INTERFERNCIA BIDIMENSIONAL. Se 2 fontes de ondas bidimensionais (fontes que produzem ondas na superfcie da gua, por exemplo) produzirem ondas coerentes.

Download INTERFERNCIA BIDIMENSIONAL. Se 2 fontes de ondas bidimensionais (fontes que produzem ondas na superfcie da gua, por exemplo) produzirem ondas coerentes.

Post on 18-Apr-2015

106 views

Category:

Documents

1 download

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • INTERFERNCIA BIDIMENSIONAL
  • Slide 2
  • Se 2 fontes de ondas bidimensionais (fontes que produzem ondas na superfcie da gua, por exemplo) produzirem ondas coerentes (cada uma produz um pico e um vale no mesmo instante), de mesma frequncia e amplitude, a superfcie da gua ser preenchida por ondas que interferem provenientes das 2 fontes. Teremos uma situao parecida com a da figura a seguir.
  • Slide 3
  • Observa-se na figura as 2 fontes na parte inferior da mesma e a superfcie da gua preenchida pelas ondas produzidas por ambas as fontes.
  • Slide 4
  • Em algumas regies da superfcie do lquido os picos e vales das ondas produzidas chegaro sempre no mesmo instante, havendo, portanto, nestas regies, interferncia construtiva.
  • Slide 5
  • Em outras regies chegaro simultaneamente o pico de uma onda produzida por uma fonte e o vale produzido pela outra. Nestas regies ocorrer sempre interferncia destrutiva.
  • Slide 6
  • Visto de cima, teremos uma situao semelhante a representada abaixo, onde os pontos escuros representam as interferncias construtivas (chegada simultnea dos picos ou vales), e os pontos claros representam as interferncias destrutivas (chegada simultnea dos picos de uma fonte e vales da outra).
  • Slide 7
  • Podemos expandir um pouco a figura anterior para explor-la um pouco mais. Observe a figura a seguir.
  • Slide 8
  • Nesta figura h linhas cheias unindo os pontos de interferncia construtiva. Estas so chamadas de linhas ventrais. Nelas encontram-se os pontos Q e R, por exemplo. H tambm linhas pontilhadas (no as confunda com as pontilhadas que representam os vales das ondas) que unem os pontos de interferncia destrutiva. Elas so chamadas de linhas nodais e os pontos S e T, por exemplo, esto sobre 2 delas.
  • Slide 9
  • possvel estabelecer uma condio para determinarmos onde se encontram os pontos de interferncia construtiva e de interferncia destrutiva. Se voc reparar bem, onde ocorrer interferncia construtiva, a diferena de caminho entre as ondas produzidas pelas fontes 1 e 2 dever ser sempre um mltiplo inteiro de (comprimento de onda). Tente ver isso para os pontos R e P. No caso dos 2, qual a diferena de caminho percorrido pelas 2 ondas?
  • Slide 10
  • Para a interferncia destrutiva, a condio que a diferena corresponda a um mltiplo mpar de. Tente verificar isso para os pontos T e S.
  • Slide 11
  • De uma forma geral, temos a seguinte situao que podemos obter a partir da figura abaixo: Para que haja interferncia construtiva, teremos que satisfazer a condio que PF2 PF1 = n(/2), onde n deve ser 0, 2, 4, 6,...par.... Para o caso do ponto P, veja que n = 2.
  • Slide 12
  • Para a interferncia destrutiva, devemos ter a diferena de caminho escrita da seguinte forma: QF1 QF2 = n(/2), onde n = 1, 3, 5, 7,...mpar. Observe que para o caso do ponto Q, n = 3.
  • Slide 13
  • Para ver se voc compreendeu de fato, tente resolver os 3 exerccios a seguir. A resoluo encontra-se mais a frente, mas tente resolv-los antes de seguir para a soluo.
  • Slide 14
  • Exerccio 1
  • Slide 15
  • Exerccio 2
  • Slide 16
  • Exerccio 3
  • Slide 17
  • SOLUES
  • Slide 18
  • Soluo do exerccio 1.
  • Slide 19
  • Soluo do exerccio 2.
  • Slide 20
  • Soluo do exerccio 3.
  • Slide 21
  • Exerccios resolvidos e algumas figuras retiradas do site: http://www.ciencia-cultura.com/Pagina_Fis/vestibular00/vestibular_IntroduOndulatoria003.html

Recommended

View more >