instituto nacional de pesquisas da amazÔ ?ão_helio... · a criação técnica de abelhas sem...

Download INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔ ?ão_Helio... · A criação técnica de abelhas sem ferrão

Post on 30-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZNIA

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM AGRICULTURA NO TRPICO MIDO

    Multiplicao induzida de colmeias de abelhas Melipona seminigra Friese,

    1903 (Hymenoptera, Apidae) submetidas a diferentes tipos de

    alimentao complementar, em Manaus AM

    HLIO CONCEIO VILAS BOAS

    Manaus, Amazonas

    Maro de 2012

  • ii

    HLIO CONCEIO VILAS BOAS

    Multiplicao induzida de colmeias de abelhas Melipona seminigra

    Friese, 1903 (Hymenoptera, Apidae) submetidas a diferentes tipos de

    alimentao complementar, em Manaus AM

    Orientadora: Gislene Almeida Carvalho-Zilse, Dra.

    Co-orientadora: Suely de Souza Costa, Dra.

    Manaus, Amazonas

    Maro 2012

    Dissertao apresentada ao Instituto

    Nacional de Pesquisas da Amaznia

    como parte dos requisitos para

    obteno do titulo de Mestre em

    Cincias Agrrias, na rea de

    concentrao em Agricultura no

    Trpico mido.

  • iii

    Sinopse:

    No presente estudo, fez-se a comparao de dois processos de multiplicao e

    de quatro tratamentos com alimentao complementar para aumento no numero

    de colmeias de abelhas Melipona seminigra no Meliponario Brasileirinho, regio

    perifrica de Manaus, AM no perodo de setembro/ 2010 a novembro/ 2011. No

    houve diferena significativa entre os processos, sendo ambos eficientes para o

    aumento do numero de colmeias. Entre os tipos de alimento, o tratamento com

    xarope + plen foi significantemente melhor que os demais.

    Palavras-chave: 1. Abelhas sem ferro. 2. Multiplicao Induzida. 3. Alimentao

    Complementar. 4. Colmeia padronizada. 5. Meliponicultura.

    V697 Vilas Boas, Hlio Conceio Multiplicao induzida de colmeias de abelhas Melipona seminigra Friese, 1903 (Hymenoptera, Apidae) submetidas a diferentes tipos de alimentao complementar, em Manaus AM / Hlio Conceio Vilas Boas. ---Manaus : [s.n.], 2012. xv, 79 f. : il. color. Dissertao (mestrado) --- INPA, Manaus, 2012 Orientadora: Gislene Almeida Carvalho-Zilse Co-orientador: Suely de Souza Costa rea de concentrao : Agricultura no Trpico mido

    1. Abelhas sem ferro. 2. Multiplicao Induzida. 3. Alimentao Complementar. 4. Colmeia padronizada. 5. Meliponicultura. I. Ttulo.

    CDD 19. ed. 595.799

  • iv

    DEDICATRIA

    Deus Pai, por ter depositado em minha pessoa toda confiana,

    perseverana e sade que um filho almeja.

    Ao meu pai Agenor (in memorian) e a minha me Jlia, que soube criar seus

    oito filhos, muitas vezes abdicando sua prpria alegria.

    A minha querida esposa Alcinia e meus filhos, Thiago e Scrates pelo amor

    e alegria e companhia de todos os dias.

    Ao Dr. Warwick Estevam Kerr, pessoa humilde, alegre, que me encorajou a

    me dedicar ao estudo das abelhas e fazer o curso de Cincias Biolgicas.

  • v

    AGRADECIMENTOS

    A Dra. Gislene que est comigo desde os primeiros dias que entrei no INPA,

    orientando-me na melhor formao na busca do conhecimento, tima amiga e

    grande incentivadora pelo meu xito, e em minha jornada no decorrer do meu

    estudo e meu trabalho no Grupo de Pesquisas em Abelhas.

    A Dra. Suely de Souza Costa pela co-orientao e auxilio nas anlises

    estatsticas deste trabalho, muito obrigado.

    A todos os professores do Programa de Ps Graduao em Agricultura do

    Tropico mido, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amaznia PPG ATU/INPA,

    pela rdua tarefa de formar novos conhecedores do conhecimento.

    A Bia (Secretria PPG ATU) pelo total apoio prestado a todos os Discentes.

    A Da. Socorro (copeira) pelo cafezinho dirio, por sinal muito gostoso, que

    muitas vezes nos revigorava para retomada na volta a sala de aula.

    Ao Dr. Luiz Antonio de Oliveira pela motivao, idias e pelo apoio logstico e

    financeiro por meio da coordenao do Projeto Estudos Agronmicos e sociais em

    trs comunidades rurais do Amazonas visando suas sustentabilidades ao longo

    prazo, financiado pelo CNPq Edital CT - Amaznia.

    A FAPEAM, CNPq, SUFRAMA, UNISOL, SEBRAE, que concederam auxilio

    financeiro para o Grupo de Pesquisas em Abelhas GPA, para que a pesquisa e a

    difuso do conhecimento cientfico na Amaznia no tenham fronteiras.

    A FINEP pelo apoio financeiro por meio do Projeto Fronteira no alto Rio

    Negro.

    Ao grupo de meliponicultores (Ramal do Brasileirinho) que foi formado

    durante o desenvolvimento da Dissertao e que colaborou na coleta de dados,

    alimentao e multiplicao das colmeias, sempre se mostrando vidos em querer

    aprender as tcnicas da Meliponicultura e a preservao do meio ambiente com a

    criao das abelhas: Jos Carlos dos Santos (Carlinhos), Da. Maria Celes Spndola

    Soares, Maria das Graas Trindade da Silva, Slvia Serra Rodrigues, Jos Carvalho

    Coutinho, Cleomar Alves da Costa, Maria Auxiliadora Traveira de Souza, Manoel

    Mamede Clemente, e Maria do Socorro Nunes Barros, alm do casal, Sr. Anibal

  • vi

    Gomes da Costa (Monteiro) e Da. Maria Sefar Costa (Da. Zez), que permitiram a

    realizao do projeto em sua propriedade e foram de suma importncia para

    realizao deste trabalho, muitas vezes acordando durante a noite para socorrer as

    colmeias do ataque de formigas. Considero-os exemplo de agricultores dedicados e

    futuros meliponicultores e, principalmente, como exemplo de pessoa. Meu grande

    obrigado.

    A turma do Mestrado Hellienay, Ederlon, Catique, Suellen, Bianca, Teo, Ariel,

    Duka, Augusto, rca, Rozineide, Luzia, Karine, Tiago e Marina pelas alegrias das

    excurses e festinhas de confraternizao.

  • vii

    Felizes aqueles cuja vida pura e

    seguem a Lei do Senhor.

    Felizes, pois que guardam com esmero

    os seus preceitos e o procuram de todo o

    corao, e os que no praticam o mal, mais

    andam em seus caminhos.

    (Salmo 119:1-3)

  • 8

    RESUMO

    A criao tcnica de abelhas sem ferro (Meliponicultura) em pequenos Meliponrios uma atividade que vem sendo implementada no Estado do Amazonas, em propriedades de produtores rurais, com intuito de contribuir na gerao de renda. Com o objetivo de verificar a capacidade de multiplicao induzida de colmeias de abelhas jandara (Melipona seminigra) submetidas a dois processos de multiplicao (processo ninho/sobreninho = N/S e processo sobreninho/sobreninho = S/S) e quatro tipos de alimentao complementar (T1 = xarope; T2 = xarope + Vitagold; T3 = xarope + plen; T4 = sem alimento complementar), foram monitoradas 40 colnias matrizes e suas prognies. As colnias foram distribudas aleatoriamente entre os processos de multiplicao (20 colmeias matrizes cada), separadas nos quatro subgrupos de alimentao (cinco colmeias cada), que receberam semanalmente 60 mL do alimento ao longo de 15 meses (setembro/ 2010 a novembro/ 2011). As colmeias foram avaliadas quinzenalmente e os dados experimentais foram analisados e comparados por anlise de varincia (ANOVA), teste F e quando os fatores foram significativos, foi aplicado o teste de Tukey de comparao de mdias (ambos os testes foram realizados ao nvel de 5% de probabilidade). Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente utilizando o programa MINITAB verso 1.4 e apresentados na forma grfica por utilizao da Planilha Excel (Microsoft Office Excel, 2007). Neste contexto o processo N/S formou 47 novas colmeias sendo: 31 colmeias na gerao F1, 15 colmeias em F2 e uma colmeia em F3, enquanto o processo S/S formou 52 colmeias, sendo 35 colmeias em F1, 16 colmeias em F2 e uma colmeia em F3, totalizando 99 colmeias progenies. Houve 19 mortes de colmeias sendo 13 no processo N/S (6 matrizes e 7 progenies) e 6 no processo S/S (1 matriz e 5 progenies). O ataque de irara foi a principal causa de morte de colmeias filhas. Ambos os processos foram promoveram o aumento rpido do nmero de colmeias em Meliponario, sendo que o processo S/S apresentou o maior numero de colmeias filhas, o maior nmero de colmeias que alcanaram nota 5,0 (critrio de sucesso da multiplicao), o maior nmero de colmeias filhas sobreviventes e o menor ndice de mortalidade. No entanto, no diferiu estatisticamente do processo N/S. O tratamento T3 (xarope + plen) apresentou o maior nmero de colmeias formadas e o menor nmero de colmeias mortas, em nmeros absolutos, e se diferiu estatisticamente dos demais como o melhor tratamento para aumento do nmero de colmeias. Nenhum processo de multiplicao ou tratamento alimentar diferiu estatisticamente dos demais quanto ao tempo para formao de rainha fisogstrica e tempo para alcanar nota 5,0. Neste contexto pode-se concluir que ambos os processos de multiplicao foram eficientes para o aumento rpido no nmero de colmeias de abelhas Melipona seminigra em Meliponrio e o melhor tratamento alimentar para esta finalidade consistiu de xarope + plen. PALAVRAS CHAVE: 1. Abelhas sem ferro. 2. Multiplicao induzida. 3. Alimentao complementar. 4. Colmeia padronizada. 5. Meliponicultura.

  • 9

    ABSTRACT

    The stingless bees beekeeping (Meliponiculture) in small Meliponaries is an activity that has been implemented in the State of Amazonas, on properties of rural farmers, in order to contribute to income generation. 40 colonies and their progenies were monitored with the aim of verifying the multiplication

Recommended

View more >