gilberto passos lima.pdf

Download GILBERTO PASSOS LIMA.pdf

Post on 08-Jan-2017

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

GILBERTO PASSOS LIMA

PROPOSTA PARA CLASSIFICAO DE MODELOS DE INFRAESTRUTURA DE P&D EM INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLGICA COM BASE EM

CARACTERSTICAS E PRTICAS DE GESTO DA INOVAO

Dissertao apresentada como requisito parcial obteno do grau de Mestre em Engenharia de Produo, no Curso de Ps-Graduao em Engenharia de Produo, Setor de Cincias Exatas, Universidade Federal do Paran.

Orientadora: Profa. Dra. Izabel Cristina Zattar.

CURITIBA 2013

Lima, Gilberto Passos Proposta para classificao de modelos de infraestrutura de P&D em incubadora de empresas de base tecnolgica com base em caractersticas e prticas de gesto da inovao / Gilberto Passos Lima. Curitiba, 2013. 159 f. Dissertao (mestrado) Universidade Federal do Paran, Setor de Tecnologia, Programa de Ps-Graduao em Engenharia de Produo. Orientadora: Izabel Cristina Zattar 1. Incubadoras de empresas. I. Zattar, Izabel Cristina. II. Ttulo. CDD 658.421

TERMO DE APROVAO

GILBERTO PASSOS LIMA

PROPOSTA PARA CLASSIFICAO DE MODELOS DE INFRAESTRUTURA DE P&D EM INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLGICA COM BASE EM

CARACTERSTICAS E PRTICAS DE GESTO DA INOVAO

Dissertao aprovada como requisito parcial para obteno do grau de Mestre no

Curso de Ps-Graduao em Engenharia de Produo, Setor de Cincias Exatas,

Universidade Federal do Paran, pela seguinte banca examinadora:

______________________________________________

Profa. Dra. Izabel Cristina Zattar

Orientadora Programa de Ps-Graduao em Engenharia de

Produo, UFPR

______________________________________________

Prof. Dr. Arinei Carlos Lindbeck Da Silva

Programa de Ps-Graduao em Engenharia de Produo, UFPR

______________________________________________

Prof. Dr. Robson Seleme

Programa de Ps-Graduao em Engenharia de Produo, UFPR

______________________________________________

Prof. Dr. Walter Luis Mikos

Departamento Acadmico de Mecnica, UTFPR

Curitiba, 20 de fevereiro de 2013.

AGRADECIMENTOS

minha famlia o apoio no desenvolvimento deste trabalho de pesquisa.

Agradeo ao Instituto de Tecnologia do Paran (TECPAR) por apoiar o

contnuo desenvolvimento profissional de seus funcionrios, em especial ao Centro

de Metrologia Industrial e a Incubadora Tecnolgica de Curitiba (INTEC) que

disponibilizaram o acesso a informaes que possibilitaram a concluso deste

trabalho.

Ao Programa de Ps Graduao em Engenharia de Produo da Universidade

Federal do Paran, em especial a professora Dr Izabel Cristina Zattar pela sua

valiosa orientao na deciso pelos caminhos tomados durante do desenvolvimento

da pesquisa.

Aos professores membros da banca pela valiosa avaliao responsvel pelo o

alto nvel tcnico dos trabalhos desenvolvidos no programa.

RESUMO

O apoio ao desenvolvimento de novos negcios baseados em tecnologia um grande desafio no Brasil. Um dos motivos a mudana do paradigma de uma economia baseada no fornecimento de commodities para uma economia de desenvolvimento e oferta de tecnologia. Neste ambiente, incubadoras de empresas apresentam-se como um importante ator neste processo. Contudo, as incubadoras carecem de infraestrutura disponvel para o desenvolvimento tecnolgico de produtos, pois os empreendedores passam a demandar algo alm da infraestrutura bsica como sala, mesa, cadeira, tecnologia da informao e comunicao, entre outros. Assim, este trabalho de pesquisa tem como objetivo classificar modelos de infraestrutura de pesquisa e desenvolvimento, com base no grau de importncia auferido pelos empreendedores pertencentes a incubadoras de empresas de base tecnolgica no estado do Paran. Tomando como referncias publicaes cientficas, foram identificados sete modelos de infraestrutura de pesquisa e desenvolvimento de produtos de manufatura discreta. Estes modelos foram ento analisados para o levantamento de suas caractersticas e prticas, a fim de possibilitar a construo de uma hierarquia a qual permita a aplicao do Mtodo de Anlise Hierrquica (AHP). Com base nesta hierarquia, foi elaborado um questionrio eletrnico, o qual foi aplicado a 115 empreendedores pertencentes a 15 incubadoras de empresa de base tecnolgica, todas localizadas no estado do Paran. As respostas foram utilizadas para construo dos pesos dos critrios baseados nas caractersticas e prticas analisadas. Por fim, os sete modelos foram classificados segundo o mtodo AHP, oferecendo aos gestores de incubadoras as melhores opes de modelos de laboratrio segundo a opinio dos empreendedores e as caractersticas e prticas dos modelos analisados.

Palavras-chave: Processo de Anlise Hierrquica; Incubadora de Empresas; Infraestrutura de Pesquisa e Desenvolvimento.

ABSTRACT

The support to develop new business based on technology is a great challenge in Brazil. The paradigm shift from a commodities based to a technology based economy is one of the reasons. On that environment, business incubators are important actors on that process. This way, incubators lack the appropriate infrastructure far beyond the basic room, table, chair and information and communication technologies. This scientific work has the objective to sort research and development (R&D) infrastructure models, based on the relative importance measured on entrepreneurs in technologic based incubators. Based on research on scientific publications, seven discrete manufacturing R&D infrastructure models were identified. Those models were analyzed to determine theirs characteristics and practices to construct a hierarchy to be used with Analytical Hierarchical Process (AHP). Based on that hierarchy, a questionnaire were built and applied to 115 entrepreneurs on 15 technologic business incubators located on Parana state of Brazil. The answers were used to calculate the characteristics and practices importance weights. That allowed classifying the laboratory models using AHP, offering to incubators managers prioritized models according to the entrepreneurs opinions and laboratories characteristics and practices.

Key words: Analytical Hierarchical Process, Business Incubators, Research and Development infrastructure.

LISTA DE FIGURAS

FIGURA 1 - PARTICIPAO PERCENTUAL DO NMERO DE ARTIGOS

BRASILEIROS PUBLICADOS EM PERIDICOS CIENTFICOS

INDEXADOS PELA THOMSON/ISI E SCOPUS EM RELAO AO

MUNDO, 1996-2010. ....................................................................... 20

FIGURA 2 - PEDIDOS DE PATENTES DEPOSITADOS NO INSTITUTO

NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI), SEGUNDO

TIPOS, 1990-2010. .......................................................................... 21

FIGURA 3 - DISPNDIOS NACIONAIS EM PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

(P&D), EM RELAO AO PRODUTO INTERNO BRUTO (PIB),

PASES SELECIONADOS. .............................................................. 22

FIGURA 4 RELAO ENTRE OS TEMAS ABORDADOS NO REFERENCIAL

TERICO ......................................................................................... 29

FIGURA 5 ORGANIZAO DA REDE SIBRATEC ........................................... 40

FIGURA 6 LOCALIZAO DAS INCUBADORAS TECNOLGICAS

PESQUISADAS NO ESTADO DO PARAN ................................... 55

FIGURA 7 COMPARAO DOS MODELOS DE ESTRUTURAS

HIERARQUICA (A) E EM REDE (B). ............................................... 77

FIGURA 8 REPRESENTAO DE UMA HIERARQUIA PARA APLICAO DA

ANP. ................................................................................................. 78

FIGURA 9 HIERARQUIA DOS REQUISITOS DE CLASSIFICAO DOS

MODELOS DE LABORATRIOS .................................................... 84

FIGURA 10 ABA DE APRESENTAO DO QUESTIONRIO ELETRNICO .. 90

FIGURA 11 DISTRIBUIO DAS RESPOSTAS A PERGUNTA: QUAL A

IMPORTNCIA DA COMPETNCIA VINCULADA A

INFRAESTRUTURA DE P&D? ........................................................ 95

FIGURA 12 DISTRIBUIO DAS RESPOSTAS A PERGUNTA: QUAL A

IMPORTNCIA DO RESULTADO OBTIDO UTILIZANDO UMA

INFRAESTRUTURA DE P&D? ........................................................ 95

FIGURA 13 DISTRIBUIO DAS RESPOSTAS A PERGUNTA: QUAL A

IMPORTNCIA DO MODELO DE ACESSO A INFRAESTRUTURA

DE P&D? .......................................................................................... 96

FIGURA 14 DISTRIBUIO DAS RESPOSTAS A PERGUNTA: QUAL A

IMPORTNCIA DO CUSTO/BENEFCIO OBTIDO COM A

UTILIZAO DA INFRAESTRUTURA DE P&D .............................. 96

FIGURA 15 DISTRIBUIO DAS RESPOSTAS A PERGUNTA: QUAL A

IMPORTNCIA DA COOPERAO COM UNIVERSIDADES E

INSTITUTOS DE PESQUISA PARA A COMPETNCIA DA

INFRAESTRUTURA DE P&D? ........................................................ 97

FIGURA 16 DISTRIBUIO DAS RESPOSTAS A PERGUNTA: QUAL A

IMPORTNCIA DA OPERAO EM REDE PARA A

INFRAESTRUTURA DE P&D? ........................................................ 97

FIGURA 17 DISTRIBUIO