instrucao normativa sfc n 01-2001

Download Instrucao Normativa Sfc n 01-2001

Post on 21-Jan-2016

500 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • INTRUO NORMATIVA SFC N 01, DE 06 DE ABRIL DE 2001.

    Define diretrizes, princpios, conceitos e aprova normas tcnicas para a atuao do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal.

    O SECRETRIO FEDERAL DE CONTROLE INTERNO, no uso de suas atribuies e tendo em vista o disposto no artigo 24, da Lei n. 10.180, de 6 de fevereiro de 2001, no artigo 11 do Decreto n. 3.782, de 5 de abril de 2001 e no Decreto n. 3.591, de 6 de setembro 2000; e

    CONSIDERANDO as inovaes introduzidas na estrutura organizacional e operacional do rgo central do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, com vistas a adequar sua misso institucional s finalidades dispostas na Constituio Federal;

    CONSIDERANDO a necessidade de atualizar os aspectos conceituais e prticos da ao de controle no setor pblico federal, no que diz respeito atuao do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, ante as crescentes inovaes introduzidas no cenrio nacional, especificamente a reforma do aparelho do Estado e os seus impactos relevantes; e

    CONSIDERANDO, ainda, a necessidade de atualizar normativos tcnicos que norteiam as aes de controle a cargo dos rgos integrantes do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal;

    RESOLVE:

    Art. 1. Definir diretrizes, princpios, conceitos e aprovar as normas tcnicas relativas ao de controle aplicveis ao Servio Pblico Federal, a fim de disciplinar e padronizar a atuao do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal.

    Art. 2.Aprovar o Manual do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, consubstanciado no disposto no artigo 1, constitudo do Anexo a esta Instruo Normativa, bem como dos atos complementares supervenientes.

    Art. 3. Esta Instruo Normativa entra em vigor na data de sua publicao.

    Art. 4. Ficam revogadas as Instrues Normativas MEFP/DTN/COAUD n. 16, de 20 de dezembro de 1991, SFC/MF n. 03, de 15 de agosto de 1996 e SFC/MF n. 01, de 05 de maro de 1999.

    DOMINGOS POUBEL DE CASTRO

  • ANEXO

    APRESENTAO

    Este trabalho consiste na atualizao da Instruo Normativa MEFP/DTN/COAUD/N. 16, de 20 de dezembro de 1991, consoante as atribuies constitucionais, principalmente o disposto nos artigos 70 e 74 e as redefinies das competncias do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, aps a edio da Lei n. 10.180, de 6 de fevereiro de 2001, o Decreto n. 3.782, de 5 de abril de 2001, e o Decreto n. 3.591, de 6 de setembro de 2000. A presente Instruo considera, ainda, o contido na Lei n. 8.443, de 16 de julho de 1992 e nas instrues normativas expedidas pelo Tribunal de Contas da Unio, bem como nos dispositivos da Lei Complementar n. 101, de 4 de maio de 2000, denominada Lei de Responsabilidade Fiscal.

    A finalidade bsica desta Instruo Normativa a definio de conceitos, diretrizes gerais e o estabelecimento de normas e procedimentos aplicveis ao Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, particularmente quanto definio das finalidades, organizao, competncias, tipo de atividades, objetivos, forma de planejamento e de execuo das aes de controle e relacionamento com as unidades de auditoria interna das entidades da Administrao Indireta Federal, visando principalmente alcanar uniformidade de entendimentos e disciplinar as atividades no mbito do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal.

    O Anexo a esta Instruo Normativa est dividido em captulos, e dever sofrer incrementos e aperfeioamentos medida que as atividades forem sendo devidamente testadas. Assim, os procedimentos de cunho operativo sero objeto de construo analtica, via processo de normatizao e manualizao tcnica interna de forma individualizada, sendo que, o conjunto desses normativos compe o Manual do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal.

    CAPTULO I - FINALIDADES, ORGANIZAO E COMPETNCIAS DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DO PODER EXECUTIVO FEDERAL

    Seo I Finalidades e Atividades do Sistema de Controle Interno

    1.O Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal visa avaliao da ao governamental, da gesto dos administradores pblicos federais e da aplicao de recursos pblicos por entidades de Direito Privado, por intermdio da fiscalizao contbil, financeira, oramentria, operacional e patrimonial.

    2.A fiscalizao contbil, financeira, oramentria, operacional e patrimonial, para atingir as finalidades constitucionais, consubstancia-se nas tcnicas de trabalho desenvolvidas no mbito do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, denominadas nesta Instruo Normativa de auditoria e fiscalizao.

    Finalidades

    3.O Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal tem como finalidades:

    a)avaliar o cumprimento das metas previstas no Plano Plurianual, a execuo dos programas de governo e dos oramentos da Unio;

    b)comprovar a legalidade e avaliar os resultados, quanto eficcia e eficincia da gesto oramentria, financeira e patrimonial nos rgos e entidades da Administrao Pblica Federal, bem como da aplicao de recursos pblicos por entidades de direito privado;

    c)exercer o controle das operaes de crdito, avais e garantias, bem como dos direitos e haveres da Unio; e

    d)apoiar o controle externo no exerccio de sua misso institucional.

    Atividades Precpuas

    4.O Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal para atingir as finalidades bsicas compreende o seguinte conjunto de atividades essenciais:

  • a) a avaliao do cumprimento das metas do Plano Plurianual que visa a comprovar a conformidade da sua execuo;

    b) a avaliao da execuo dos programas de governo que visa a comprovar o nvel de execuo das metas, o alcance dos objetivos e a adequao do gerenciamento;

    c) a avaliao da execuo dos oramentos da Unio que visa a comprovar a conformidade da execuo com os limites e as destinaes estabelecidas na legislao pertinente;

    d) a avaliao da gesto dos administradores pblicos federais que visa a comprovar a legalidade e a legitimidade dos atos e examinar os resultados quanto economicidade, eficincia e eficcia da gesto oramentria, financeira, patrimonial, de pessoal e demais sistemas administrativos e operacionais;

    e) o controle das operaes de crdito, avais, garantias, direitos e haveres da Unio que visa a aferir a sua consistncia e a adequao;

    f) a avaliao da aplicao de recursos pblicos por entidades de Direito Privado que visa a verificao do cumprimento do objeto avenado;

    g) a avaliao das aplicaes das subvenes que visa avaliar o resultado da aplicao das transferncias de recursos concedidas pela Unio s entidades, pblicas e privadas, destinadas a cobrir despesas com a manuteno dessas entidades, de natureza autrquica ou no, e das entidades sem fins lucrativos; e

    h) a avaliao das renncias de receitas que visa avaliar o resultado da efetiva poltica de anistia , remisso, subsdio, crdito presumido, concesso de iseno em carter no geral, alterao de alquota ou modificao de base de clculo que implique reduo discriminada de tributos ou contribuies, e outros benefcios que correspondam a tratamento diferenciado.

    Atividade de Apoio ao Controle Externo

    5.O Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal prestar apoio ao rgo de controle externo no exerccio de sua misso institucional. O apoio ao controle externo, sem prejuzo do disposto em legislao especfica, consiste no fornecimento de informaes e dos resultados das aes do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal.

    Atividade de Orientao

    6.O Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal prestar orientao aos administradores de bens e recursos pblicos nos assuntos pertinentes rea de competncia do Sistema de Controle Interno, inclusive sobre a forma de prestar contas. Essa atividade no se confunde com as de consultoria e assessoramento jurdico que competem a Advocacia Geral da Unio e a seus respectivos rgos e unidades, consoante estabelecido pela Lei Complementar n. 73, de 10 de fevereiro de 1993.

    Atividades Subsidirias

    7.As atividades a cargo do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal destinam-se, preferencialmente, a subsidiar:

    a)o exerccio da direo superior da Administrao Pblica Federal, a cargo do Presidente da Repblica;

    b)a superviso ministerial;

    c)o aperfeioamento da gesto pblica nos aspectos de formulao, planejamento, coordenao, execuo e monitoramento das polticas pblicas; e

    d)os rgos responsveis pelas aes de planejamento, oramento, finanas, contabilidade e administrao federal, no ciclo de gesto governamental.

  • Seo II Atividades Complementares do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal

    Elaborao da Prestao de Contas do Presidente da Repblica

    1.A elaborao da prestao de contas do Presidente da Repblica visa a atender ao disposto no art. 84, inciso XXIV, da Constituio Federal, em consonncia com as instrues estabelecidas pelo Tribunal de Contas da Unio. Essa atividade consiste em receber as informaes dos rgos que executam os oramentos da Unio, avaliar a consistncia das mesmas e encaminh-las ao Tribunal de Contas da Unio. Faz parte dessa funo a emisso de parecer quadrimestral sobre o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, por parte do Poder Executivo Federal.

    2.A Prestao de Contas Anual do Presidente da Repblica, a ser encaminhada ao Congresso Nacional, ser elaborada pela Secretaria Federal de Controle Interno do Ministrio da Fazenda, conforme previsto no inciso VIII, do artigo 11, do Decreto n. 3.591, de 6 de setembro de 2000, e ter a seguinte composio:

    I - Relatrio de Atividades do Poder Executivo;

    II Execuo do Oramento Fiscal e da Seguridade Social;

    III Balanos da Administrao Indireta e Fundos;

    IV Execuo do Oramento de Investimento das Empresas Estatais.