indÍcios do conhecimento da prÁtica evidenciados .objetivo delineamos a seguinte questão de...

Download INDÍCIOS DO CONHECIMENTO DA PRÁTICA EVIDENCIADOS .objetivo delineamos a seguinte questão de investigação:

Post on 09-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Sociedade Brasileira de Educao

    Matemtica

    Educao Matemtica na Contemporaneidade: desafios e possibilidades So Paulo SP, 13 a 16 de julho de 2016

    COMUNICAO CIENTFICA

    1 XII Encontro Nacional de Educao Matemtica ISSN 2178-034X

    INDCIOS DO CONHECIMENTO DA PRTICA EVIDENCIADOS EM

    MOMENTOS DE FORMAO DE FUTUROS PROFESSORES DE MATEMTICA

    Rosana Giaretta Sguerra Miskulin

    Unesp/Rio Claro misk@rc.unesp.br

    Vanessa Cerignoni Benites Bonetti

    Unesp/Rio Claro vanessa.benites@gmail.com

    Resumo: Esta pesquisa prope uma reflexo terico-metodolgica sobre alguns indcios da constituio do conhecimento da prtica do futuro professor de Matemtica. Para o seu desenvolvimento procuramos compreender e elencar quais so os aspectos constituintes do conhecimento da prtica de futuros professores que cursaram a disciplina Fundamentos da Matemtica Elementar, do curso de Licenciatura em Matemtica da Universidade Estadual Paulista Jlio de Mesquita Filho (UNESP), Brasil, no primeiro semestre de 2015. Atendendo ao nosso objetivo delineamos a seguinte questo de investigao: Como alguns indcios do conhecimento da prtica podem ser evidenciados em processos formativos de futuros professores? Trata-se de uma pesquisa qualitativa interpretativa, baseada em alguns conceitos da Anlise de Contedo, os quais podem mostrar que o conhecimento da prtica pode ser constitudo em espaos hbridos e por alguns aspectos tericos como: ressignificao de conceitos da docncia, engajamento mtuo, colaborao e aprendizagem socialmente compartilhada. Palavras-chave: Formao de Professores; Conhecimento da Prtica; Aprendizagem Compartilhada.

    1. Introduo

    Muitos pesquisadores tm se debruado em compreender o processo de formao

    inicial de professores, o qual caracterizado por conflitos, desafios, insegurana, tenses e

    descobertas, tanto profissional como pessoal. Momentos da formao inicial so concebidos

    neste trabalho como um espao formativo em que o licenciando vivencia no curso de

    Graduao, com a aprendizagem de metodologias de ensino e de aspectos tericos

    relacionados docncia, no qual marcado por um incio de uma prtica pedaggica. neste

    momento que se cria uma estrutura conceitual da docncia para que o futuro professor possa

    refletir e conhecer a articulao entre uma postura terica e os diferentes modos de ensinar

    Matemtica.

  • Sociedade Brasileira de Educao

    Matemtica

    Educao Matemtica na Contemporaneidade: desafios e possibilidades So Paulo SP, 13 a 16 de julho de 2016

    COMUNICAO CIENTFICA

    2 XII Encontro Nacional de Educao Matemtica ISSN 2178-034X

    Atualmente, os estudos sobre formao inicial de professores versam sobre as

    possibilidades de se criar contextos formativos que aproximem o licenciando da escola. Tal

    perspectiva apontada nos trabalhos de Zeichner (2010, 2013), sobre a criao de espaos

    hbridos de formao, que rejeitam aspectos duais, tais como: o conhecimento prtico

    profissional que, em geral desenvolvido a partir da prtica, e o conhecimento acadmico,

    desenvolvido prioritariamente na universidade e de maneira hierrquica. Isto o que ele

    caracteriza como terceiro espao, criao de espaos hbridos nos programas de formao

    inicial de professores que renem professores da Educao Bsica e do Ensino Superior e

    conhecimento prtico profissional e acadmico em novas formas para aprimorar a

    aprendizagem dos futuros professores (ZEICHNER, 2010, p. 487).

    Corroborando com as ideias acima, pesquisadores como Fiorentini et al (2002)

    apontam para a dificuldade em articular a teoria e a prtica, a formao especfica e

    pedaggica, e a formao e a realidade escolar. Sendo assim, compreendemos que a criao

    de espaos hbridos de formao pode minimizar o choque de realidade vivido pelos

    professores recm formados e, alm disso, ponderamos que na colaborao entre os pares, em

    um clima de engajamento e compartilhamento de experincias sobre a docncia, que o futuro

    professor poder encontrar o apoio que tanto precisa na constituio do conhecimento da

    prtica.

    Nesta direo, para as autoras Cochran-Smith e Lytle (1999), o conhecimento que os

    professores necessitam para ensinar construdo coletivamente dentro de comunidades locais,

    que combinam as caractersticas do espao formativo, a proposta de formao e a mediao

    dos formadores. Tal conhecimento denominado por essas autoras como o conhecimento da

    pratica e partem do princpio que no faz sentido falar de um conhecimento formal e um

    outro conhecimento prtico, e sim que o conhecimento construdo coletivamente entre os

    pares. Esta concepo de conhecimento da prtica fundamental, pois pode ser um ponto

    chave no processo de formao inicial, visto que inclui o trabalho em projetos de

    desenvolvimento da escola, de formao ou de pesquisa colaborativa.

    Orientadas por essas perspectivas de formao, a temtica deste estudo est pautada

    em reflexes terico-metodolgicas sobre a formao do futuro professor, mais

    especificamente, em elencarmos alguns indcios da constituio do conhecimento da

    prtica. Para tanto procuramos investigar como o conhecimento da prtica pode ser

    constitudo no processo de participao e ressignificao dos futuros professores em

  • Sociedade Brasileira de Educao

    Matemtica

    Educao Matemtica na Contemporaneidade: desafios e possibilidades So Paulo SP, 13 a 16 de julho de 2016

    COMUNICAO CIENTFICA

    3 XII Encontro Nacional de Educao Matemtica ISSN 2178-034X

    momentos de formao. Perante nosso objetivo delineamos a seguinte questo de

    investigao: Como alguns indcios do conhecimento da prtica podem ser evidenciados

    processos formativos de futuros professores?

    Desta forma, neste trabalho tentamos apresentar caractersticas da profissionalidade

    docente, aqui denotadas por indcios do conhecimento da prtica, que podem ser

    ressignificadas em momentos formativos.

    2. Perspectivas Tericas do Estudo

    Iniciamos a pesquisa com as seguintes questes: O que podemos considerar na

    constituio do conhecimento da prtica do futuro professor? Como este conhecimento

    pode ser constitudo em processos de participao e reificao dos futuros professores em

    momentos de formao? Como pensarmos momentos de formao relacionados a uma

    disciplina do currculo de Licenciatura?

    Balizadas por estas questes buscamos apoio terico em Cochran-Smith e Lytle

    (1999), as quais apresentam trs concepes que relacionam o conhecimento do professor e a

    sua prtica pedaggica.

    A primeira concepo a do conhecimento para a prtica (knowledge for practice),

    na qual entende que o professor utilizar informaes de pesquisadores e teorias reconhecidas

    como formais, para melhorar sua prtica profissional. Ou seja, o professor instrumentaliza

    esses conhecimentos de maneira utilitria, sem reflexes ou possibilidade de construo deste

    conhecimento. Neste sentido os professores no so considerados geradores de conhecimentos

    ou capazes de teorizar sobre a prtica de sala de aula. Este modelo baseado na racionalidade

    tcnica, que separa a teoria da prtica, a reflexo da ao, o ensino da pesquisa.

    J a segunda concepo, conhecimento na prtica (knowledge in practice), envolve a

    ideia do conhecimento gerado a partir da prtica profissional e de suas reflexes sobre ela, ou

    seja, a nfase est no conhecimento em ao. Para Richiti (2010), o conhecimento na

    prtica gerado quando o professor se apropria de conhecimentos imbudos no trabalho de

    especialistas e aprofunda seus prprios conhecimentos, refletindo sobre as aes continuas de

    professores experientes enquanto escolhem estratgias, organizam rotinas de sala de aula,

    tomam decises, criam problemas, estruturam situaes e reconsideram seu prprio

    raciocnio.

  • Sociedade Brasileira de Educao

    Matemtica

    Educao Matemtica na Contemporaneidade: desafios e possibilidades So Paulo SP, 13 a 16 de julho de 2016

    COMUNICAO CIENTFICA

    4 XII Encontro Nacional de Educao Matemtica ISSN 2178-034X

    Por fim, a terceira, e ltima, concepo a de conhecimento da prtica (knowledge

    of practice), que alia o conhecimento terico e prtico, e concebe que o conhecimento que os

    professores precisam para ensinar bem gerado quando eles consideram suas prprias salas

    de aula locais propcios a uma investigao intencional, ao mesmo tempo em que consideram

    o conhecimento e a teoria produzidos por outros, como uma fonte gerador de distintas

    interpretaes e questionamentos (COCHRAN-SMITH e LYTLE, 1999, p. 250). O

    conhecimento da prtica concebe aspectos prticos e tericos como um s, no podendo ser

    dissociados, na qual o professor constri este conhecimento a partir de sua prtica e da

    reflexo que faz dela.

    Esta concepo de conhecimento da prtica fundamental e pode ser incentivada

    em cursos de formao inicial de professores, por meio de uma abordagem terico-

    metodolgica que viabilize a interao social, a mediao entre professores-formadores e

    futuros professores e ambientes de colaborao e engajamento mtuo. Esses aspectos inter-

    relacionados proporcionam ao grupo/comunidade contextos de aprendizagem compartilhada

    advindas das interlocues coletivas, da negociao de novos significados e da partilha de

    experincias. Acreditamos que a aprendizagem do professor, concebida como a interrelao

    do conhecimento da prtica e desenvolvida em comunidades locais, salas de aulas,

    laboratrios de ensino, escolas/universidades, entre outros, pode ser categorizada em u

Recommended

View more >