identificaÇÃo - ?· na construção individual do conhecimento, atuando como mediador para que o...

Download IDENTIFICAÇÃO - ?· na construção individual do conhecimento, atuando como mediador para que o aluno…

Post on 10-Dec-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

IDENTIFICAO

O ALUNO COM TDAH : TEORIAS E PRTICAS NECESSRIAS PARA O PROFESSOR

Autor Rosani Nandi Mologni

Escola de Atuao Colgio Estadual Souza Naves

Municpio da Escola

Ncleo Regional de

Educao

Rolndia

Londrina

Orientador Prof Clia Regina Vitaliano

Instituio de Ensino

Superior

Universidade Estadual de Londrina

Disciplina/rea Educao Especial

Produo Didtico -

pedaggica

Caderno Temtico

Relao

Interdisciplinar

Todas as disciplinas

Pblico Alvo

Localizao

Professores do Ensino Fundamental (anos finais) e

Ensino Mdio.

Rolndia - Paran

Apresentao: Este Caderno Temtico visa desenvolver estudo e

reflexo sobre a caracterizao e procedimentos que

possibilitem melhores resultados nas prticas de

atendimento criana que apresenta o Transtorno

do Dficit de Ateno e Hiperatividade (TDAH) na

sala de aula; indicar algumas intervenes que

possibilitem colaborar com o trabalho pedaggico e

a ao docente, ressaltando a influncia do papel da

escola na vida da criana que apresenta o TDAH.

Palavras-chave Transtorno do Dficit de Ateno/Hiperatividade;

Conceito; Diagnstico; Medidas Pedaggicas;

APRESENTAO

Nas ltimas dcadas a sociedade evoluiu sensivelmente em vrias reas,

obviamente a educao no ficou para trs. Entretanto, h muito a ser feito, pois

essa evoluo ainda que verdadeira e marcadamente visvel, lenta. Tem se falado

muito em incluso, no entanto, preciso entender como ela tem ocorrido dentro da

escola e quais as necessidades educacionais especiais esto sendo atendidas e de

que forma.

Cada vez mais recebemos alunos com uma srie de comportamentos

considerados inadequados, como indisciplina, falta de ateno e desinteresse,

questes que preocupam e impedem a efetivao do processo ensino-

aprendizagem. Esses alunos podem apresentar o transtorno de dficit de

ateno/hiperatividade.

Ao nos depararmos com toda essa agitao que este aluno traz para a sala

de aula, nos sentimos angustiados por no saber como lidar com este tipo de

comportamento.

Sobre isso, Galvo (1995, p.103) considera:

No cotidiano escolar so comuns as situaes de conflito envolvendo professor e alunos. Turbulncia e agitao motora, disperso, crises emocionais, desentendimentos entre alunos e destes com o professor so alguns exemplos de dinmicas conflitais que, com frequncia, deixar a todos, desamparado e sem saber o que fazer. Irritao, raiva, desespero e medo so manifestaes que costumam acompanhar as crises, funcionando como termmetros do conflito. (GALVO, 1995, p.103).

Por esta razo, faz-se necessria a formao dos professores para a

incluso destes alunos que apresentam o transtorno de dficit de

ateno/hiperatividade. O fato de investigar sobre esse transtorno pode colaborar

para um diagnstico precoce, antes de atribuir a esses alunos o comportamento de

indisciplina ou at mesmo rotul-lo como um candidato a reprovao.

Nesse processo, de fundamental importncia a interveno do professor

na construo individual do conhecimento, atuando como mediador para que o

aluno consiga construir significados e dar sentido ao contedo assimilado.

Sobre esta questo, Vitaliano ( 2010 p. 52) analisa que:

A questo da responsabilidade do professor uma questo muito sria, que percebemos necessitar de estudos especficos. Para que no recaa sobre ela, ou sobre a falta dela, a causa de todos os problemas escolares,

necessrio pensar no professor, no s como elemento central do processo de ensino e aprendizagem, mas tambm, nas condies de trabalho que

lhe esto sendo oferecidas para assumir suas responsabilidades.

Sabemos que o primeiro lugar fora do convvio familiar que a criana

freqenta a escola, e a forma como ela tratada l, provavelmente a marcar por

toda a sua vida. Portanto, pensando em como grande a importncia que a escola

representa na formao e socializao da criana que buscamos apresentar

algumas teorias e prticas pedaggicas que possam auxiliar os professores que

encontram dificuldades junto a alunos que apresentam o Transtorno de Dficit de

Ateno (TDA/H).

Neste sentido, esse Caderno Temtico apresentam bases tericas a respeito

do conceito, diagnstico e as medidas pedaggicas possveis para o aluno com

TDAH.

1. CONCEITO DE TRANSTORNO DO DFICIT DE

ATENO/HIPERATIVIDADE

A hiperatividade um dos transtornos mentais mais frequentes nas crianas

em idade escolar, atingindo 3 a 6% delas.

A hiperatividade um sintoma que no tem definio precisa aceita unanimemente, mas todos concordam que compromete de modo marcante o comportamento do indivduo [...] desvio comportamental, caracterizado pela excessiva mudana de atitudes e de atividades, acarretando pouca consistncia em cada tarefa a ser realizada (TOPCZEWSKI, 2001, p. 23).

Desde beb possvel observar alguns comportamentos que durante a

avaliao so questionados para o diagnstico clnico. A seguir apresentamos a

tabela 1 que contempla exemplos desses comportamentos.

Histria Clssica de TDAH

Lactente Beb difcil., insacivel, irritado, de difcil consolo, maior prevalncia

de clicas, dificuldades de alimentao e sono.

Pr Escolar Atividade aumentada ao usual, dificuldades de ajustamento, teimoso, irritado e extremamente difcil de satisfazer.

Escola Elementar Incapacidade de colocar foco, distrao, impulsivo, desempenho inconsistente, presena ou no de hiperatividade.

Adolescncia Inquieto, desempenho inconsistente, sem conseguir colocar foco, dificuldades de memria na escola, abuso de substncia, acidentes.

Fonte: Rohde; Halpern, (2004, p.7)

Segundo Barkley (2002) o Transtorno do Dficit de Ateno com

Hiperatividade (TDAH) um transtorno neurobiolgico, de causas genticas, que

aparece na infncia e frequentemente acompanha o indivduo por toda a sua vida.

Ele se caracteriza por sintomas de desateno, inquietude e impulsividade.

O TDAH pode se apresentar como Transtorno de Dficit de Ateno do tipo

predominantemente desatento, hiperativo/impulsivo ou ainda do tipo combinado.

Este transtorno no detectado em exames mdicos e sim com um

diagnstico essencialmente clnico e por esta razo, esta investigao tem que ser

muito criteriosa, j que muitas atitudes destas crianas podem ser confundidas com

atitudes comportamentais desta faixa etria. Sendo assim, quando o psicopedagogo

atende uma criana com essas caractersticas, necessrio que se faa uma

avaliao completa, inclusive uma anamnese, que uma conversa detalhada com

os pais da criana ou com os responsveis. Se esta avaliao no for muito bem

feita, corre-se o risco de se medic-la sem necessidade.

Para se diagnosticar uma criana com TDA/H ela tem que apresentar pelo

menos seis sintomas de desateno e /ou hiperatividade/impulsividade.

O Manual de Diagnstico e Estatstico das Perturbaes Mentais, DSM IV

(2002 apud ROHDE; HALPERN, 2004, p. 65), descreve os tipos de TDAH mais

encontrados: o tipo desatento, tipo hiperativo/impulsivo; tipo combinado; e tipo

especfico.

Segundo o DSM IV (2002), as caractersticas do TDAH aparecem bem cedo

para a maioria das pessoas, logo na primeira infncia. O distrbio caracterizado

por comportamentos crnicos, com durao de no mnimo seis meses, que se

instalam definitivamente antes dos sete anos. Os casos de TDAH apresentam

variao, sendo possvel a identificao de quatro tipos:

O TDAH tipo desatento, a pessoa deve apresentar, pelo menos, seis das

seguintes caractersticas: a) no enxerga detalhes ou comete erros por falta de

cuidado; b) dificuldade em manter a ateno; c) parece no ouvir quando se fala

com ela; d) dificuldade em organizar-se; e) evita/no gosta de tarefas que exigem

um esforo mental prolongado; f) freqentemente perde os objetos necessrios de

uma atividade; g) distrai-se com facilidade; h) esquecimento nas atividades dirias.

O TDAH tipo hiperativo/impulsivo, a pessoa deve apresentar, pelo menos,

seis das seguintes caractersticas: a) inquietao, mexendo as mos e os ps ou se

remexendo na cadeira; b) dificuldade em permanecer sentada; c) corre sem destino

ou sobe nas coisas excessivamente (em adultos, h um sentimento subjetivo de

inquietao); d) dificuldades de engajar-se numa atividade silenciosamente; e) fala

excessivamente; f) responde perguntas antes de serem formuladas; g) age como se

fosse movida a motor; h) dificuldades em esperar sua vez; i) interrompe conversas e

se intromete.

O TDAH tipo combinado quando os sintomas podem aparecer junto com

as descritas anteriormente ou no lugar delas: a) dificuldade em terminar uma

atividade ou um trabalho; b) ficar aborrecida com tarefas no estimulantes ou

rotineiras; c) falta de flexibilidade (no saber fazer transio de uma atividade para

outra); d) imprevisibilidade de comportamento; e) no aprender com os erros

passados; f) percepo sensorial diminuda; g) problemas de sono; h) dificuldade em

ser agradada; i) agressividade; j) no ter noo do perigo; m) frustrar-se com

facilidade; n) no reconhecer os limites dos outros; o) dificuldade no relacionamento

com

Recommended

View more >