guia de ações - participação social de jovens

Download Guia de Ações - Participação Social de Jovens

Post on 03-Aug-2016

249 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • DE

    GUIA

    AES

    Maria StephanouDiana Maria Marchi

    Carmem Zeli de Vargas GilAna Mariza Ribeiro Filipouski

    Organizadoras

    Participao

    JOVENSSocial

  • Coordenao geral

    Produo, organizao ecomposio do guia

    Elaborao das estratgias

    Bolsistas de Iniciao Cientfica

    Projeto grfico e diagramao

    Maria Stephanou

    Ana Mariza Ribeiro FilipouskiCarmem Zeli Vargas GilDiana Maria MarchiMaria Stephanou

    Ana Mariza Ribeiro FilipouskiAna Cristina AcciolyCarmem Zeli Vargas GilDiana Maria MarchiDenise NunesMaria ngela Pauprio GandolfoMaria Ceclia A. TorresMariana NunesMaria StephanouPaula Fogaa Marques

    Andrea Miln VasquezFernanda Lanhi da Silva

    Caroline Meregalli Machado

    J86 Jovens e participao social : guia de aes / Organizadoras MariaStephanou...[et al.] ; coordenao geral Maria Stephanou ;produo, organizao e composio do guia Ana Mariza RibeiroFilipouski...[et al.]. Porto Alegre : UFRGS, 2006.f. 226

    Promoo : Parceiros Voluntrios.

    1.Jovens Participao social. 2. Educao Participao social.3. Educao Solidariedade. 4. Educao Cidadania. I. Stephanou,Maria. II. Filipouski, Ana Mariza Ribeiro.

    CDU: 37:316.454.2-053.6

    CIP-Brasil. Dados Internacionais de Catalogao na PublicaoBiblioteca Setorial de Educao da UFRGS, Porto Alegre, RS(Jacira Gil Bernardes, CRB/10-463)

    Maro/2007

  • Sumrio

    Jovens e participao social. Guia de aes

    Apresentao

    JuventudesParticipao Social

    As dimenses da educao para a participaoPrincpiosProcesso educativo, educador e prticasAprendizados de uma escuta: o que dizem jovenssobre participao socialRetomar para sublinhar

    1. Juventudes: iguais e diferentes2. Protagonismo juvenil e participao social:

    que idia essa?3. Narrando experincias de participao4. Atitude: discutir valores5. Juventudes e cidadania na cidade6. Humanidade e natureza: compromisso

    presente e futuro7. Polticas pblicas de juventude: projetos de

    dilogo8. Arte e cultura: a trama das identidades

    juvenis9. Expresses musicais e identidades juvenis

    10. A cultura do hip hop11. Arte: mltiplos olhares e fruies12. Patrimnio cultural : um releitura da cidade13. Empreendedorismo cultural: construindo

    espaos de encontro14. Leitura como experincia social e solidria15. Escola: espao de dilogo intergeracional16. Prtica esportiva e participao social17. Jovens em rede: o blog como ferramenta de

    mobilizao18. Infncia: tema de mobilizao19. Vivenciando a participao social: uma

    construo coletiva20. Como elaborar projetos de ao

    Referncias

    PARTE I - Fundamentos

    PARTE II - Proposta Educativa

    PARTE III - Estratgias Educativas

    4

    913

    202223

    2628

    30

    39485764

    72

    84

    95102110122131

    138150158167

    175186

    197210

    223

  • O que o Guia de aes

    O Guia de Aes Jovens e Participao Social

    Guia de aes

    o resultado de umprocesso de definio de princpios, pressupostos e objetivos deformao de jovens para a participao social, com vistas a orientareducadores para a mobilizao e engajamento em aes solidrias evoluntrias. Pretende oferecer uma educao que faa sentido para osjovens, que seja sensvel aos seus interesses e expectativas e que lhespossibilite, a um s tempo, reforar a estima pessoal, ampliar asperspectivas de vida e futuro e favorecer a convivncia social atravs doreconhecimento da condio e dos interesses juvenis.

    Constitui-se como um desdobramento importante da pesquisa, realizada entre 2004 e 2005, a partir de um

    convite da ONG Parceiros Voluntrios dirigido ao Ncleo de IntegraoUniversidade & Escola/Pr-Reitoria de Extenso da UniversidadeFederal do Rio Grande do Sul. A pesquisa, reconhecendo que os jovenstm muito a dizer, querem expressar suas opinies e vivncias e tmexpectativas de encontrar uma escuta sensvel nos espaos em quecirculam e atuam, abriu espao para suas vozes, a partir das quais foramidentificadas as principais experincias e motivos que mobilizam eengajam jovens na direo de uma participao social solidria.

    Assim, a partir das falas dos prprios jovens e das reflexes que suaspalavras suscitaram, o Guia elabora e apresenta sugestes paraeducadores e professores que atuam em escolas e diferentes espaos,sejam instituies, ONGs, movimentos e campanhas em torno debandeiras sociais diversas.

    As sugestes esto organizadas na forma de estratgias educativasa serem desenvolvidas em grupos de jovens, sem um nmero definido apriori, que tm interesse em reunir-se, trocar idias, manifestar suasprodues, pertencer a uma rede de amizade, solidariedade e atuaosocial. Desse modo, o intuito estimular os jovens a refletirem eexperienciarem formas positivas de insero na sociedade,assegurando-lhes, simultaneamente, condies de acesso cultura, aolazer, ao esporte, convivncia com a diferena, atuao em equipe,ao exerccio da autonomia e da autoria na vida social. As estratgiaspretendem criar situaes que favoream a reflexo a respeito daresponsabilidade social, estimulando que os jovens protagonizemtransformaes do contexto local e global, ou ainda que contribuam napreservao de valores, patrimnios, experincias, saberes e histriasde uma coletividade.

    O poder ser utilizado em situao de educaoformal ou no formal e prope-se a uma abordagem transversal decontedos de formao da cidadania, privilegiando competncias deconvivncia, autoria e autonomia juvenil. Por isso, constitui-se como

    Jovens e Participao Social

    A pesquisa qualitativa, em sua primeira etapa, se assentou na realizao de treze grupos de conversaoconstitudos por jovens de 15 a 24 anos, de diferentes sexos e segmentos sociais, da Regio Metropolitanade Porto Alegre, envolvidos em aes de participao social solidria, alm de trs grupos compostos poreducadores, professores e pais. Os resultados da primeira etapa foram contrastados com dados colhidosatravs de questionrios distribudos a jovens estudantes doRioGrande doSul, participantes da aoTribosnasTrilhas daCidadania, no ano de 2004, ao de voluntariado jovemde iniciativa daParceirosVoluntrios.

    Jovens e participao social. Guia de aes 4

  • Jovens e participao social. Guia de aes 5

    uma proposta educativa que busca tornar os jovens sujeitos plenos emsuas aes no mundo, em relao a si mesmos e aos outros, de formasolidria e voluntria.

    Vale destacar, ainda, que as estratgias apontam alternativas paraproblematizar o contexto prximo e para agir criticamente sobre ele, nointuito de favorecer a insero em uma realidade que est empermanente mudana. Ao mesmo tempo, propem aos adultos-educadores um jeito de fazer que tambm educativo e que exigemudanas, sugerindo pensar diferentemente e positivamente sobre asjuventudes, em sua diversidade e singularidade, questionar suasrelaes com os jovens, alm de qualificar os movimentos do pensar edo agir em aes de participao social solidria e voluntria.

    A proposta educativa que norteia o valoriza igualmente osmbitos da socializao, da subjetividade e do saber, implicados naformao de pessoas solidrias e engajadas em uma ao voluntria,como parte fundamental do viver em sociedade. O eixo daconstitui um mbito imprescindvel, pois, atravs das sociabilidadesjuvenis e intergeracionais, os jovens assumem valores, pertencimentos,projetos de vida, responsabilidades, ou ainda, constituem suasidentidades. Assim, no menos importante, o eixo da subjetividade, ouos modos como os jovens pensam a si mesmos, cultivam em si estilos eopes de vida, manifestam suas necessidades afetivas ecomunicativas, impe que suas expectativas pessoais encontremsintonias com os contedos e formas da participao, da uma especialateno s linguagens juvenis e suas manifestaes culturais naatualidade. Em outro mbito, tambm interessa fortalecer acompreenso que possuem da participao social, medida queelaboram conceitos, idias, juzos e teorias sobre as experinciasvividas, ou seja, que constroem .

    Os trs mbitos de atuao - socializao, subjetividade, saber -esto intimamente ligados e presentes nas diferentes estratgiaselaboradas, j que a noo de sujeito no se sustenta sem a de cidado,e destes com a reflexo e a produo de saberes a partir dasexperincias vividas. Em sntese, os jovens apresentam potencial detransformao a partir do que vivenciam e aprendem, assumemcondies de participao na vida social, dirigem o olhar sobre simesmos, seu lugar no mundo e sua relao crtica a respeito de seufazer, fortalecendo projetos de futuro que podero assegurar um mundomelhor para todos, o que d sentido a uma proposta com a inteno do

    .

    O tambm oferece oportunidades de acesso a um conjunto deconhecimentos socialmente elaborados, reconhecidos comonecessrios ao exerccio da cidadania. Por esse motivo, estdesenvolvido em torno dos seguintes temas, identificados comomobilizadores da participao juvenil na pesquisa anteriormentereferida, a saber:

    a questo ecolgica motivaa formao de grupos e incrementa a participao, tendo setornado um tema muito freqente nos diferentes espaos deorganizao juvenil;

    osmovimentos juvenis contemporneos abrem espao para a

    Guia

    Guia de aes

    Guia

    meio-ambiente e sustentabilidade:

    arte, cultura e esportes na construo do espao pblico:

    socializao

    saber

  • Jovens e participao social. Guia de aes 6

    valorizao das diferentes manifestaes culturais, o que dlegitimidade diversidade das produes culturais juvenis, como ohip hop, o grafite, os fanzines as expresses musicais e outrasformas de cultura emergentes que se propem a redefinir sentidose significados do espao pblico;

    mbito que mobiliza os jovens acombaterem os preconceitos, discriminaes decorrentes dediferenas e desigualdades sociais, geracionais, culturais,propondo uma cultura de Paz que se oponha violncia eassegure os direitos bsicos a todos os seres humanos;

    fundados na percepo

Recommended

View more >