iluminismo nas américas e a inconfidência mineira

Download Iluminismo nas américas e a inconfidência mineira

Post on 16-Apr-2017

186 views

Category:

Education

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Iluminismo nas Amricas

O sentido da palavra LIBERDADE:

...palavra que o sonho humano alimenta, no h ningum que explique e ningum que no entenda (Ceclia Meirelles)

A liberdade liberal

Liberalismo poltico

Autonomia econmica (independncia nas Amricas)

Livre concorrncia econmica e da mnima interveno estatal na iniciativa privada

Adam Smith e John Locke.

A Inconfidncia Mineira: Contexto

Descoberta de ouro de aluvio no interior do Brasil no fim do sculo XVII; posteriormente jazidas de ouro e diamantes

Sociedade mineradora do sculo XVIII: Senhores/ donos de lavras; profissionais liberais e comerciantes; maioria de escravos

Aumento da concentrao populacional urbanizao

Endividamento do Brasil com a Inglaterra (Tratado de Methuen, 1703 - panos e vinhos)

Interveno do governo portugus no controle das minas

Intendncia das Minas: distribuir terras, fiscalizar, cobrar impostos

Casas de Fundio: proibio do ouro em p (contrabando), fundio de barras de ouro e retirada do Quinto (imposto)

Lavagem do ouro, De Rugendas.

Crise do ouro

Queda da produo na 2 metade do sculo XVIII: Coroa culpa contrabando e aumenta impostos e controle endividamento dos mineradores

Ameaa da Derrama: cobrana de impostos atrasados com confisco de bens

Crise econmica e grande parte da populao na pobreza

Inconfidncia Mineira (1789)

Elite mineira: intelectuais, grandes comerciantes, membros do clero, membros da administrao da capitania, profissionais liberais. Ex: Cludio Manoel da Costa (secretrio do governo, advogado e poeta) e Toms Antnio Gonzaga (ouvidor da capitania e poeta)

Formados em Universidades europeias (Coimbra), reuniam-se em grupos de discusso sobre poesia, filosofia e atualidades

Leitura de autores iluministas

A influncia da Independncia das Treze Colnias (EUA)

A independncia das 13 colnias (1776)

Tradio de liberdade comercial para as colnias inglesas na Amrica introduo de polticas monopolistas a partir da 2 metade do sculo XVIII

Discurso ingls de defesa do livre-comrcio na Europa: romper monoplios de outros pases europeus

Colonos americanos exigem liberdade frente Inglaterra: recusa s taxaes votadas por um Parlamento do qual no participavam

Declarao de Independncia em 1776

O que queriam os inconfidentes brasileiros?

Separar o Brasil de Portugal (Repblica)

Libertas quae ser tamem (Liberdade ainda que tardia)

Desenvolvimento do setor manufatureiro (indstria rudimentar)

Separao entre Estado e Igreja

- Dificuldades: falta de armas e de popularidade (no pautava o fim da escravido)

- Represso: Onze condenaes forca e sete ao exlio; posterior transformao nas penas de morte em penas de exlio, com exceo de Tiradentes (alferes e dentista), enforcado em praa pblica e esquartejado.

O Mito Tiradentes

Uma comparao...
A Conjurao Baiana (1798)

- Contexto: Carestia e desemprego- Quem eram? Mulatos, escravos, libertos, trabalhadores de baixa renda, soldados; apoio inicial da maonaria (ligada aos ideais iluministas)- O que queriam?Repblica democrtica

Igualdade racial e fim do preconceito de cor

Abolio da escravido e dos privilgios de classe (afastamento da maonaria)

- Represso: lideranas enforcadas e esquartejadas

Concluso: os sentidos de liberdade

No ficarei to s no campo da arte,e, nimo firme, sobranceiro e forte,tudo farei por ti para exaltar-te,serenamente, alheio prpria sorte.Para que eu possa um dia contemplar-tedominadora, em frvido transporte,direi que s bela e pura em toda parte,por maior risco em que essa audcia importe.Queira-te eu tanto, e de tal modo em suma,que no exista fora humana algumaque esta paixo embriagadora dome.E que eu por ti, se torturado for,possa feliz, indiferente dor,morrer sorrindo a murmurar teu nome(Carlos Marighella)