Instalaes Sanitrias e Vestirios/ Balne ? Os acessos s instalaes sanitarias no devem

Download Instalaes Sanitrias e Vestirios/ Balne ? Os acessos s instalaes sanitarias no devem

Post on 25-Sep-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • NOTA TCNICA N. E0002 Folha - 1 Edio: A Reviso: 0 Data: 25.06.2008

    Instalaes Sanitrias e Vestirios/ Balnerios

    Estas informaes no dispensam, em nenhum caso, o cumprimento e respeito da legislao e regulamentos aplicveis.

    As instalaes sanitrias devem ter:

    Sempre que possvel ter separao por sexos;

    Sinalizao de segurana e de informao de Instalaes Sanitrias, no exterior das

    mesmas;

    Suficiente iluminao e ventilao natural/artificial, de modo a que haja uma

    renovao do ar (uma entrada de ar fresco e uma sada de ar viciado);

    Paredes de material liso, resistente, impermevel e de fcil lavagem at 1,5metros de

    altura, bem como o cho que deve ser de tapetes antiderrapantes em borracha ou

    outro material impermevel. O local no deve comunicar directamente com as zonas

    de servio.

    Um lavatrio fixo por cada grupo de 10 indivduos ou fraco que cessem

    simultaneamente o trabalho.

    Uma retrete por cada grupo de 15 mulheres ou fraco que trabalhem em simultneo.

    Uma retrete com assento normal ou de assento aberto na extremidade anterior por

    cada grupo de 25 homens, ou fraco trabalhando simultaneamente.

    Um urinol por cada grupo de 25 homens ou fraco trabalhando simultaneamente.

    O lavatrio dever estar equipado com: Dispositivo automtico de secagem de mos ou toalhas individuais de papel, no sendo permitida a utilizao de toalhas colectiva, tendo em conta que as toalhas convencionais absorvem humidade e sujidade, criando condies propcias para a proliferao e desenvolvimento de microrganismos;

    Sabo no irritante com doseador.

    Recipiente para colocao de resduos, munido de tampa accionada por pedal, assim

    como recipiente assptico para colocao de tampes e pensos higinicos os quais

    sero recolhidos e limpos diariamente.

    Em caso de instalaes sanitrias que sirvam de armazenamento, o mesmo deve deixar de ocorrer de modo a manter-se em adequadas condies de utilizao.

  • NOTA TCNICA N. E0002 Folha - 2 Edio: A Reviso: 0 Data: 25.06.2008

    Instalaes Sanitrias e Vestirios/ Balnerios

    Estas informaes no dispensam, em nenhum caso, o cumprimento e respeito da legislao e regulamentos aplicveis.

    Situaes de lojas ou armazns de pequenas dimenses no interior de centros comerciais, no necessitam de instalaes prprias uma vez que usufrui das infra-estruturas deste. Instalaes sanitrias destinadas a indivduos com dificuldades de mobilidade devero ter:

    Como medidas mnimas de 2,20 m x 2,20 m, permitindo o acesso por ambos os lados da sanita;

    Barras de apoio bilateral, rebatveis na vertical e a 0,70 m do pavimento;

    Porta de correr ou de abrir para fora.

    Pavimento com boa aderncia,

    Um lavatrio com medidas entre o,70 m e o,80 m da superfcie do pavimento, apoiados sobre poleias e no sobre colunas, que as torneiras dos lavatrios se tratem de torneiras do tipo hospitalar ou de pastilha.

    Equipamento de alarme adequado, ligado ao sistema de alerta (luminosos e sonoro) para o exterior ou outro.

    Esquentadores Existem instalaes sanitrias que possuem esquentadores no seu interior, logo o mesmo deve ser retirado na medida em que os gases resultantes da combusto do gs, nomeadamente monxido de carbono (gs inodoro) pode provocar, a determinadas concentraes, asfixia e at a morte.

    ACESSOS.

    Os acessos s instalaes sanitarias no devem estar obstrudos e estas devem encontrar-

    se visiveis e sinalizadas

  • NOTA TCNICA N. E0002 Folha - 3 Edio: A Reviso: 0 Data: 25.06.2008

    Instalaes Sanitrias e Vestirios/ Balnerios

    Estas informaes no dispensam, em nenhum caso, o cumprimento e respeito da legislao e regulamentos aplicveis.

    VESTIRIOS/ BALNERIOS As instalaes de vestirio devem situar-se em salas prprias separadas por sexos, com boa iluminao e ventilao, em comunicao directa com as cabines de chuveiro e lavatrio, e disporem de armrios individuais, bancos ou cadeiras em nmero bastante. Os armrios individuais devem ter as dimenses fixadas pela entidade competente, ser munidos de fechadura ou cadeado e terem aberturas de arejamento na parte superior e inferior da porta. Nos casos em que os trabalhadores estejam expostos a substncias txicas, irritantes ou infectantes, os armrios devem ser duplos, isto , formados por dois compartimentos independentes para permitir guardar a roupa de uso pessoal em local distinto do da roupa do trabalho. Deve sempre que possvel, reservar-se um local destinado a guardar roupa molhada. O vesturio e outros objectos de uso pessoal no devem ser colocados noutros locais que no os vestirios. Os vestirios e armrios devem ser mantidos em boas condies de higiene.