guia litoral paranaense 2010

Download Guia Litoral Paranaense 2010

Post on 30-Mar-2016

261 views

Category:

Documents

15 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Guia de Turismo.

TRANSCRIPT

  • Gui

    a Tu

    rst

    ico

    2010

    Guia Turstico2010

    Governo do Estado do Paran

    GOVERNADORRoberto Requio

    VICE-GOVERNADOROrlando Pessuti

    SECRETARIA DE ESTADO DO TURISMOSecretrio

    Celso de Souza Caron

    PARAN TURISMODiretor PresidenteHerculano Lisboa

  • Gui

    a Tu

    rst

    ico

    2010

    SumApresentao

    Novamente vero e com ele as frias, sol, praia, passeios, atividades de esporte e lazer, enfim as delcias da estao.

    J tradicional o Guia Turstico do Litoral, faz parte do projeto Viva o Vero.

    A edio 2010 contm mais atrativos, hotis, pousadas, agncias de turismo, restaurantes, lanchonetes alm de mapas e toda infra-estrutura de servio para o visitante, veranista ou turista, descobrir as maravilhas do litoral paranaense: pequeno mais entrecortado de surpresas e emoes.

  • Gui

    a Tu

    rst

    ico

    2010

    Antonina 6

    Guaraqueaba 14

    Ilha do Superagi 18

    Ilha das Peas 19

    Guaratuba 22

    Matinhos 32

    Morretes 40

    Paranagu 52

    Ilha do Mel 64

    Pontal do Paran 72

    Quadro de distncias 82

    Anotaes 84

    Telefones teis 88

    rioSumo

  • Antonina

  • An

    toni

    naGUIA 2010

    5

    Histrico

    Histrico . Como chegar . Acesso . O que visitar

    Onde dormir . Onde comer . Servios Tursticos . Servios

    Informaes Tursticas . Mapa ilustrativo de Antonina

    Antonina nasceu das catas e faisqueiras de ouro que em meados do sculo XVII existiam na regio.

    O Capito povoador sesmeiro de Nova Vila (Paranagu), Gabriel de Lara, concedeu as primeiras sesmarias do lito-ral paranaense aos senhores Antonio Leo, Pedro Uzeda e Manuel Duarte, considerados fundadores de Antonina. Entretanto, segundo Ermelino de Leo, o fundador da Ca-pela de Nossa Senhora do Pilar da Graciosa (Antonina) foi o Sargento-Mor Manoel do Vale Porto.

    Em 1714, foi autorizada a construo de uma capela em homenagem Virgem do Pilar nesse pequeno povoado e, assim, 12 de setembro de 1714 ficou considerada a data de fundao de Antonina. Era conhecida como Capela, da seus habitantes serem chamados de capelistas.

    Em agosto de 1797, foi elevada categoria de Vila, com a denominao de Antonina, em homenagem ao Prncipe D. Antnio. Em 06 de novembro de 1797, sua sede passa categoria de Comarca da Provncia de So Paulo.

    Atualmente o municpio se desenvolve economicamente em torno de sua vocao para a atividade turstica

  • An

    toni

    na LITORAL DO PARAN

    6

    Teatro MunicipalConstrudo no inicio do sculo XX (1906), durante a fase urea da economia antoninense, em estilo ec-ltico, rico em adornos. Tel. (41) 3978-1093. Locali-za-se na Rua Doutor Carlos Gomes da Costa, 322.Horrio de atendimento: segunda-feira a sexta-feira das 8h s 11h e das 13h30 s 17h.

    Estao FerroviriaInaugurada em 07 de setembro de 1922, por oca-sio das festividades de comemorao do Cente-nrio da Independncia do Brasil. Foi restaurada e hoje funciona no local um espao cultural e o Centro de Apoio ao Turismo.Tel. (41) 3978-1080. Localiza-se na Praa Carlos Cavalcanti, s/n.

    Porto de Antonina - Terminal Baro de TeffQuando do apogeu da erva mate no Paran, o Porto de Antonina chegou a ser o quarto do Bra-sil. Recentemente o Porto passou por uma ampla reestruturao, ampliao e modernizao, encon-trando-se em funcionamento. Tel. (41) 3978-1306. Localiza-se na Avenida Conde Matarazzo.

    Terminal Porturio da Ponta do Felix o mais moderno terminal para cargas refrigeradas da Amrica do Sul. Investimento da iniciativa priva-da. Para visitas entrar em contato com a empresa. Tel. (41) 3432-8000 / 3432-8057. Localiza-se na Rua Engenheiro Luiz Augusto de Leo Fonseca, 1520 - Itapema de Baixo.

    Usina Hidreltrica Governador Viriato Pa-rigot de Souza (Capivari-Cachoeira) a maior central geradora subterrnea do sul do pas, construda com o aproveitamento dos rios Capivari e Cachoeira. Foi inaugurada em 1971. As visitas devero ser previamente agendadas junto a Companhia Paranaense de Energia Eltrica CO-PEL. Tel. (41) 3432-1120 ramais 6758 ou 6748 e-mail: visitas.gps@copel.com . O acesso se d pela PR 340.

    Praa Coronel Macedo o mais antigo logradouro da cidade, possui em seu entorno, diversos monumentos que provam o esplendor do ciclo da erva-mate, como o coreto, o chafariz, o busto de Getlio Vargas e a Carta Tes-tamento.

    Praa Romildo Gonalves Pereira Praa Feira-MarLocal para descanso e contemplao das ilhas e montanhas de Antonina. Possui ancoradouro, um espao destinado ao esporte e quiosques.

    Como ChegarBR 277, seguindo pela PR 408, ou ainda pela Estra-da da Graciosa, a partir da BR 116 no Portal da Gra-ciosa pegar a PR 410. Distncia 77 km de Curitiba.

    Infraestrutura de Acesso

    RODOVIRIA

    Terminal RodovirioRua XV de Novembro, s/nTel. (41) 3432-1272

    EMPRESA DE NIBUS

    Viao Graciosa Tel. (41) 3432-1272 / 3223-0873 (Curitiba) home page: www.viacaograciosa.com.br

    O que Visitar

    Igreja Matriz de Nossa Senhora do PilarFundada em 1715, sua origem se confunde com a histria da cidade. Ganha importncia por sua an-tiguidade. Foi tombada pelo Patrimnio Histrico do Paran em 1999. Localiza-se na Praa Coronel Macedo - Centro.

    Igreja de So Benedito Construo secular de 1824, que segundo a tradi-o serviu de refgio religioso dos escravos. Locali-za-se na Rua Doutor Carlos Gomes da Costa.

    Igreja Bom Jesus do SaivSua construo teve incio em torno do ano de 1835. Tombado em 1970 pelo Patrimnio Histrico do Paran. Localiza-se na Praa Carlos Cavalcanti prximo a Estao Ferroviria.

    Sede da Prefeitura MunicipalO prdio que serve de sede Prefeitura Municipal uma construo de aspecto centenrio, datada de meados do sculo XIX. Possui uma placa comemo-rativa do 44 ano de visita do Imperador D. Pedro II a Antonina. Tel. (41) 3978-1000. Localiza-se na Rua XV de Novembro, 150.

    Setor HistricoA importncia da arquitetura luso-brasileira e ec-ltica est na harmonia do conjunto formado por sobrados, runas e caladas de pedra. Localiza-se na rea central da cidade.

  • An

    toni

    naGUIA 2010

    7

    rio Capivari em um percurso de aproximadamente 3 km, possvel tomar banho de cachoeira, fazer caminhadas em suas margens e praticar rafting. Localiza-se na Estrada do Bairro Alto, com acesso pela PR 340.

    Recanto PotiMonumento em homenagem ao artista plstico Poti Lazarotto. Mosaico feito com ladrilhos hidru-licos, obra do ceramista Adoaldo Lenzi que retrata pontos pitorescos da cidade. Inaugurado em 1987. Localiza-se no prolongamento da Avenida Nen Chamin - Centro.

    Recanto do CabralO lugar cercado por um pequeno bosque e pos-sui rampa natural para aportar embarcaes dos moradores da regio e turistas que descem a serra para pescar. Atualmente este local o nico em que se atraca com qualquer mar. Localiza-se no Bairro da Graciosa de Baixo a 3 km do centro.

    Recanto do Rio do NunesPraia fluvial, com rea gramada e arborizada e equipamentos de lazer nas duas margens. Possui reas para acampamento, churrasqueiras, vestirios e sanitrios. Localiza-se a 16 km de Antonina, no Distrito do Cacatu, com acesso pela PR 340.

    Ponta da Pita e PrainhaFormao rochosa que avana para a baa consti-tui-se num agradvel local de lazer, ideal para ba-nhos, pescarias, piqueniques e prtica de esportes nuticos; possui lanchonetes, restaurantes e rampa para barcos pequenos.

    Onde Dormir

    CADASTRADOS NO MINISTRIO DO TURISMO

    Camboa Capela PalaceRua Valle Porto, s/n Tel. (41) 3432-3267 / Fax (41) 3432-3267e-mail: capela@hotelcamboa.com.br home page: www.hotelcamboa.com.br

    Hotel CapelistaRua Doutor Mello, 564 Centro Tel. (41) 3432-1404 / Fax (41) 3432-1404e-mail: jcmauricio@brturbo.com home page: www.hotelcapelista.com.br

    Hotel TquioRua Conselheiro Alves de Arajo, 280 Centro

    Pico do ParanSituado na divisa entre Antonina e Campina Grande do Sul, possui 1962 metros, sendo o mais alto do Sul do Brasil. Foi descoberto por Reinhard Maack e conquistado em julho de 1941. O Pico faz parte do roteiro dos aficionados pelo montanhismo. Perten-ce o ponto culminante a Antonina. Acesso pela BR 116, via Campina Grande do Sul (com entrada na Ponte Rio Tucun) ou por trilhas via Bairro Alto em Antonina. Tel. (41) 3213-3849 Instituto Ambiental do Paran IAP.

    Parque Estadual Roberto Ribas LangeEnvolvendo os municpios de Antonina e Morretes foi criado em 1994, com aproximadamente 2698 hectares, dos quais 1009 hectares pertenciam ao extinto Parque Estadual Agudo da Cotia. Integra a rea Especial de Interesse Turstico do Marumbi. O acesso difcil e as escaladas devem ser acompa-nhadas por guias especializados. Tel. (41) 3213-3849 com o Instituto Ambiental do Paran - IAP.

    Baa de AntoninaA Baa de Antonina localiza-se no extremo oeste da Baa de Paranagu. A cadeia de montanhas da Ser-ra do Mar que a cerca forma uma belssima paisa-gem, principalmente ao amanhecer, quando o mar avana no continente.

    Bairro LaranjeirasCaracteriza-se por possuir dois atrativos singula-res:Fonte da Carioca que abasteceu a cidade de gua de 1867 a 1930, tombada pelo Patrimnio Histrico e Artstico do Paran em 1969;Fonte da Laranjeira: uma atrao ligada aos pri-mrdios da cidade, atingida pelos caminhos de pa-raleleppedos em meio densa vegetao. Situa-se no incio da trilha que leva ao Mirante da Pedra, de onde se descortina magnfica vista da cidade.

    Bairro AltoCom seus rios, cachoeiras e densa vegetao se consolidaram como rea de lazer e caminhadas ecolgicas, no s pelos seus apelos naturais, mas pelo interesse histrico, como os vestgios da anti-ga Usina Cotia, pelo lugar onde teve incio a coloni-zao Japonesa no Paran, ou ainda, pelas inme-ras trilhas, como a da Conceio que outrora fazia a ligao entre o local e Apia/So Paulo e c