Guy carvalho - Nutrição equilibrada do cafeeiro

Download Guy carvalho - Nutrição equilibrada do cafeeiro

Post on 14-Apr-2017

242 views

Category:

Food

2 download

TRANSCRIPT

Slide 1Nutrio equilibrada do cafeeiroGuy Carvalho1Resgatando a histria Parceria com pesquisa1.998: Projeto Caf Gourmet BSCA/OIC (Faz C Rio)2.003: Faz LO/ Embrapa: Projeto Raioba 2.004: Domnio de manejo irrigao, atraso das chuvas e floradas irregulares.No faltou gua para as plantas, esta faltando outra coisa, precisamos descobrir ... Dr Euzbio Medrado - EMBRAPAAps a colheita de 2.006: Algumas lavouras (mais velhas) no saram da safra como esperado.Consequncia: Reviso de conceitos foco na nutrio.Piv II Faz MimosoUniformidade de Maturao e sintomas de esgotamento da planta6Modelo equilibrado Desafio a BienalidadeSegundo Camargo e Fahl: Bienalidade pode ser explicada pela concorrncia entre as funes vegetativas e reprodutivas. Nos anos de grande produo o crescimento dos frutos absorve a maior parte da atividade metablica, reduzindo o desenvolvimento vegetativo.ESQUEMA DA FENOLOGIA DO CAFEEIRO ARBICA Camargo, A. P. & Camargo, M.B.P. (2001) 1. SET- MAR: Vegetao e formao das gemas vegetativas2. ABR-AGO: Induo, crescimento e dormncia das gemas florais3. SET-DEZ: Florada, chumbinho e expanso dos frutos4. JAN-MAR: Granao dos frutos5. ABR-JUN: Maturao dos frutos6. JUL-AGO: Repouso e senescncia dos ramosNutrio equilibrada991011AUMENTO DA PRODUO DE CAFEEIROS ADUBADOS COM ALTAS DOSES DE FSFORO NO SUL DE MINAS GERAIS VII SPCB AGO 2.011Guy Carvalho Ribeiro Filho; Antonio Fernando Guerra; Gabriel Ferreira Bartholo; Omar Cruz Rocha e Cludio SanzonowiczNitrognio:Antes: 240 a 314 Mdia 264 Kg/ha anoDepois: 280 a 355 Mdia 314 Kg/ha ano (+54 Kg)Fsforo:Antes: 21 a 40 Mdia 35 Kg/ha anoDepois: 199 a 253 Mdia 216 Kg/ha ano (+181 Kg)Potssio:Antes: 199 a 280 Mdia 241 Kg/ha anoDepois: 209 a 292 Mdia 239 Kg/ha ano (-01 Kg)Variao da produtividade das fazendas Baixa e AltaModelo anterior (mdia de 2 safras)13Faz B V Cachoeira SS Grama -SPFigura 3 Mdias de produtividade de cafeeiros irrigados num LVd de Planaltina, DF, submetidos a adubao fosfatada anual. Safras de 2008 (A), 2009 (B), 2010 (C) e mdia geral do ensaio aps 8 anos de cultivo (D). 76,7%incremento33 scNovos trabalhosProdutividade de cafeeiros submetidos a fontes e doses elevadas de fsforoKaio Gonalves; Paulo Gontijo; Antonio Furtini; Thiago Pereira Reis; Cesar Caputo; Vanessa CastroDose de at 600 kg/ha P2O5.Duas fontes: Super Simples e TermofosfatoEstabilizando teor foliar em 1,8 a 1,9 g/Kg Aumento de produtividade: 23 a 28 sc/ha, 38 a 47% em relao a testemunha.Sul de MinasEquilbrio adubaes Stio S Francisco Guaransia - MgProdutividades Fazenda Passeio Sc/Ha Produo Fazenda Passeio ScGleba Sassafrs Faz Passeio Monte Belo - Mg6 safras aps poda drstica 02 sistemas conduoGleba Sassafrs Faz Passeio Monte BeloProdutividade mdia safras aps poda drstica Gleba SassafrsValidao fsforo Faz passeio - M Belo - Mg 2.008 2.015Sistema equilibrado de produo de cafs especiais Programa racional de nutrio, atravs da avaliao do potencial produtivo de cada gleba, assim como seu histrico de produtividade e futuro para prximos anos. Com o auxilio de analises de solo, folhas e acompanhamento visual das plantas durante todo o ciclo produtivo.Sugerir doses de NPK para lavouras de caf arbica de plantios modernos de alta performance de produo, irrigados ou sequeiro.Validao: tabela npk do sistema equilibradoTabela em desenvolvimento para nortear as recomendaes das fazendas assistidas.A tabela baseada nos resultados de produtividade alcanados por lavouras irrigadas, com stand alto e adequada distribuio espacial de plantas - CPAC. No h recomendao para sistemas antigos de plantio. Podar faz parte do sistema equilibrado de produo Limitar nmero de safras: Considera-se ideal de trs a seis safras seguidas para a maioria das regies e sistemas do Brasil, pois a partir da ocorreram outros fatores que limitaram o desempenho das plantas, como: Comprimento excessivo de ramosAltura excessiva da plantaPerda de barras, etc.Poda precoce aps a primeira ou segunda safra poder ocorrer, porm de forma natural e no devido a reduo de insumos.Lavouras Tradicionais Arbustos velhosLavouras antigas dcada de 70Espaamentos: 3 a 4 m entre ruas X 1,5 a 2,5 m entre covasEstandes: 1.000 a 2.000 cv/haUso restrito de mquinas agrcolas, colheita manualVariedades antigas com baixo vigor e ou potencial produtivoPotencial produtivo limitadoBienalidade acentuadaAlto custo de produo31Custeio de produo em diferentes sistemas e nvel tecnolgicoLavoras modernas Plantios AdensadasRelevos montanhosos, pequenas propriedades, agricultura familiar com baixo uso de mecanizao.Regies de clima propcio, boa ocorrncia de chuva, aptas a cultura sem o uso obrigatrio de irrigao.Alta demanda de mo de obra.Espaamentos: 2 a 3 m entre ruas X 0,5 a 1 m entre plantas.Estandes: 4.000 a 10.000 plantas/ha.MecanizadasRelevos planos, com uso intenso de mquinas agrcolas, porm com solos pobres, com baixas reservas de minerais, requerendo uso frequente de fertilizantes e corretivos.Baixa demanda de mo de obra.Espaamentos: 3,5 a 4 m entre ruas X 0,5 a 1 m entre plantas.Estandes: 3.500 a 5.000 plantas/haRenque: 1 mudas por covaColheita: Mecanizada.Irrigadas ou sequeiro.Lavouras modernas de alto potencial Mecanizada ou adensada35Produzir e crescerSafra alta com grande desenvolvimento Faz Mantissa campestre - MgSafra alta com grande desenvolvimento - Fazenda Caxambu Trs Pontas - MgFazenda resplendor capelinha - MgRenovao de lavouras - PodasPoda baixa Reconstruir a planta:Recepa.Decote baixo com pulmo com desponte.H necessidade de desbrotas.Mais cara.Operao de limpeza galhos.Maior intervalo entre podas.Poda alta Aproveita a estrutura da planta:Decote alto.Esqueletamento ou desponte hastes laterais.Desbrotas ou no.Mais econmica.No retira partes podadas da lavoura.Menor intervalo entre podas.Poda alta sem desbrotaRenovao lavouras Faz Estrela Sul Alfenas - mg Podas altas sem desbrota - Faz Morro Alto C. Aparecida - Mg43Renovao lavouras - Faz Mantissa Campestre Mg44Desenvolvimento de ramos e gemas Faz BV cachoeira SS Grama - Sp Desenvolvimento de ramos e gemas Faz BV cachoeira SS Grama - Sp Desenvolvimento ramos - Faz Resplendor Capelinha - Mg47Renovao: Plantios adequados a mecanizaoAdequao para colheita mecnicaLinhas retasSentido do nvelEvita manobrasRenovao lavouras Faz morro alto conceio aparecida - mg Renovao lavouras Faz Capetinga areado - mg Manejo de Braquiria Novas variedades52Terraos53Formao de lavoura cafeeira Faz Capetinga areado - MgImplantao 1. AnoSulco: 300 kg P2O5Formao 2. AnoCobertura: 200 kg P2O5Tabela de recomendao: lavoura em produoPotencial de produtividade: 02 prximos anosMdio Potencial: Produtividade mdia de referencia de 40 a 50 sc/ha, ou seja a soma das safras dos dois anos seguintes ficar abaixo de 90 sc/ha. Considerando uma delas abaixo de 25 sc/ha.Nesse caso as plantas tm de desempenhar uma nica funo: Crescimento ou produo.Alto Potencial: Produtividade mdia de referencia acima de 50 sc/ha, ou seja a soma das safras dos dois anos seguintes ultrapassar 90 sc/ha.Nesse caso as plantas tm de desempenhar as duas funes: Crescimento e produo.Indicada para lavouras jovens (< 6 safras seguidas), com alto potencial de desenvolvimento.Diagnostico visualA avaliao individual por gleba de fundamental importncia para revelar o verdadeiro estado das plantas: Prevalecer o diagnostico visual sobre a anlise folhas, mesmo com bons ndices esta ser descartada caso as plantas no estiverem bem. Ramos: Bom desenvolvimento dos ramos, comprimento e espessura e numero significativos de interndios.Folhas: bom enfolhamento, colorao intensa, folhas grandes, ausncia de deficincias visuais e pleno lanamento de folhas novas.Boa formao de gemas.Estratgia agronmica do uso dos fertilizantes1. Etapa: de setembro a dezembro, referencia anlise solo.Fase: Florada, chumbinho e expanso dos frutos: 01 parcela de Fsforo02 parcelas de Nitrognio e Potssio.2. Etapa: de janeiro a fevereiro, referencia analise folha e diagnstico visual.Fase: Vegetao e granao frutos.01 parcela de Fsforo01 parcela de Nitrognio e Potssio se necessrio.Ex. Interpretao da tabela potencial altoFsforo: 250 a 350 Kg de P2O5/ha ano.1. Etapa: BsicaP mg/dm3: Baixo < 25 = 200 Kg/ha, sendo: parcela nica.P mg/dm3: Mdio 25 a 50 = 200 Kg/ha, sendo: parcela nica.P mg/dm3: Alto > 50 = 150 Kg/ha, sendo: parcela nica.2. Etapa: ComplementarP folha g/Kg: Baixo < 1,6 g/Kg = 150 Kg/ha, sendo: parcela nica.P folha g/Kg: Mdio 1,6 a 1,8 g/Kg = 100 Kg/ha, sendo: parcela nica.p folha g/Kg: Alto > 1,8 g/Kg = 100 Kg/ha, sendo: cancelar parcela.Obrigadoguy.crf@gmail.com