interpretaoiso90012008 12619284536064-phpapp01-130205044752-phpapp01

Download Interpretaoiso90012008 12619284536064-phpapp01-130205044752-phpapp01

Post on 13-May-2015

1.031 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

interretação iso 9001

TRANSCRIPT

  • 1.Interpretao da Norma ISO 9001:2008 Dezembro/2009

2. Objetivo do Treinamento Este treinamento tem por objetivo apresentar fundamentos e vocabulrios do sistema de gesto da qualidade conforme NBR ISO 9000:2005 e os requisitos necessrios para certificao NBR ISO 9001:2008. 3. Introduo A sigla ISO refere-se International Organization for Standardization, organizao no governamental fundada em 1987 em Genebra (Sua), presente hoje em cerca de 57 pases. A sua funo a de promover a normatizao de produtos e servios, para que a qualidade destes seja melhorada. 4. Histrico A primeira norma tinha estrutura idntica norma britnica BS 5750, mas tambm foi influenciada por outras normas existentes nos EUA e por normas de defesa militar. As revises foram as seguintes: ISO 9001/9002/9003/9004:1987 ISO 9000:1994 ISO 9001:1994 ISO 9001:2000 ISO 9000:2005 ISO 9001:2008 5. Famlia ISO 9000MedioAuditoria Sistema de gesto da qualidade Fundamentos e VocabulrioSistema de gesto da qualidade Diretrizes para melhoria do desempenhoISO 9000ISO 9004ISO 9001Relatrios TcnicosISO 10012ISO 19011Sistema de gesto da qualidade - Requisitos... Conforme necessrio (exemplo SO/TR 10013) 6. ltima Reviso ISO 9004 ISO 9004:2009 Enfoque alterado, criao de uma nova norma de orientao para gesto estratgica e operacional da organizao que pretende o sucesso sustentvel. Implcitas a esta redefinio de propsito esto a alterao do ttulo (Gerenciamento do Sucesso Sustentado de uma Organizao Uma Abordagem de Gesto da Qualidade) e a existncia de duas partes distintas: uma orientada para gesto de topo com orientaes relativas aos processos estratgicos e outra orientada para a gesto operacional. 7. Mudanas ISO 9001:2008 A ISO 9001:2008 no inclui mudanas considerveis quando comparada com a ISO 9001:2000, o que se nota que os requisitos foram re-escritos de uma maneira mais clara, alguns foram reforados com notas explicativas e outros foram simplificados. Por outro lado foi aumentada a compatibilidade com o Sistema de Gesto Ambiental. 8. Princpios da Gesto da Qualidade Conforme ISO 9000:2005 Foco no cliente; Liderana; Envolvimento de pessoas; Abordagem de processo; Abordagem sistmica de gesto; Melhoria contnua; Abordagem factual para tomada de deciso; Relao mutuamente benfica com fornecedores. 9. Foco no Cliente As organizaes dependem dos seus clientes e das outras partes interessadas: ClientesQualidade do Produto/ServioFornecedoresAcionistasRetorno do InvestimentoContinuidade do NegcioFuncionriosSociedadeComportamento ResponsvelDesenvolvimento Pessoal e Profissional 10. Liderana Lderes fornecem: Unidade de objetivos; Direcionamento; Ambiente interno. 11. Envolvimento de Pessoas As pessoas so a essncia da organizao: O total envolvimento deles permite o uso de suas habilidades em benefcio da organizao. 12. Abordagem de Processo CONTROLESEficcia do Processo extenso pela qual as atividades planejadas so realizadas e os resultados planejado so atingidosPROCESSO ENTRADAconjunto de atividades inter-relacionadas ou interativas que transformam entradas em sadasSADAPRODUTOEficincia do Processo RECURSOSrelao entre o resultado alcanado e os recursos utilizadosO resultado desejado obtido de forma eficaz quando as atividades e recursos relacionados a ele so gerenciados como um processo. 13. Abordagem Sistmica de Gesto Identificar, entender e gerenciar processos E inter-relacionados como um sistema contribuem para a eficcia e eficincia da organizao em alcanar objetivos.R SRProcesso A E CS Processo BRES CProcesso CR SE C E = ENTRADA S = SADA R = RECURSOS C = CONTROLESProcesso DC 14. Melhoria Contnua A metodologia conhecida com Plan-Do-Check-Act pode ser aplicada: AGIR: Executar aes para promover continuamente a melhoria do desempenho do processo.VERIFICAR/CHECAR: Melhorar e medir processos e produtos em relao s polticas, aos objetivos e aos requisitos para o produto e relatar os resultados.PLANEJAR: Estabelecer os objetivos e processos necessrios para fornecer resultados de acordo com os requisitos do cliente e polticas da organizao.FAZER: Implementar os processos. 15. Abordagem Factual para Tomada de DecisoDecises eficazes baseiam-se na anlise de dados e informaes. 16. Relao Mutuamente Benfica com Fornecedores Uma organizao e seus fornecedores so interdependentes. Uma relao mutuamente benfica aumenta a capacidade de ambos para criar valor. 17. Introduo NBR ISO 9001:2008 0.1 Generalidades Influncias para implantao de um sistema de gesto da qualidade: Ambienteorganizacional, mudanas e riscos; Alterao das necessidades; Objetivos particulares; Produtos fornecidos; Processos utilizados; Porte e estrutura organizacional. 18. Introduo NBR ISO 9001:2008 0.1 Generalidades Estanorma no impe uniformidade na estrutura de SGQ ou de documentao; Os requisitos especificados nesta norma so complementares aos requisitos dos produtos; As informaes identificadas como NOTA se destinam a orientar o entendimento ou esclarecer o requisito; Pode ser utilizada por partes internas e externas; Os princpios de gesto da qualidade declarados na ISO 9000 e ISO 9004 so levados em considerao. 19. 0.2 Abordagem de Processo Encoraja a abordagem de processo para a gesto da qualidade; Introduz o modelo de processo como apresentao conceitual dos requisitos especificados para o SGQ.Controles, p. ex. procedimentosEntradaProcesso Atividade + RecursosSadaProcesso A Processo B Processo C Processo D 20. Modelo do Sistema de Gesto da Qualidade 21. 0.3 Relacionamento com a ISO 9004 Par consistente: Complementam-se mutuamente; Podem ser usados separadamente; Escopo diferente estrutura similar.ISO 9001ISO 9004Foco no cliente certificvelObjetiva a melhoria do desempenho e a eficncia 22. 0.4 Compatibilidade com Outros Sistemas de Gesto ISO 14001:2004 No inclui requisitos de outros sistemas de gesto, como por exemplo os especficos de segurana e sade ocupacional, gesto financeira e riscos. 23. Vocabulrio da Qualidade Qualidadegrau no qual um conjunto de caractersticas inerentes atende a requisitosRequisitonecessidade ou expectativa que expressa, geralmente, de forma implcita ou obrigatriaClassecategoria ou classificao atribuda a diferentes requisitos da qualidade para produtos, processos ou sistemas que tm o mesmo uso funcional 24. Vocabulrio da Qualidade Objetivos da Qualidadeaquilo que buscado ou almejado, no que diz respeito qualidadeGarantia da Qualidadeparte da gesto focada em prover confiana de que os requisitos sero atendidosPlanejamento da Qualidadeparte da gesto da qualidade focada no estabelecimento dos objetivos da qualidade e que especifica os recursos e processos operacionais necessrios para atender a estes objetivos 25. Vocabulrio da Qualidade Gesto da Qualidadeatividades coordenadas para dirigir e controlar uma organizao, no que siz respeito qualidadeMelhoria da Qualidadeparte da gesto da qualidade focada no aumento da capacidade de satisfazer os requisitos da qualidadeControle de Qualidadeparte da gesto da qualidade focada no atendimento dos requisitos da qualidadeSatisfao do Clientepercepo do cliente quanto ao grau no qual seus requisitos foram atendidos 26. 1. Escopo 1.1 Geral A norma especifica requisitos do SGQ para: demonstrar a capacidade da organizao de consistentemente fornecer produtos, que atendam aos requisitos do cliente e aos requisitos regulamentares aplicveis. aumentar a satisfao do cliente atravs da aplicao eficaz do sistema, incluindo processos para melhoria contnua e garantia de conformidade com os requisitos do cliente e requisitos regulamentares aplicveis. produto = produto pretendido pelo cliente ou requerido por ele. MUDANA! Os requisitos regulamentares e estatutrios so aplicados ao produtos, podem ser expressos como requisitos legais. 27. 1.2 Aplicao Os requisitos so genricos; Os requisitos podem ser excludos se no puderem ser aplicados, devido natureza da organizao e de seus produtos; As excluses devem: No afetar a capacidade ou responsabilidade de fornecer produto que atendm aos requisitos; Limitar-se aos requisitos da clusula 7; (cl. 4.2.2 detalhes e justificativas de qualquer excluso devem ser includos no manual da qualidade). Conformidade com a ISO 9001 no pode ser declarada, se as excluses forem alm das descritas acima. 28. 2. Referncias Normativas Para referncias datadas, as emendas ou revises das publicaes citadas no se aplicam; Os usurios so encorajados a utilizar a reviso mais recente ISO 9000:2005 Sistemas de Gesto da Qualidade Fundamentos e Vocabulrio. 29. 3. Termos e Definies A ISO 9000:2005 aplicvel;Fornecedor Nova terminologia de cadeia de suprimento; Termo produto pode tambm significar servio, onde produto = resultado de processo;OrganizaoCliente 30. 4. Sistema de Gesto da Qualidade 4.1 Generalidades Estabelecer, documentar, implementar e manter um SGQ, visando: Determinar os processos, sua seqncia e interao; MUDANA! A organizao deve determinar os processos, foi trocada a palavra identificar, sugerindo que se faa tambm o mapeamento dos processos. Determinar critrios e mtodos para operao e controle dos processos; Disponibilidade de recursos e informaes; Monitorar, medir quando aplicvel, e analisar esses processos; MUDANA! Includo o quando aplicvel para medio. Implantar aes de correo e de melhorias. 31. 4. Sistema de Gesto da Qualidade 4.1 Generalidades Quando a organizao opta por terceirizar algum processo que afete a conformidade do produto, a organizao deve assegurar o seu controle. O tipo e extenso do controle depende: Do impacto potencial do processo terceirizado; Do grau no qual esse controle compartilhado; Da capacidade de atingir o controle necessrio por meio da clusula 7.4. 32. 4. Sistema de Gesto da Qualidade 4.1 Generalidades MUDANA! H uma descrio mais precisa e detalhada para caracterizar a terceirizao, foi explicitada a ligao entre os processos externos terceirizados com avaliao de fornecedores de suprimentos. MUDANA! O tipo e extenso do controle a ser aplicado aos processos terceiriza