guia de tutoria de rea - fundacao-itau-social ... tutoria © uma metodologia de...

Download Guia de Tutoria de rea - fundacao-itau-social ... Tutoria © uma metodologia de forma§£o em

Post on 11-Dec-2018

218 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Guia de

Tutoria de reaPro

gram

a Tu

tori

a

Sumrio3 Introduo6 O que tutoria?8 Princpios da tutoria

10 Um pouco mais sobre a aprendizagem de adultos14 Diagnstico e plano de formao16 Estratgias de tutoria17 Observao 20 Feedback25 Caminhadas pedaggicas pela escola28 Role play/dramatizao31 Ao modelar33 Comunicao: escuta ativa e questionamento37 Consideraes finais38 Rotinas de trabalho de Tutoria de rea 40 1. Levante informaes sobre a escola 42 2. Apresente a proposta de tutoria para os professores 44 3. Realize a reunio inicial com o tutorado46 4. Faa o diagnstico pr-plano51 5. Elabore o plano de ao com o tutorado54 6. Realize as sesses de tutoria56 6.1. Planejamento57 6.2.1. Sesses de tutoria reunio individual58 6.2.2. Sesses de tutoria observao em sala de aula60 6.2.3. Sesses de tutoria aula/atividade modelar62 6.2.4. Sesses de tutoria reunio coletiva de professores da disciplina64 6.3. Ps-sesso65 Competncias do tutor de rea68 Para saber mais70 Anexos84 Ficha tcnica

3

Introduo

4Introduo

O apoio prtico e presencial aos profissionais que atuam no dia a dia das escolas tem se mostrado um pilar essencial das reformas educacionais implementadas em diferentes pases. Polticas que alcanam transformaes dentro da sala de aula demandam formao contnua para professores e gestores que coloquem as prticas dirias da escola como ponto de partida para o processo formativo. Por isso a tutoria est to presente como estratgia de formao em diferentes sistemas educacionais que tm alavancado a qualidade e a equidade dos resultados de aprendizagem de seus alunos.

Reflexo sobre a prtica: assim se desenvolve a relao de parceria entre tutor e tutorado. Nesse sentido, o cotidiano do tutorado ao mesmo tempo matria-prima e instrumento da tutoria. A formao realizada no cotidiano da escola por um profissional mais experiente, que reconhece, valoriza e parte dos conhecimentos e da vivncia do tutorado, mas que agrega um novo conhecimento, de carter prtico e modelar. As rotinas de trabalho de um tutor incluem estratgias como observaes da prtica do tutorado, feedback, planejamento e aes modelares. Seu foco promover o desenvolvimento profissional do seu tutorado, de forma customizada e sempre com o objetivo de melhorar os resultados de aprendizagem dos alunos.

O trabalho da Fundao Ita Social em tutoria comea em 2009, a partir de pesquisa de campo sobre a reforma do ensino na cidade de Nova York. Ao conhecer e disseminar as melhores prticas experimentadas que pudessem ser aproveitadas e aplicadas realidade das escolas pblicas brasileiras, a Fundao Ita Social desenvolveu, em parceria com a Secretaria de Educao de So Paulo, um piloto em dez escolas na zona leste da capital. Nele, foi introduzida a tutoria para professores de lngua portuguesa e matemtica, assim como para gestores pedaggicos.

A partir dessa experincia, iniciou-se a transferncia da metodologia de tutoria para as equipes de diretorias regionais de ensino, responsveis pela formao de gestores. Em paralelo, outras redes pblicas se interessaram em incorporar a tutoria em suas estratgias de acompanhamento e formao em servio. A rede estadual de Gois a implementou para todas as suas escolas, formando trezentos tutores em seus quarenta rgos regionais. Em seguida, redes municipais no Estado, como Catalo, Goiansia e Trindade, criaram tambm a funo de tutor. A rede estadual do Cear a introduziu para o repertrio de seus professores de rea, responsveis pela formao de seus pares dentro da escola onde tambm lecionam.

Em cada um desses diferentes contextos, a tutoria tem complementado de

Introduo

5Introduo

forma estratgica outros eixos de formao continuada, por entrar no dia a dia do profissional da escola e com ele trabalhar no desdobramento de aes das polticas educacionais. Assim, por exemplo, se um coordenador pedaggico ou diretor participou de uma formao na Secretaria de Educao sobre observao de sala de aula, com seu tutor que ele vai poder compartilhar as dvidas que surgem quando ele volta para sua escola e tenta aplicar o que aprendeu. Tambm pode contar com seu tutor como um segundo olhar sobre erros e acertos, dificuldades e avanos inclusive aqueles pequenos progressos que, frente s urgncias da escola, podem passar despercebidos.

A fim de disseminar as experincias e aprendizados desse trabalho, a Fundao Ita Social desenvolveu guias introdutrios especficos sobre:

Tutoria para Gestores Pedaggicos: para fortalecer a reunio coletiva com os professores como espao de aprendizagem entre os docentes, para o alinhamento das aulas com a orientao dos planos da escola, avaliao da prtica em sala de aula e outros;

Tutoria de rea para professores: para qualificar sua ao em sala de aula, estimulando-o a exercitar o planejamento e a gesto de aulas, o exerccio de diferentes formas de lecionar, a avaliao da aprendizagem em sala de aula, dentre outros.

A primeira parte apresenta os princpios e as estratgias que norteiam a tutoria. Em seguida, so apresentadas as principais rotinas de trabalho de um tutor. Exemplos de ferramentas utilizadas e casos ilustrativos, baseados em casos vividos por tutores aqui no Brasil, tambm foram includos, assim como uma srie de vdeos formativos que ilustram o dia a dia de tutores, com seus desafios, aprendizados e avanos.

Esta publicao no esgota todas as experincias e aprendizados possveis e realizados em tutoria, mas traz os principais pontos de partida e lies aprendidas

por tutores e tutorados, todos profissionais de redes pblicas comprometidos com a aprendizagem de seus alunos. Assim, cada guia pressupe que h escolhas e adaptaes necessrias para cada contexto, cada sistema educacional. Ao mesmo tempo, um convite aberto para redes e profissionais interessados em incorporar a tutoria desenvolvendo tutores entre os talentos de sua prpria rede para potencializar cada vez mais suas estratgias de formao. As experincias de tutoria vividas aqui no Brasil, que sustentam a presente publicao, tm mostrado que h uma liderana a ser cada vez mais identificada e aproveitada nas redes pblicas: o potencial formador de profissionais que se destacam em suas escolas ou equipes da Secretaria de Educao pela experincia prtica acumulada.

Agradecemos a todos os profissionais das redes pblicas parceiras que possibilitaram a experincia de campo para a produo deste contedo. Para a Fundao Ita Social, o programa de Tutoria agrega foras em nossa misso de colaborar com a melhoria contnua da educao pblica no Brasil. A formao continuada de profissionais da educao tem sido uma rea estratgica de nosso trabalho, por sua vital importncia para qualquer poltica pblica que pretenda uma transformao significativa e sustentvel na relao ensino-aprendizagem. Esperamos que a leitura deste material, ao lado das aes que ele provoque, seja mais um passo importante nessa direo.

6

O que tutoria?

7O que tutoria?

O que tutoria?

Tutoria uma metodologia de formao em servio, pautada em competncias, realizada no cotidiano da escola por um profissional mais experiente, que reconhece, valoriza e parte dos conhecimentos e da vivncia do tutorado para desencadear o processo de aprendizagem, buscando agregar novos conhecimentos, de carter prtico e modelar. Nesse sentido, tutor e tutorado constroem uma relao de parceria e corresponsabilidade, com foco no desenvolvimento da prtica do tutorado, de forma customizada, sempre com o objetivo de melhorar os resultados de aprendizagem dos alunos. A tutoria pode ser oferecida para o professor (Tutoria de rea), na sua prtica de sala de aula, e/ou para as lideranas responsveis pela gesto pedaggica da escola (Tutoria de Gesto Pedaggica).

A tutoria privilegia o cotidiano da escola e o fazer dos profissionais para a realizao da formao contnua. Complementar a outros tipos de formao ao longo da trajetria profissional acontece na prtica, a partir da reflexo sobre a prtica, para a mudana da prtica.

Formao

Prtica profissional

Mudana da prticaReflexo

8O que tutoria?

Princpios da tutoria A rotina de trabalho do tutor se pauta em alguns princpios, apoiados pelo que as pesquisas sobre aprendizagem de adultos apontam:

Aprendizagem na prticaAdultos aprendem mais intensamente a partir da experincia e da reflexo sobre sua prtica. O aprendizado vem medida que samos da zona de conforto do que j sabemos e dominamos, desde que com suporte para lidar com a frustrao e os erros inerentes ao processo de aprendizado. Na tutoria, a aprendizagem se d no cotidiano da escola e da sala de aula, no fazer. Assim, um profissional que recebeu orientaes tcnicas da Secretaria de Educao, e/ou participou de uma palestra, oficina ou curso, consegue se apropriar melhor desses contedos ao aplic-los no seu cotidiano, ao vivenciar erros e acertos, ter espao para refletir sobre o que no deu certo, tentar de novo, fazer ajustes, adaptaes. O tutor pode fazer toda a diferena, como um par avanando ao lado do tutorado, para observar, modelar, refletir sobre a prtica inclusive para estimul-lo a no desistir em frente

a desafios de um novo aprendizado e reconhecer os avanos, que muitas vezes podem passar despercebidos pelo tutorado.

ParceriaA construo de parceria se baseia no relacionamento de confiana, honestidade e respeito profissional entre tutor e tutorado, a partir de aes e aprendizados conjuntos. Ser parceiro no ser condescendente ou passivo em relao ao que o tutorado traz ou faz. O tutor, sendo um formador, parceiro na medida em que no abre mo da responsabilidade de questionar e dar feedback, de introduzir conceitos e estratgias novos para o tutorado, de estimular seu desenvolvimento. Esse processo uma via de mo dupla, pois requer que tanto tutor quanto tutorado tenham disposio para rever sua