GESTÃO DE RECEITAS E DESPESAS MUNICIPAIS: ?· GESTÃO DE RECEITAS E DESPESAS MUNICIPAIS: AUMENTANDO…

Download GESTÃO DE RECEITAS E DESPESAS MUNICIPAIS: ?· GESTÃO DE RECEITAS E DESPESAS MUNICIPAIS: AUMENTANDO…

Post on 09-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>GESTO DE RECEITAS E DESPESAS MUNICIPAIS:AUMENTANDO A ARRECADAO E REDUZINDO CUSTOS</p><p>Neste primeiro ano de mandato, muitos Prefeitos tm enfrentado dois grandes problemasno exerccio da funo de administrador do Poder Executivo Municipal: uma alta porcentagem dooramento comprometida com o pagamento de despesas pouco variveis, acompanhada de umaarrecadao de receita prpria em valor muito inferior quele que seria necessrio para custearaquelas despesas. Tais problemas tm dificultado a realizao dos investimentos em obras e serviospblicos que so de competncia do Municpio e que esses administradores julgam necessrios paramelhorar a qualidade do servio prestado para a populao, o que inclui a contratao de profissionaisqualificados para o desenvolvimento das diferentes funes que cabem ao Executivo Municipal.</p><p>Diante dessa realidade, a Fiorilli Software vem oferecer aos seus clientes um curso quetrata sobre as duas medidas principais que podem ser adotadas pelos administradores municipaispara tentar aumentar a quantidade de recursos pblicos que tero disponveis para poder aplicar asnovas polticas administrativas e realizar os novos investimentos que julgarem necessrios durante osprximos trs anos em que estaro frente do Poder Executivo Municipal. Essas medidas so: (i) abusca pelo aumento da arrecadao de receita tributria prpria e (ii) a aplicao das tcnicas decontrole de custos como ferramenta para um gasto mais eficiente dos recursos arrecadados.</p><p>O aumento da arrecadao de receita tributria prpria est relacionada ao exerccio dacompetncia que foi atribuda pela Constituio Federal aos Municpios para determinados tributos deforma privativa, como o caso do IPTU, do ISS e da Contribuio para o Custeio do Servio deIluminao Pblica. Sobre esse ponto, procuraremos apresentar, na primeira parte do curso, asprincipais caractersticas dos tributos que podem ser cobrados por um Municpio, analisar algunsfatores que podem influenciar na baixa arrecadao desses tributos e no aumento da dvida ativamunicipal e, por fim, sugerir algumas medidas que possam tornar mais eficiente a cobrana dessesvalores. Alm disso, abordaremos as medidas que podem ser adotadas pelos Municpios paraaumentar os valores de receitas tributrias que so arrecadadas por outros entes federados e quepodem ser transferidas aos cofres municipais, como o caso da parcela do valor total de ICMSarrecadado pelo Estado e da integralidade do valor do ITR cobrado sobre as propriedades ruraisexistentes no Municpio.</p><p>Contudo, a busca pelo aumento de receitas deve estar aliada aplicao de um controleeficiente sobre a forma como esses recursos sero gastos. Por isso, a segunda parte do nosso cursoser dedicada ao estudo da Despesa Pblica. Sabe-se que, por um lado, grande parte das despesaspblicas do Municpio engessada pelas vinculaes constitucionais e legais e, por outro, oadministrador pblico enfrenta uma demanda sempre crescente por servios pblicos de qualidade.Alm disso, a estrutura conservadora da Despesa Pblica no permite aos tcnicos e gestoresmunicipais conhecerem exatamente a forma como os recursos so consumidos, o que dificulta muito atomada de deciso sobre qual a melhor forma de conduzir os gastos de recursos pblicos comeficincia e em cada diferente rea. neste cenrio que surge o Controle de Custos como ferramentaque permite ao gestor conhecer com mais propriedade a forma como esses recursos tm sidoconsumidos e, com base nisso, tenha mais chances de tomar a deciso certa sobre onde e comoreduzir suas despesas.</p><p>Em sntese, o objetivo deste curso fornecer aos administradores pblicos as principaisinformaes sobre as medidas que podem ser adotadas tanto para aumentar a arrecadao dereceitas, quanto para diminuir as despesas de recursos municipais. Com base nessas informaes,esses administradores tero subsdio para comear a avaliar quais dessas medidas podem seraplicadas realidade dos seus Municpios, de forma a tornar mais eficiente a gesto municipal. </p><p>Blsamo, outubro de 2017</p><p>Fiorilli Software </p><p>Fiorilli Software - Assistncia e Consultoria Municipal</p></li><li><p>GESTO DE RECEITAS E DESPESAS MUNICIPAIS:AUMENTANDO A ARRECADAO E REDUZINDO CUSTOS</p><p> PROMOO: Fiorilli Software</p><p>Dra. Francielli Honorato Alves: advogada, Mestre em Direito Tributrio pela Faculdade de Direito da USP,Especialista em Direito Tributrio pelo IBET e graduanda em Cincias Contbeis pela FIPECAFI. Autora de artigosjurdicos sobre tributao municipal, responsvel pelo departamento de Tributao Municipal da Empresa FiorilliSoftware.</p><p>Joo Paulo Silvrio: Ps graduado em Competncias Gerencias Pblicas e Graduado em Administrao Pblica pelaUnesp Araraquara, especialista em Planejamento Governamental e Gesto de Custos no setor Pblico e AssessorTcnico Contbil na Empresa Fiorilli Software.</p><p>Dr. Alfredo Baiochi Netto: Atuou como assessor jurdico e em reas de planejamento setorial e deoramento-programa junto a rgos do Governo Estadual de So Paulo. Especializao em Direito Administrativo eDireito Tributrio pela PUC-So Paulo. Consultor em Direito Pblico e em especial nas reas do Direito Oramentrio eLei de Responsabilidade Fiscal,autor de trabalhos tcnicos para o CEPAM e APM/SAREM.</p><p> PROGRAMA</p><p>Aumentando a arrecadao</p><p> Receita tributria prpria: responsabilidade Tributos municipais Problemas com a arrecadao de receitas tributrias prprias Medidas para aumentar a arrecadao tributria prpria Receitas de tributos recebidas por transfernciaReduzindo Custos</p><p> A estrutura (conservadora) da despesa pblica Custos e a Legislao vigente Noes de Gesto de Custos Conceitos de custo/gasto/despesa/desperdcio/investimento Centro de custos Objeto de custo Custo fixo e varivel Custo direto e indireto A norma NBCT 16.11 Sistema de custos no setor Pblico</p><p> PBLICO ALVO</p><p>Prefeitos Municipais e seu assessores diretos, Secretrios ou Diretores Municipais de Fazenda e Planejamento,Dirigentes de entidades do terceiro setor, Contadores, Procuradores, Agentes do Controle Interno, Analistas deContabilidade e Planejamento, Vereadores, Diretores de Secretaria Legislativa.</p><p> LOCAL, DATA E HORRIO</p><p>Local: Hotel Nacional, Rua Professor Carlos Ibanhez, 35, prximo ao viaduto da Rodovia Washington Luiz, sobre aAvenida Murchid Homsi, em So Jos do Rio Preto-SP.</p><p>Data: 27 de outubro de 2017 (sexta feira) Horrio: das 09:00 as 12:00 e das 13:30 as 17:00 horas.</p><p> CUSTOS E VAGAS</p><p>Preo, (incluindo material didtico e almoo): Clientes da Fiorilli Software R$ 250,00, por participante Demais interessados R$ 300,00 por participante</p><p>Vagas Limitadas: at 200 participantes e, no mximo, 3 participantes por Entidade.</p><p> I N S C R I E S</p><p>As reservas de inscries sero feitas pelo telefone (17) 3264-9000 (Fiorilli Software). Sero aceitas reservas enquantoexistirem vagas, ou at as 17:00 horas do dia anterior ao evento. Favor no comparecer sem inscrio antecipada.</p><p>Fiorilli Software - Assistncia e Consultoria Municipal</p><p>Fiorilli Software - Assistncia e Consultoria Municipal</p></li></ul>

Recommended

View more >