jÁ nÃo precisas de saber nadar para praticar ?· os exames borrifaram-se para os festivais de...

Download JÁ NÃO PRECISAS DE SABER NADAR PARA PRATICAR ?· os exames borrifaram-se para os festivais de Verão,…

Post on 09-Dec-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Dir

ecto

ra: R

aque

l Lou

S

ilva

| Qui

nta-

feir

a, 9

de

Julh

o de

20

09

| N.

146

| Q

uinz

enal

| D

istr

ibui

o

grat

uita

| w

ww

.mun

doun

iver

sita

rio.

pt

No skate No skate parque parque tambm tambm h ondash ondas

J NO PRECISAS DE SABER NADAR PA

RA PRATICAR SURF.

AGORA TAMBM PODES SURFAR COM O

S PS ASSENTES NA

TERRA. CHAMA-SE STREET SURFING E

O DESPORTO RADI-

CAL QUE EST NA MODA. P. 08-10

Pub.

PUBLICIDADE

03 [9 JUL 2009]mu [by day] [Sumrio]

EDIO ESPECIAL AMBIENTE

ficHa TcNicA: Ttulo registado no I.C.S. sob o n. 124469 | Propriedade: Moving Media Publicaes Lda | Empresa n. 223575 | Matrcula n. 10138 da C.R.C. de Lisboa | NIPC 507159861 | Conselho de Gerncia: Antnio Stilwell Zilho; Francisco Pinto Barbosa; Gonalo Sousa Uva | Directora: Raquel Lou Silva | Redaco: Andreia Arenga | Colaboradores: Mariana Seruya Cabral, Shampo Decapante | Online: A | Projecto Grfi co: Joana Tlio | Paginao: Pedro Castro | Reviso: Catarina Poderoso | Marketing: Rui Gonalves; Vanda Filipe | Publicidade: Margarida Rego (Directora Comercial); Rui Tito Lopes (Account Director) | Distribuio: Henrique Sanchez | Sede Redaco: Estrada da Outurela n. 118 Parque Holanda Edifcio Holanda 2790-114 Carnaxide | Tel: 21 420 13 50 | Tiragem: 35 000 | Periodicidade:Quinzenal |Distribuio: Gratuita | Impresso: Grafedisport; Morada: Casal Sta. Leopoldina Queluz de Baixo 2745 Barcarena; ISSN 1646-1649.

edito

rial

LEITOR DE MP3 PROVA DE GUA 100% prova de gua e tambm anti-choque. O Kanyon da Mamup (apenas com 19X66 mm), permite fazer-te coisas impensveis como surfar e curtir msica ao mesmo tempo. impremivel at 3 metros de profun-didade, tem automonia de 13 horas outdoor e quase 3 horas debaixo de gua. PVP | 59,90 euros (4GB)

ECO-CINZEIRO O cinzeiro ecolgico amigo do ambiente e ainda por cima porttil o que o torna super prtico. Produzido com materiais reciclados, reciclveis e biodegradveis fabricado em Ingla-terra e ideal para levares para a praia ou para os festivais de Vero. www.boody.eu

PRXIMA EDIO 16 DE JULHOO espao vai ser pouco para falar dos dos festivais incontornveis que continuam a dar que fazer quando as festas, dizem, deviam ser para descansar: Paredes de Coura, Santa Cruz Ocean Spirit, Mars Vivas, Andanas e o Festival Msica do Mundo, em Sines. Mas ainda vai dar para te contar uma histria de censura em pleno meio Acadmico nacional. O queixoso Professor e conta tudo ao MU.

Gadgets

SUPEIOR ENERGETICAMENTE EFICAZAs Universidades do Porto e Aveiro e os Politcnicos de Leiria e Bragana foram as quatro in-stituies de ensino superior que assinaram recentemente um pro-tocolo com o Governo em nome da eficincia energtica e ambi-ental. Ministrio das Finanas, Ministrio da Cincia, Tecnologia

e Ensino Superior e Ministrio da Economia e Inovao promovem juntos este acordo que se traduz num investimento em 32 milhes de euros. Segundo nota do ga-binete de Teixeira dos Santos, este acordo tem por objectivo a realizao de um conjunto de obras de melhoria da eficincia energtica e ambiental a realizar nas quatro entidades do ensino superior referidas e que surge

no mbito da Iniciativa para o In-vestimento e o Emprego.

HBITOS SUFICIENTEMENTE POSITIVOSA Habbo www.haboo.pt , uma expressiva rede social dirigida a jo-vens de todo o mundo, organizou um inqurito sobre os seus hbitos e preocupaes ambientais. Num universo de aproximadamente 40

mil jovens portugueses que re-sponderam ao inqurito, 49% faz questo em usar papel reciclado. No que toca a poupana de gua, sensivelmente 59% dos inquiridos garantem tomar um duche rpido e, finalmente, no que toca uti-lizao de desodorizantes, tambm so 59% os que tm por hbito utilizar um desodorizante Roll-on, enquanto 29% prefere utilizar um desodorizante spray-aerossol.

NOVO RECORDE IBRICOA Equipa Eco Veculo, da Faculdade de Cincias e Tecnologia da Univer-sidade de Coimbra (FCTUC), esta-beleceu um novo Recorde Ibrico de Economia de Combustvel na Eco-marathon Youth Challenge UK 2009 (30 de Junho 1 de Julho), ao conseguir percorrer, no seu pro-ttipo XC20i, 2306,8 km com um nico litro de gasolina sem chumbo 95. Esta equipa participa em provas de economia de combustvel desde o ano de 1999 e detm o Recorde

Absoluto da Penn-sula Ibrica desde o ano de 2001.

POUPAR ENERGIANo passado dia 5 de Junho, Dia Mun-dial do Ambiente, o National Geo-graphic Channel e a EDP colocaram a Casa Eficiente online. A Casa est agora disponvel para todos os que no tiveram oportunidade de visit-la em Lisboa, no Pavilho do Conhecimen-

to. Este um projecto

ambiental que visa divulgar e promover a eficincia energtica e outras medidas ecolgi-cas que podem transformar Portugal num Pas mais sustentvel. uma casa comum, com cerca de 100 m2 e tipologia T2 na qual os visitantes podero conhecer, diviso a diviso, sugestes que ajudam a reduzir o or-amento de cada casa e a preservar o Planeta Terra. Visita em www.nat-geo.pt/casa-eficiente

R.C.ilva

ambientais. Num oximadamente 40

enquanto 29% prefere utilizar um desodorizante spray-aerossol.

to. Este um projecto

ambiental que omover a eficincia s medidas ecolgi-ansformar Portugal ustentvel. uma cerca de 100 m2 qual os visitantes

, diviso a diviso, dam a reduzir o or-casa e a preservar isita em www.nat-te

J ACABASTE

A TUA POCA DE EXAMES?

No preciso momento em que escreveu a lti-ma frase, o Carlos sentiu que tinha um problema

entre mos. E dos graves. Depois de passar ms e meio agarrado aos apontamentos a fazer vida de monge, o seu

corpo parecia adormecido face informao de que j no tinha que passar mais tarde nenhuma enfiado em apontamentos. Sem

saber bem como, foi ter ao bar da faculdade e juntou-se a uma malta que planeava uma jantarada. Naquela noite beberam tanto ou

to pouco que o Carlos acordou nas urgncias mais pximas. Demo-rou uns dias a restabelecer-se mas recuperou a tempo de ir ao Super

Bock Super Rock e ao Alive. Depois foi para a Tunsia com os pais. Daniela, quando acabou a poca de exames, no lhe apeteceu ali-

nhar em bebedeiras de rajada. Foi para o ginsio descontrair e passou a noite a arrumar a papelada que cobria o cho do quarto. Ficou tudo

organizadinho e at o desktop que ostentava um smbolo espiritual para puxar concentrao, foi substitudo pelo devasso Johnny Depp. Estava oficialmente aberta a poca do sol e do flirt. Destino? Algarve. Com um pulinho certo Zambujeira do Mar para o Sudoeste.A Carolina e o Andr apaixonaram-se naquele semestre e mal acabaram os exames borrifaram-se para os festivais de Vero, inscreveram-se no www.deboleia.com e apanharam boleia de camio at Barcelona. Foram felizes naquele Vero: passearam de mo dada, comeram gelados e cumpriram a promessa feita aos pais de serem respon-sveis. Quando o dinheiro acabou e no lhes ocorreu nenhum malabarismo interessnate para ganhar dinheiro nas Ramblas, voltaram a inscrever-se no www.deboleia.com e regressaram com um grupo de amigos portugueses que lhes deram a conhcer os barbudos ZZ Top e o regresso a Portugal fez-se ao som de um rock blues psicadlico, numa banda sonora perfeita. E tu, j acabaste a poca de exames?

RAQUEL LOU SILVA DIRECTORA rsilva@mundouniversitario.pt

Actualidade

Projectos

[No auditrio com...] 04[9 JUN 2009]mu [by day]

ANDREIA ARENGAaarenga@mundouniversitario.pt

Foste distinguido por seres o melhor aluno da Catlica do Porto a terminar a licenciatura este ano. O que siginifica para ti este prmio?Este prmio foi o reconhecimento do esforo desenvolvido ao longo dos anos da minha li-cenciatura, foram anos exigentes sobretudo os dois ltimos, de bastante trabalho e dedicao. Foi muito gratificante receber esse reconheci-mento da Fundao Salvador Caetano.

Qual o segredo para se ser um aluno exemplar e terminar a licenciatura com 18 valores?A boa gesto do tempo. Se a pessoa conseguir conciliar bem a sua vida pessoal com a sua vida acadmica, e se conseguir definir prioridades ainda que isso implique de alguma forma al-guns sacrificios, acho que possivel conseguir bons resultados.

Desde Setembro trabalhas como Audi-tor Financeiro na Deloitte e em 2007 j tinhas feito um Estgio de Vero no Millennium BCP. Que mais valias essas experincias tm trazido para a tua ex-perincia enquanto profissional?Foram duas experincias distintas. A do Mil-lenium BCP foi mais curta mas permitiu-me fazer uso da competncia da inovao. Neste momento, a experincia na Deloitte tem duas componentes bastante positivas e que tm en-riquecido as minhas competncias. Em primeiro lugar, o facto de poder conhecer diferentes em-presas com dimenses e actividades bastante distintas, o que me permite conhecer a estrat-gia de cada uma delas e ter uma noo global deste tipo de organizaes. Por outro lado,

conseguir perceber a sade financeira de uma empresa, tomar decises financeiras por mais pequenas que sejam.

Hoje em dia valoriza-se muito a ex-perincia internacional em qualquer carreira. J fizeste alguma coisa nesse mbito ou algo que ainda queres fazer no futuro?Nunca o fiz, j tive oportunidade, mas optei pelo Millenium BCP na altura. Mas concordo, acho que uma mais valia e algo que espero fazer no futuro, sim. S no sei quando. Creio que isso mesmo essencial, portanto, ser ap-enas uma questo de tempo.

O que que vais fazer com os 1500 eu-ros?Vou investir neles de alguma forma, mas ainda no pensei muito nisso at porque o