introducao microinformatica - 1.doc

Download Introducao Microinformatica - 1.doc

Post on 12-Nov-2015

8 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

curso de msdos

UFPB CCEN DEPARTAMENTO DE INFORMTICA

INTRODUO

MICRO-INFORMTICA

FRANCISCO DE ASSIS COUTINHO SOUTO

2003

SUMRIO

1. BREVE HISTRICO

1

2. FUNCIONAMENTO BSICO

4

3. COMPONENTES DO COMPUTADOR

9

3.1. ESTRUTURA LGICA

9

3.2.UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO (UCP)

9

3.3.MEMRIA

11

3.3.1. MEMRIA PRINCIPAL

11

3.3.2. MEMRIA SECUNDRIA OU AUXILIAR

12

3.4. DISPOSITIVOS DE ENTRADA/SAIDA

16

4. - SOFTWARE

23

4.1. PROGRAMA

23

4.2 - CATEGORIAS DE SOFTWARE

24

4.3. SISTEMA OPERACIONAL

25

5. REDES DE COMPUTADORES

27

6. - VRUS, VERMES E CAVALOS DE TRIA

28

7. INTERNET

30

8. ESTRUTURA DE ARQUIVOS WINDOWS/MS-DOS

35

8.1. DRIVE

35

8.2. ARQUIVOS (ou DOCUMENTOS)

35

8.3. DIRETRIOS ESTRUTURADOS

38

1. BREVE HISTRICO

PRIMEIROS COMPUTADORES

O equipamento digital eletrnico considerado como primeiro computador, foi o ENIAC (Eletronic Numerical Integrator And Calculator), construdo no final da 2a. Guerra Mundial. Se destinava a efetuar clculos balsticos na guerra.

Foi colocado em funcioanamento em fevereiro de 1946. Tinha 18.000 vlvulas, ocupava 93 m2, pesava 30 toneladas, custou US$500,000, tinha memria para registrar 20 nmeros de 10 dgitos, conseguia calcular 500 multiplicaes por segundo

Reduziu o clculo de um trajetria de msseis de 15 minutos para 30 segundos. Sua programao era feita atravs de cabos conectados em painis.

Pouco tempo depois, em 1951, veio o UNIVAC, primeiro computador comercial.

O AVANO TECNOLGICO

Dos primeiros computadores at os de hoje, os conceitos bsicos so os mesmos.

O que evoluiu foi a tecnologia empregada para constru-los, fazendo com que se conseguisse reduzir o espao ocupado, reduzir o consumo, reduzir custos, aumentar velocidades e capacidades.

Os primeiros computadores utilizavam vlvulas eletrnicas. O uso da vlvula tinha um problema srio de consumo de energia e necessidade de refrigerao.

O transistor foi utilizado na construo do computador, ainda nos anos 1950. O transistor era menor, mais barato, consumia menos energia, mais frio, mais durvel e mais confivel que a vlvula.

Os circuitos integrados foram utilizados a seguir, e deu-se incio a uma corrida pela miniaturizao com queda de preos. Os circuitos com cada vez maior escala de integrao levaram ao chip de hoje, com um Pentium integrando milhes de transistores no espao de alguns centmetros quadrados.

A velocidade de processamento aumentou de forma vertiginosa, passando de 500 multiplicaes p/segundo do ENIAC para cerca de bilhes de instrues por segundo em computadores de hoje.

OS MICROCOMPUTADORES

Um marco importante foi o lanamento, em 1981, do PC - Personal Computer da IBM, o primeiro microcomputador comercializado em grande escala.

Com o PC, o computador, que era restrito a grandes empresas e ocupava enormes salas, comeou a ser utilizado diretamente pelas pessoas.

Com poder inicialmente modesto, possui atualmente capacidade de processamento muito elevada e maior que as dos grandes computadores de alguns anos atrs.

Os computadores construdos com arquitetura similar aos microcomputadores lanados pela IBM so designados "PC" ou "compatveis".

Principais vantagens:

Facilidade de uso

Interatividade com usurio

Baixo custo

Descentralizao das atividades de informtica.

2. FUNCIONAMENTO BSICO

O computador foi concebido para processar dados. uma mquina que recebe, guarda, modifica e fornece informaes, da forma mais automatizada possvel.

O produto final do computador a informao. Da sua importncia no mundo de hoje, quando vivemos na era da informao, que o mais valioso fator de poder para as pessoas, organizaes e naes.

O computador o principal instrumento da tecnologia da informao, que se completa com programas, processos e telecomunicaes.

DADO X INFORMAO

DADO

a expresso do fato bruto, frio, no interpretado, como o nome do empregado, o nmero de horas trabalhadas, o estoque de um produto.

INFORMAO

So dados coletados, organizados, ordenados, aos quais so atribudos significados e contexto. a coleo de dados organizados de tal modo que agregam valor adicional alm do valor dos fatos em si. A projeo de despesas com pessoal e o balano mensal do estoque so informaes.

O computador transforma dados em informaes.

PROCESSAMENTO:Submeter o dado a um processo, a uma modificao. Isso inclui: calcular, relacionar, associar, formatar, agregar, agrupar, ordenar, pesquisar etc.

PROGRAMAO

A caracterstica mais marcante do computador ser programvel.

Isso significa que o computador faz qualquer coisa com dados, desde que seja devidamente instrudo. Se as coisas no forem rigorosamente explicadas, a mquina no vai resolver nenhum problema ou vai resolv-lo de forma incorreta.

HARDWARE X SOFTWARE

HARDWARE - Corresponde parte fsica do sistema, ou seja, a mquina propriamente dita (circuitos, teclado, impressora, video, etc.)

SOFTWARE - Corresponde ao conjunto de instrues que determina o que deve ser feito pelo equipamento.

So os programas que so executados pelo computador.

HARDWARE

Partes principais:

Gabinete

Vdeo

Teclado.

A maior parte do micro-computador est localizado dentro do gabinete ou console.

Ao gabinete ficam ligados o vdeo, o teclado e outros dispositivos existentes.

No interior do gabinete temos a Placa me ("motherboard"), onde esto os circuitos eletrnicos principais que compem o computador.

Existem tambm placas auxiliares (ou de expanso) que determinam as caractersticas do computador (Modem, TV, som, scanner, etc.).

Tambm no interior do gabinete fica localizado o disco rgido (Winchester).

BIT x BYTE

a) BIT: (Binary digit)

Unidade bsica de informao (1 ou 0).

Baseado no conceito de valores alternativos: Sim/No, Aceso/Apagado, Ligado/Desligado, 0 / 1, etc.

As informaes so armazenadas e processadas no computador sempre em formato binrio.

0001101011101101111101010010000010.......

b) BYTE:

Formado por 8 bits.

Corresponde representao de um caracter (letra, nmero, caracter especial, etc.).

As informaes so referenciadas pelas pessoas geralmente em termos de bytes.

0001101011101101111101010010000010......

U F

P

B

SISTEMAS DE REPRESENTAO

ASCII: American Standard of Code Information Interchange

Tabela com os cdigos correspondentes aos diversos caracteres utilizados pelos computadores.

Cada caracter ASCII formado por um byte (8 bits).

Exemplo:

a = 01100001

* = 00101010

b = 01100010

= 11100111

z = 01111010

4 = 00110100

A = 01000001

9 = 00111001

? = 00111111

= 11000011

espao = 00100000

O cdigo ASCII composto de 256 caracteres (letras, algarismos e caracteres especiais).

Brasil utiliza uma variante do cdigo ASCII (com acentos e caracteres especiais): O CBII - Cdigo Brasileiro de Intercmbio de Informaes.

Normalmente corresponde a usar para o monitor de vdeo o conjunto de caracteres de cdigo 850 e usar teclado com padro ABNT.

A digitao e visualizao de todos os caracteres da lngua portuguesa so feitas de forma natural.

3. COMPONENTES DO COMPUTADOR

3.1. ESTRUTURA LGICA

A estrutura lgica do computador organizada segundo a seguinte arquitetura:

3.2.UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO (UCP)

CENTRAL PROCESSING UNIT (CPU)

o crebro ou motor do computador.

Tambm designado como "processador" ou "micro-processador".

Gerencia todas as funes do computador.

Local onde realizado todo o processamento e coordenado todo o fluxo de informaes dentro do computador.

A UCP executa a srie de instrues dos programas armazenados na memria.

CAPACIDADE DA CPU

Definida por:

Velocidade

Tecnologia

Barramento

a) VELOCIDADE:

Regulada pelo relgio (clock) do computador

Especifica o nmero de passos/etapas executadas por segundo.

Medido em MHz (milhes de ciclos por segundo).

Quanto maior for o clock, maior ser a velocidade do computador.

PROCESSADOR

CLOCK

8086

4.7 MHz

286

6 a 16 Mhz

386

20 a 40 MHz

486

25 a 100 MHz

Pentium

60 a 233 MHz

Pentium III

450 MHz em diante

Pentium 4

1 GHz em diante

b) TECNOLOGIA EMPREGADA NA FABRICAO:

Tcnicas de projeto e o nmero de circuitos dentro do processador que tornam um modelo mais eficiente que outro.

Um processador Pentium de 100 Mhz mais rpido que um processador 486 de 100 Mhz.

c) BARRRAMENTO:

Nmeros de bits processados simultaneamente: 8, 16 ou 32 bits.

PROCESSADOR

Barramento (bits)

8086

8

286

16

386

32

486

32

Pentium

32

Barramentos superiores a 32 bits tornam a placa-me e o processador mais caros

3.3.MEMRIA:

Parte do computador onde so armazenados dados e programas.

A capacidade de armazenamento da memria de um computador medida em bytes da forma:

1 Kbyte = 1.024 bytes

(quilobyte)