gestão empresarial - orçamento e controle

Download Gestão Empresarial - Orçamento e Controle

Post on 21-Dec-2015

108 views

Category:

Documents

33 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Gestão Empresarial - Orçamento e Controle

TRANSCRIPT

  • MBA em Gesto Empresarial

    ORAMENTO E CONTROLE

    Professor M. Sc. Almir Carvalho dos Reis

    almir.cdosreis@gmail.com

    _______________/____

  • Todos os direitos em relao ao design deste material didtico so reservados Fundao Getulio

    Vargas.

    Todos os direitos quanto ao contedo deste material didtico so reservados ao(s) autor (es).

    FUNDAO GETULIO VARGAS

    ESTRUTURA DO IDE

    ESTRUTURA DO FGV MANAGEMENT

    ESCOLAS FGV

    EAESP

    Diretor Fernando S. Meirelles

    EBAPE

    Diretor Bianor Scelza Cavalcanti

    EESP

    Diretor Yoshiaki Nakano

    EPGE

    Diretor Renato Fragelli Cardoso

    Direito GV Diretor Ary Oswaldo Mattos Filho

    Direito Rio Diretor Joaquim Falco

    FGV MANAGEMENT FGV ONLINE Diretor Executivo Ricardo Spinelli de Carvalho Diretor Executivo Carlos Longo

    QUALIDADE E INTELIGNCIA DE NEGCIOS CURSOS CORPORATIVOS Diretor Executivo Antnio de Arajo Freitas Junior Diretor Executivo Antnio Carlos Porto

    Gonalves

    I INSTITUTOS FGV

    CPDOC

    Diretor Celso Corra Pinto de Castro

    IBRE

    Diretor Luiz Guilherme Schymura de Oliveira

    IDE

    Diretor Clovis de Faro

    PROJETOS

    Diretor Cesar Cunha Campos

    PRESIDENTE VICE-PRESIDENTES

    Carlos Ivan Simonsen Leal Francisco Oswaldo Neves Dornelles Marcos Cintra Cavalcanti de Alburquerque

    Sergio Franklin Quintella

    A sua opinio muito importante para ns

    Fale Conosco

    Central de Qualidade FGV Management

    ouvidoria@fgv.br

    Superintendentes Djalma Rodrigues Teixeira Filho (Brasil)

    Maria do Socorro Macedo Vieira de Carvalho (Braslia)

    Paulo Mattos de Lemos (Rio de Janeiro e So Paulo)

    Silvio Roberto Badenes de Gouva (Brasil)

    Coordenadores Especiais Fernando Salgado

    Marcos de Andrade Reis Villela

    Pedro Carvalho Mello

  • ii

    Sumrio

    1. PROGRAMA DA DISCIPLINA 1

    1.1 EMENTA 1

    1.2 CARGA HORRIA TOTAL 1

    1.3 OBJETIVOS 1

    1.4 CONTEDO PROGRAMTICO 1

    1.5 METODOLOGIA 2

    1.6 CRITRIOS DE AVALIAO 2

    1.7 BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA 2

    CURRICULUM RESUMIDO DO PROFESSOR 3

    INTRODUO 4

    CAPTULO I - ORAMENTO-MESTRE 5

    CAPTULO II ORAMENTO FLEXVEL 25

    CASOS ORAMENTO MESTRE E FLEXVEL 38

    PLANILHAS DE APOIO COMPANHIA ORADA 53

    TRABALHO ORAMENTO MESTRE 65

  • Oramento e Controle

    1

    1. Programa da disciplina

    1.1 Ementa

    Conceito de oramento. Finalidade do oramento. Mecanismos oramentrios. Implantao do sistema oramentrio. Elaborao do oramento operacional: balano projetado, resultado projetado, fluxo-de-caixa. Controle: centro de receita e centro de custo padro e as variaes de eficincias e preo em custos variveis e de capacidade oramentria em custos fixos.

    1.2 Carga horria total

    24 horas aula.

    1.3 Objetivos

    Desenvolver a viso estratgica tendo o oramento como uma ferramenta de acompanhamento para a tomada de deciso.

    1.4 Contedo programtico

    Captulo I Oramento-Mestre Natureza do Oramento Responsabilidade da Oramentao Oramento-Mestre Desenvolvimento do Oramento-Mestre Oramento de Produo Oramento de Compras de Materiais Diretos Oramento do Consumo de Materiais Diretos Oramento da Mo-de-Obra Direta Oramento dos Custos Indiretos de Produo Oramento do Custo dos Produtos Vendidos Oramento de Despesas com Vendas Oramento de Despesas Administrativas

  • Oramento e Controle

    2

    Oramento da Demonstrao do Resultado Oramento de Caixa Estoques Finais Captulo II Oramento Flexvel Natureza do Oramento Flexvel Frmula para Previso Oramentria Tabela do Intervalo Relevante Bases para Medio Operaes Departamentais Outras Atividades Outras Operaes Processamento por Computador Quadros de Etapas

    1.5 Metodologia

    Aulas expositivas.

    1.6 Critrios de avaliao

    Trabalho em grupo peso 4 Prova final peso 6

    1.7 Bibliografia recomendada

    MOREIRA, Jos Carlos. Oramento Empresarial Manual de Elaborao. So Paulo, Atlas, 2005. SANVICENTE, Antonio Z. e SANTOS, Celso da Costa. Oramento na administrao de empresas; planejamento e controle. So Paulo, Atlas, 2005.

  • Oramento e Controle

    3

    Currculo resumido do professor

    ALMIR Carvalho dos REIS auditor e contador, mestre em Cincias Contbeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro FACC/UFRJ, doutorando em Controladoria e Finanas pela Faculdade de Economia, Administrao e Contabilidade da Universidade de So Paulo FEA/USP. Sua experincia profissional inclui o cargo de diretor de auditoria da GRIFFO Auditores e Associados, alm da docncia na ESAF Escola Superior de Administrao Fazendria e, em diversos cursos de MBA, Ps-Graduao e Graduao, bem como de consultor em gesto estratgica e contabilometria (Mtodos Quantitativos aplicados Contabilidade).

  • Oramento e Controle

    4

    Introduo

    Um aspecto do planejamento e controle, em que se decide qual a melhor opo entre projetos ou medidas alternativas, denominado planejamento de projeto. Quando a deciso da administrao referir-se ao que deve ser realizado durante um perodo especfico de tempo, isto chamado planejamento peridico. Se o planejamento peridico referir-se s vendas, produo ou nveis de estoque temos planejamento de operaes ou oramento. Se o oramento inclui todas as funes e nveis administrativos da empresa, teremos um oramento total ou oramento-mestre.

  • Oramento e Controle

    5

    Captulo I Oramento-Mestre

    Natureza do Oramento O oramento uma expresso quantitativa dos objetivos da gerncia e

    um meio de dirigir o progresso na direo destes objetivos. Para ser efetivo, o oramento deve ser bem coordenado com a gerncia relacionada e com os sistemas contbeis. Por exemplo, deve haver um organograma e um plano de contas bem definido. O organograma mostra as responsabilidades de cada executivo para o qual um oramento apresentado. Outra exigncia importante de um bom oramento um sistema de custos-padro que acumule os custos e fornea dados para relatrios de acordo com a responsabilidade. Os executivos so responsveis pela preparao e administrao de seus prprios segmentos de oramento. Para que seja eficiente, os dirigentes da empresa devem participar do planejamento do oramento e devem compreender sua responsabilidade em realizar o trabalho do oramento.

    Dependendo do tipo de oramento, estes podem cobrir diferentes

    perodos de tempo. Por exemplo, oramentos de operaes normalmente cobrem um perodo de um ano ou menos (curto prazo). Oramentos para alteraes de produto ou de local da fbrica podem cobrir um perodo de 2 a 10 anos (longo prazo). O oramento operacional frequentemente dividido em meses para o primeiro trimestre e no total para os trs trimestres seguintes. No final do primeiro trimestre, os oramentos para os trs trimestres seguintes so reorganizados, baseando-se em novas informaes. Muitas empresas usam agora oramentos contnuos ou mveis, pelos quais esto sempre disponveis dados de 12 meses. No final de cada ms, acrescenta-se um novo ms no final, de modo que sempre haver oramento de 12 meses.

    Responsabilidade da Oramentao Geralmente, o diretor de oramento responsvel pela coordenao de

    todas as partes do oramento. Os vrios componentes, tais como vendas por produto e por territrio e produo por ms, so preparados pelo pessoal do setor. Na maior parte das indstrias grandes, o diretor de oramentos se reportar diretamente comisso oramentria, que geralmente consiste do presidente, vice-presidentes encarregados de marketing, produo e engenharia, do tesoureiro, e do controlador.

  • Oramento e Controle

    6

    Os aspectos de procedimentos do oramento, tais como o que deve ser orado, quando e por quem, so de responsabilidade do diretor de oramento, sujeito aprovao do comit de oramento. Deveria ser preparado um manual de oramentos, fornecendo os dados devidos a cada segmento do oramento-mestre, atribuindo responsabilidade pela sua preparao e descrevendo as formas e polticas, e procedimentos relativos oramentao.

    Oramento-Mestre A preparao, passo a passo, dos vrios segmentos do oramento-

    mestre, fora consideraes muito cuidadosas da administrao e muitas decises-chave relativas determinao de preo, linhas de produtos, programao da produo, gastos financeiros, pesquisa e desenvolvimento e muitas outras. O esquema inicial de um oramento e, sua reviso crtica, sempre enseja muitas questes e decises da administrao, levando a novos esquemas antes que o oramento final seja aprovado.

    A Tabela 1-1 apresenta os principais componentes de um oramento-

    mestre. Na prtica, haveria muitas anlises adicionais fundamentando os oramentos apresentados.

    Tabela 1-1

    Oramento-Mestre Plano Anexo

    Oramentos operacionais:

    Vendas 1a

    Produo 1b

    Compras de materiais diretos 1c

    Emprego de materiais diretos 1d

    Mo-de-obra direta 1e

    Custos indiretos de produo 1f

    Custo dos produtos vendidos 1g

    Despesas com vendas 1h

    Despesas administrativas 1i

    Oramento do resultado 1

    Oramentos financeiros:

    Previso de recebimento de caixa 2a

    Previso de desembolsos de caixa 2b

    Oramento financeiro 2

    Oramentos de balano geral:

    Oramento do estoque final 3

    Balano geral orado 3

    Desenvolvimento do Oramento-Mestre Os passos bsicos no desenvolvimento do oramento-mestre comeam

    com a previso das vendas. O processo termina com o trmino do oramento do resultado, oramento de caixa, e do oramento do balano fina