Higienizao das mos power point

Download Higienizao das mos power point

Post on 05-Jul-2015

1.297 views

Category:

Health & Medicine

5 download

TRANSCRIPT

  • 1. No mbito da UFCD 6 Actividade profissional do/a Tcnico Auxiliar de Sade inserida no plano de estudos do Tcnico/a Auxiliar de Sade (TAS), foi-nos proposto como parmetro de avaliao, a elaborao de um trabalho de grupo em formato power point sobre a higienizao das mos, com o objectivo de aprendermos, como, quando e porqu devemos efectuar uma boa higienizao das mos. INTRODUO

2. O QUE HIGIENIZAO DAS MOS? a medida individual mais simples e menos dispendiosa para prevenir a propagao das infeces relacionadas assistncia sade. Recentemente, o termo lavagem das mos foi substitudo por higienizao das mos devido maior compreenso deste procedimento. O termo abrange a higienizao simples, a higienizao anti-sptica e a frico anti-sptica. 3. POR QUE FAZER? As mos constituem a principal via de transmisso de microrganismos durante a assistncia prestada aos pacientes, pois a pele um possvel reservatrio de diversos microrganismos, que podem se transferir de uma superfcie para outra, por meio de contato direto (pele com pele), ou indireto, atravs do contato com objetos e superfcies contaminados. 4. As taxas de infeces e resistncia microbiana aos antimicrobianos so maiores em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), devido a vrios fatores: maior volume de trabalho, presena de pacientes graves, tempo de internao prolongado, maior quantidade de procedimentos invasivos e maior uso de antimicrobianos. 5. PARA QUE HIGIENIZAR AS MOS? A higienizao das mos apresenta as seguintes finalidades: Remoo de sujidade, suor, oleosidade, clulas descamativas e microorganismos da pele, interrompendo a transmisso de infeces propagadas ao contato; Preveno e reduo das infeces causadas pelas transmisses cruzadas 6. QUEM DEVE HIGIENIZAR AS MOS? Devem higienizar as mos todos os profissionais que trabalham em servios de sade, que mantm contato direto ou indireto com os pacientes, que atuam no manuseamento de medicamentos, alimentos e material estril ou contaminado. 7. COMO FAZER? As mos dos profissionais que atuam em servios de sade podem ser higienizadas utilizando-se: gua e sabo e anti- sptico. 8. USO DE GUA E SABO o Quando as mos estiverem visivelmente sujas ou contaminadas com sangue e outros fluidos corporais. o Ao iniciar o turno de trabalho. o Aps ir casa de banho. o Antes e depois das refeies. o Antes de preparo de alimentos. o Antes de preparo e manipulao de medicamentos. o Nas situaes descritas a seguir para preparao alcolica 9. Uso de anti-spticos Higienizar as mos com anti-spticos quando estas no estiverem visivelmente sujas, em todas as situaes descritas a seguir: 10. QUANDO FAZER? Antes de contato com o paciente Aps contato com o paciente Antes de realizar procedimentos assistenciais e manipular dispositivos invasivos Antes de calar luvas para insero de dispositivos invasivos que no requeiram preparo cirrgico Aps risco de exposio a fluidos corporais Ao mudar de um stio corporal contaminado para outro, limpo, durante o cuidado ao paciente Aps contato com objetos inanimados e superfcies imediatamente prximas ao paciente Antes e aps remoo de luvas 11. Concluso Ao fazer este trabalho em grupo, conclumos que uma boa higienizao das mos evita a transmisso de microorganismos e com isso protege tanto profissionais de sade como os utentes da propagao de doenas De acordo com os cdigos de tica dos profissionais de sade, quando estes colocam em risco a sade dos pacientes, podem ser responsabilizados por impercia, negligncia ou imprudncia. 12. Bibliografia www.dgs.pt/ms/3/default.aspx?pl=&id=5514&ac ess=0 www.anvisa.gov www.anci.pt/higiene-das-maos www.hsm.min- saude.pt/contents/pdfs/ccih/maos.pdf