glossario - negocios - infomoney

Download Glossario - Negocios - Infomoney

Post on 27-Jun-2015

236 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

AAbertura-Termo genrico usado para definir a cotao do primeiro negcio do dia de um determinado ativo cotado em bolsa de valores, que pode ser uma ao, um contrato futuro ou outros. Abono Anual-O abono anual uma espcie de 14 salrio, calculado com base no valor de um salrio mnimo, pago anualmente aos trabalhadores. Contudo, somente os trabalhadores que se enquadrarem nas seguintes condies tero direito ao benefcio:

receberam a remunerao de at dois salrios mnimos mensais, em mdia, durante o ano anterior; trabalharam no ano anterior pelo menos 30 dias com carteira registrada; sejam cadastrados no PIS/PASEP h pelo menos cinco anos.

Ao-Valor mobilirio emitido pelas sociedades annimas, representando a menor frao do capital destas empresas. As empresas emitem aes para aumentar o capital social, e os recursos levantados podem ser utilizados para vrios fins, sobretudo futuros investimentos Ao Cheia-Ao no qual o investidor ter direito de receber dividendos e bonificaes ou exercer subscries, o que a diferencia de uma ao "ex" ou "vazia", onde estes direitos j foram exercidos. Ao em Tesouraria-Termo que denomina as aes que foram emitidas e posteriormente recompradas pela prpria empresa. Na maioria das vezes, a empresa opta pela recompra das aes como forma de obter aes para os programas de incentivo de empregados, ou para mais tarde serem dadas na forma de proventos aos acionistas da empresa.

Ao Escritural- uma ao que circula nos mercados de capitais sem a emisso de certificados ou cautelas, sendo escrituradas por um banco, que atua como depositrio das aes da empresa e que processa os pagamentos e transferncias por meio da emisso de extratos bancrios. No existe, portanto, movimentao fsica de aes. Ao Listada em Bolsa-Ao negociada no prego de uma bolsa de valores. Ao Nominativa- uma ao cujo certificado nominal ao seu proprietrio. O certificado, entretanto, no caracteriza a posse, que s definida depois do lanamento no Livro Registro das Aes Nominativas da empresa emitente.

Ao Ordinria-So aes que conferem ao acionista direito de voto na empresa, por ocasio da realizao das assemblias de acionistas. So aes normalmente menos negociadas no mercado que as preferenciais e, portanto, de menor liquidez.

Ao Preferencial-So aes que garantem aos acionistas maior participao nos resultados da empresa, mas que no do direito a voto. A preferncia, no caso, diz respeito distribuio dos resultados, ou seja, os acionistas preferenciais tm prioridade no recebimento de proventos e no reembolso de capital em caso de dissoluo da sociedade em relao aos demais acionistas. Em geral, so as aes mais negociadas e, portanto, de maior liquidez.

Ao Vazia (Ex)-Ao cujos direitos (dividendos, bonificao, subscrio) j foram exercidos.

ACC - Adiantamento sobre Contratos de Cmbio-Trata-se de uma forma de financiamento utilizada por empresas exportadoras, atravs da qual a empresa recebe antecipadamente recursos, que so utilizados no financiamento da sua produo. Assim, o banco concede empresa exportadora uma antecipao dos reais equivalentes quantia em moeda estrangeira que a empresa iria receber pelas suas vendas a prazo. Vale ressaltar que esta antecipao pode ser parcial ou total.

ACE - Adiantamento sobre Cambiais Entregues-Mesmo conceito que o ACC (Adiantamento de Contrato de Cmbio), a nica diferena que a antecipao de capital ocorre quando a mercadoria j est pronta e embarcada, podendo ser solicitada em at 60 dias aps o embarque.

Aceitao-Ato de aprovao por parte da seguradora da proposta efetuada pelo segurado para a cobertura de seguro de um determinado risco, sendo que com base nesta proposta que ser emitida a aplice de seguro. Acidente Pessoal-Uma das modalidades de seguro existentes no mercado, cujo evento gerador do sinistro um evento involuntrio causado por acidente externo, sbito e violento que leva o segurado a sofrer leso fsica. Esta leso, por si s, poder causar a morte, invalidez permanente ou tornar necessrio o recebimento de atendimento mdico.

Acionista-Possuidor de aes de uma sociedade annima, o que o caracteriza como proprietrio de uma parcela da empresa proporcionalmente quantidade de aes detida.

Acionista Majoritrio-Acionista que possui uma quantidade de aes com direito a voto que lhe permite manter o controle acionrio de uma empresa.

Acionista Minoritrio-Acionista que possui uma quantidade de aes que no suficiente para manter o controle acionrio de uma empresa.

Acordo de Cooperao-Forma de colaborao entre organizaes que no implica na constituio de nova entidade e que pode incluir desde acordos tcnicos e financeiros, at parcerias, sendo que esta ltima considerada a forma mais evoluda de cooperao.

Acordo de Crdito Rotativo Linha de crdito na qual o banco mantm os recursos disponveis para o tomador durante todo o perodo de durao do acordo. Contudo, como os recursos esto disposio do tomador, independente de serem ou no usados, os bancos tendem a cobrar mais caro por estas linhas de crdito. Acquirer-Termo usado na indstria de carto de crdito que denomina as empresas responsveis pela filiao, gerenciamento e relacionamento com os estabelecimentos comerciais. No Brasil esto presentes a RedeCard, VisaNet e o Amex. Cada uma delas responsvel pelo relacionamento com os estabelecimentos que recebem cartes de bandeiras especficas, ou seja, cada bandeira tem apenas umacquirer. Por exemplo, a Redecard responsvel pelos estabelecimentos da maioria das bandeiras (Mastercard, Diners Club e RedeShop), enquanto a VisaNet e o Amex so responsveis respectivamente pelos estabelecimentos que trabalham com os cartes das bandeiras Visa e American Express.

Adeso (contrato de)-A maior parte dos contratos de seguro , na verdade, composta de contratos de adeso, pois seus termos e condies so elaborados pelo segurador e o segurado simplesmente adere ao contrato. Exatamente por isto, nos contratos em que existe ambigidade necessria a interveno de um juiz. Os contratos de seguros de riscos comerciais, industriais e martimos e de aeronaves no so mais chamados de contratos de adeso, pois o prprio segurado que negocia os termos do contrato com a seguradora, o que no acontece com os chamados seguros de massa. Pela mesma razo, os contratos de re-seguro tambm no so considerados como sendo de adeso, pois ambas as partes pertencem mesma indstria e, portanto, existe negociao de clusulas.

Aditivo (seguros)-Condio adicional includa no contrato de seguro, alm das j previstas anteriormente. Administrao Ativa-Em geral essa expresso usada para definir o tipo de estratgia de administrao de um fundo de investimento. Nesse tipo de estratgia o administrador compra e vende aes, sem replicar nenhum ndice, mas sempre tentando obter uma rentabilidade acima do ndice estabelecido como referncia (benchmark).

Administrao Passiva-Expresso usada para definir o tipo de estratgia de administrao de fundo de investimento. Nesse caso, o administrador busca replicar o retorno da carteira de um ndice previamente definido (o benchmark). O objetivo que o retorno do fundo seja aproximadamente igual, ou um pouco superior, ao retorno do ndice escolhido.

ADR (American Depositary Receipt)-Os ADRS so recibos emitidos por um banco depositrio norte-americano e que representam aes de um emissor estrangeiro que se encontram depositadas e sob custdia deste banco. Os ADRs so cotados em dlares norteamericanos e trazem grandes vantagens ao emissor estrangeiro, j que facilitam o acesso ao mercado norte-americano. Existem trs nveis distintos de ADRs: ADR nvel 1, nvel 2 e nvel 3.

ADX-O ADX (Average Directional Index), ou ndice de Direo do Movimento, um indicador de anlise tcnica criado por J. Welles Wilder com o objetivo de medir a intendidade de uma tendncia. O ADX um oscilador que varia entre 0 e 100, embora leituras acima de 60 sejam raras. Um ADX abaixo de 20 indica tendncia fraca, porm, por outro lado, leituras acima de 40 mostram uma tendncia forte. Vale lembrar que o indicador no aponta se a tendncia de alta ou baixa, apenas identifica a fora da tendncia. O ADX pode ser usado tambm para indicar mudanas no mercado. Quando ele comea a se fortalecer de um patamar abaixo de 20 e passa para nveis acima desta marca, isso pode apontar para o incio de uma tendncia definida. Por outro lado, se ele est acima de 40 e comea a decrescer, isso pode mostrar a desacelerao da tendncia existente.

AGE-A AGE, ou Assemblia Geral Extraordinria, a reunio dos consorciados destinada tomada de decises sobre assuntos indicados no Contrato de Adeso e outros de interesse do Grupo.

Agncia de Fomento-Entidade que busca ajudar no desenvolvimento de empresas, atravs da oferta de linhas especiais de crdito, cujos recursos podem ser usados tanto no financiamento do capital de giro quanto dos investimentos destas empresas. As agncias tambm contribuem para o desenvolvimento destas empresas, atravs da oferta de garantia, assessoria e consultoria financeira, do estmulo produo regional e da assistncia implementao de projetos de desenvolvimento industrial. Sob superviso do Banco Central, as agncias integram o Sistema Financeiro Nacional.

AGO de Constituio do Grupo-A AGO, ou Assemblia Geral Ordinria de Constituio do Grupo, a reunio de consorciados destinada constituio formal do grupo.

Agravao de Risco-Tambm conhecido na indstria de seguros, como hazard. Trata-se das circunstncias que aumentam a probabilidade, a freqncia, ou magnitude, de que um sinistro ocorra. Estas circunstncias independem da vontade do segurado e, por isto, levam uma mudana na taxa ou nas condies oferecidas no seguro. Em geral as seguradoras trabalham com vrios tipos de agravamentos, como por exemplo:

Agravao moral: quando a seguradora acredita que o segurado tenha alguma razo para intencionalmente acarretar um sinistro; Agravao fsica: caractersticas tangveis de risco de uma determinada e