GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa ...ccvap. Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 edio. So Paulo: Atlas, 2002. Resenha por: Jean Lopes No livro ora resenhado, Gil (2002) apresenta ...

Download GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa ...ccvap.  Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 edio. So Paulo: Atlas, 2002. Resenha por: Jean Lopes No livro ora resenhado, Gil (2002) apresenta ...

Post on 13-Feb-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 edio. So Paulo: Atlas, 2002. Resenha por: Jean Lopes No livro ora resenhado, Gil (2002) apresenta de maneira didtica e simples, fundamentos que orientam na formulao de projetos de pesquisa, como o prprio autor afirma, no se trata de uma receita, mas de um manual para ajudar na empreitada, principalmente dos iniciantes. O livro, composto por dezesseis captulos aborda como planejar, iniciar, desenvolver e concluir pesquisas, detalhando procedimentos cabveis em cada ponto desse percurso. Gil (2002) inicia explicando o que uma pesquisa e por que realizar pesquisas. Ao explicar por que se faz pesquisa, Gil (2002) aponta dois motivos, o primeiro seria O desejo de conhecer pela prpria satisfao e o segundo o desejo de conhecer para fazer algo de maneira diferente. Em seguida, Gil (2002) aponta quais os recursos necessrios para realizar uma pesquisa, nesse ponto menciona desde caractersticas pessoais do pesquisador, at os recursos financeiros, atentando para a importncia de ter recursos financeiros, humanos e materiais, para isso afirma que o pesquisador deve tambm assumir funes administrativas, e ter claras as dimenses da pesquisa nos seus diversos aspectos. O autor aponta quais elementos devem existir em um projeto de pesquisa apresentando 10 elementos que corriqueiramente esto presentes em projetos, todavia, enfatiza que no h um padro especfico para elaborao de projetos de pesquisa, posteriormente, prope um fluxo que possibilite identificar as etapas de uma pesquisa. No segundo captulo, o autor se concentra no problema da pesquisa e inicia conceituando o que um problema, trazendo seu conceito segundo o dicionrio. O autor afirma que existem trs tipos de problemas, so eles: problema cientfico, problema de engenharia e problema de valor. Ao definir e dar exemplos de cada um deles, o autor afirma que o problema da pesquisa deve ser cientfico, ou seja, composto por variveis. Gil (2002) ressalta os cuidados que devem ser adotados ao elaborar um problema de pesquisa, afirma ainda que, o problema deve ser claro e exequvel. No terceiro captulo do livro, o autor discorre sobre procedimentos para a elaborao de hipteses, as definindo como uma soluo possvel para o problema apresentado, podendo ser declarada verdadeira ou falsa. Gil (2002) afirma ainda que as hipteses podem apresentar relao de dependncia entre as variveis e que podem ser simtricas ou assimtricas. O autor segue afirmando que as hipteses podem ser oriundas de observao; resultados de outras pesquisas; teorias e; intuio, asseverando que a hiptese deve ser lgica e verificvel, alm de permitir a utilizao de tcnicas para sua comprovao. Ao final o autor ressalta que as hipteses podem estar presentes de forma expressa ou implcitas em um projeto. No captulo quatro, o autor apresenta elementos que possibilitam classificar as pesquisas com bases nos objetivos definidos pelo pesquisador, afirmando que h trs categorias de classificao, segundo objetivos, so elas: exploratria, descritiva e explicativa. A seguir, define as caractersticas de cada uma delas. Pesquisas exploratrias: Estas pesquisas tm como objetivo proporcionar maior familiaridade com o problema, com vistas a torn-lo mais explcito ou a constituir hipteses. Pode-se dizer que estas pesquisas tm como objetivo principal o aprimoramento de idias ou a descoberta de intuies. (Gil, 2002, p. 41) Segue descrevendo pesquisa descritiva como aquela que utiliza procedimentos e tcnicas padronizados de coletas de dados e que: So includas neste grupo as pesquisas que tm por objetivo levantar as opinies, atitudes e crenas de uma populao. Tambm so pesquisas descritivas aquelas que visam descobrir a existncia de associaes entre variveis, como, por exemplo, as pesquisas eleitorais que indicam a relao entre preferncia poltico-partidria e nvel de rendimentos ou de escolaridade. (Gil, 2002, p. 42) Quanto s pesquisas classificadas como sendo de carter explicativo o autor as define da seguinte forma: Essas pesquisas tm como preocupao central identificar os fatores que determinam ou que contribuem para a ocorrncia dos fenmenos. Esse o tipo de pesquisa que mais aprofunda o conhecimento da realidade, porque explica a razo, o porqu das coisas. (Gil, 2002, p. 42) No decorrer do texto, o autor passa a classificar as pesquisas quanto aos seus procedimentos tcnicos, neste momento Gil (2002) apresenta dez definies de pesquisas segundo procedimentos, so elas: pesquisa bibliogrfica; pesquisa documental; pesquisa experimental; pesquisa ex-post facto; pesquisa de coorte; levantamento; estudo de campo; estudo de caso; pesquisa-ao e; pesquisa participante. Apontadas essas classificaes, Gil (2002), passa a descrever detalhadamente, o passo a passo de cada uma dessas tcnicas de pesquisa, desde seu planejamento, passando pelas etapas de coleta de material at a anlise dos dados em cada tcnica. Vale destacar que, algumas tcnicas so bastante semelhantes, diferenciando-se por pequenos detalhes.

Recommended

View more >