igreja crist£ maranata contribui§£o .texto fundamental: xodo 12.1-11 ......

Download Igreja Crist£ Maranata Contribui§£o .TEXTO FUNDAMENTAL: XODO 12.1-11 ... Ningu©m seria liberto

If you can't read please download the document

Post on 07-Feb-2019

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Igreja Crist MaranataContribuio EBJO Perguntas Publicada em: 23/03/2015

RTV Jesus Vem Anunciando a Volta do Senhor Jesus http://www.rtvjesusvem.com.br

Tel. (27) 99865-4103 - Tel. (27) 98158-4854 E-mail: central@icmcentral.com.br

ESCOLA BBLICA PARA JOVENS E OBREIROS 28/03/2015 TEMA: OPOSIO AO PROJETO DE SALVAO ASSUNTO: OPOSIO SADA DO EGITO TEXTO FUNDAMENTAL: XODO 12.1-11 EM XODO 12.7, O SENHOR ESTABELECE O PROJETO DE SADA DE ISRAEL DO EGITO FUNDAMENTADO NO CORDEIRO E SEU SANGUE, NA INSTITUIO DA PSCOA. COMENTAR OS ASPECTOS PROFTICOS DESSE PROJETO DE SADA E A OPOSIO A ELE EM XODO 10.24, NAS SEGUINTES EXPRESSES:

TOMARO DO SANGUE XODO 12.7. NAS CASAS EM QUE O COMEREM. XODO 12.7. FIQUEM VOSSAS OVELHAS XODO 10.24.

(Os textos usados neste estudo foram extrados da Traduo de Joo Ferreira de Almeida, Edio Revista e Corrigida). OBSERVAES:

1. Haver um perodo de 10 minutos no incio da reunio para uma pequena dinmica em classe; 2. Os textos em itlico so transcries literais dos estudos recebidos dos grupos de jovens e obreiros.

OBJETIVO DO ESTUDO

Mostrar que: 1. A sada de Israel do Egito foi precedida de muitos sinais, porm esse momento foi marcado pela

revelao de um culto cujo centro seria o cordeiro e seu sangue. Esse culto o Senhor chamou Pscoa. O sangue passado na verga e nas ombreiras das casas dos israelitas seria a garantia da vida e o livramento para os filhos de Israel. ... Que culto este vosso? [...] Este o sacrifcio da Pscoa ao Senhor, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu aos egpcios e livrou as nossas casas.... (xodo 12.26-27)

2. Ningum seria liberto do Egito sem o sangue e ningum partiria sem comer a carne do cordeiro. Na caminhada para a terra prometida seria fundamental a presena do cordeiro e seu sacrifcio, como mediao para servir ao Senhor. Portanto, a oposio final de Fara se deu no sentido de privar Israel das ovelhas, o que impossibilitaria o culto, a comunho e a adorao a Deus em sua jornada.

3. No contexto proftico, essa a oposio a ser enfrentada no memento de sada da igreja. O poder do sangue de Jesus que nos libertou um dia o mesmo que continua operando, para comunho e adorao ao Senhor no corpo. Toda oposio est no sentido de excluir o sangue e a estrutura de corpo.

preciso enfrentar, como Moiss nos versos 25 e 26, toda a oposio a esse projeto.

INTRODUO Deus operou sinais extraordinrios que precederam a sada de Israel do Egito. Entretanto, importante

observar que a sada do Egito s ocorreu quando o Senhor revelou a figura do cordeiro e seu sangue num culto que se daria na ltima noite de Israel no Egito. O sangue seria o sinal que preservaria a vida dentro da casa. E aquele sangue vos ser por sinal Ex 12.13.

O Esprito Santo tem sido derramado nesse momento final que antecede ao grande e terrvel dia do Senhor. O sangue uma revelao para a igreja da ltima hora.

Igreja Crist MaranataContribuio EBJO Perguntas Publicada em: 23/03/2015

RTV Jesus Vem Anunciando a Volta do Senhor Jesus http://www.rtvjesusvem.com.br

Tel. (27) 99865-4103 - Tel. (27) 98158-4854 E-mail: central@icmcentral.com.br

fundamental entender que, embora os sinais sejam importantes, a igreja que vai sair deste mundo deve estar marcada com o sinal do sangue, que o projeto. O sangue, que o Esprito Santo, quem preserva a vida dentro da casa. Ele o sinal para a sada.

Assim como a celebrao da pscoa para Israel representava ali no Egito o grande livramento da morte dos primognitos, hoje Jesus, a nossa pscoa, representa o grande livramento da condenao do pecado.

ASPECTOS PROFTICOS DESSE PROJETO DE SADA DE ISRAEL DO EGITO NAS SEGUINTES EXPRESSES:

TOMARO DO SANGUE XODO 12.7. E tomaro do sangue, e p-lo-o em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem.

Tomaro do sangue, portanto, era a necessidade de uma experincia pessoal com o sangue do cordeiro que seria sacrificado. O sangue, que era a vida que estava dentro do cordeiro, se tornaria agora a garantia da vida dentro da casa de cada hebreu. Seria uma experincia vivida por cada um deles, de tal forma que poderiam testemunhar dele s geraes futuras, uma vez que o cordeiro seria o elemento central do culto que eles prestariam ao Senhor ao longo de sua caminhada e sua histria.

Assim tambm a igreja proclama esse projeto de salvao fundamentado no derramar do sangue do Senhor Jesus por experincia. O Esprito Santo, que a vida que estava nEle, foi derramado sobre a igreja. Quando clamamos pelo sangue Jesus, clamamos por essa vida, por esse Esprito, cujo derramar estava profetizado no sangue vertido na cruz. No uma doutrina terica, mas uma doutrina vivida por cada crente.

O Sangue na verga e nas ombreiras era a esperana de que naquela noite eles deixariam o Egito e partiriam para Cana. O clamor pelo sangue de Jesus leva o servo a rejeitar o Egito e a desejar Cana. O clamor pelo sangue de Jesus o sinal de separao do povo de Deus em relao ao mundo.

NAS CASAS EM QUE O COMEREM. XODO 12.7. E tomaro do sangue, e p-lo-o em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem.

Nas casas O sangue deveria ser passado nas ombreiras e verga da porta e o cordeiro deveria ser comido por inteiro nas casas. Deveriam estar juntos naquela noite. A garantia de vida estava dentro da casa. O alimento, isto o cordeiro assado no fogo, estava dentro da casa.

Nesse momento proftico que a igreja vive necessrio estar dentro da casa. H uma Obra, h um abrigo nessa hora de noite. O alimento revelado est dentro da casa. A vida est na unidade do corpo. Precisamos atender o conselho do Senhor que disse: ... nenhum de vs saia da porta da sua casa at manh. xodo 12.22.

A doutrina do clamor pelo sangue de Jesus para ser vivida no interior do corpo. Em que o comerem O cordeiro era o alimento para a partida. Deveria ser assado no fogo e no

cozido na gua, como era comum. Portanto, o projeto para a sada era o cordeiro e o sangue. Esse o projeto para a sada da igreja: A carne do Cordeiro e o seu Sangue, Corpo e Sangue. O Senhor

Jesus falou sobre esse projeto quando disse: Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna. Joo 6.54.

Portanto, a igreja fiel entendeu que seu preparo para a sada deste mundo se d no corpo. O crente se alimenta do cordeiro assado no fogo. As revelaes que norteiam a igreja resultado da ao do fogo do Esprito Santo no corpo.

A experincia vivida por essa igreja vai alm da compreenso natural de corpo como simplesmente uma instituio organizada regida por normas, dogmas, estatutos, interpretaes teolgicas e princpios filosficos, dirigido por uma liderana (isso cordeiro cozido em gua), mas o corpo uma revelao do Esprito Santo. um organismo vivo, porque o fogo do Esprito Santo est vivo nele. O alimento que nutre a alma do membro desse corpo e o prepara para a vinda gloriosa do Senhor Jesus vem das revelaes dadas no

Igreja Crist MaranataContribuio EBJO Perguntas Publicada em: 23/03/2015

RTV Jesus Vem Anunciando a Volta do Senhor Jesus http://www.rtvjesusvem.com.br

Tel. (27) 99865-4103 - Tel. (27) 98158-4854 E-mail: central@icmcentral.com.br

corpo. Mesmo quando a revelao nos contraria em nossa razo estamos sendo alimentados, pois o cordeiro deveria ser comido com a cabea, ps e fressura (vsceras).

ASPECTOS PROFTICOS DA OPOSIO AO PROJETO DE SADA DE ISRAEL DO EGITO, NA SEGUINTE EXPRESSO:

FIQUEM VOSSAS OVELHAS XODO 10.24. Ento Fara chamou a Moiss e disse: Ide, servi ao Senhor; somente fiquem as vossas ovelhas e as vossas vacas; vo tambm convosco as vossas crianas.

Fara se ops sada de Israel do Egito de todas as formas e com muitas propostas. Porm, no momento em que o Egito foi atingido com as trevas, o penltimo sinal no Egito, a proposta de Fara foi que ficassem as ovelhas e as vacas e o povo partisse.

Reter as ovelhas era retirar do povo o centro do culto que agradava a Deus. Era retirar o sacrifcio. O sangue era o projeto de resgate. Esse projeto estava na mente de Deus e permeava toda a histria desde o Genesis. Moiss sabia que o Senhor lhes tiraria do Egito para servi-Lo em sua terra. Ele sabia tambm que no seria possvel servir ao Senhor sem a mediao do sangue, sem a oferta de sacrifcio. Por isso disse que nem uma unha ficaria fazendo referncia s ovelhas e gado, pois nada do sacrifcio seria desprezado. Isso estava alinhado com o projeto da sada em xodo 12, quando o Senhor disse que o cordeiro seria comido com a cabea e os ps, e a fressura. Ento, nem uma unha ficaria.

Moiss, porm, disse: Tu tambm dars em nossas mos sacrifcios e holocaustos, que ofereamos ao Senhor, nosso Deus. E tambm o nosso gado h de ir conosco, nem uma unha ficar; porque daquele havemos de tomar para servir ao Senhor, nosso Deus. xodo 10.25-26.

A sutileza, portanto, da proposta de Fara visava descaracterizar o culto que seria prestado ao Senhor. O culto poderia ter tudo, menos o sangue, pois no haveria ovelhas.

Vivemos um momento proftico onde as trevas cobrem o mundo. Toda iniciativa que visa anular, ou

desacreditar o poder do sangue de Jesus nesse momento prpria daqueles que esto nas trevas, sem a luz da revelao. A igreja fiel sabe que no pode servir ao Senhor sem a mediao desse sangue. Entendemos que vamos sair, porque discernirmos o mistrio do Corpo e o Sangue. Comemos e bebemos com o compromisso de anunciarmos que o Senhor Jesus vem.

Porque, todas as vezes que comerdes este po e beberdes este clice, anunciais a morte do Senhor at que venha. I Cor 11.26

Igreja Crist MaranataContribuio EBJO Perguntas Publicada em: 23/03/2015

RTV Jesus Vem Anunciando a Volta do Senhor Jesus http://www.rtvjesusvem.com.