos nossos clientes e

    fomentar maior aproxima-

    o com todos. uma

    oportunidade de interioriza-

    o da Amis, uma vez que

    essa regio representa 20%

    do faturamento do Estado

    anualmente, disse.

    Segundo a Amis , as

    regies do Tringulo Mineiro

    e Alto Paranaba possuem

    1.060 supermercados,

    empregando cerca de

    2 5 . 0 0 0 p e s s o a s , c o m

    faturamento anual de R$ 6

    bilhes. Parabns para a

    Amis por promover este

    evento. A rede varejista

    muito importante para a

    economia do Estado, e

    Uberlndia e regio tem

    grande participao neste

    mercado , des tacou o

    secretrio municipal de

    D e s e n v o l v i m e n t o

    Econmico e Tur ismo,

    Paulo Romes. O v ice-

    pre fe i to Pau lo Vi t ie l lo

    tambm elogiou a iniciativa

    da Amis em promover o

    encontro e est re i tar o

    relacionamento do setor.

    So esperados para o

    evento cerca de 2 mi l

    empresrios, que visitaro

    os 33 estandes de diversos

    fornecedores. A expectativa

    que sejam negociados R$

    7 milhes no encontro, alm

    de negcios futuros.

    O maior beneciado

    desse tipo de evento o

    consumidor na l . Aqui

    podemos levar uma varieda-

    de maior de produtos para

    nossos supermercados.

    Com mais opes , os

    preos podem se equilibrar

    e o c l i e n t e t e m m a i s

    opes, contou Thiago

    Teixeira, supervisor de uma

    rede de supermercados de

    Uberlndia.

    PG. 03

    Pg.

    0608

  • GERAL

    - Luiz Caymmi

    MTB/MG 06901 JP

    - Luiz Carlos de Souza

    MTB/MG 06903 JP

    CULTURA

    - Tio Cassimiro

    MTB/MG 06902 JP

    REDAO3222-1192

    9324-1192(34)

    www.jornalavozdopovo.com.br

    IC PUBLICIDADE E PROPAGANDACNPJ: 12.833.789/0001-40 - C.M.C 220.199.00

    Diretor responsvel

    Irineu Castanheira

    MTB/MG 06900

    Av. Serra do Espinhao, 1113 Sala 02 - CEP: 38410-384

    Bairro So Jorge - Uberlndia -MG

    E-mail: redacao@jornalavozdopovo.com.br

    Reporter fotgrafico

    - Jos Alves

    MTB/MG 15018 JP

    Publicidade

    - Sandra Santos

    GRFICA PONTUAL - TEL. (34) 3241-0634 - ARAGUARI - MG

    Colunista

    - Ismair Max

    MTB/MG 18029/JP

    02 Variedades02 A VOZ DO POVOA VOZ DO POVOwww.jornalavozdopovo.com.brUberlndia, de 18 a 31 de julho de 2014

    FLR DE LIZ PRESENTESFLOR DE LIZ PRESENTES

    Av. Serra do Espinhao, 1113 - Sa Jorge

    Parcelamos em

    at 3X nos cartes:

    Tapetes, Pano de pratos, Jogo de cozinha

    Puxa sacos, Artigos para presentes em geral

    (34) 9660-8160

  • AVP 0303A VOZ DO POVOA VOZ DO POVOwww.jornalavozdopovo.com.brUberlndia, de 18 a 31 de julho de 2014

    Uberlndia forma eixo para o desenvolvimento do PasDivulgao

  • 04 AVP04 A VOZ DO POVOA VOZ DO POVOwww.jornalavozdopovo.com.brUberlndia, de 18 a 31 de julho de 2014

    LOJA

    CONTINENTALAqui voc pode!

    Moda Masculina e Feminina - Adulto e InfantilArtigos pra Recm Nascidos, Cama, Mesa e Banho

    Rua Altivo Ferreira Batista, 210 - So Jorge - Uberlndia-MG

    Telefone: (34) 3216-0128

  • ESPECIAL 0505A VOZ DO POVOA VOZ DO POVOwww.jornalavozdopovo.com.brUberlndia, de 18 a 31 de julho de 2014

    Nilton - Copiadora Terminal

    Santa Luzia

    Al Raul Petronilho de Pdua, 180 B. Granada

    Pronto Socorro dos culos

    tica e Relojoaria

    PTICA

    (34) 3255-0691(34) 3255-0691

    ClassicSupermercado

    melhor preo aqui!

    Av. CONTINENTAL, 648 - TEL. 3231-4595 B. LARANJEIRAS

    ACEITAMOS TODOS OS CARTES DE CRDITO

    PONTOFORTEFORTEFORTEn u t r i o e s p o r t i v a

    34 3223 2877 34 8843 8843

    Rua Paquisto, 143 - Loja 02 - B. Laranjeiras - Uberlndia-MG

    Tenente Wesley. Jos Alves, presid. do Consep Setor 5

    Josino Costa, o comandante da 148 cia capito Walter,

    Senhor Ivo e a moradora do Shoppark Luciana

    A Secretria AntiDrogas e de Defesa Social

    Dr Flvia acompanhando a posse de Jos Alves

    diretor Social do Consep Setor 5 da 148cia PMMG

    Donizete presid. da Assoc. de

    Morad. do B. Morada Nova

    e Amigos.

    Reunio do

    CONSEP

    Setor 5 - 148 cia

    no B.Granada

    dia 11/07

    contou tambm

    com a presena

    do ver. Celso

    Santos.

  • 0606 Uberlndia, de 18 a 31 de julho de 2014 AVPA VOZ DO POVOA VOZ DO POVOwww.jornalavozdopovo.com.br

    H de se considerar que, o resultado desastroso,

    humilhante e vergonhoso e at mesmo pattico da

    seleo brasileira perante Alemanha ir inuir de

    a l g u m a m a n e i r a n a c a m p a n h a e l e i t o r a l ,

    pr incipalmente a nvel presidencial e para

    governador, reetindo e respingando nos candidatos

    aos cargos das Assemblias estaduais e Cmara

    federal.

    A presidente Dilma e seus aliados com certeza tero

    que enfrentar uma avalanche de acusaes e crticas

    decorrentes da infraestrutura para esta Copa de

    Mundo, mesmo que infundadas e inventadas, pois o

    clima negativo pairando no ar por causa da derrota de

    7 a 1, inspira ainda mais os derrotistas que at mesmo

    antes da competio, de 4 anos para c esto anunci-

    ando este fracasso e agourando a nossa seleo

    para um vexame deste.

    So os famosos torcedores do jacar que mesmo

    sabendo de fatos positivos insistem em plantar

    notcias negativas e falsas, sem que haja crtica

    construtiva e saudvel, j desde o anncio desta

    Copa para o nosso pas.

    Todos que anunciaram a falta de competncia na

    construo dos estdios, na falta de mobilidade

    urbana, na falta de vagas para hotis, restaurantes e

    at mesmo falta de ingressos, viram os excessos de

    crticas e se recolheram, para ver a seleo passar.

    No preciso ser um expert ou fazer um diagnstico

    das obras, s ver o que a imprensa est noticiando.

    Se estivesse dando tudo errado, seramos manchetes

    todos os dias. Agora com a derrota, todas aquelas

    notcias iro ser manchetes novamente. Infelizmente,

    uma derrota da seleo e de modo vexatrio motivo

    para se iniciar uma campanha negativa de maneira

    inconsequente e injusta contra os atos do governo, e

    fazer voltar tona via imprensa e horrio eleitoral,

    toda a indstria do pessimismo gerado pr Copa. Vai

    ser um gancho e tanto para os adversrios polticos

    do governo e aliados, que tero pauta para a campa-

    nha inteira, ao invs de exporem seus planos de

    trabalho.

    Se a nossa Seleo tivesse ganhado, sem dvida

    no haveria ambiente propcio para ataques polticos

    e nem haveria por antecipao o desgaste poltico de

    candidatos ligados ao governo federal e mesmo

    adiante, ganhando o ttulo, os argumentos se perderi-

    am na grandiosidade da festa.

    Da derrota da seleo ca uma lio: todo empreen-

    dimento e projeto tem que ter planejamento e organi-

    zao, o que sobrou no time alemo, onde se prepa-

    ram h 6 anos, com praticamente o mesmo grupo, e

    ns? Quantas vezes trocamos de tcnico e de jogado-

    res durante estes ltimos 4 anos?

    Protestar e extravasar quebrando e queimando tudo

    por causa da derrota do time do nosso pas, no leva a

    lugar nenhum, s mostra o lado incultural, inconfor-

    mista e derrotista do nosso povo. Temos o time que

    merecemos, porque somos cmplices de todo esse

    processo de formao da seleo e sempre camos

    alheios s mudanas.

    Resta ao governo Dilma e seus aliados, reforarem

    suas baterias antiareas contra os ataques que

    viro por a, por conta deste clima de derrota que se

    abateu ps jogo do Brasil. Infelizmente os adversrios

    usaro esta derrota como ponte para seus discur-

    sos, em vez apresentarem planos de governo e

    solues para a melhor qualidade de vida do elei-

    tor.Em 1994, a conquista do tetra foi determinante

    para um discurso vitorioso do candidato e presente

    Fernando Henrique Cardoso, mas em 2002 foi a vez

    do Lula se aproveitar da conquista do penta, pois o

    povo clamava por mudanas.

    Agora em 2014, uma derrota pode inuir no voto, o

    que no deveria acontecer, pois um jogo no tem

    nada a ver com o planos de campanha. O humor do

    eleitor est or da pele, ento como estrategista,

    aconselho a no falar de poltica, pelo menos at

    agosto.

    O resultado do jogo e as eleies

    Ins