histÓria, para fazer!_ banco de questÕes_ brasil - 1946 a 1964

Download HISTÓRIA, para fazer!_ BANCO DE QUESTÕES_ BRASIL - 1946 A 1964

Post on 02-Jan-2016

517 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 02/10/13 HISTRIA, para fazer! : BANCO DE QUESTES: BRASIL - 1946 A 1964

    historiaparafazer.blogspot.com.br/2012/08/banco-de-questoes-brasil-1946-1964.html 1/61

    ads not by this site

    "A histria um simples pedao de papel impresso; o principal, ainda, fazer histria, e no

    escrev-la." (Otto Von Bismarck)

    HISTRIA, para fazer!

    Home Histria Geral Histria do Brasil Histria da Amaznia Filosofia Humor Vdeo-aulas

    sbado, 25 de agosto de 2012

    BANCO DE QUESTES: BRASIL - 1946 A 1964

    TEXTO PARA A PRXIMA QUESTO

    (Puccamp 2005) Condies de moradia do operrio industrial

    medida que as novas cidades industriais envelheciam, multiplicavam-se os problemas de

    abastecimento de gua, saneamento, superpopulao, alm dos gerados pelo uso de casas

    para servios industriais, culminando com as estarrecedoras condies reveladas pelas

    investigaes sobre moradia e condies sanitrias, na dcada de 1840. Essas condies,

    nas vilas rurais ou nas aldeias txteis, eram, muito precrias, mas a dimenso do problema

    era certamente maior nas grandes cidades, pela facilidade de proliferao de epidemias.

    (...) Os habitantes das cidades industriais tinham freqentemente de suportar o mau cheiro

    do lixo industrial e dos esgotos a cu aberto, enquanto seus filhos brincavam entre detritos e

    montes de esterco. Na verdade, alguns desses fatos persistem ainda hoje (dcada de 1960),

    no panorama industrial do norte e da regio central da Inglaterra. (...)

    (Adaptado de: E. P. Thompson. "A formao da classe operria inglesa". In: Alceu

    Pazzinato e Maria Helena Senise. Histria moderna e contempornea. So Paulo: tica,

    2003. p. 102)

    1. Em So Paulo, um grande surto de desenvolvimento econmico, que levou formao de

    parques industriais e ao aumento da populao nordestina, vivendo em condies no muito

    diferentes das descritas no texto, ocorreu nos anos

    a) 20, com acmulo de capital decorrente da produo cafeeira.

    b) 30, com o incentivo s indstrias de bens de consumo promovido pelo Estado Novo.

    c) 50, com a execuo do Plano de Metas e da poltica desenvolvimentista.

    d) 60, com a implementao das Reformas de Base por Joo Goulart.

    e) 80, com a aplicao de planos econmicos pelo governo Sarney.

    TEXTO PARA AS PRXIMAS 2 QUESTES.

    (Puccamp 2005) Urbanizao descontrolada

    Na verdade, o grande perodo da sociedade brasileira foi o ps-guerra, quando adotado o

    padro da sociedade de "bem-estar social". Esse o melhor momento tanto em termos de

    crescimento econmico quanto de crescimento ligado a uma poltica redistributiva. Foram

    abertos canais de promoo social, com investimentos pblicos em infra-estrutura, em

    servios de base, educao, sade e urbanizao. Isso perdurou at os fins dos anos 1970,

    mas a partir da o pas voltou a patinar e tornou-se cada vez mais concentrador de renda.

    Como, mesmo com retrao econmica, a populao continuou a crescer, passamos a ter

    cada vez mais marginalizados e excludos. Hoje, o que era um problema social virou um

    problema de segurana e vivemos o agravamento de um quadro que era excludente. Temos

    uma situao de confronto entre o contigente de excludos e aqueles que concentram as

    possibilidades.

    (Nicolau Sevcenko. In: "Cartacapital", 8/10/2003, p. 38)

    2. No texto, Nicolau Svecenko analisa alguns aspectos da sociedade brasileira no perodo de

    1945 a 1970. Identifique, dentre os fatos histricos abaixo, os que esto relacionados

    anlise de Svecenko.

    I. O governo criou o Ministrio do Trabalho, da Indstria e do Comrcio que teve uma grande

    atuao na promulgao das leis trabalhistas e na instalao da Companhia Siderrgica

    Nacional.

    II. O povo brasileiro realizou uma intensa campanha nacionalista que teve efeitos sobre as

    decises governamentais, influindo inclusive na criao de leis que mantiveram o capital

    estrangeiro totalmente fora da economia brasileira.

    III. O Estado brasileiro assumiu crescente intervencionismo no domnio econmico,

    sobretudo em determinados setores estratgicos como, por exemplo, a instituio do

    monoplio estatal sobre o petrleo, com a criao da Petrobrs.

    BBC Brasil

    History Channel Brasil

    Histria Net

    Revista Aventuras naHistria

    Revista de Histria

    Revista Histria Viva

    S Histria

    Mais Histria

    2009 (3)

    2010 (23)

    2011 (32)

    2012 (74)

    Fevereiro (4)

    Maro (5)

    Abril (3)

    Junho (21)

    Julho (1)

    Agosto (34)

    UMA BREVE REVISODE FILOSOFIA PARAO TESTE DA 3 ...

    Questes de Vestibular:Revoluo Francesa eEra N...

    Vdeo: Filosofia daCincia

    Vdeo: os grandesfilsofos

    Vdeo: Grandes filsofosmodernos

    Filme: Quando NietzscheChorou

    Filme: MemriasPstumas de BrsCubas

    Amrica Latina no sculoXX

    Amaznia colonial

    Amaznia do sculo XVIII

    Amaznia imperial

    Amaznia: civilizao daborracha

    Amaznia republicana

    Filme: A revoluo dosbichos

    Filme: O resgate dosoldado Ryan

    Funk do Sartre

    Filme: Mr Nobody

    BANCO DE QUESTES -BRASIL: CRISE DOSISTEMA COLON...

    Arquivo do blog

    Pesquisar

    Pesquisar este blog

    A F NO CONSISTE NA IGNORNCIA, MAS

    NO CONHECIMENTO.

    Joo Calvino

    Reflexo

    Onde voc est!

    Participar deste siteGoogle Friend Connect

    Membros (72) Mais

    J um membro? Fazer login

    Seguidores

    282,259

    Total de visualizaes de pgina

    Mundo Brasil Amazonas Manaus

    Histria Cultura Senado Assembleia

    Poltica Economia Crise

    Mundo reduziu desnutrio, mas um em

    cada oito ainda passam ...BBC Brasil

    Um relatrio das Naes Unidas revela que

    o mundo reduziu os ndices de desnutrio -

    com avanos desiguais em diferentes

    regies - mas que, apesar da melhora, 842

    milhes de pessoas, ou uma em cada oito

    no mundo, ainda passam fome. Segundo

    o ...

    Antenado

    0Compartilhar mais Prximo blog Criar um blog

  • 02/10/13 HISTRIA, para fazer! : BANCO DE QUESTES: BRASIL - 1946 A 1964

    historiaparafazer.blogspot.com.br/2012/08/banco-de-questoes-brasil-1946-1964.html 2/61

    IV. A poltica econmica adotada por Juscelino Kubitschek estava delineada no Plano de

    Metas, que previa, dentre outros, a ampliao dos investimentos diretos no setor produtivo,

    decorrente da emisso monetria e do estmulo entrada do capital estrangeiro.

    So corretos SOMENTE

    a) I e II

    b) I e III

    c) II e III

    d) II e IV

    e) III e IV

    3. Se o ps-guerra foi importante para a sociedade brasileira, para a economia ele

    representou

    a) o reaquecimento das exportaes do caf que passou a ser plantado no norte do Paran.

    b) a ocupao de grandes extenses do Centro-Oeste e da Amaznia com a agropecuria.

    c) a reduo das desigualdades regionais que voltaram a se acentuar na dcada de 1970.

    d) um grande impulso no processo de industrializao comandado pelo Estado.

    e) o incio da descentralizao industrial atravs da atuao das transnacionais.

    TEXTO PARA A PRXIMA QUESTO

    (Ufrn 2003) A supremacia de um chefe poltico municipal, na Primeira Repblica, no estava

    correlacionada com o nmero de votantes, mas com a capacidade de controlar e impor a

    coero. O coronelismo sofre um certo impacto no incio dos anos trinta, mas em 1932 j

    estava recomposto sem aquela arrogncia do senhor absoluto de outrora. A centralizao

    poltica de Vargas significou para os coronis a perda parcial do controle de coero,

    principal fonte de seu poder poltico na Primeira Repblica. Aps 45, a presena das massas

    urbanas na poltica torna-se um fato muito mais importante do que se poderia pressentir sob

    a ditadura. O golpe de 1964 foi recebido pelo coronelismo moribundo com extrema animao.

    Mas, a recuperao do coronelismo foi apenas parcial. Males irreversveis continuaram

    afetando-o progressivamente.

    Adaptado de: DANTAS, Ibar. Coronelismo e dominao. Aracaju: UFSE, 1987. p. 23-35.

    4. Entre 1945 e 1964, liberdades democrticas foram vivenciadas no Brasil. Tais liberdades

    trouxeram conseqncias para as prticas coronelsticas, tendo em vista que

    a) os coronis consolidaram sua influncia poltica nas cidades, aproveitando-se das

    populaes rurais que, embora migrassem para as zonas urbanas, no se desligavam da

    dependncia em relao aos chefes polticos locais.

    b) o coronelismo, que fora fortalecido durante a Era Vargas, sofreu um processo de

    enfraquecimento a partir de 1945, quando os governos populares passaram a adotar polticas

    visando ao desenvolvimento das cidades.

    c) a autoridade poltica dos coronis foi fortalecida aps 1945, uma vez que as eleies, em

    todos os municpios, eram manipuladas pelos militares que participaram do poder durante a

    ditadura Vargas.

    d) a capacidade de coero dos coronis deixou de ser a principal fonte de conquista e

    manuteno do poder, porque o voto da populao urbana tornou-se determinante na escolha

    dos governantes.

    TEXTO PARA AS PRXIMAS 2 QUESTES.

    (Puccamp 2004) Planos, metas e Braslia

    O "planejamento econmico" estava no ar desde os anos 30, influenciado principalmente

    pelo sucesso da poltica do New Deal, aplicada por Franklin Delano Roosevelt Depresso

    norte-americana. Como governador de Minas (1945-51), JK adotara o binmio

    energia/transportes como metas de desenvolvimento. O Plano de Metas foi a primeira medida

    de planejamento econmico 'stricto sensu', no Brasil.

    Constava de 31 metas, agrupadas em cinco setores bsicos, para os quais deveriam ser

    encaminhados todos os investimentos pblicos e p

Recommended

View more >