Indutor ou bobina. um componente formado por um fio ... sua principal caracterstica introduzir indutncia no circuito . Indutor ou bobina. um componente formado por um fio esmaltado enrolado em torno de um

Download Indutor ou bobina.  um componente formado por um fio ...  sua principal caracterstica  introduzir indutncia no circuito . Indutor ou bobina.  um componente formado por um fio esmaltado enrolado em torno de um

Post on 23-Feb-2018

213 views

Category:

Documents

1 download

TRANSCRIPT

A sua principal caracterstica introduzir indutncia no circuito.Indutor ou bobina. um componente formado por um fio esmaltado enrolado em torno de umncleo.A sua principal caracterstica introduzir indutncia no circuito.Smbolos do indutorIndutncia a propriedade de uma bobina se opor a qualquer variao decorrente.Unidade *Henry (L)A indutncia de um indutor depende, basicamente, de suas dimenses fsicas,do nmero de espiras e do material empregado no ncleo.Joseph Henry fsico e matemtico - AmericanoExpressa em forma de equao definida por:L Indutncia (H);N nmero de espiras; permeabilidade do ncleo (T.m/A);A rea da seo reta do ncleo (m);l comprimento do ncleo (m).lANL2=A permeabilidade magntica do vcuo vale: o=4..10-7 (T.m/A)Para os demais materiais dada em relao a permeabilidade do vcuo, conforme tabela abaixo.10.o a 5000 . oFerrite10.o a 8000.oFerrooMateriais diversos oArPermeabilidade (T.m/A)NcleoFechando a chave em t = 0, surge uma iL crescente, criando um campomagntico varivel que induz nas espiras uma f.e.m. acompanhada deuma corrente i.A oposio s variaes de corrente no indutor denominada de ReatnciaIndutiva (XL) que, em corrente contnuas comporta-se da seguinte forma: Quando o indutor est desenergizado, a corrente iL= 0, isto , a fonte oenxerga como um circuito aberto (XL= ). Quando o indutor esta energizado, a corrente atinge o seu valor mximo I,estabilizando-se. No havendo mais variao da corrente, deixa de existir acorrente induzida i, de foma que a fonte enxerga o indutor como umaresistncia baixa (R do fio), praticamente um curto-circuito (XL= 0).resistncia baixa (R do fio), praticamente um curto-circuito (XL= 0).Equivalentes PrticosA indutncia de um indutor tambm uma medida da taxa de variao dofluxo no seu interior com a corrente aplicada.N nmero de espiras; fluxo magntico;didNL=i corrente.A indutncia de um indutor depende do ponto da curva de histerese em que elese encontra.Se nesse ponto a curva for muito inclinada, uma pequena variao da correnteprovocar uma grande variao do fluxo e portanto uma indutncia elevada.Se operando prximo a saturao, a variao do fluxo ser pequena, mesmopara correntes elevadas, e portanto a indutncia ser pequena.Sabendo que:dtdNe=Substituindo N d/dt teremos:== didNdNe ==dtdididNdtdNeL*Representa uma queda de tenso.dtdiLvL =*Conclumos que:A tenso induzida entre os terminais de um indutor diretamenteproporcional a indutncia L e a taxa de variao da corrente.Se a corrente no indutor deixar de variar, a tenso induzida entre seusterminais ser zero.VLdtdiLvL 0)0( ===No caso de circuitos de corrente contnua, aps os efeitos transientes teremcessado, di/dt = 0 a tenso induzida ser dada por:Comercialmente, existem diversos tipos de indutores que podem ser divididosem duas categorias: fixos e variveis.Os indutores variveis possuem possuem um ncleo de materialferromagntico cuja posio pode ser ajustada mecanicamente, fazendovariar a permeabilidade e como conseqncia a indutncia.Especificao dos indutoresValor nominal Os valores comerciais de indutores so diversos, queabrangem uma ampla faixa de indutncias, desde alguns nanohenrys (nH)abrangem uma ampla faixa de indutncias, desde alguns nanohenrys (nH)at alguns Henrys (H).So fabricados para aplicaes especficas, como em circuitos de udio,radiofreqncia (RF) e circuitos de acionamento e controle.Tolerncia Dependendo da tecnologia de fabricao e do materialempregado no ncleo, a tolerncia dos indutores pode variar. Em geral, estentre + 1% e 20%.Resistncia hmica- o valor da resistncia do indutor, da ordem deunidades a centenas de ohms para alimentao em C.C.Usado em linhas de transmisso para filtrar transientes e reduzir interferncias e em muitos eletrodomsticos.Fixo;Ncleo de ferrite;ToroidalUsado em filtros de linha, fontes chaveadas, carregadores de bateria e outros equipamentos eletrnicos.Fixo;Ncleo de ferrite;RadialAplicaesCaractersticasTipo de indutorUsado em osciladores ecircuitos de RF detransceptores e receptores derdio e TV.Varivel;Ncleo de ferrite;BlindadoUsado em uma grande variedade de circuitos, como osciladores, filtros passa-faixa e outros.Fixo;Ncleo de ferrite;Encapsuladoeletrodomsticos.Polaridade Magntica do Indutor necessrio conhecer a polaridade magntica de um indutor quando ele seencontra prximo a outro.Dois indutores tm a mesma polaridade quando seus fluxos magnticos tmsentidos iguais, e polaridades contrrias quando os seus fluxos magnticostm sentidos diferentes.Num circuito, essa polaridade representada por um ponto () sobre uma dasextremidades.Associao de IndutoresOs indutores, como os resistores e capacitores, podem ser ligados em srie ou em paralelo. Podemos obter valores maiores de indutncia ligando indutores em srie evalores menores ligando indutores em paralelo.Indutores em sriens vvvvv ++++= ...321SendoA substituio de resulta em dtdiLv =dtdiLdtdiLdtdiLdtdiL nT +++= ...21Na diviso de reduz a:dtdinT LLLL +++= ...21Indutores em paraleloSendo e substituindo-se dtdiLv tT= 321 iiiit ++=( ) ++=++=dtdidtdidtdiLiiidtdLv TT321321Cada derivada pode ser eliminada usando-se apropriada:Lvdtdi =++++=nT LvLvLvLvLv ...321 nTnTLLLLLLLL 1...1111...1112121 +++=+++=Lembrando que: O tempo de energizao de um indutor alimentadodiretamente por uma fonte de tenso no instantneo.Ligando-se um resistor em srie, podemos retardar este tempo fazendo comque a corrente cresa mais lentamente.A constante de tempo dada por:RL=Energizao do IndutorEtvtv rL =+ )()(Pela Lei de KirchhoffR)t(v)t(ir=A corrente do circuitoConsiderando que i(t) cresce exponencialmente desde zero at o valor de I;=teIti 1.)(Que a tenso no resistor acompanha a corrente;=teEtv 1.)( = r eEtv 1.)(Lembrando que: rLrL vEvvvE =+=Temos: tL eEtv= .)(Desenergizao do IndutorConsiderando que i(t) decresce exponencialmente desde o valor de I at zero;teIti= .)(Que a tenso no resistor acompanha a corrente;teEtv= .)( r eEtv = .)(Temos: tL eEtv= .)(Perigo!A abertura da chave num circuito com indutor energizado podegerar uma tenso induzida e muito alta, suficiente paraproduzir um arco voltaico !Comportamento Capacitor IndutorEnergia armazena energia eletrosttica (campo eltrico)armazena energia magntica (campo magntico)Atraso provoca atraso na tenso provoca atraso na correnteReatncia baixa reatncia para variaes alta reatncia para variaes COMPARAO ENTRE O COMPORTAMENTO DO CAPACITOR E DO INDUTORReatncia baixa reatncia para variaes bruscas de tenso ou de correntealta reatncia para variaes bruscas de tenso ou de correnteConstante de tempoampla faixa de valores baixos valoresRel EletromecnicoSmbolosRels Comerciais