ireito - pgina inicial — oab sp .unb/cespe – oab/sp direito...

Download IREITO - Pgina Inicial — OAB SP .UnB/CESPE – OAB/SP Direito Civil 136. Exame de Ordem Prova

Post on 09-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 1

    DIREITO CIVIL

    PEA PROFISSIONAL

    Ponto 1

    A empresa "A", no dia 2 de junho de 2008, contratou com a empresa "B", mediante instrumentoparticular firmado por elas e duas testemunhas suficientemente qualificadas, a confeco de mveis demadeira para sua nova sede, que deveriam ser montados conforme as medidas e o desenho previamenteapresentados pela empresa "A". De acordo com o estipulado em contrato, ajustou-se o preo de R$50.000,00, nas seguintes condies: R$ 25.000,00 no ato da assinatura do contrato, e o saldoremanescente no ato da entrega e instalao dos bens, que se efetivaria, na sede da contratante, no dia4 de julho de 2008.

    A empresa "A" alega que, embora tenha pago a primeira parcela do preo ajustado, a contratada,at o dia de hoje, no procedeu confeco e entrega dos bens.

    Em face da situao hipottica acima descrita, na qualidade de advogado(a) contratado(a) pela empresa lesada, redija a pea processualadequada, considerando que, apesar do inadimplemento da contratante, a contratada mantm interesse jurdico quanto ao cumprimentointegral do contrato. Alm das argumentaes fticas, apresente os fundamentos legais aplicveis ao caso, bem como formule todosos pedidos cabveis, inclusive os subsidirios ao principal.

    Ponto 2

    Jlio, no exerccio da funo de diretor da sociedade comercial Mercearia Secos e Molhados Ltda.,no dia 3 de dezembro de 2007, alienou e entregou mercadorias a Gilberto, motivo da emisso da notafiscal n.o 1.102, srie A, no valor de R$ 10.000,00. Gilberto quitou a referida obrigao por meio docheque n. 104.765-9, srie AA, de sua emisso, sacado contra o Banco da Praa S.A. No entanto, nodia 7 de dezembro de 2007, a referida crtula foi devolvida pela 2. vez pelo banco sacado sob aindicao de insuficincia de fundos (motivo 12, conforme o Anexo Resoluo n. 1.682, arts. 6.o e 7.o,do Banco Central do Brasil).

    A parte lesada, at o dia de hoje, no conseguiu receber seu crdito, pois Gilberto descumpriutodos os acordos at ento firmados para a quitao da dvida em comento.

    Considerando a situao hipottica acima descrita, na qualidade de advogado(a) da parte lesada, redija a pea processual adequada,tendo em vista que se pretende receber o valor principal (R$ 10.000,00), a correo monetria (R$ 500,00) e os juros (R$ 1.500,00).Alm das argumentaes fticas, apresente os fundamentos legais pertinentes ao caso.

    Ponto 3

    Teresa, solteira, proprietria da Chcara Aconchego, com rea de 10 ha, registrada com onmero de matrcula R.3 10.201, no cartrio de registro da situao do imvel, e avaliada emR$ 60.000,00, sendo a terra nua equivalente a R$ 20.000,00. As benfeitorias e o seu proveito econmicovalem aproximadamente R$ 40.000,00, porquanto a proprietria ali cultiva hortalias e pequenos animaisdestinados a prover o sustento prprio e de familiares.

    No dia 21 de julho de 2008, na parte da manh, Teresa recebeu a visita de Tardim, casado, e estelhe exibiu uma escritura pblica na qual constava a compra e venda da Chcara Aconchego, figurandoo interpelante como outorgado e o divorciado Csar como outorgante. Tardim, aps cientificar Teresasobre a aquisio do imvel, concedeu-lhe prazo de dez dias para que ela procedesse sua desocupao,sob pena da adoo das medidas judiciais pertinentes, sem prejuzo do desforo pessoal. Ainda, Tardimacrescentou que logo iniciaria o cercamento da parte leste da propriedade, o que, de fato, fez.

    Em consulta ao cartrio de registro de imveis, Teresa observou que o instrumento de compra evenda fora ali prenotado, porm, no prazo legal, o oficial do registro suscitara dvida perante o juzo deregistros pblicos ante a evidncia de inconsistncias de dados verificadas entre a matrcula e o ttulotranslativo, cujo pleito fora julgado procedente pelo juzo registrrio. Por fim, Teresa verificou, tambm,que a turbao levada a efeito por Tardim destrura benfeitorias levantadas no imvel, avaliadas emR$ 3.500,00.

    Considerando a situao hipottica apresentada, na qualidade de advogado(a) contratado(a) por Teresa, elabore a pea processualadequada defesa dos eventuais direitos de sua cliente sobre o referido imvel.

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 2

    RASCUNHO PEA PROFISSIONAL 1/7

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 3

    RASCUNHO PEA PROFISSIONAL 2/7

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 4

    RASCUNHO PEA PROFISSIONAL 3/7

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 5

    RASCUNHO PEA PROFISSIONAL 4/7

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 6

    RASCUNHO PEA PROFISSIONAL 5/7

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 7

    RASCUNHO PEA PROFISSIONAL 6/7

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 8

    RASCUNHO PEA PROFISSIONAL 7/7

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 9

    TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 1/7

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    17

    18

    19

    20

    21

    22

    23

    24

    25

    26

    27

    28

    29

    30

    PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 10

    TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 2/7

    31

    32

    33

    34

    35

    36

    37

    38

    39

    40

    41

    42

    43

    44

    45

    46

    47

    48

    49

    50

    51

    52

    53

    54

    55

    56

    57

    58

    59

    60

    PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 11

    TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 3/7

    61

    62

    63

    64

    65

    66

    67

    68

    69

    70

    71

    72

    73

    74

    75

    76

    77

    78

    79

    80

    81

    82

    83

    84

    85

    86

    87

    88

    89

    90

    PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 12

    TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 4/7

    91

    92

    93

    94

    95

    96

    97

    98

    99

    100

    101

    102

    103

    104

    105

    106

    107

    108

    109

    110

    111

    112

    113

    114

    115

    116

    117

    118

    119

    120

    PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 13

    TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 5/7

    121

    122

    123

    124

    125

    126

    127

    128

    129

    130

    131

    132

    133

    134

    135

    136

    137

    138

    139

    140

    141

    142

    143

    144

    145

    146

    147

    148

    149

    150

    PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 14

    TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 6/7

    151

    152

    153

    154

    155

    156

    157

    158

    159

    160

    161

    162

    163

    164

    165

    166

    167

    168

    169

    170

    171

    172

    173

    174

    175

    176

    177

    178

    179

    180

    PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 15

    TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 7/7

    181

    182

    183

    184

    185

    186

    187

    188

    189

    190

    191

    192

    193

    194

    195

    196

    197

    198

    199

    200

    201

    202

    203

    204

    205

    206

    207

    208

    209

    210

    PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 16

    QUESTES PRTICAS

    QUESTO 1

    Francisco, mediante instrumento particular, emprestou gratuitamente a Patrcia, pelo prazo de dois meses, cinco

    garrafas de vinho de uma safra especial para ornamentao e exibio em uma exposio.

    Considerando a situao hipottica descrita, na qualidade de advogado(a) consultado(a) sobre o caso, informe a espcie de emprstimo

    de que trata a hiptese. Alm das argumentaes fticas, apresente os fundamentos legais pertinentes.

    RASCUNHO DA RESPOSTA

    QUESTO 1 TEXTO DEFINITIVO DA RESPOSTAPARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA

    NO H TEXTO

  • UnB/CESPE OAB/SP Direito Civil

    136. Exame de Ordem Prova Prtico-Profissional 17

    QUESTO 2

    Carla, plenamente capaz, doou a Paulo, de forma gratuita, por escrito particular, um veculo automotor usado,cuja garantia dada pelo fabricante j estava vencida. Entretanto, dois dias aps a celebrao da avena, o preditoautomvel, ao subir ladeiras, apresentou aquecimento excessivo do motor.

    Considerando a situao hipottica descrita, na qualidade de advogado(a) consultado(a) sobre o caso, disserte acerca da viabilidade

    jurdica de Paulo redibir o contrato. Alm das argumentae

Recommended

View more >