gerenciamento de riscos em projetos - t2ti. gerenciamento de riscos do  · a avaliação

Download Gerenciamento de Riscos em Projetos - T2Ti. Gerenciamento de riscos do   · A avaliação

Post on 08-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Gerenciamento de Riscos em Projetos

    Parte 10

    Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301Docente: Petrnio Noronha de Souza

    Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais

    Concentrao: Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais3 Perodo de 2009

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Tpicos Parte 10

    Introduo Processos de gerenciamento de Riscos Planejamento Identificao Anlise qualitativa Anlise quantitativa Planejamento de respostas Monitoramento

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Introduo

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Definies

    O gerenciamento de riscos do projeto inclui os processos que tratam da realizao de identificao, anlise, respostas, monitoramento, controle e planejamento do gerenciamento de riscos em um projeto.

    O risco do projeto um evento ou condio incerta que, se ocorrer, ter um efeito positivo ou negativo sobre pelo menos um objetivo do projeto, como tempo, custo, escopo ou qualidade.

    Referncias adicionais:

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Processos de gerenciamento de Riscos

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Processos de gerenciamento de Riscos Planejamento do gerenciamento de riscos: deciso de como abordar,

    planejar e executar as atividades de gerenciamento de riscos de um projeto.

    Identificao de riscos: determinao dos riscos que podem afetar o projeto e documentao de suas caractersticas.

    Anlise qualitativa de riscos: priorizao dos riscos para anlise ou ao adicional subsequente atravs de avaliao e combinao de sua probabilidade de ocorrncia e impacto.

    Anlise quantitativa de riscos: anlise numrica do efeito dos riscos identificados nos objetivos gerais do projeto.

    Planejamento de respostas a riscos: desenvolvimento de opes e aes para aumentar as oportunidades e reduzir as ameaas aos objetivos do projeto.

    Monitoramento e controle de riscos: acompanhamento dos riscos identificados, monitoramento dos riscos residuais, identificao dos novos riscos, execuo de planos de respostas a riscos e avaliao da sua eficcia durante todo o ciclo de vida do projeto.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Aspectos gerais

    Um risco pode ter uma ou mais causas e, se ocorrer, um ou mais impactos. As condies de risco podem incluir aspectos do ambiente da organizao

    ou do projeto que podem contribuir para o risco do projeto, como prticas deficientes de gerenciamento de projetos, falta de sistemas de gerenciamento integrados, vrios projetos simultneos ou dependncia de participantes externos que no podem ser controlados.

    O risco do projeto se origina da incerteza que est presente em todos os projetos. Os riscos conhecidos so aqueles que foram identificados e analisados, e esses riscos podem ser considerados no planejamento usando os processos descritos neste captulo.

    Os riscos desconhecidos no podem ser gerenciados de forma pr-ativa e uma resposta prudente da equipe do projeto seria alocar contingncia geral contra esses riscos, e tambm contra todos os riscos conhecidos para os quais pode no ser econmico ou possvel desenvolver uma resposta pr-ativa.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Gerenciamento de Riscos

    (Cont.)

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Gerenciamento de Riscos (cont.)(Cont.)

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Fluxograma de processos de gerenciamento de Riscos

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Fluxograma de processos de gerenciamento de Riscos (cont.)

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Planejamento

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Planejamento

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Planejamento (cont.)

    O planejamento do gerenciamento de riscos o processo de decidir como abordar e executar as atividades de gerenciamento de riscos de um projeto.

    O planejamento dos processos de gerenciamento de riscos importante para garantir que o nvel, tipo e visibilidade do gerenciamento de riscos estejam de acordo com o risco e a importncia do projeto em relao organizao, para fornecer tempo e recursos suficientes para as atividades de gerenciamento de riscos e para estabelecer uma base acordada de avaliao de riscos.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Ferramentas e tcnicas

    Anlise e reunies de planejamento As equipes de projetos realizam reunies de planejamento para

    desenvolver o plano de gerenciamento de riscos. Os participantes dessas reunies podem incluir o gerente de projetos, membros da equipe do projeto selecionados e partes interessadas, qualquer pessoa da organizao que tenha responsabilidade no gerenciamento das atividades de execuo e planejamento de riscos, e outras pessoas, conforme necessrio.

    Os planos bsicos para executar as atividades de gerenciamento de riscos so definidos nessas reunies.

    Sero designadas as responsabilidades de riscos.

    As sadas dessas atividades sero resumidas no plano de gerenciamento de riscos.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Plano de Gerenciamento de Riscos (ver definies do PMBOK)

    Metodologia Funes e Responsabilidades Oramentao Tempos Categorias de risco

    Uma estrutura analtica dos riscos (EAR) uma abordagem para fornecer essa estrutura, mas ela pode tambm ser realizada atravs da simples listagem dos diversos aspectos do projeto.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Exemplo de Estrutura Analtica dos Riscos (EAR)

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Plano de Gerenciamento de Riscos (cont.)

    Definies de probabilidade e impacto de riscos Poderia ser usada uma escala relativa representando os valores das

    probabilidades desde muito improvvel at quase certeza.

    Tambm possvel usar probabilidades numricas atribudas em uma escala geral (por exemplo: 0,1; 0,3; 0,5; 0,7; 0,9).

    A escala de impacto reflete a importncia do impacto, negativa para ameaas ou positiva para oportunidades, em cada objetivo do projeto se ocorrer um risco.

    As escalas de impacto so especficas do objetivo potencialmente afetado, do tipo e tamanho do projeto, da situao financeira e estratgias da organizao e da sensibilidade da organizao a impactos especficos.

    As escalas relativas de impacto so descritores classificados de forma simples, como muito baixo, baixo, moderado, alto e muito alto, refletindo impactos cada vez maiores conforme definido pela organizao. Alternativamente, as escalas numricas atribuem valores a esses impactos.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Plano de Gerenciamento de Riscos (cont.)

    Matriz de Probabilidade e Impacto Reviso das tolerncias das partes

    interessadas

    Formatos de relatrio Acompanhamento

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Exemplo de escalas de impacto

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Identificao

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Identificao

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Ferramentas e tcnicas

    Revises da documentao Tcnicas de coleta de informaes

    Brainstorming: a meta do brainstorming obter uma lista abrangente de riscos do projeto. A equipe do projeto normalmente realiza o brainstorming, frequentemente com um conjunto multidisciplinar de especialistas que no fazem parte da equipe.

    Tcnica Delphi: a tcnica Delphi um meio de alcanar um consenso entre especialistas. Nesta tcnica, os especialistas em riscos de projetos participam anonimamente. Um facilitador usa um questionrio para solicitar idias sobre os riscos importantes do projeto. As respostas so resumidas e ento redistribudas para os especialistas para comentrios adicionais. O consenso pode ser alcanado aps algumas rodadas desse processo. A tcnica Delphi ajuda a reduzir a parcialidade nos dados e evita que algum possa indevidamente influenciar o resultado.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Ferramentas e tcnicas (cont.)

    Tcnicas de coleta de informaes (cont.) Entrevistas: as entrevistas com participantes experientes do

    projeto, partes interessadas no projeto e especialistas no assunto podem identificar os riscos. As entrevistas so uma das principais fontes de coleta de dados sobre identificao de riscos.

    Identificao da causa-raiz: esta uma investigao das causas essenciais dos riscos de um projeto. Ela refina a definio do risco e permite o agrupamento dos riscos por causas. possvel desenvolver respostas a riscos eficazes se a causa-raiz do risco for abordada.

    Anlise dos pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaas (SWOT): esta tcnica garante o exame do projeto de cada uma das perspectivas da anlise SWOT, para aumentar a amplitude dos riscos considerados.

  • CS

    E-3

    01 /

    2009

    / P

    arte

    10

    Ferramentas e tcnicas (cont.)

    Anlise da lista de verificao Anlise das premissas Tcnicas com diagramas

Recommended

View more >