governança corporativa nas efpc - ?· adoção das melhores práticas de governança corporativa...

Download Governança corporativa nas EFPC - ?· Adoção das melhores práticas de governança corporativa e…

Post on 09-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Governana corporativa nas EFPC

    1

  • 2

    Contexto de mudanas

    A CGPC N 13 j foi um marco importante no contexto de melhoria da governana.

    CGPC 13 + CMN 4.661 + CNPC 27 (escopo da auditoria externa e COAUD) = as entidades

    tero que reestruturar sua governana, revendo regras e procedimentos, bem como

    redimensionando os controles internos.

    Processo decisrio e formalizao.

    Reviso das rotinas.

    Maior eficincia dos controles internos e especializao dos gestores.

    Foco nos agentes de fiscalizao e controle.

  • 3

    Contexto de mudanas

    Res. CMN 4.661 Qualidade do processo de gesto e de monitoramento dos investimentos.

    As EFPC devero implementar uma efetiva e formal gesto de riscos que permita o

    monitoramento, mensurao e ajuste permanente a cada um dos riscos inerentes aos

    investimentos. H que se designar um administrador ou comit (arts. 9 e 10).

  • 4

    Contexto de mudanas

    Novas exigncias como a reviso dos regulamentos de listagem da B3.

    ICVM 586 exigindo um novo informe por parte da companhias em relao ao cdigo

    brasileiro de governana corporativa na lgica do pratique ou explique.

    Variveis socioambientais inseridas no processo de decisrio (risco e oportunidade).

    Adoo das melhores prticas de governana corporativa e prestao de contas integrada

    com foco no processo de gerao de valor no curto, mdio e longo prazos.

  • 5

    Contexto de mudanas

    Cap. II, Seo I:

    Art. 7 A EFPC deve adotar regras, procedimentos e controles internos... considerando o

    porte, a complexidade, a modalidade e a forma de gesto de cada plano por ela

    administrado.

    1 A EFPC deve definir claramente a separao de responsabilidades e objetivos

    associados aos mandatos de todos os agentes...

    2 A EFPC deve manter registro, por meio digital, de todos os documentos que

    suportem a tomada de deciso...

    Art. 9 A EFPC dever designar administrador ou comit responsvel pela gesto de riscos,

    considerando o seu porte e complexidade...

  • 6

    Contexto de mudanas

    As entidades devero adotar a governana que melhor se adequa ao seu perfil sendo capaz

    minimamente de: (i) observar os princpios de segurana, rentabilidade, solvncia, liquidez,

    adequao natureza de suas obrigaes e transparncia; (ii) controlar seus agentes

    (internos e externos) para que exeram suas atividades com boa f, lealdade e diligncia e

    com elevados padres ticos; (iii) adotar prticas que garantam o cumprimento do seu

    dever fiducirio; e (iv) executar com diligncia a seleo, o acompanhamento e a avaliao

    de prestadores de servios relacionados gesto de ativos.

  • 7

    Contexto de mudanas

    Existem formas de se adequar as novas regras ao porte e risco atuarial.

    O processo de gesto e monitoramento dos investimentos, incluindo o acompanhamento de

    riscos, deve ser objeto de discusso e definio a partir de anlises qualificadas que gerem a

    formalizao de rotinas eficazes para cada caso concreto.

  • 8

    Contexto de mudanas

    Cap. II, Seo III:

    Art. 12. A EFPC deve avaliar a capacidade tcnica e potenciais conflitos de interesse de seus

    prestadores de servios e das pessoas que participam do processo decisrio, inclusive por

    meio de assessoramento.

    Pargrafo nico. O conflito de interesse ser configurado em quaisquer situaes em que

    possam ser identificadas aes que no estejam alinhadas aos objetivos do plano administrado

    pela EFPC independentemente de obteno de vantagem para si ou para outrem, da qual

    resulte ou no prejuzo.

    O mesmo para a seo II quanto a avaliao e monitoramento de risco.

  • 9

    Contexto de mudanas

    A nova norma se aproxima mais do direito do mercado de capitais. A governana da EFPC,

    dever observar esse contexto amplo de interligaes entre normas do mercado em geral,

    no apenas das relacionadas s EFPCs.

    A maioria das preocupaes dos reguladores em torno das boas prticas que agora fazem

    parte do arcabouo legal das EFPC esto presentes na maioria dos cdigos de governana no

    mundo.

    O CMN conferiu Previc a possibilidade de regulamentar todos os procedimentos

    relacionados a nova norma (art. 41), em especial implementao da gesto de riscos (art. 9)

    e poltica de investimento (art. 19).

  • 10

    Contexto de mudanas

    Diversas outras novidades foram introduzidas pela nova Resoluo, com foco no desafio de

    melhorar a transparncia (sobretudo na precificao dos ativos) e a governana das EFPC,

    dentre elas, as questes relacionadas: (i) seleo dos prestadores de servios (at. 11); (ii)

    anlise de riscos (art. 10); (iii) ao tratamento especfico aos planos com perfis de

    investimento (art. 19, 3); (iv) reviso nas diferentes classes de ativos (art. 20), bem

    como nos respectivos limites de alocao/concentrao; e (v) imposio de restries e

    requisitos adicionais para ativos de financeiros de maior risco.

    H vrios comandos novos, que se inserem, desde logo, nas rotinas das EFPC.

  • 11

    Reflexo

    ...os investidores so uns tolos earrogantes, tolos por que nos do seusrecursos e arrogantes por que aindaquerem explicaes a respeito...

    Carl Frstenberg,Baro de Frstenberg durante assembleiade acionistas do Deutsche-Bank, no final do sculo XIX.

  • 12

    Conceito

    Governana corporativa o sistema pelo qual as organizaes so dirigidas,

    monitoradas e incentivadas, e em que se d o envolvimento das prticas e dos

    relacionamentos entre proprietrios, conselho de administrao, diretoria e rgos

    de controle. As boas prticas de governana corporativa convertem princpios em

    recomendaes objetivas e alinha interesses com a finalidade de preservar e

    otimizar o valor da organizao, o que facilita seu acesso ao capital e contribui

    para a sua longevidade. (IBGC)

  • 13

    Os dois modelos

    Modelo de Governana atual Modelo de Governana em transio

    Conselheiros amigos do dono

    Acionista controlador com poder absoluto e

    minoritrios passivos

    Acumulao de cargos (scios /

    administradores)

    Capitalizao com recursos prprios

    Falta de transparncia

    Contabilidade tradicional

    Controles internos e gesto de risco

    incipientes

    Falta de avaliao de desempenho

    Conselheiros treinados e independentes

    Fragmentao do quadro acionrio e minoritrios

    exigentes

    Investidores institucionais

    No acumulao (profissionalizao) e Separao

    de funes

    Mercado de capitais / capital de risco

    Transparncia

    Contabilidade internacional

    Gesto de risco e controles internos mais

    eficientes

    Avaliao de desempenho com foco em valor

  • 14

    Os princpios bsicos

    Transparncia.

    Equidade.

    Prestao de contas.

    Responsabilidade corporativa.

  • 15

    Os marcos da governana

    Robert Moks acionista ativista.

    Relatrio cadbury processo decisrio.

    Princpios da OCDE processo decisrio.

  • 16

    Prticas gerenciais

    Vnculo com a contabilidade.

    Vnculo com a gesto de riscos.

  • 17

    Os agentes da governana

    AGO/E

    CA CFCAE

    DE

    AI

    AEI

    ADMINISTRADORESCompliance

  • 18

    Os agentes da governana nas EFPC

    PatrocinadoraParticipantes

    Assistidos

    CD CFCOAUD

    DE

    AI

    AEI

    Compliance

  • 19

    Como fazer?

    Diagnstico da governana da EFPC.

    Plano de ao para reestruturao e acompanhamento do processo decisrio.

    Funcionamento efetivo do conselho deliberativo que em grande medida o guardio dagovernana da entidade.

    Funcionamento efetivo dos comits.

    Funcionamento efetivo da diretoria.

    Estruturao das funes de fiscalizao e controle.

    Estatuto, manual de governana, regimentos, polticas, atas, direcionadores da EFPC (Misso,Viso, Valores e Cdigo de conduta)

    Portal de governana.

    Prestao de contas.

  • 20

    Porque fazer?

    Se ampliaram as regras qualitativas focando na necessidade de reviso e adequao a um novo

    processo decisrio mais alinhado ao que abordamos como governana corporativa.

    Esse entendimento e a prpria norma esto alinhados ao novo ambiente regulatrio, de

    autorregulao e negocial.

    Certamente, no futuro, o custo da governana no alinhada com os novos padres ser muito

    mais caro para a EFPC e seus agentes, como diretores, conselheiros, membros de comits e outros

    profissionais, que participam do processo decisrio.

  • 21

    Pessoas criam as melhorese as piores prticas

  • Obrigado!

    22

    RMG Capital Solues em Governana Corporativa

    Tel.: + (55 11) 3221-5632contato@rmgcapital.com.brwww.rmgcapital.com.br

Recommended

View more >