ii simulado one prÉ-vestibular ?· ii simulado one prÉ-vestibular prof. henrique ... a figura a...

Download II SIMULADO ONE PRÉ-VESTIBULAR ?· II SIMULADO ONE PRÉ-VESTIBULAR Prof. Henrique ... A figura a seguir…

Post on 07-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • II SIMULADO ONE PR-VESTIBULAR

    Prof. Henrique Paiva / /

    Aluno:

    Rua Perdizes, Ed. Pedra de Ara, N 01, Sl. 301 Renascena

    So Lus/MA CEP: 65075-340

    Tel.: (98) 3082-4979/ 98476-5252 1

    MATEMTICA

    1. Quantos so os nmeros inteiros positivos de 5 algarismos que

    no tm algarismos adjacentes iguais?

    a) 59.

    b) 9 84.

    c) 8 94.

    d) 85.

    e) 95.

    2. Uma superfcie esfrica de raio 13 cm cortada por um plano

    situado a uma distncia de 12 cm do centro da superfcie esfrica,

    determinando uma circunferncia.

    O raio desta circunferncia, em cm :

    a) 1.

    b) 2.

    c) 3.

    d) 4.

    e) 5.

    3. Na figura a seguir, X e Y so, respectivamente, os pontos mdios

    das arestas AB e CD do cubo. A razo entre o volume do prisma

    AXFEDYGH e o do cubo :

    a) 3/8.

    b) 1/2.

    c) 2/3.

    d) 3/4.

    e) 5/6.

    4. Sejam A = (1, 2) e B = (3, 2) dois pontos do plano cartesiano.

    Nesse plano, o segmento AC obtido do segmento AB por uma

    rotao de 60, no sentido anti-horrio, em torno do ponto A.

    As coordenadas do ponto C so:

    a) (2, 2 + 3 ).

    b) 5

    1 3,2

    c) (2, 1 + 3 ).

    d) (2, 2 - 3 ).

    e) (1 + 3 , 2 + 3 ).

    5. Uma circunferncia de raio 2, localizada no primeiro quadrante,

    tangencia o eixo x e a reta de equao 4x - 3y = 0.

    Ento a abscissa do centro dessa circunferncia :

    a) 1

    b) 2

    c) 3

    d) 4

    e) 5

    6. A figura a seguir mostra o grfico da funo logaritmo na base

    b.

    O valor de b :

    a) 1/4.

    b) 2.

    c) 3.

    d) 4.

    e) 10.

    7. O produto de dois nmeros inteiros positivos, que no so

    primos entre si, igual a 825. Ento o mximo divisor comum

    desses dois nmeros :

    a) 1.

    b) 3.

    c) 5.

    d) 11.

    e) 15.

    8. Dividir um nmero por 0,0125 equivale a multiplic-lo por:

    a) 1/125.

    b) 1/8.

    c) 8.

    d) 12,5.

    e) 80.

    9. No quadriltero ABCD a seguir, AB C = 150, AD = AB = 4 cm, BC = 10 cm, MN = 2 cm, sendo M e N, respectivamente, os

    pontos mdios de CD e BC.

    A medida, em cm2, da rea do tringulo BCD :

    a) 10.

    b) 15.

    c) 20.

    d) 30.

    e) 40.

    10. Sabendo que um nmero real e que a parte imaginria do

    nmero complexo (2 + i)/( + 2i) zero, ento :

    a) - 4.

    b) - 2.

    c) 1.

    d) 2.

    e) 4.

    11. Sabe-se que o produto de duas razes da equao algbrica 2x3 -

    x2 + kx + 4 = 0 igual a 1.

    Ento o valor de k :

    a) - 8.

    b) - 4.

    c) 0.

    d) 4.

    e) 8.

    12. Um lojista sabe que, para no ter prejuzo, o preo de venda de

  • Rua Perdizes, Ed. Pedra de Ara, N 01, Sl. 301 Renascena

    So Lus/MA CEP: 65075-340

    Tel.: (98) 3082-4979/ 98476-5252 2

    seus produtos deve ser no mnimo 44% superior ao preo de custo.

    Porm ele prepara a tabela de preos de venda acrescentando 80%

    ao preo de custo, porque sabe que o cliente gosta de obter

    desconto no momento da compra.

    Qual o maior desconto que ele pode conceder ao cliente, sobre o

    preo da tabela, de modo a no ter prejuzo?

    a) 10%.

    b) 15%.

    c) 20%.

    d) 25%.

    e) 36%.

    13. Considere um arco AB de 110 numa circunferncia de raio 10

    cm. Considere, a seguir, um arco A'B' de 60 numa circunferncia

    de raio 5 cm.

    Dividindo-se o comprimento do arco AB pelo do arco A'B' (ambos

    medidos em cm), obtm-se:

    a) 11/6.

    b) 2.

    c) 11/3.

    d) 22/3.

    e) 11.

    14. Dentre os nmeros a seguir, o mais prximo de sen50 :

    a) 0,2.

    b) 0,4.

    c) 0,6.

    d) 0,8.

    e) 1,0.

    15. O menor valor de 1/ (3-cos x), com x real, :

    a) 1/6.

    b) 1/4.

    c) 1/2.

    d) 1.

    e) 3.

    FSICA

    16. O motor de um foguete de massa m acionado em um instante

    em que ele se encontra em repouso sob a ao da gravidade ( gconstante). O motor exerce uma fora constante perpendicular

    fora exercida pela gravidade. Desprezando-se a resistncia do ar e

    a variao da massa do foguete, podemos afirmar que, no

    movimento subsequente, a velocidade do foguete mantm:

    a) mdulo nulo.

    b) mdulo constante e direo constante.

    c) mdulo constante e direo varivel.

    d) mdulo varivel e direo constante.

    e) mdulo varivel e direo varivel.

    17. A melhor explicao para o fato de a Lua no cair sobre a Terra

    que:

    a) a gravidade terrestre no chega at a Lua.

    b) a Lua gira em torno da Terra.

    c) a Terra gira em torno do seu eixo.

    d) a Lua tambm atrada pelo Sol.

    e) a gravidade da Lua menor que a da Terra.

    18. Dois recipientes cilndricos, de eixos verticais e raios R1 e R2,

    contm gua at alturas H1 e H2, respectivamente. No fundo dos

    recipientes existem dois tubos iguais, de dimetro pequeno

    comparado com as alturas das colunas de gua e com eixos

    horizontais, como mostra a figura a seguir. Os tubos so vedados

    por mbolos E, que impedem a sada da gua mas podem deslizar

    sem atrito no interior dos tubos. As foras F1 e F2, so necessrias

    para manter os mbolos em equilbrio, sero iguais uma outra

    quando:

    19. Um tubo na forma de U, parcialmente cheio de gua, est

    montado sobre um carrinho que pode mover-se sobre trilhos

    horizontais e retilneos, como mostra a figura adiante. Quando o

    carrinho se move com acelerao constante para a direita, a figura

    que melhor representa a superfcie do lquido :

    20. Um vago A, de massa 10 000 kg, move-se com velocidade

    igual a 0,4 m/s sobre trilhos horizontais sem atrito at colidir com

    outro vago B, de massa 20 000 kg, inicialmente em repouso. Aps

    a coliso, o vago A fica parado. A energia cintica final do vago

    B vale:

    a) 100 J.

    b) 200 J.

    c) 400 J.

    d) 800 J.

    e) 1600 J.

    21. Um bloco de peso P suspenso por dois fios de massa

    desprezvel, presos a paredes em A e B, como mostra a figura

    adiante. Pode-se afirmar que o mdulo da fora que tenciona o fio

    preso em B, vale:

    a) P

    2.

    b) P

    2

    .

    c) P.

    d) 2P .

    e) 2 P.

    22. Um bloco de gelo que inicialmente est a uma temperatura

    inferior a 0C recebe energia a uma razo constante, distribuda

    uniformemente por toda sua massa. Sabe-se que o valor especfico

    do gelo vale aproximadamente metade do calor especfico da gua.

  • Rua Perdizes, Ed. Pedra de Ara, N 01, Sl. 301 Renascena

    So Lus/MA CEP: 65075-340

    Tel.: (98) 3082-4979/ 98476-5252 3

    O grfico que melhor representa a variao de temperatura T (em C) do sistema em funo do tempo t (em s) :

    23. Num dia sem nuvens, ao meio-dia, a sombra projetada no cho

    por uma esfera de 1,0 cm de dimetro bem ntida se ela estiver a

    10 cm do cho. Entretanto, se a esfera estiver a 200 cm do cho,

    sua sombra muito pouco ntida. Pode-se afirmar que a principal

    causa do efeito observado que:

    a) o Sol uma fonte extensa de luz.

    b) o ndice de refrao do ar depende da temperatura.

    c) a luz um fenmeno ondulatrio.

    d) a luz do Sol contm diferentes cores.

    e) a difuso da luz no ar "borra" a sombra.

    24. Um feixe de luz uma mistura de trs cores: verde, vermelho e

    azul. Ele incide, conforme indicado na figura adiante, sobre um

    prisma de material transparente, com ndice de refrao crescente

    com a frequncia. Aps atravessar o prisma, a luz atinge um filme

    para fotografias a cores que, ao ser revelado, mostra trs manchas

    coloridas.

    De cima para baixo, as cores dessas manchas so, respectivamente:

    a) verde, vermelho e azul.

    b) vermelho, azul e verde.

    c) azul, vermelho e verde.

    d) verde, azul e vermelho.

    e) vermelho, verde e azul.

    25. O campo eltrico de uma carga puntiforme em repouso tem,

    nos pontos A e B, as direes e sentidos indicados pelas flechas na

    figura a seguir. O mdulo do campo eltrico no ponto B vale 24

    v/m. O mdulo do campo eltrico no ponto P da figura vale, em

    volt por metro:

    a) 3.

    b) 4.

    c) 3 2 . d) 6.

    e) 12.

    26. Um sistema formado por trs cargas puntiformes iguais,

    colocadas em repouso nos vrtices de um tringulo equiltero, tem

    energia potencial eletrosttica igual a U. Substitui-se uma das

    cargas por outra, na mesma posio, mas com o dobro do valor. A

    energia potencial eletrosttica do novo sistema ser igual a:

    a) 4U/3

    b) 3U/2

    c) 5U/3

    d) 2U

    e) 3U

    27. A figura adiante mostra um circuito construdo por um gerador

    ideal e duas lmpadas incandescentes A e B, com resistncias R e

    2R, respectivamente, e no qual dissipada a potncia P. Num dado

    instante, a lmpada B queima-se. A potncia que passar a ser

    dissipada pelo sistema ser igual a:

    a) P

    2

    b) 2P

    3

    c) P

    d) 3P

    2

    e) 2P

    28. dada uma pilha comum, de fora eletromotriz = 1,5 V e

    resistncia interna igual a 1,0 . Ela ligada durante 1,0 s a um

    resistor R de resistncia igual a 0,

Recommended

View more >