guia consorcio publico

Download Guia Consorcio Publico

Post on 13-Feb-2015

230 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

GUIA DE CONSRCIOS PBLICOS CADERNOAS POSSIBILIDADES DE IMPLEMENTAO DO CONSRCIO PBLICO

3

Guia de Consrcios Pblicos

Caderno 3

As possibilidades de implementao do Consrcio Pblico.Braslia - 2011

Realizao

ApoioSubchefia de Assuntos Federativos Secretaria de Relaes Institucionais

2011 CAIXA ECONMICA FEDERAL Todos os direitos reservados. permitida a reproduo de dados e de informaes contidas nesta publicao, desde que citada a fonte.

CAIXA ECONOMICA FEDERAL Prefixo editorial: 86836 CNPJ: 00.360.305/0001-04

Presidente da CAIXA Repblica Federativa do Brasil Dilma Vana Rousseff Presidenta Jorge Fontes Hereda Setor Bancrio Sul Quadra 4 Lote 3/4 19 andar Edifcio Matriz da CAIXA CEP 70.092-900 Braslia-DF Ministrio da Fazenda Guido Mantega Ministro Endereo eletrnico: http://www.caixa.gov.br SAC CAIXA 0800 726 0101 e Ouvidoria 0800 725 7474 CEP 70.092-900 Braslia-DF Homepage: http://www.caixa.gov.br Tiragem: 8.000 exemplares. Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP) B333 Batista, Sinoel. As possibilidades de implementao do consrcio pblico/ Sinoel Batista ... [et al.]. 1. ed. Braslia, DF : Caixa Econmica Federal, 2011. 244 p. (Guia de Consrcios Pblicos. Caderno ; v. 3) Disque CAIXA 0800 726 0101 e Ouvidoria 0800 725 7474

Inclui bibliografia. ISBN 978-85-86836-30-5

1. Consrcios pblicos. 2. Legislao. 3. Administrao pblica. 4. Poltica pblica. 5. Planejamento estratgico. I. Ttulo. CDD 328.810778

CDU 352(81)

Guia de Consrcios Pblicos - As possibilidddes de implementao do Consrcio Pblico. A lgica da ao consorciada.

Presidenta da Repblica Federativa do Brasil Dilma Vana Rousseff Presidente da CAIXA Jorge Fontes Hereda Vice Presidente de Governo da CAIXA Jos Urbano Duarte Superintendente Nacional de Assistncia Tcnica e Desenvolvimento Sustentvel da CAIXA Marcia Kumer Gerente Nacional de Assistncia Tcnica da CAIXA Maria Teresa Peres de Souza Gerente de Clientes e Negcios Jair Fernando Nio Porto Alegre Equipe Tcnica Coordenadora CAIXA: Kleyferson Porto de Arajo Gerente Executivo Gerncia Nacional de Assistncia Tcnica Fernanda Teodoro Pontes Arquiteta Gerncia Nacional de Assistncia Tcnica Colaboradores da Equipe Tcnica CAIXA: Marcus Vincius Fernandes Neves: Gerente de Sustentao ao Negcio - Governo Natal/RN Yuri Assis Freitas: Coordenador de Sustentao ao Negcio - Governo Vitria/ES Maria Tereza de Souza Leo Santos Gerente Executiva Gerncia Nacional de Assistncia Tcnica

Equipe de autores, coordenao tcnica e de contedo Quanta Consultoria e Projetos Ltda. (www.qcp.com.br): Sinoel Batista - Coordenao geral e de contedo; Rosangela Vecchia Coordenao de contedo; Marcelo Peron Pereira; Maria Teresa Augusti; Jos Luis Hernandes; Carlos Alberto Bachiega; Regina Clia dos Reis; Maria Mirtes Gisolf; Neusa Marinho de Espindola; Mauricio Maranho Sanches. Crditos: Projeto grfico e editorao: Jos Luis Hernandes - Arquiteto Ilustraes: Carlos Alberto Bachiega - Arquiteto Reviso ortogrfica: Edma Garcia Neiva - Bacharel e licenciada em Portugus/Latim Ficha Catalogrfica: Sabrina Leal Arajo - Bibliotecria responsvel CRB 10/1507

Pesquisa sobre Consrcios: Sinoel Batista, Maria do Carmo Meirelles Toledo Cruz e Anderson Rafael Barros Apoio: Daniele Pelluchi S, Michelle Cirne Ilges e Natlia Guerra

Fotografias - contracapa: Foto 1 - Crianas ; Fonte: Programa CAIXA Melhores Prticas em Gesto Local; Prtica finalista Plano Diretor (2007/2008); Municpio: Ariquemes/RO. Foto 2 - Pavimentao; Fonte: Programa CAIXA Melhores Prticas em Gesto Local; Prtica finalista Plano Diretor (2007/2008); Municpio: Ariquemes/RO. Foto 3 - Segurana Pblica; Fonte: Programa CAIXA Melhores Prticas em Gesto Local; Melhor Prtica Gloria a Casa (2007/2008); Municpio: Campina Grande/PB. Foto 4 - Atendimento em Sade; Fonte: Programa CAIXA Melhores Prticas em Gesto Local; Prtica finalista Agrovila Pdua (2007/2008); Municpio: Santo Antonio de Pdua/RJ. Foto 5 - Capacitao em Informtica; Fonte: Programa CAIXA Melhores Prticas em Gesto Local; Prtica finalista Terragu (2007/2008); Municpio: Camamu/BA. Foto 6 - Coleta de Lixo; Fonte: Programa CAIXA Melhores Prticas em Gesto Local; Prtica finalista Cidade Limpa (2007/2008); Municpio: Osrio/RS. Coronrio Editora Grfica Ltda. CNPJ 00.119.123/0001-46 SIG Quadra 06 - Lotes 2340/70. Braslia - DF. CEP 70.610-460 Contatos: + 55 61 3028-1012 / 3038-1050. E-mail: atendimento@graficacoronario.com.br www.graficacoronario.com.br A Caixa Econmica Federal no se responsabiliza por quaisquer erros ou omisses contidas neste Guia de Consrcios Pblicos, bem como pelas conseqncias advindas do seu uso.

Guia de Consrcios Pblicos - As possibilidddes de implementao do Consrcio Pblico. A lgica da ao consorciada.

Jorge Fontes Hereda Presidente - Caixa Econmica Federal

Como principal agente de polticas de desenvolvimento urbano do Governo Federal a CAIXA tem forte relacionamento com os municpios brasileiros, principalmente por meio da operacionalizao de recursos de financiamento e de repasses que promovem a melhoria da qualidade de vida de nossa populao e geram milhares de empregos. O Guia de Consrcios Pblicos reafirma o compromisso da Caixa enquanto banco pblico no apoio ao desenvolvimento sustentvel e promoo da cidadania. Este Guia tem como objetivo auxiliar as administraes municipais, na definio de uma agenda de cooperao entre os entes federados, visando contribuir para a soluo de problemas estruturantes que afetam a mais de um municpio, tais como a falta de tratamento de esgotos, de disposio adequada dos resduos slidos e de transporte pblico adequado. Com a promulgao em 2005 da Lei 11.107, que dispe sobre normas gerais de contratao de consrcios pblicos, regulamentada pelo Decreto 6.017/2007, a Unio, os Estados, o Distrito Federal e os Municpios passaram a ter um instrumento com segurana jurdica para realizarem suas cooperaes visando o enfrentamento de problemas comuns que exigem articulao e unio dos atores para a sua soluo. As atuaes consorciadas so prticas que necessitam de publicizao e apoio tcnico e operacional para a sua realizao. Esperamos que a disponibilizao do Guia contribua para a efetivao dos Consrcios Pblicos como instrumentos para o fortalecimento e modernizao da administrao pblica brasileira e possibilite a gerao de cidades mais inclusivas e democrticas. CAIXA, o banco que acredita nas pessoas.

Jose Urbano Duarte Vice-Presidente - Caixa Econmica Federal

Nos ltimos anos o Governo Federal ampliou consideravelmente os recursos para o desenvolvimento urbano notadamente por meio do PMCMV (Programa Minha Casa, Minha Vida) e do PAC (Programa de Acelerao do Crescimento), possibilitando que Estados e Municpios acessem os recursos e promovam a melhoria da qualidade de vida da populao. A CAIXA est diante do desafio de auxiliar os gestores estaduais e municipais em transformar o volume de recursos disponibilizado em desenvolvimento econmico e social, possibilitando a gerao de cidades mais inclusivas e democrticas. Visando o fortalecimento administrativo e institucional dos municpios, a CAIXA vem promovendo aes de apoio na melhoria da gesto pblica, como a criao de 71 Salas das Prefeituras nas Superintendncias Regionais e de 58 Coordenaes de Assistncia Tcnica Municipal nas Regionais de Sustentao ao Negcio Governo, a disponibilizao do Portal da Universidade Corporativa da CAIXA para Estados e Municpios, a implantao do Programa de Capacitao do Gerente Municipal de Convnios e Contratos (GMC), a disponibilizao de cursos presenciais por meio do Programa Nacional de Capacitao de Cidades em parceria com o Ministrio das Cidades, a realizao de mais de 3.000 oficinas ao ano de Assistncia Tcnica para os Municpios, entre outras aes. A cooperao entre a Unio, os Estados e os Municpios, por meio dos Consrcios Pblicos, tem importncia estratgica na consolidao do Estado brasileiro ao propiciar a institucionalizao de um mecanismo de cooperao e de coordenao para encaminhar questes, que no podem se resolver no mbito de atuao de um nico ente federativo. Como contribuio da CAIXA no apoio a modernizao e o fortalecimento da capacidade de gesto pblica municipal, foi elaborado o Guia de Consrcios Pblicos, composto por trs cadernos com temticas complementares e direcionados aos gestores e tcnicos municipais que efetivamente iro criar e operacionalizar o Consrcio Pblico. Agradecemos a todos aqueles que contriburam para a realizao deste Guia.

APRESENTAO

GUIA DE CONSRCIOS PBLICOS Este GUIA tem como objetivo apoiar as administraes municipais na tarefa de potencializar a cooperao entre os entes federados, visando equacionar problemas objetivos que se apresentam administrao pblica, no acolhimento e ateno aos diferentes direitos das populaes a que servem. Esta oportunidade se apresenta a partir da arquitetura da Federao que emergiu da Constituio Federal do Brasil de 1988, que concebeu um Estado com mais democracia, mais desenvolvimento, menos desigualdade, menos pobreza, mais justia e maior eficincia, estando este arranjo expresso em princpios constitucionais, que passam a demandar e orientar reformas profundas no Estado Brasileiro. Trata-se de um processo em construo, expresso em leis infraconstitucionais promulgadas nas ltimas duas dcadas, as quais vo, paulatinamente, mudando padres de gesto pblica e criando novas formas de organizao da ao do Estado. Neste contexto, a cooperao entre os entes federados, por meio dos Consrcios Pblicos, ganha importncia estratgica, propiciando alternativas prticas e efetivas, para encaminhar questes que, em muitas

oportunidades, no podem se resolver no mbito de atuao de uma nica esfera da federao. Perseguindo os desafios e oportunidades geradas por esta condio, o GUIA procura caracterizar a natureza e a dinmica dos Consrcios Pblicos, apontando as inmeras possibilidades de execuo de polticas pblicas de forma consorciada.