HIGIENIZAÇÃO TEXTUAL Maria Paula HIGIENIZAÇÃO TEXTUAL MARIA PAULA

Download HIGIENIZAÇÃO TEXTUAL Maria Paula HIGIENIZAÇÃO TEXTUAL MARIA PAULA

Post on 19-Apr-2015

114 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> Slide 1 </li> <li> HIGIENIZAO TEXTUAL Maria Paula HIGIENIZAO TEXTUAL MARIA PAULA </li> <li> Slide 2 </li> <li> COMO CORTAR PALAVRAS DESNECESSRIAS NORMALMENTE, PROCURE ESCREVER SEUS TEXTOS COM SUBSTANTIVOS SLIDOS E VERBOS EXATOS PROCURE ESCREVER SEUS TEXTOS COM SUBSTANTIVOS E VERBOS. DESDE 1987, O 28 DE MAIO UM DIA EM QUE CADA VEZ MAIS GRUPOS DE MULHERES E REDES DE SADE ORGANIZAM UMA GRANDE VARIEDADE DE ATIVIDADES DEDICADAS A DIVERSOS ASPECTOS DA CAMPANHA PELA SADE DAS MULHERES. </li> <li> Slide 3 </li> <li> COMO SUBSTITUIR PALAVRAS ARTICULAR FAZER ENFOQUE PONTO DE VISTA VIABILIZAR REALIZAR OTIMIZAR MELHORAR ALAVANCAR APOIAR ABORDAGEM DISCUSSO VEICULAR TRANSMITIR EQUACIONAR - APRESENTAR COM RELAO A SOBRE SUCATEAMENTO DESMONTE DIMENSIONAR CALCULAR, AVALIAR MONITORAMENTO CONTROLE SINALIZAR INDICAR NO DISCORDAR - CONCORDAR </li> <li> Slide 4 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER COLOCAR AS INFORMAES MAIS IMPORTANTES NO INCIO DA FRASE. USAR ORDEM DIRETA Ouviram do Ipiranga as margens plcidas de um povo herico o brado retumbante. de um povo herico o brado retumbante. As margens plcidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo herico. </li> <li> Slide 5 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER EVITE INTERCALAES Os Estados Unidos e o Mxico, scios do Canad no Nafta, Acordo de Livre Comrcio da Amrica do Norte, boicotaram a carne brasileira, alegando proteo sade pblica. </li> <li> Slide 6 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER CONSTRUA FRASES FCEIS DE PREDIZER Helena no tem o hbito de comer doces porque.... Ovelha, vaca, rgua, borracha, alface, beterraba e asfalto so.... PRIMEIRO APRESENTE O QUE UNIFICA A LISTA E DEPOIS APRESENTE OS ELEMENTOS: Helena escreveu cinco palavras que no contm a vogal I: ovelha, rgua, alface, beterraba e asfalto. </li> <li> Slide 7 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER ELIMINE AS FILEIRINHAS DE DE ELIMINE AS FILEIRINHAS DE DE TRANSFORMANDO SUBSTANTIVOS E ADJETIVOS EM VERBOS: A obesidade um distrbio do estado nutricional que se refere a um aumento do tecido adiposo, reflexo do excesso de gordura resultante do balano positivo de energia na relao ingesto-gasto calrico. A obesidade um distrbio nutricional que se refere a um aumento do tecido adiposo. Esse aumento reflete o excesso de gordura produzido por ingesto de calorias maior que o gasto. </li> <li> Slide 8 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER COLOQUE O SUJEITO NO INCIO COLOQUE NA ORDEM DIRETA USE MUITOS VERBOS DIVIDA O TEXTO EM FRASES MAIS CURTAS </li> <li> Slide 9 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER FUJA DA REDUNDNCIA Encarar de frente encarar Sociedade como um todo sociedade Desfecho final desfecho Sintomas indicativos sintomas Cooperao conjunta cooperao Prioridade absoluta - prioridade </li> <li> Slide 10 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER TIRE OS ADVRBIO E ADJETIVOS O primeiro passo para um dilogo abrangente e produtivo ouvir acuradamente e de forma apropriada, dando a mais completa e total ateno a quem fala. Se precisar de mais informaes pertinentes, explicaes especficas ou apenas que se repita algum ponto fundamental, no hesite em pedir imediatamente. </li> <li> Slide 11 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER ABUSO DA EXPRESSO PROCESSO DE Este mtodo ensina a lidar com as dificuldades das crianas durante o processo de alfabetizao. O processo de emagrecimento leva tempo e exige persistncia. EMAGRECER </li> <li> Slide 12 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER ABUSO DA FRMULA VAMOS ESTAR FAZENDO No ms de maro, vamos estar enviando seu novo carto de crdito. ENQUANTO O PALMEIRA JOGA NO PACAEMBU, O SO PAULO VAI ESTAR JOGANDO NO MARACAN. </li> <li> Slide 13 </li> <li> ESTRATGIAS DE FRASES FCEIS DE LER USE MUITO O E A vitamina D predispe o organismo para responder ao clcio, sendo que desencadeia a recuperao dos tecidos sseos. A vitamina D predispe o organismo para responder ao clcio E desencadeia a recuperao dos tecidos sseos. </li> <li> Slide 14 </li> <li> USE POUCO NO S MAS TAMBM (E QUANDO FOREM INESPERADAS ) - O ministro no s cuspiu no cho, como tambm mandou o presidente limpar. </li> <li> Slide 15 </li> <li> PORTINGLS PORTINGLS BlACKOUT BLECAUTE E-MAIL CORREIO ELETRNICO DELIVERY ENTREGA A DOMICLIO FOLDER FOLHETO HALL SAGUO HOBBY DISTRAA PREFERIDA HOME PAGE PGINA DE ABERTURA </li> <li> Slide 16 </li> <li> PORTINGLS PORTINGLS LINK LIGAO, ELO. PERFORMANCE DESEMPENHO RANKING CLASSIFICAO SITCOM SERIADO CMICO STAFF EQUIPE TICKET BILHETE, ENTRADA, TQUETE COFFEE BREAK INTERVALO PARA O CAF </li> <li> Slide 17 </li> <li> PORTFRAN A LA CARTE ESCOLHA DO CLIENTE AFFAIRE CASO BON VIVANT BOA-VIDA CRME DE LA CRME A NATA DA SOCIEDADE DEMOD FORA DE MODA EN PASSANT RAPIDAMENTE FRISSON EXCITAO, ARREPIO MISE EM SCNE ENCENAO, FINGIMENTO </li> <li> Slide 18 </li> <li> PORTLATIM A PRIORI ANTES A POSTERIORI DEPOIS DE APUD EM, DE ACORDO COM, CONFORME IPSIS LITTERIS LITERALMENTE SIC ASSIM MESMO STATUS SITUAO, PRESTGIO STATUS QUO SITUAO ATUAL </li> <li> Slide 19 </li> <li> EVITE A PRAGA DO PEDANTISMO Existe um rudo esquisito entre a macumba de Barravento e a literatura jorjamadiana, a qual apresenta o negro da Bahia como o dono do mundo, que a protoideologia da tropiclia baiana dos sixties: a mistificao etnolgica do papel predominante do negro na cultura popular brasileira, ou seja, a viso sensual e hedonstica da negritude. </li> <li> Slide 20 </li> <li> MADAME NATASHA PEDE SOCORRO!!! lio Gaspari </li> <li> Slide 21 </li> <li> O sucesso de uma super infovia da informao depende, em ltima anlise, da proliferao abundante dos provedores de informao.(information providers) MADAME ACHA QUE O MINISTRO QUIS DIZER QUE O NEGCIO DEPENDE DA EXISTNCIA DE CLIENTES. </li> <li> Slide 22 </li> <li> As prticas de Educao e Comunicao pressupem o homem como sujeito de um processo para construir uma realidade que contemple o usufruto de melhores condies de vida. MADAME ACREDITA QUE ELE QUIS DIZER: - O HOMEM QUER VIVER DIREITO. </li> <li> Slide 23 </li> <li> SUAS IDIAS EM ORDEM 1- A LISTA DE IDIAS ESCREVA SOBRE O ATO DE FUMAR </li> <li> Slide 24 </li> <li> LISTA DE IDIAS Fumar no nada feminino Meu pai fede Tem gente que acha chique Incomoda os outros D doenas O Ministrio da Sade adverte Custa caro Proibir limita a liberdade </li> <li> Slide 25 </li> <li> LISTA DE IDIAS Problema de engordar Tratamento resolve? droga? Remdios adesivos Vou morrer mesmo No quero engordar E o prazer? Lucros dos fabricantes </li> <li> Slide 26 </li> <li> AS IDIAS ORGANIZADAS POR ASSUNTO INFORMAES GERAIS droga? D doena? / engorda? O cheiro do cigarro na pele, nos cabelos, no hlito Custa caro / incomoda os outros O que mata mais? Cncer / enfizema </li> <li> Slide 27 </li> <li> ARGUMENTOS DE QUEM NO QUER PARAR Proibir limita a liberdade Vou morrer mesmo O prazer do hbito Ansiedade, como fica? Ajuda a relaxar No quero engordar Tem gente que acha chique </li> <li> Slide 28 </li> <li> POSIO DOS FABRICANTES Lucros dos fabricantes Publicidade associada a esportes e artes TRATAMENTO QUAL? REMDIOS ADESIVOS FUMANTES ANNIMOS HISTRIAS DE QUEM PAROU </li> <li> Slide 29 </li> <li> PREVENO O Ministrio da Sade adverte O que mais tem sido feito? Os jovens? </li> <li> Slide 30 </li> <li> Agora construir o texto. Informe sobre as doenas associadas ao cigarro Esclarea a relao entre o cigarro e certas doenas graves e informe sobre tratamentos que ajudam a parar de fumar Escreva sobre a existncia de interesses escusos entre fabricantes e governo. </li> <li> Slide 31 </li> <li> SEU TEXTO NO DIV </li> <li> Slide 32 </li> <li> OBSERVE SE A INFORMAO EST SUFICIENTE, CORRETA E BEM ORGANIZADA SEU TEXTO EST FCIL DE LER? (Sublinhe e anote nas margens o que precisa ser aperfeioado) Leia o seu texto vrias vezes. </li> <li> Slide 33 </li> <li> OBSERVE TTULO PALAVRAS QUE USOU CONSTRUO DAS FRASES ( curtas / ordem direta / sem intercalaes) ELIMINE AS PRAGAS DO TEXTO ( palavras inteis/redundncias/portingls/pedantismo) VERIFIQUE VRGULAS ORTOGRAFIA PONTO FINAL PONTO NO I ACENTOS </li> <li> Slide 34 </li> <li> ADEUS... BONS SONHOS... </li> </ul>