GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM DISPOSITIVOS MVEIS

Download GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM DISPOSITIVOS MVEIS

Post on 31-Jul-2015

216 views

Category:

Documents

13 download

TRANSCRIPT

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM DISPOSITIVOS MVEISUMA EVOLUO AO DOTPROJECT

Glauco Silva Neves

Florianpolis - SC 2011/1

2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC DEPARTAMENTO DE INFORMTICA E ESTATSTICA CURSO DE CINCIAS DA COMPUTAO

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM DISPOSITIVOS MVEISUMA EVOLUO AO DOTPROJECT

Glauco Silva Neves

Trabalho

de

concluso

de

curso

apresentado como parte dos requisitos para obteno do grau de Bacharel em Cincias da Computao.

Florianpolis - SC 2011/1

3

Glauco Silva Neves

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM DISPOSITIVOS MVEISUMA EVOLUO AO DOTPROJECT

Trabalho de concluso de curso apresentado como parte dos requisitos para obteno do grau de Bacharel em Cincias da Computao.

Orientadora: Prof. Dr. rer. nat. Christiane Gresse von Wangenheim, PMP

Banca examinadora

Prof. Ms. Jos Eduardo De Lucca

Ms. Mathias Henrique Weber

4

SUMRIO LISTA DE FIGURAS ................................................................................................... 7 LISTA DE QUADROS ................................................................................................. 9 LISTA DE REDUES ............................................................................................. 10 RESUMO ................................................................................................................... 11 1 INTRODUO ................................................................................................... 12 1.1 1.2 1.3 CONTEXTO ................................................................................................. 12 PROBLEMA ................................................................................................. 13 OBJETIVOS ................................................................................................. 14 Objetivo Geral ........................................................................................ 14 Objetivos Especficos ............................................................................ 15 Limitaes ............................................................................................. 15

1.3.1 1.3.2 1.3.3 1.4 1.5 1.6 2

METODOLOGIA .......................................................................................... 15 JUSTIFICATIVA ........................................................................................... 17 ESTRUTURA DO TRABALHO .................................................................... 18

FUNDAMENTAO TERICA ......................................................................... 20 2.1 2.2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS ........................................................... 20 SOFTWARE PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS ........................... 26 dotProject .............................................................................................. 34

2.2.1 2.3

APLICAES MVEIS ............................................................................... 39 Android .................................................................................................. 44

2.3.1 3

REVISO DO ESTADO DA ARTE .................................................................... 46

5

3.1 3.2 3.3 3.4 3.5 4

BASECAMP ................................................................................................. 48 CONNECTWISE .......................................................................................... 49 GTDAGENDA .............................................................................................. 50 RALLY .......................................................................................................... 51 DISCUSSO ................................................................................................ 52 DE UM APLICATIVO MVEL INTEGRADO AO

DESENVOLVIMENTO

DOTPROJECT .......................................................................................................... 56 4.1 ANLISE DE REQUISITOS ......................................................................... 56 Casos de Uso ........................................................................................ 58

4.1.1 4.2

DESIGN ....................................................................................................... 61 Arquitetura ............................................................................................. 61 Design de Interface ............................................................................... 62

4.2.1 4.2.2 4.3 4.4 5

IMPLEMENTAO ...................................................................................... 64 TESTES ....................................................................................................... 65

AVALIAO ....................................................................................................... 67 5.1 DEFINIO DA AVALIAO ...................................................................... 67 Objetivo da Avaliao ............................................................................ 67 Perguntas da Avaliao......................................................................... 68 Design do Estudo .................................................................................. 68 Materiais da Avaliao .......................................................................... 69

5.1.1 5.1.2 5.1.3 5.1.4 5.2 5.3

EXECUO DA AVALIAO ...................................................................... 69 RESULTADOS DA AVALIAO ................................................................. 72

6

5.4 6 7

AMEAAS VALIDADE ............................................................................. 74

DISCUSSO ...................................................................................................... 75 CONCLUSO .................................................................................................... 76

REFERNCIAS ......................................................................................................... 78 APNDICE A TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO ........... 81 APNDICE B DESCRIO DA TAREFA .............................................................. 82 APNDICE C SCRIPT DE INTRODUO ............................................................ 84 APNDICE D ESCALA DE USABILIDADE DO SISTEMA(SUS) .......................... 85 APNDICE E QUESTIONRIO DEMOGRFICO ................................................. 86 APNDICE F ROTEIRO DO PESQUISADOR ....................................................... 88 APNDICE G TREINAMENTO .............................................................................. 90 APNDICE H RESULTADO DO SUS .................................................................... 93 APNDICE I RESULTADO DO QUESTIONRIO DEMOGRFICO ..................... 96 APNDICE J TEMPOS DA AVALIAO ............................................................. 100 APNDICE K CDIGO FONTE ........................................................................... 101

7

LISTA DE FIGURAS Figura 1: Conexo entre os grupos de processos ............................................... 22 Figura 2: Interao entre os grupos de processos .............................................. 23 Figura 3: Funcionalidades fundamentais em um SGP segundo as

organizaes. .......................................................................................................... 28 Figura 4: Softwares de apoio ao gerenciamento de projetos mais utilizados. . 30 Figura 5: Importncia das caractersticas de um SGP para gerenciar um projeto. ..................................................................................................................... 32 Figura 6: Impresso sobre as caractersticas dos SGPs utilizados................... 33 Figura 7: Grfico de Gantt gerado pelo dotProject. ............................................. 36 Figura 8: Menu de projetos. ................................................................................... 36 Figura 9: Lista de tarefas. ....................................................................................... 37 Figura 10: Pgina de projetos (esquerda) e diagrama de Gantt (direita) na tela do emulador de 3.3 polegadas. .............................................................................. 39 Figura 11: Exemplos de dispositivos mveis....................................................... 40 Figura 12: Capacidades e funcionalidades de um dispositivo mvel................ 41 Figura 13: Capacidades e funcionalidades de um dispositivo mvel................ 42 Figura 14: Porcentagem de venda de smartphones em 2010 (esquerda) e a previso para 2011 (direita). ................................................................................... 44 Figura 15: Grfico baseado no nmero de dispositivos Android que acessaram o Android Market no perodo de 18 de abril a 2 de maio de 2011. ..................... 45 Figura 16: Interface do Timy (esquerda) e Beacon (direita). ............................... 49 Figura 17: Interface do ConnectWise Mobile mostrando agenda (esquerda) e menu principal (direita). .......................................................................................... 50 Figura 18: Interface do Gtdagenda, mostrando a caixa de mensagens. ........... 51

8

Figura 19: Interface do RallyDroid. ........................................................................ 52 Figura 20: Arquitetura do sistema. ........................................................................ 62 Figura 21: Participantes durante a avaliao. ...................................................... 70 Figura 22: Resultado da pergunta 4 do questionrio demogrfico. ................... 71 Figura 23: Resultado da pergunta 6 do questionrio demogrfico. ................... 71 Figura 24: Resultado da pergunta 9 do questionrio demogrfico. ................... 71 Figura 25: Tempo de execuo por tarefa e mdia. ............................................. 72 Figura 26: Pontuao do SUS por participante. ................................................... 73

9

LISTA DE QUADROS Quadro 1: Processos mapeados em grupos e reas do conhecimento. ........... 25 Quadro 2: Diferenas entre dispositivos mveis e computadores. ................... 42 Quadro 3: Dados da pesquisa. ............................................................................... 47 Quadro 4: Comparao das ferramentas. ............................................................. 54 Quadro 5: Caso de uso detalhado Autenticar usurio. .................................... 58 Quadro 6: Caso de uso detalhado Visualizar projetos ..................................... 59 Quadro 7: Caso de uso detalhado Visualizar tarefas atrasadas...................... 60 Quadro 8: Caso de uso detalhado - Entrar em contato com responsvel por tarefa atrasada. ........................................................................................................ 61 Quadro 9: Telas do aplicativo e descrio. .......................................................... 63 Quadro 10: Resultado dos testes de fluxo de casos de uso. ............................. 65 Quadro 11: Resultado dos testes de requisitos no funcionais. ....................... 66 Quadro 12: Comparao das ferramentas identificadas no estado da arte e da ferramenta desenvolvida. ....................................................................................... 75

10

LISTA DE REDUES SIGLAS PMI GP SGP PMBOK PERT GPL SDK ADT IDE Project Management Institute Gerenciamento de projetos Software para gerenciamento de projetos Project Management Body of Knowledge Tcnica de Programa, Avaliao e Reviso General Public License Software Development Kit Android Development Toolkit Integrated Development Environment

ABREVIAES Result. Analis. Seleci. Flux. Sit. Prin. Alt. Resultados Analisados Selecionados Fluxo Situao Principal Alternativo

11

RESUMO O mercado est se tornando mais globalizado e competitivo. Conseguir produzir mais em menos tempo e gastando menos recursos essencial. Esse um dos motivos que torna o gerenciamento de projetos necessrio. A aplicao de ferramentas computacionais faz parte do gerenciamento de projetos. Essas

ferramentas auxiliam principalmente os gerentes a planejar, monitorar e controlar seus projetos. Com a popularizao e potencializao dos smartphones a partir de 2005 diversas empresas do setor de tecnologia da informao tm portado suas aplicaes para plataformas mveis. Empresas desenvolvedoras de softwares para gerncia de projetos tambm parecem caminhar nesse sentido. Porm, voltado comunidade de software livre ainda no h um movimento to forte nesta direo. Uma das ferramentas de cdigo aberto mais populares o dotProject, que por ser uma ferramenta open source conta com a comunidade para estend-la. O objetivo desse trabalho estender o dotProject para dispositivos mveis, desenvolvendo um aplicativo mvel para suportar o monitoramento e controle de projetos. O projeto executado em quatro etapas bem definidas. Primeiramente realizada a fundamentao terica dos conceitos de gerncia de projetos, softwares para gerenciar projetos e dispositivos mveis. A segunda etapa a reviso do estado da arte com a finalidade de comparar e identificar as principais funcionalidades dos aplicativos disponveis. A terceira etapa a construo do aplicativo. E a quarta e ltima etapa a avaliao do aplicativo desenvolvido. Espera-se conceber um aplicativo para monitorar e controlar projetos que estender o dotProject. O benefcio auxiliar o gerente de projeto a rastrear, revisar e regular o progresso e o desempenho do projeto a qualquer hora e em qualquer lugar.

12

1

INTRODUO Neste captulo so apresentados o contexto do trabalho, o problema a ser

resolvido, os objetivos a serem alcanados, a metodologia utilizada, a justificativa e a estrutura do trabalho. 1.1 CONTEXTO O mercado est se tornando mais globalizado e competitivo, com maiores demandas de servios e produtos (HORINE, 2009). Ao mesmo tempo aumenta a expectativa dos clientes (PORTNY, 2007). Nesse contexto as empresas precisam se adaptar para serem mais eficientes e produtivas. Requisitos solicitados tornam-se obsoletos de um dia para o outro e as empresas devem responder rapidamente (HORINE, 2009). Torna-se essencial conseguir produzir mais em menos tempo e gastando menos recursos (ROTHMAN, 2007). Dessa forma necessrio gerenciar projetos de forma eficiente. O Project Management Institute (PMI) (2008, p.6) define Gerenciamento de Projetos (GP) como sendo a aplicao do conhecimento, habilidades, ferramentas e tcnicas s atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos. Conforme esta definio, uma parte importante do GP so as ferramentas. Os Softwares para Gerenciamento de Projetos (SGP) so ferramentas computacionais que auxiliam principalmente os gerentes a planejar e controlar seus projetos. Existem de diversos tipos, gratuitos ou pagos, de licena proprietria ou livre, com escopo e funcionalidades variadas, tanto como aplicaes desktop ou sistemas web. Por exemplo, o SGP Microsoft Project (http://www.microsoft.com/project), que proprietrio, possui verses para desktop e sistema web, e um dos mais utilizados (LOCKWOOD, 2008). Uma das ferramentas livres e de cdigo aberto mais

13

populares

o

dotProject de

(http://www.dotproject.net). de tarefas,

O

dotProject

possui e

funcionalidades

gerenciamento

tempo,

comunicao

compartilhamento. Alm de ser gratuito e ter seu cdigo aberto, ele possui a vantagem de ser acessvel atravs de internet, no necessitando a instalao em cada mquina utilizada. As empresas desenvolvedoras de software vivem hoje num momento de convergncia digital. Com o mesmo servio ou produto disponvel em diversos meios digitais como celular, televiso, internet, entre outros (IBCD, 2011). observado o crescimento de uso de dispositivos mveis no mundo inteiro, incluindo principalmente o nmero crescente de celulares tambm no Brasil onde j existem mais celulares do que habitantes brasileiros (ANATEL, 2010). Celulares esto cada vez mais poderosos com melhores processadores e telas maiores. Esses celulares so conhecidos como smartphones e j possuem mais de 12 milhes de usurios no Brasil (ANATEL, 2010). Dentro deste novo cenrio, algumas funcionalidades dos SGPs tambm podem ser estendidas para aplicaes mveis, principalmente para o monitoramento e controle de projetos. 1.2 PROBLEMA A partir de 2005 os smartphones comearam a ganhar mercado, trazendo uma experincia mais atrativa ao usurio (CONSTANTINOU, CAMILLERI e

KAPETANAKIS, 2010). Surgiu ento o fenmeno das lojas de aplicativos, e novas plataformas apareceram: BlackBerry, iOS e Android. A App Store da Apple j possui mais de 350 mil aplicativos, e a maior seguida do Android Market com mais de 200 mil aplicativos.

14

Com a popularizao da internet mvel e com a melhoria das funcionalidades e usabilidade dos celulares, diversas empresas do setor de tecnologia da informao tm portado suas aplicaes para plataformas mveis (MEHTA, 2008). Empresas desenvolvedoras de softwares para gerncia de projetos tambm parecem caminhar nesse sentido. Por exemplo, a ConnectWise

(http://www.connectwise.com), empresa premiada em solues gerenciais, j possui verses mveis para Android, iPhone e web mvel. Entre as principais funcionalidades esto: alocao de recursos, agendamento de compromissos, controle de gastos e acesso a informaes de contatos. Porm, voltado comunidade de software livre ainda no h um movimento to forte nesta direo. Como o caso da ferramenta dotProject, que uma das mais populares1, e no possui um aplicativo mvel que estenda a ferramenta. Dado esse contexto, ento a pergunta de pesquisa deste trabalho se possvel estender uma(s) funcionalidade(s) do dotProject para aplicaes mveis? 1.3 OBJETIVOS Com base no contexto e no problema so definidos o objetivo geral e os objetivos especficos. 1.3.1 Objetivo Geral O objetivo geral desse trabalho desenvolver um aplicativo mvel para suportar atividades do monitoramento e controle de projetos a ser integrado ao software dotProject.

1 2

Possui mais de 850 mil downloads desde a verso 2.0 (dado levantado no dia 27/11/2010) Possui mais de 2 mil downloads semanais atravs do SourceForge (dado levantado no dia

15

1.3.2 Objetivos Especficos Os objetivos especficos desse trabalho so: 1. Analisar o contexto do trabalho, estudando as reas de gerenciamento de projetos, softwares para gerncia de projetos e dispositivos mveis. 2. Realizar o levantamento do estado da arte, analisando aplicaes mveis j existentes neste contexto. 3. Desenvolver um prottipo funcional de um aplicativo mvel a ser integrado ao dotProject para a plataforma Android. 4. Avaliar o prottipo desenvolvido. 1.3.3 Limitaes No faz parte do escopo deste trabalho estender todas as funcionalidades do dotProject para o aplicativo mvel. So estendidas algumas atividades do grupo de monitoramento e controle de projetos. Somente as funcionalidades selecionadas atravs do estudo so implementadas. Tambm no faz parte deste trabalho desenvolver o aplicativo para ser integrado em outros softwares para gerenciamento de projetos, alm do dotProject. O trabalho visa somente plataforma Android, por ser uma plataforma livre, que possui a menor curva de aprendizado entre as plataformas (CONSTANTINOU, CAMILLERI e KAPETANAKIS, 2010) e uma das mais utilizadas atualmente com 35% do mercado de smartphones no primeiro quarto de 2011 (GARTNER, 2011). 1.4 METODOLOGIA O presente trabalho realizado em quatro etapas: Etapa 1. Fundamentao terica: realizado um estudo da rea de gerncia de projetos, principalmente levantando os conceitos definidos pelo

16

PMI. Posteriormente feita uma anlise dos softwares para gerenciar projetos, onde so discutidas as principais caractersticas e aprofundado o estudo da ferramenta dotProject. Por fim so descritos os dispositivos mveis, suas particularidades e as principais plataformas. As atividades desta etapa so: A1.1 Fundamentar a teoria de GP A1.2 Fundamentar os SGPs A1.3 Fundamentar os dispositivos mveis Etapa 2. Reviso do estado de arte: feita uma anlise sistemtica, de acordo com Kitchenham (2004), com a finalidade de comparar e identificar as principais funcionalidades de softwares para gerncia de projetos em dispositivos mveis utilizando a plataforma Android. As atividades desta etapa so: A2.1 Definio do estudo A2.2 Execuo do estudo A2.3 Extrao e anlise de informao Etapa 3. Concepo e desenvolvimento do prottipo: Com base na anlise feita na reviso do estado da arte concebido um novo aplicativo para a plataforma Android. realizada uma iterao de desenvolvimento, incluindo a anlise de requisitos, projeto, implementao e testes. Em

paralelo anlise de requisitos e projeto realizada a engenharia de usabilidade. A3.1 Analisar o contexto A3.2 Iterao 1 A3.2.1 Anlise de requisitos

17

A3.2.2 Projeto A3.2.3 Implementao A3.2.4 Testes Etapa 4. Avaliao: O aplicativo mvel desenvolvido avaliado em relao utilidade, eficincia, eficcia e satisfao. realizado um teste de usabilidade envolvendo representantes do grupo de usurios (pessoas com conhecimento em gerncia de projetos) coletando dados via observao e por meio de questionrio. A4.2 Definio da avaliao A4.3 Planejamento dos testes de usabilidade A4.5 Execuo dos testes de usabilidade A4.7 Anlise dos dados 1.5 JUSTIFICATIVA O dotProject uma das ferramentas para gerenciamento de projetos de cdigo aberto e gratuita mais utilizadas no mundo2. O projeto conta com a participao da comunidade para estender a ferramenta alm das funcionalidades do ncleo do dotProject. O intuito desse trabalho estender o dotProject para dispositivos mveis e verificar a contribuio de possuir essa ferramenta em celulares. A contribuio cientfica vem atravs do conhecimento documentado na reviso do estado da arte e do modelo conceitual das funcionalidades para suportar atividades do monitoramento e controle no contexto de dispositivos mveis. O resultado da reviso sistemtica da literatura apresenta uma viso geral de aplicaes mveis utilizadas em conjunto com sistemas web de gerenciamento de projetos ePossui mais de 2 mil downloads semanais atravs do SourceForge (dado levantado no dia 27/11/2010)2

18

posteriormente a anlise das funcionalidades suportadas. tambm uma contribuio o modelo conceitual construdo para dispositivos mveis que suporte o monitoramento e controle alinhados ao PMBOK. Indicando possveis formas como ferramentas desse tipo em dispositivos mveis podem suportar a gerncia de projetos. A contribuio de impacto tecnolgico vem atravs do desenvolvimento de um aplicativo para a plataforma Android integrado ao dotProject. O cdigo do aplicativo aberto e est disponvel no Apndice K. A contribuio social vem atravs de um aplicativo de cdigo aberto que possa ser usado, copiado, estudado e redistribudo sem restries pela comunidade do software livre. As empresas podem se beneficiar utilizando o modelo conceitual descrito nesse projeto para estender a ferramenta de gerenciamento que utiliza. Ou utilizar o aplicativo desenvolvido para realizar o monitoramento e controle do projeto mesmo quando no tiver fcil acesso a um computador. E dessa forma procura-se obter uma melhora na taxa de sucesso dos projetos. 1.6 ESTRUTURA DO TRABALHO O presente trabalho est divido em quatro captulos descritos a seguir. No captulo dois feita a fundamentao terica do trabalho onde so apresentados os principais conceitos da rea de gerncia de projetos de acordo com o PMI. So abordados os processos que fazem parte do ciclo de um projeto e reas de conhecimentos envolvidas. Tambm so descritos os SGPs, abordando

principalmente suas funcionalidades. E por fim a descrio de aplicaes mveis.

19

No captulo trs apresentada a reviso do estado da arte de aplicativos mveis de SGPs analisando principalmente os features oferecidos. No captulo quatro descrita a soluo com base em tudo que foi discutido anteriormente. feita uma anlise de requisitos, modelagem, desenvolvimento e teste de um novo aplicativo. No captulo cinco o sistema passa por um teste de usabilidade. So descritos a definio da avaliao, a execuo e os resultados obtidos. O captulo seis faz uma discusso de tudo que foi apresentado. O captulo sete conclui o trabalho, mostrando tudo o que foi feito, quais foram as contribuies e sugestes de trabalhos futuros.

20

2

FUNDAMENTAO TERICA Nesse captulo so apresentados conceitos de gerenciamento de projetos,

softwares para gerenciamento de projetos e aplicativos mveis que so relevantes no contexto do presente trabalho. 2.1 GERENCIAMENTO DE PROJETOS Para entender o que gerenciamento de projetos precisa-se primeiramente definir o que um projeto. Segundo o PMI (2008, p.5) um projeto um esforo temporrio empreendido para criar um produto, servio ou resultado exclusivo. O termo temporrio quer dizer que o projeto possui um ciclo de vida com incio e final determinados. O projeto termina quando seus objetivos forem alcanados ou quando existirem motivos para no continu-lo, por exemplo, por falta de tempo. A exclusividade do projeto est no fato do produto, servio ou resultado possurem caractersticas nicas como custo, tempo, tarefas entre outras (PMI, 2008). Por fim, o projeto possui uma elaborao progressiva que de acordo com o PMI (2004, p.6) significa desenvolver em etapas e continuar por incrementos, ou seja, as caractersticas do resultado do projeto vo sendo incrementadas continuamente enquanto as etapas do projeto vo sendo executadas. Conforme o PMI (2008, p.6) o gerenciamento de projetos a aplicao do conhecimento, habilidades, ferramentas e tcnicas s atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos. A aplicao do conhecimento diz respeito aos processos que devem ser aplicados e integrados para efetivao do gerenciamento de projetos. O PMI (2008, p.37) define processo como sendo um conjunto de aes e atividades inter-relacionadas realizadas para alcanar um produto, resultado ou servio pr-especificado. A aplicao das habilidades e ferramentas feita nas

21

entradas de um processo e resultam em uma ou mais sadas que alimentam outros processos. Os processos esto divididos em cinco grupos de processos de gerenciamento de projetos (PMI, 2008): Iniciao: Contm processos para definio de um novo projeto ou nova fase do projeto. elaborado um documento chamado de termo de abertura de projeto. No termo de abertura so definidos um escopo inicial e um oramento inicial. Tambm so identificadas as partes interessadas no projeto, gerente, equipe, cliente, patrocinadores e etc. O projeto se torna oficialmente autorizado quando o termo de abertura assinado. Planejamento: Esse grupo consiste dos processos realizados para determinar o escopo total do projeto, definir e refinar os objetivos e planejar as atividades para alcanar esses objetivos. Como resultado desse grupo de processos tem-se o plano de gerenciamento de projeto que deve contar com a participao das partes interessadas. Execuo: Heerkens (2002, p.6) disse que o gerenciamento de projetos est relacionado ao fato de projetos serem realmente sobre pessoas fazendo as coisas. Nesse grupo os processos esto relacionados s atividades que so executadas a fim de cumprir os objetivos. O gerente responsvel por coordenar pessoas e recursos de acordo com o plano de gerenciamento de projetos. Monitoramento e controle: Nesse grupo renem-se os processos responsveis por rastrear, revisar e regular o progresso e o desempenho do projeto. Os processos desse grupo visam monitorar o bom andamento do projeto, verificando se o projeto est dentro do escopo, prazo, oramento e caso no esteja, iniciam-se e gerenciam-se aes corretivas.

22

Encerramento: Esse grupo possui dois processos responsveis pela formalizao da completude do projeto ou fase. Ser ento verificado se os objetivos foram alcanados e se o cliente aceita a entrega do projeto. tambm aqui que so discutidas as lies aprendidas.

Os resultados que um processo produz geralmente so consumidos na entrada de outro processo, formando assim, conexes entre os processos, que se pode elevar ao nvel dos grupos de processos conforme a Figura 1 (PMI, 2008).

Figura 1: Conexo entre os grupos de processosFonte: Guia PMBOK. Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos. 3 edio. Pensilvnia: Project Management Institute, 2004.

Os grupos de processos, porm, de acordo com o PMI (2008, p.40) raramente so eventos distintos ou nicos; eles so atividades sobrepostas que ocorrem em diversos nveis de intensidade durante todo o projeto como mostrado na Figura 2.

23

Figura 2: Interao entre os grupos de processosFonte: Guia PMBOK. Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos. 3 edio. Pensilvnia: Project Management Institute, 2004.

Alm da diviso por grupos, os processos tambm so organizados em nove reas de conhecimento (PMI, 2008), sendo elas: Integrao: Os processos dessa rea so os responsveis por identificar, combinar, unificar e coordenar os processos de todas as outras reas do conhecimento. Escopo: Inclui os processos que definem o que ser e o que no ser feito no projeto com a finalidade de garantir que o produto, servio ou resultado s possuir as caractersticas e funes especificadas no projeto. Tempo: Processos relacionados s atividades e a durao delas fazem parte dessa rea de conhecimento. O objetivo gerenciar o tempo para que o projeto encerre no prazo certo.

24

Custos: Envolve todos os processos relacionados ao oramento do projeto, desde as estimativas at o controle de gastos. O projeto deve ser entregue dentro do oramento combinado.

Qualidade: Contm os processos responsveis por determinar, garantir e controlar as polticas e procedimentos de qualidade executados durante todo o projeto.

Recursos humanos: Abrange os processos relacionados equipe do projeto. Segundo o PMI (2004, p.199) a equipe do projeto composta de pessoas com funes e responsabilidades atribudas para o trmino do projeto e essa rea de conhecimento responsvel por form-la, desenvolv-la e gerenci-la.

Comunicaes: De acordo com o PMI (2004, p.10) essa rea descreve os processos relativos gerao, coleta, disseminao, armazenamento e destinao final das informaes do projeto de forma oportuna e adequada e fundamental para o gerente de projetos, visto que boa parte do seu tempo utilizada em contato com as partes interessadas.

Riscos: Inclui os processos responsveis por identificar os riscos e por fazer um planejamento desses riscos buscando facilitar a ocorrncia de eventos positivos e dificultar a ocorrncia dos negativos, mas tendo um plano de resposta para caso ocorram.

Aquisies: Agrupa os processos que tem relao com produtos, servios e resultados que podem ser adquiridos para o projeto e que no fazem parte da equipe do projeto.

25

O quadro 1 mostra os 42 processos definidos pelo PMBOK mapeados nos cinco grupos de processos de gerenciamento de projetos e nas nove reas de conhecimento. Quadro 1: Processos mapeados em grupos e reas do conhecimento. Integrao Iniciao Desenvolver o termo de abertura do projeto

Grupos de processos Planejamento Desenvolver o plano de gerenciamento do projeto

Execuo Orientar e gerenciar a execuo do projeto

Monitoramento e controle Monitorar e controlar o trabalho do projeto Realizar o controle integrado de mudanas Verificar o escopo Controlar o escopo Controlar o cronograma

Encerramento Encerrar o projeto ou fase

Escopo

Tempo

Custo Qualidade

Coletar os requisitos Definir o escopo Criar a EAP Definir as atividades Sequenciar as atividades Estimar os recursos das atividades Estimar as duraes das atividades Desenvolver o cronograma Estimar os custos Determinar o oramento Planejar a qualidade Desenvolver o plano de recursos humanos

Controlar os custos

Fonte: Adaptado de PMBOK Guide. A Guide to the Project Management Body of Knowledge. 4 edio. Pensilvnia: Project Management Institute, 2008. P.43.

Esses processos so ento um subconjunto do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos e so reconhecidos pelo PMI como boas prticas. A aplicao correta desses conceitos pode aumentar a taxa de sucesso dos projetos,

reas do conhecimento

Recursos humanos Identificar as partes interessadas Planejar as comunicaes

Comunicaes

Riscos

Aquisies

Planejar o gerenciamento de riscos Identificar os riscos Realizar a anlise qualitativa de riscos Realizar a anlise quantitativa de riscos Planejar as respostas aos riscos Planejar as aquisies Planejar contrataes

Realizar a garantia de qualidade Mobilizar a equipe do projeto Desenvolver a equipe do projeto Gerenciar a equipe do projeto Distribuir as informaes Gerenciar as expectativas das partes interessadas

Realizar o controle da qualidade

Reportar o desempenho

Monitorar e controlar os riscos

Conduzir as aquisies

Administrar as aquisies

Encerrar as aquisies

26

porm os projetos so nicos e necessrio bom senso para saber o que no deve ser aplicado (PMI, 2008). Como definido no incio desse captulo, faz parte do gerenciamento de projetos a utilizao de ferramentas. O captulo a seguir define um dos tipos de ferramenta que so os softwares para gerncia de projetos. 2.2 SOFTWARE PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS Softwares para Gerenciamento de Projetos (SGPs) so ferramentas que auxiliam principalmente o gerente do projeto. SGPs podem ser usados para diversos fins como planejar, rastrear, monitorar, relatar e comunicar. Existem variados SGPs com diferentes custos, funcionalidades e usabilidades. Kerzner (2001, p.706) define uma lista das principais funes oferecidas pelos SGPs, descritas a seguir: Planejamento, rastreamento e monitoramento. De acordo com Kerzner (2001, p.706) so os recursos mais comuns fornecidos para o planejamento e rastreamento das tarefas, recursos e custos do projeto. Tipicamente as informaes podem ser vistas em tipologias de rede como o mtodo do caminho crtico, o mtodo do diagrama de precedncia e Tcnica de Programa, Avaliao e Reviso (PERT). Dessa forma fcil visualizar as tarefas e suas caractersticas como seu tempo de incio e fim, seus recursos alocados e seus custos. Tambm possvel acompanhar a situao do projeto e compar-lo com o que foi planejado inicialmente. Relatrios. Usurios podem gerar, modificar ou criar relatrios, padronizados ou no, atravs do SGP. Esses relatrios incluem uma srie de diagramas de Gantt, diagramas de rede, sumrios tabulares e grficos de negcio. Kerzner (2001, p.707) cita alguns exemplos de relatrios: relatrio do custo orado do

27

trabalho planejado; relatrio do custo do trabalho realizado; relatrio dos gastos reais versus planejados; anlise do valor agregado; [e outros]. Calendrio do projeto. Permite a visualizao do projeto em semanas considerando os dias teis. Outros perodos sem trabalho como feriados e frias tambm podem ser considerados. Anlise de cenrios (what-if analysis). possvel simular modificaes no projeto e o SGP compara as alternativas mostrando riscos positivos e negativos. Por exemplo, pode-se avaliar a iniciao de uma tarefa mais tarde e ver se ocorreram impactos no oramento ou tempo do projeto. Um estudo de benchmarking em gerenciamento de projetos realizado no Brasil mostrou as funcionalidades fundamentais de um SGP do ponto de vista de 300 organizaes brasileiras (Figura 3). O cronograma foi considerado o mais importante, com 81%, uma das funes principais de um SGP, descritas acima, que permite o planejamento e o controle de execuo do trabalho em funo do tempo. Alm das funcionalidades principais de um SGP podem-se ver outras caractersticas que so consideradas importantes como, por exemplo, o acesso via web com 56%.

28

Figura

3:

Funcionalidades

fundamentais

em

um

SGP

segundo

as

organizaes.Fonte: Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos Brasil 2009, Project Management Institute Chapters Brasileiros.

Observando essas outras caractersticas Blokdijk (2007) define cinco tipos de SGP: Desktop: precisam ser instalados no computador como qualquer outro programa. Normalmente so usados em projetos mais complexos. Baseados na web (web-based): podem ser utilizados a partir de um navegador. A grande vantagem no precisar instalar o aplicativo, podendo acess-lo de qualquer computador com acesso a internet. Pessoal: utilizado para gerenciar tarefas pessoais ou projetos caseiros. nico usurio: onde somente uma pessoa pode acessar, modificar e atualizar o SGP. Colaborativo: onde diversos usurios utilizam o software.

29

Bereaux (2008) refina a diviso das categorias desktop e baseados na web em: Open-source: softwares que podem ser adquiridos sob uma licena gratuita ou que esto sob um domnio pblico. Proprietrio: softwares que precisam ser comprados. Suas licenas podem ser individuais ou da empresa. A Figura 4 mostra os SGPs mais utilizados pelas empresas que participaram do benchmarking. Seguindo o refinamento de Bereux podem-se separar os softwares pesquisados da seguinte forma: SGPs baseados na web: o Open-source: dotProject o Proprietrio: MS Project Server, Oracle Primavera Systems, Project Builder, SAP PS, IBM RPM, CA Clarity, Compuware Changepoint SGPs desktop: o Open-source: OpenProj o Proprietrio: MS Project, WBS Chart Pro, Planview

30

Figura 4: Softwares de apoio ao gerenciamento de projetos mais utilizados.Fonte: Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos Brasil 2009, Project Management Institute Chapters Brasileiros.

Alm das caractersticas de auxlio gerncia de projetos, outras qualidades do SGP devem ser consideradas. Levine (2002), Davidson (2000) e Heerkens (2002) propem alguns critrios que influenciam na seleo de um SGP: Compatibilidade com outros sistemas: Algumas funes podem ser executadas em outros sistemas e deve existir conexo com o SGP. Como por exemplos ferramentas de controle de verso e de bug tracking. Funcionalidades: Devem-se considerar necessidades atuais e prever necessidades futuras, porm sem confundir necessidades futuras adquirindo o software com milhares de funes que nunca sero utilizadas. Custo: Deve se preocupar de acordo com o poder da ferramenta que se necessita, pois um SGP pode chegar a custar dezenas de milhares de

31

dlares (HEERKENS, 2002). Outro custo que deve ser levado em conta o do ciclo do SGP, pois existem os gastos com treinamento, suporte, hardware e outros. Facilidade de uso: Normalmente um SGP com mais funcionalidades ser mais complexo, exigindo mais treinamento. Devem ser considerados a existncia de tutoriais, suporte ao consumidor, boa usabilidade, manuais e outras caractersticas que auxiliam na utilizao, porm quanto mais intuitivo melhor. Uma pesquisa realizada com 605 gerentes de projeto, a maioria afiliados ao PMI, perguntou a eles a importncia de uma srie de caractersticas de um SGP (Figura 5), e posteriormente a impresso que eles tm dessas mesmas caractersticas nos SGPs que utilizam (Figura 6). Mais de 90% responderam que consideram importante ou muito importante que o sistema deva ser fcil de utilizar, no entanto v-se que menos da metade deles tem uma impresso positiva da facilidade do uso dos SGPs que utilizam. E entre as caractersticas menos importantes do SGP estariam a facilidade de uso para os patrocinadores, onde mais de 40% responderam no achar muito importante e menos de 20% tm uma impresso positiva.

32

Figura 5: Importncia das caractersticas de um SGP para gerenciar um projeto.Fonte: Adaptado de Lockwood, Arden. The Project Manager's Perspective on Project Management Software Packages. 2008.

33

Figura 6: Impresso sobre as caractersticas dos SGPs utilizados.Fonte: Adaptado de Lockwood, Arden. The Project Manager's Perspective on Project Management Software Packages. 2008.

Kleim e Ludin (1998, p.162) ressaltam que, a pesar dos benefcios dessas ferramentas, existem diversos desafios em utiliz-las como: fazer as pessoas entenderem o propsito do software; reduzir a curva de aprendizado; aumentar a

34

receptividade das sadas; [e] produzir informao confivel ao invs de lixo. Existem tambm desvantagens na utilizao de SGPs, principalmente os iniciantes na rea que acreditam que gerenciar um projeto apenas utilizar um SGP (HEERKENS, 2002). Nem mesmo a mais poderosa ferramenta de gerenciamento substitui as habilidades interpessoais de um gerente (KERZNER, 2001). Por isso importante reforar que o SGP somente uma ferramenta, que tem como objetivo auxiliar o gerenciamento do projeto, se for bem utilizada. Existem diversos tipos de ferramentas com diversas funcionalidades, porm a facilidade de uso do software uma das caractersticas mais valorizadas pelos usurios. Dentre as ferramentas baseadas na web e de software livre o dotProject um dos mais utilizados. Por ser uma das ferramentas de cdigo disponvel com maior presena no mercado foi a ferramenta escolhida para ser utilizada no trabalho. O prximo captulo apresenta as caractersticas dessa ferramenta. 2.2.1 dotProject dotProject (http://www.dotproject.net) um SGP que assim como outros SGPs, fornece ferramentas para o gerenciamento de tarefas, tempo, comunicao e compartilhamento. Alm disso, o dotProject tambm um framework, pois permite que suas funcionalidades sejam estendidas. um SGP baseado na web e opensource. A licena utilizada a GNU General Public License (GPL), que permite: a utilizao do software para qualquer fim; acesso ao cdigo-fonte; redistribuio de cpias e a edio do cdigo, desde que ele continue sendo aberto.

35

Possui mais de 900 mil downloads desde a verso 2.0, sendo que a ltima verso 2.1.5, de janeiro de 2011, possui quase 50 mil downloads (DOTPROJECT, 2011). O projeto possui registro no SourceForge desde 28 de fevereiro de 2001. Segundo a documentao do dotProject (2010) a instalao bsica traz os mdulos do ncleo que so o mnimo necessrio para gerenciar um projeto. So 17 mdulos descritos a seguir em ordem alfabtica: 1. Arquivos: permite o armazenamento e versionamento de arquivos por projetos. 2. Backup: permite a criao de uma cpia de segurana da base de dados, essa copia um arquivo XML. 3. Busca inteligente: permite a busca de contedo atravs de todos os mdulos. 4. Calendrio: fornece as funcionalidades de edio de eventos e vrias formas de visualizao do calendrio como em miniatura, por dia, por semana e por ms. 5. Contatos: fornece o armazenamento de informao de contatos relacionados ao projeto. 6. Departamentos: um subconjunto de empresas, possibilita o agrupamento de usurios ou projetos dentro de uma empresa. 7. Empresas: so as entidades que vo agrupar projetos e usurios. 8. Fruns: similar aos fruns de discusses da web que utiliza a estrutura de tpicos. 9. Grfico de Gantt: grfico que mostra as tarefas do projeto e a durao delas. (Figura 7).

36

Figura 7: Grfico de Gantt gerado pelo dotProject. 10. Histrico: permite a auditoria atravs de logs de acessos e mudanas. 11. Links: gravao de links importantes ou frequentemente utilizados. 12. Projetos: os projetos agrupam as tarefas que precisam ser executadas. (Figura 8)

Figura 8: Menu de projetos. 13. Recursos: aonde so incorporados recursos no humanos, como salas ou equipamentos.

37

14. Relatrios: permite a gerao de relatrios de andamento do projeto. 15. Sistema administrativo: inclui todas as configuraes das opes entre elas a de definir o papel dos usurios do sistema e as permisses. 16. Tarefas: unidades de trabalho que mostram o trabalho que deve ser feito, quanto tempo deve ser gasto. Tambm possvel atualiz-las e acompanhar seu progresso (Figura 9).

Figura 9: Lista de tarefas. 17. Usurio administrador: utilizado para gerenciar o dotProject. O dotProject tambm um framework, permitindo o desenvolvimento de novos mdulos e outras customizaes como por exemplo o tema. Alm dos mdulos do ncleo, existem mdulos adicionais que foram desenvolvidos pela comunidade, e no pela equipe de desenvolvimento do dotProject. O cdigo fonte do dotProject est disponvel nos controladores de verso Github e Subversion. feito nas

38

linguagens PHP e JavaScript. Utiliza o banco de dados MySQL e precisa de um servidor web para sua instalao. De acordo com Jordan (2007, p.12) o dotProject uma boa escolha para organizaes que precisam de um SGP que no tenha taxas, tenha uma generosa licena de uso, seja estvel, funcione nos grandes browsers, tenha uma comunidade que preste suporte, tenha permisses granulares, e seja escalvel. Pode ser aplicado em diversos ambientes como escritrios, gerenciamento pessoal, empresas e escolas (DOTPROJECT, 2010). Possui a vantagem de SGPs baseados na web que a utilizao atravs do browser, no necessitando de instalao e possibilitando o acesso remoto (HORINE, 2009). As permisses granulares fornecem outra vantagem de SGPs baseados na web citada por Horine (2010, p.358), que a maior visibilidade e abertura do SGP, onde todos os interessados (stakeholders) do projeto podem acessar o dotProject, cada um com uma permisso diferenciada. Apesar de ser uma ferramenta com uma boa representatividade no mercado, ainda no foi visto nenhum esforo em lanar uma verso do dotProject para dispositivos mveis. E apesar de ser um sistema web, que pode ser acessado dos navegadores de dispositivos mveis, sua interface no otimizada para telas pequenas, como mostrado na Figura 10. Essa falta de otimizao pode fazer com que o usurio final tenha dificuldades de acessar o contedo que deseja obter. Outras desvantagens que podem ocorrer: formatao incorreta dos dados; navegador no ser capaz de renderizar todos os recursos do site; ter que colocar e retirar zoom; ou perder muito tempo com a rolagem do site.

39

Figura 10: Pgina de projetos (esquerda) e diagrama de Gantt (direita) na tela do emulador de 3.3 polegadas. O prximo captulo apresenta os aplicativos mveis que o formato pretendido para a extenso do dotProject. 2.3 APLICAES MVEIS Primeiramente necessrio definir o que so dispositivos mveis e suas caractersticas antes de entender o que diferenciam suas aplicaes. Firtman (2010) define o dispositivo mvel como sendo aquele que possui as seguintes caractersticas: Porttil: Que possa ser carregado sem muito esforo, como um molho de chaves ou uma carteira. Pessoal: Cada pessoa tem seu prprio dispositivo, com suas customizaes e normalmente no se compartilha sua utilizao. Companheiro: possvel estar com o dispositivo o tempo todo.

40

Fcil de usar: No sentido de condies de uso, como por exemplo, no necessrio utilizar o dispositivo sentado, ou num lugar com tima iluminao, ou ter que esperar dois minutos para que o sistema esteja pronto para uso.

Conectado: Deve ser possvel conectar na internet quando necessrio.

A definio de Firtman (2010) inclusive desconsidera alguns celulares como dispositivos mveis por no possurem a ltima caracterstica de ser conectado. Alm dos celulares, tambm so considerados dispositivos mveis: tablets, por exemplo, o iPad; e-readers, por exemplo, o Kindle; e outros aparelhos com as caractersticas de dispositivos mveis como, por exemplo, o iPod Touch (Figura 11).

Figura 11: Exemplos de dispositivos mveis. Outras capacidades e funcionalidades de dispositivos mveis podem ser dividas em trs classes, conforme Figura 12 (FITZEK, REICHART, 2007): Interface com o usurio. Diferentes tipos de entrada e sada de dados como alto-falante, microfone, cmera, tela, sensor e teclado. Alguns tipos de sensores so de: movimento, localizao, iluminao entre outros.

41

Interface de comunicao. Divididas em duas: a interface celular como GSM e 3G; e a interface de curto alcance como wi-fi, bluetooth e infravermelho.

Recursos internos. Componentes da estrutura do dispositivo como unidade de armazenamento, unidade de processamento central e bateria.

Figura 12: Capacidades e funcionalidades de um dispositivo mvel.Fonte: Adaptado de Fitzek, Frank & Reichart, Frank. Mobile Phone Programming. 2007.

As interfaces de comunicao no esto disponveis em todos os dispositivos e nem o tempo todo (FITZEK, REICHART, 2007). As comunicaes de curto alcance geralmente precisam de outros dispositivos como roteadores wireless ou outros celulares. A cobertura das redes de comunicao tambm no atinge todos os lugares, principalmente a rede 3G que uma tecnologia recente. At mesmo a rede de voz sofre interferncias, por exemplo, dentro de elevadores. Comparados com os computadores, os recursos internos dos dispositivos mveis possuem algumas limitaes. O espao de armazenamento reduzido, a CPU no to rpida e a bateria limita o tempo de uso do dispositivo (FITZEK, REICHART, 2007). Todas essas caractersticas influenciam nas aplicaes desenvolvidas, pois

42

no podem ser to pesadas que no caibam nos dispositivos ou que no possam ser processados em tempo razovel. Aplicaes que utilizem muito a CPU vo diminuir o tempo de vida da bateria, algo que deve ser evitado. Essas limitaes na maior parte do tempo ficam invisveis ao usurio, por isso o ponto principal no desenvolvimento de aplicaes mveis a usabilidade do sistema (MIKKONEN, 2007). Firtman (2010) ressalta as principais diferenas entre a usabilidade do computador e de dispositivos mveis, conforme quadro 2. Quadro 2: Diferenas entre dispositivos mveis e computadores.Caracterstica Tamanho da tela Resoluo da tela Orientao da tela Mtodos de entrada Dispositivo Mvel Menor do que 4 polegadas No existe padro e varia bastante. Celulares com tela sensvel ao toque possuem resolues variando de 240x480 at 640x960 Vertical, horizontal e quadrada (Figura 13) Teclado numrico, teclado QWERTY, teclado virtual na tela, toque, reconhecimento de voz Computador Maior do que 15 polegadas Monitores full HD possuem resoluo de 1920 x 1080 Horizontal Teclado e mouse

Figura 13: Capacidades e funcionalidades de um dispositivo mvel.Fonte: Adaptado de Firtman, Maximiliano. Programming the Mobile Web. 2010.

43

Dispositivos mveis so utilizados em diferentes contextos do que computadores pessoais e notebooks (MEHTA, 2008). Normalmente utiliza-se o computador sentado confortavelmente, em um ambiente bem iluminado, em um tempo dedicado para essa utilizao (MIKKONEN, 2007). Enquanto o celular utilizado em diversas situaes, entre uma tarefa e outra, para ter um acesso rpido a alguma informao (MIKKONEN, 2007). Alm das caractersticas fsicas particulares dos dispositivos mveis, ainda existem diversas marcas, modelos e plataformas que precisam ser levados em conta no desenvolvimento. Cada uma possui suas prprias ferramentas, linguagem de programao e uma srie de dispositivos que a suportam. As principais no mercado so: iOS: Sistema operacional proprietrio da Apple utilizado em iPhones, iPad e iPods. Android: Sistema operacional open-source desenvolvida pela Google. Symbian: Atualmente open-source, foi desenvolvida pela Nokia. Java: Java no um sistema operacional, mas diversos sistemas operacionais tem suporte para essa plataforma. BlackBerry: Desenvolvida pela Research In Motion. um sistema operacional que visa o mercado corporativo. Windows: Existem o Windows Mobile e, mais recentemente, o lanamento do Windows Phone 7. E ainda outras como o Web OS da Palm, o Meego da Intel e Nokia, o Bada da Samsung.

44

Segundo o Gartner (2011) o Android foi responsvel por 22,7% da venda de smartphones para usurios finais em 2010 (Figura 14, esquerda) e deve dominar 38,5% das vendas em 2011 (Figura 14, direita). Possui a menor curva de aprendizado e utiliza a linguagem Java para desenvolvimento (CONSTANTINOU, CAMILLERI e KAPETANAKIS, 2010).

Figura 14: Porcentagem de venda de smartphones em 2010 (esquerda) e a previso para 2011 (direita).Fonte: Adaptado de Gartner. Gartner Says Android to Command Nearly Half of Worldwide Smartphone Operating System Market by Year-End 2012. 2011.

2.3.1 Android Android um sistema operacional independente de marcas e modelos. opensource e roda no Linux. um sistema multi-tarefa baseado no conceito de mquinas virtuais que executam bytecode. A linguagem principal dessa plataforma o Java (ANDROID DEVELEPORS, 2011). No uma obrigatoriedade, mas atualmente todos os dispositivos Android possuem tela sensvel ao toque. Vrios desses dispositivos possuem GPS, bssola digital e acelermetro.

45

O Android tem sofrido um problema de fragmentao, pois por ser um sistema de cdigo livre, ele pode ser alterado. As construtoras tm customizado as verses de Android lanadas e no acompanham o lanamento das novas verses do sistema operacional. A cada duas semanas a Google divulga um grfico baseado no nmero de dispositivos Android que acessaram o Android Market durante aquelas duas semanas. A predominncia do mercado atual da verso 2.2, porm a verso 2.1 ainda ocupa uma grande fatia do montante (Figura 15). Apesar da verso 3.0 j estar no mercado, os desenvolvedores tm que ficar atentos situao do mercado.

Figura 15: Grfico baseado no nmero de dispositivos Android que acessaram o Android Market no perodo de 18 de abril a 2 de maio de 2011.Fonte: Android Developers. Platform Versions. 2011.

Por seguir a filosofia de ser open-source, por possuir ferramentas gratuitas e por estar crescendo no mercado, foi o sistema escolhido para receber a verso mvel do dotProject. No prximo captulo descrita a reviso do estado da arte, que avalia os softwares para gerncia de projetos para dispositivos mveis de plataforma Android.

46

3

REVISO DO ESTADO DA ARTE Para levantar o estado da arte realizada uma reviso sistemtica da literatura

com o objetivo de identificar, avaliar e interpretar as pesquisas importantes na rea de desenvolvimento de aplicaes mveis de gerenciamento de projetos. Somente foram levados em conta os softwares que possuam verso mvel para a plataforma Android, por ser o alvo desse trabalho. A reviso foi realizada seguindo as fases e tarefas propostas por Kitchenham (2004), que so: 1. Primeira fase: planejar a reviso 1.1. Identificar a necessidade da reviso 1.2. Desenvolver o protocolo de reviso 2. Segunda fase: conduzir a reviso 2.1. Identificar as fontes de busca relevantes 2.2. Selecionar os estudos primrios 2.3. Estudar a qualidade da avaliao 2.4. Extrao e monitorao dos dados 2.5. Sintetizar os dados 3. Terceira fase: documentar a reviso O objetivo encontrar aplicativos para dispositivos mveis para gerenciar projetos e revis-los a fim de responder as seguintes questes: relevante a utilizao de software para gerenciamento de projetos via dispositivos mveis? Quais funcionalidades so suportadas via dispositivos mveis? Quais os benefcios trazidos?

47

Quais

questes

de

usabilidade

devem

ser

levadas

em

conta

no

desenvolvimento? As fontes utilizadas para a busca foram a IEEEXplore (http://ieeexplore.ieee.org), a ACM Digital Library (http://portal.acm.org), Source Forge (http://sourceforge.net), Google Code (http://code.google.com) e Google (http://www.google.com). A busca foi realizada no dia 02 de novembro de 2010 e os dados da pesquisa esto no quadro 3. Quadro 3: Dados da pesquisa.Base de dados IEEEXplore ACM Digital Library SourceForge Google Code Google String de busca "Abstract":"project management" AND (mobile OR cellphone OR phone) (Abstract:"project management") and (Abstract:mobile or Abstract:cellphone or Abstract:phone) "project management" AND mobile ("project management software" OR "project management application") AND (mobile OR phone OR cellphone) ("project management software" OR "project management application") mobile Result. 71 18 5 8 4.520.000 Analis. Seleci. 71 18 5 8 100 0 0 0 1 3

Todos os resultados da busca foram analisados pelo autor em termos de sua relevncia adotando trs critrios de excluso. 1. Resultados que pelo ttulo e resumo no mostraram nenhuma relao com dispositivos mveis e/ou gerncia de projetos. Entendeu-se por resumo nas fontes IEEEXplore e ACM Digital Library o abstract dos artigos resultantes. E nas fontes SourceForge, Google Code e Google a descrio dos itens resultantes. 2. Resultados que no apareciam entre os 100 mais relevantes segundo o motor de busca das fontes utilizadas.

48

3. Resultados que no possuam verso para a plataforma Android e que no possuam integrao com algum SGP baseado na web ou desktop. Aplicando estes critrios de excluso restaram 4 resultados das buscas originais. Estes resultados foram examinados atravs do site da ferramenta, imagens, vdeos e documentao. As ferramentas encontradas so descritas a seguir. 3.1 BASECAMP

Basecamp (http://basecamphq.com) um SGP proprietrio baseado na web para empreendedores, freelancers, pequenos negcios e grupos dentro de grandes organizaes. A ferramenta foca na comunicao, compartilhamento de

documentos, gerenciamento de tarefas e reutilizao de modelos de projeto. Est disponvel em diversas linguagens entre elas ingls, portugus e espanhol. As verses para celular so extenses e no foram feitas pela desenvolvedora do Basecamp. Existem diversas extenses para vrias plataformas mveis, duas delas so para Android: Beacon e Timy. Os aplicativos esto disponveis em ingls. As funes contidas nessas extenses so: Projetos: Visualizao de diferentes projetos (Figura 16, direita), e para cada projeto acesso a um resumo das informaes do projeto, como mensagens, tarefas e comentrios. Mensagens: Adio de mensagens que podem ser visualizadas pelos membros do projeto. Comentrios: Comentrios em mensagens e metas do projeto. Tarefas: Adio de grupos de tarefas e tarefas, atribuio de

responsabilidade pela tarefa.

49

Metas: Metas do projeto com definio de data e responsabilidade de entrega.

Sincronizao de dados: Os dados so sicronizados com a verso web quando existe conexo com a rede.

Horas trabalhadas: Contador de horas de trabalho (Figura 16, esquerda).

Figura 16: Interface do Timy (esquerda) e Beacon (direita). 3.2 CONNECTWISE

ConnectWise (http://www.connectwise.com) uma soluo completa para negcios na rea de tecnologia da informao, incluindo ferramentas para gerenciar projetos. um software proprietrio e desktop. A verso mvel um adicional que pode ser comprado separadamente. Possui verses para web mvel e aplicativos para iPhone e Android. O aplicativo est disponvel em ingls. O aplicativo possui armazenamento de dados locais permitindo a utilizao mesmo sem conexo com a internet. Outras funcionalidades so:

50

Atividades: Visualizao e criao de novas atividades com descrio da tarefa, tempo de durao e atribuio de responsveis.

Agenda: Visualizao por dia da semana com as tarefas do dia (Figura 17, esquerda).

Lista de contatos: Visualizao de contatos relacionados ao projeto.

Figura 17: Interface do ConnectWise Mobile mostrando agenda (esquerda) e menu principal (direita). 3.3 GTDAGENDA

Gtdagenda (http://www.gtdagenda.com) um SGP proprietrio baseado na web com funcionalidades padro como definio de objetivos, lista de projetos, diviso por tarefas e aes, utilizao de contextos que define onde ou como a tarefa deve ser cumprida. As verses mveis esto disponveis nas plataformas web mvel e Android. O aplicativo est disponvel em ingls. Atravs do aplicativo possvel: Projetos: Visualizao de projetos. Tarefas: Visualizao de tarefas.

51

Sincronizao de dados: Os dados so sincronizados com a verso web quando existe conexo com a rede.

Mensagens: Mensagens recebidas dentro do sistema (Figura 18).

Figura 18: Interface do Gtdagenda, mostrando a caixa de mensagens. 3.4 RALLY

Rally (http://www.rallydev.com) um SGP proprietrio baseado na web para gerenciar projetos de desenvolvimento gil. Entre suas funcionalidades esto: gerao de relatrios; quadro de estrias, de tarefas e Kanban; e integrao com outras ferramentas. Existem verses mveis para iPhone e Android. A verso para Android est sendo desenvolvida por um funcionrio da empresa Rally, porm no um componente oficial. O aplicativo est disponvel em ingls. Ainda est em desenvolvimento, possui cdigo aberto, e at agora possui as seguintes funcionalidades: Planning poker: para que os membros do projeto faam uma estimativa de esforo por tarefa (Figura 19).

52

Tarefas: Visualizao de tarefas. Situao da iterao: Visualizao do andamento do projeto.

Figura 19: Interface do RallyDroid. 3.5 DISCUSSO Poucos aplicativos foram encontrados, provavelmente pelo fato da plataforma Android ser nova e ter aparecido no mercado no ltimo ano. Alm dos aplicativos que foram selecionados para reviso, existiam outros aplicativos mveis de gerenciamento de projetos para outras plataformas, como iOS e web mvel. Os aplicativos para web mvel no possuam uma usabilidade to atrativa quanto dos aplicativos para Android e iOS, pois utilizavam uma tecnologia com recursos limitados para web mvel. Os aplicativos para iOS possuem a restrio de s funcionar em iPhone, iPods ou iPads, prendendo o usurio a um tipo especfico de aparelho da construtora Apple. Por outro lado a plataforma Android mais flexvel e est presente em alguns aparelhos um pouco mais acessveis e de diversas construtoras.

53

No foram encontrados aplicativos mveis para os SGPs mais utilizados descritos no captulo 2.2. Os mais prximos achados foram aplicativos para Windows Mobile que permitiam a visualizao de arquivos gerados pelo MS Project da Microsoft, como por exemplo, o Pocket Plan (http://www.twiddlebit.com). Com base nesta avaliao as informaes relevantes referente s questes citadas anteriormente so descritas a seguir. Quanto relevncia da utilizao de software para gerenciamento de projetos via dispositivos mveis, como no foi encontrado nenhum trabalho cientfico, no ficou clara a sua relevncia. As funcionalidades suportadas pelos aplicativos analisados foram identificadas e apresentadas no quadro 4. Todos so relacionados a um software de gerenciamento de projetos web ou desktop. As caractersticas mais relevantes foram selecionadas, e nenhum dos aplicativos possui todas elas. Uma das caractersticas consideradas mais relevantes a sincronizao de dados, pois permite que o usurio consiga manipular os dados mesmo no possuindo uma conexo de rede.

54

Quadro 4: Comparao das ferramentas.Aplicativo Empresa Site SGP integrado Lngua Disponvel no Android Market Licena Preo Verso Sincronizao de dados Projetos Tarefas Timy Nascom www.timy.be

ConnectWise Mobile Binary Duo ConnectWise Beacon www.connectwis www.binarydu e.com/connectwi o.com/beacon se-mobile-1.aspx

Gtdagenda David Allen www.gtdagenda.c om/android.php

Rallydroid Rally code.google.com/p/r allydroid

Basecamp Ingls Sim

Basecamp Ingls Sim

ConnectWise Ingls Sim

Gtdagenda Ingls No

Rally Ingls No

Proprietrio Proprietrio Proprietrio Grtis Pago Grtis 1.1.1 Sim Sim No No Sim No No 1.0.7 Sim Sim Sim No No Sim Sim 1.3 Features Sim Sim Sim Sim Sim Sim No

Proprietrio Open source No disponvel Grtis Informao no Em disponvel desenvolvimento Sim Sim Sim No No No Sim No No Sim No No No No

(visualizao/edio) (visualizao/edio)

Cronograma

(visualizao/edio)

Quadro de horrios Contatos Mensagens (para comunicao com a equipe)

Quanto aos benefcios, os aplicativos mveis se mostraram como um adicional ao sistema web ou desktop. No SGP so feitos a iniciao e o planejamento do projeto, enquanto a componente mvel auxilia a fazer a monitoria e controle do projeto. Em relao ao monitoramento e controle em geral os aplicativos analisados focam em: monitorar e controlar o trabalho do projeto, controlar o cronograma e reportar o desempenho. Na questo de usabilidade no foi possvel realizar um estudo aprofundado visto que havia algumas limitaes como aplicativos pagos ou que nem estavam disponveis no Android Market.

55

Assim como os SGPs, os aplicativos para gerenciar projetos em dispositivos mveis se mostraram mais atuantes no grupo de processos de monitoramento e controle. As reas de conhecimento mais abordadas so principalmente as de tempo e comunicao, e um pouco de escopo. Esses aplicativos basicamente focam nas funcionalidades de: rastreamento e monitoramento de projetos e tarefas; cronograma do projeto; e comunicao com membros da equipe.

56

4

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO MVEL INTEGRADO AO DOTPROJECT Com base nos resultados da reviso sistemtica de literatura, foi desenvolvido o

aplicativo mvel dotProject Mobile. Com respeito s aplicaes mveis importante considerar a utilidade das aplicaes sendo desenvolvidas. Nem todas as aplicaes fazem sentido em serem estendidas para dispositivos mveis. Dentro desta questo sero analisados possveis cenrios de uso de um aplicativo mvel complementando um SGP baseado na web. Conforme observado no estado da arte, o uso de dispositivos mveis no gerenciamento de projetos faz sentido principalmente no monitoramento e controle de projetos. Nesse captulo apresentada a proposta da soluo do problema baseado no que foi exposto anteriormente. So feitas uma anlise de requisitos, a modelagem conceitual, a implementao e os testes do prottipo. 4.1 ANLISE DE REQUISITOS A idia desenvolver um aplicativo que estenda o dotProject para dispositivos mveis. Os dispositivos mveis alvos so os smartphones que possuem o sistema operacional Android com verso 2.1 ou superior, por abranger a maior parte do mercado, como foi visto anteriormente. Esse sistema ser um complemento verso web do dotProject visando auxiliar o gerente de projetos na rea de monitoramento e controle.

57

O aplicativo ser utilizado pelo gerente de projetos em situaes que este no est em frente ao seu computador e notebook. Nessas situaes, a soluo proposta nesse trabalho visa possibilitar o gerente de projeto a monitorar e controlar projetos via celular, um dispositivo hoje sempre presente. Para este prottipo apenas a plataforma Android ser contemplada por possuir uma baixa curva de aprendizado e por estar bem inserida no mercado. Porm futuramente poder ser estendida para outras plataformas como o iOS ou Windows Phone 7. A inteno desse trabalho desenvolver um primeiro prottipo para a plataforma Android para possibilitar a avaliao do conceito em si, verificando a questo de utilidade de suporte de ferramentas de GP via celulares. Atravs da reviso do estado da arte foram identificadas as seguintes atividades do grupo de monitoramento e controle que so relevantes em termos de utilidade para dispositivos mveis: Monitorar e controlar o trabalho do projeto: Segundo o PMBOK, o processo utilizado para coletar, medir e disseminar informaes sobre o desempenho e avaliar as medies e as tendncias para efetuar melhorias no processo. Faz parte desse processo a emisso de relatrios de andamento, medio do progresso e previso. Reportar o desempenho: Segundo o PMBOK o processo necessrio para coletar e distribuir informaes sobre o desempenho. Isso inclui relatrio de andamento, medio do progresso e previso. As vantagens previstas por um sistema mvel so a possibilidade do gerente sempre estar informado sobre o projeto, podendo monitor-lo e control-lo mesmo quando estiver longe de sua estao de trabalho. No caso de tarefas atrasadas o

58

gerente ter a possibilidade de prontamente entrar em contato com o responsvel pela tarefa, seja por uma ligao ou por e-mail. O primeiro prottipo permite aos usurios a visualizao rpida das caractersticas do projeto, das tarefas atrasadas e a comunicao com os responsveis pelas mesmas. Essas funcionalidades foram escolhidas, pois vo permitir que o gerente usufrua das vantagens de possuir informaes sobre o projeto com mais mobilidade e vai auxili-lo a monitorar e controlar o andamento do projeto. 4.1.1 Casos de Uso Conforme as atividades de monitoramento e controle identificados como teis a serem suportados por ferramentas de GP via celulares, foca-se no presente trabalho nos seguintes casos de uso. Autenticar usurio: O gerente precisa se autenticar para poder ter acesso s informaes do servidor (descrito de forma detalhada no quadro 5). Quadro 5: Caso de uso detalhado Autenticar usurio.Ator primrio Gerente de projeto Informaes do servidor, login e senha. Pr-condies Acesso a internet. Aplicativo instalado no dispositivo. Ps-condies Gerente autenticado no sistema. 1. Usurio entra com informaes de autenticao a. URL do servidor onde o dotProject est instalado b. Usurio Fluxo principal c. Senha 2. Sistema autentica usurio 3. Sistema mostra uma lista de projetos 1a. Sistema j possui as informaes de autenticao salvas 2a. Sistema no autentica usurio, por informaes incorretas 1. Usurio abre o menu de opes Fluxo alternativo 2. Usurio seleciona definies 3. Usurio reinsere informaes de autenticao 3a. Sistema no mostra lista pois no existem projetos no servidor

59

Requisitos no funcionais

Celular com Android verso 2.1 ou superior Conexo com a internet Frequncia Sempre que o aplicativo for utilizado

Visualizar projetos: O gerente de projetos precisa visualizar informaes do projeto, porm encontra-se longe da sua estao de trabalho. Ele pega seu smartphone, verifica se h conexo com a internet e abre o aplicativo do dotProject. Ele se autentica, caso no o tenha feito anteriormente. Escolhe um dos projetos que gostaria de visualizar. Uma tela com as informaes do projeto abre e o gerente pode navegar por ela (descrito de forma detalhada no quadro 6). Quadro 6: Caso de uso detalhado Visualizar projetosAtor primrio Gerente de projeto Gerente de projetos: Quer visualizar informaes importantes e de forma resumida do projeto. Quer visualiz-las de forma rpida e clara. Empresa: Quer que o gerente esteja sempre informado do andamento dos projetos para que eles sejam entregues dentro do tempo, oramento e escopo. Usurio autenticado. Gerente informado sobre as informaes do projeto. 1. Usurio escolhe projeto 2. Sistema mostra lista de opes 3. Usurio escolhe visualizar projeto 4. Sistema mostra informaes do projeto a. Nome do projeto b. Companhia c. Companhia interna d. Nome pequeno e. Data de incio f. Data de fim planejado g. Oramento planejado h. Dono do projeto i. URL j. Estado do projeto k. Prioridade l. Tipo m. Progresso n. Horas trabalhadas

Partes interessadas

Pr-condies Ps-condies

Fluxo principal

60

o. Horas agendadas p. Horas do projeto q. Descrio Requisitos no funcionais Rapidez no acesso informao (menos de 1 segundo) Frequncia Quase sempre que o aplicativo for utilizado

Visualizar tarefas atrasadas: O gerente de projetos quer verificar se existem tarefas atrasadas, porm encontra-se longe da sua estao de trabalho. Ele pega seu smartphone, verifica se h conexo com a internet e abre o aplicativo do dotProject. Ele se autentica, caso no o tenha feito anteriormente. Escolhe um dos projetos que gostaria de verificar. Uma tela com as tarefas atrasadas aparece e o gerente pode visualizar quem o responsvel por ela (Descrito de forma detalhada no quadro 7). Quadro 7: Caso de uso detalhado Visualizar tarefas atrasadas.Ator primrio Gerente de projeto Partes interessadas Pr-condies Ps-condies Gerente de projetos: Quer visualizar informaes importantes sobre tarefas atrasadas, tais como nome da tarefa e responsvel por ela. Empresa: Quer que o gerente esteja monitorando as tarefas para que elas no atrasem. Usurio autenticado. Gerente informado sobre a existncia de tarefas atrasadas. 1. Usurio escolhe projeto 2. Sistema mostra lista de opes 3. Usurio escolhe tarefas atrasadas 4. Sistema mostra duas abas a. Tarefas atrasadas b. Tarefas que deviam ter comeado 5. Para cada aba sistema mostra uma lista de tarefas com as informaes a. Nome da tarefa b. Responsvel pela tarefa 5a. Sistema no mostra lista, pois no existem tarefas atrasadas Rapidez no acesso informao (menos de 1 segundo) Quase sempre que o aplicativo for utilizado

Fluxo principal

Caminhos alternativos Requisitos no funcionais Frequncia

61

Entrar em contato com responsvel por tarefa atrasada: O gerente de projetos quer entrar em contato com o responsvel por uma (ou mais) tarefa(s) atrasada(s). O gerente navega pelo projeto escolhido, visualiza a lista de tarefas atrasadas e acessa o menu de contexto dela. O gerente escolhe entre ligar ou mandar e-mail e entra em contato com o responsvel (Descrito de forma detalhada no quadro 8). Quadro 8: Caso de uso detalhado - Entrar em contato com responsvel por tarefa atrasada.Ator primrio Gerente de projeto Gerente de projetos: Quer entrar em contato com o responsvel por alguma tarefa atrasada para saber o motivo do atraso. Partes interessadas Empresa: Quer que o gerente tome alguma atitude quando alguma tarefa estiver atrasada. Pr-condies Ps-condies Usurio autenticado. Tarefa atrasada selecionada. Gerente informado sobre o motivo do atraso. 1. Usurio acessa o menu de contexto da tarefa 2. Sistema mostra as opes a. Telefone b. E-mail 3. Usurio escolhe uma opo 4. Sistema abre o aplicativo do celular de acordo com a opo selecionada 5. Usurio entra em contato com responsvel por tarefa atrasada Celular que possa efetuar chamadas Aplicativo que envie e-mail Acesso a internet Somente quando houver tarefas atrasadas

Fluxo principal

Requisitos no funcionais Frequncia

4.2

DESIGN A seguir, a descrio da arquitetura e da interface do aplicativo.

4.2.1 Arquitetura O aplicativo utiliza a componente Activity da plataforma Android, que representa uma nica tela com interface de A usurio Activity

(http://developer.android.com/guide/topics/fundamentals/activities.html).

62

DotProject responsvel por gerenciar informaes relevantes s outras Activities. As outras Activites estendem DotProject. O aplicativo se conecta com o servidor do dotProject atravs do protocolo HTTP, que j suportado por ele, de acordo com os comentrios no cdigo fonte do dotProject. Dessa forma possvel autenticar-se perante o servidor e posteriormente requisitar pginas HTML que so processadas e tm seus dados extrados para que cada Activity receba as informaes do servidor e formate os dados para mostrar na tela. Para esse prottipo no foi utilizado o protocolo HTTPS, pois no era mencionado na documentao.Activity

DotProject

OverdueTasks

ProjectList

ViewProject

MenuOptions

DotProjectServer

Http Request

dotProject Server

Figura 20: Arquitetura do sistema. 4.2.2 Design de Interface Nessa seo apresentado o design de interface das telas. A interface foi construda utilizando objetos View e ViewGroup da plataforma Android

(http://developer.android.com/guide/topics/ui/index.html). As subclasses de View oferecem objetos como botes e campos de textos. As subclasse de ViewGroup oferecem objetos de layout, que so responsveis pela organizao de objeto na tela, por exemplo de forma linear, tabular ou relativa. Os objetos View tem propriedades que definem seu tamanho e posicionamento na tela. A interface de usurio de uma atividade definida atravs de uma hierarquia de objetos View e ViewGroup. Para descrever essa hierarquia so utilizados arquivos XML, dessa

63

forma, oferecendo uma melhor legibilidade. Cada Activity do projeto tem sua interface definida em um arquivo XML. Quadro 9: Telas do aplicativo e descrio. cone do aplicativo. Autenticao. Menu de opes.

Lista dos projetos.

Opes para o projeto.

Detalhes do projeto.

64

Tarefas atrasadas.

Opes de contato.

E-mail.

4.3

IMPLEMENTAO

O aplicativo foi desenvolvido utilizando as ferramentas disponveis no Software Development Kit (SDK) da plataforma Android. A utilizao dessas ferramentas foram feitas atravs do Integrated Development Environment (IDE) Eclipse utilizando o plugin Android Development Tools (ADT). A linguagem utilizada foi o Java. A verso alvo do desenvolvimento foi a 2.1, pois ainda possui grande fatia do mercado e as verses mais novas tm total suporte a ela. Para depurar o aplicativo foram utilizados emuladores que fazem parte do SDK do Android e um celular Google Nexus S com verses 2.3.1 e 2.3.4 do Android. No lado do servidor foi instalado o dotProject em um servidor Suse da UFSC. O cdigo fonte est disponvel no Apndice K.

65

4.4

TESTES

Os testes foram construdos a partir dos casos de uso definidos na anlise de requisitos. O quadro 10 mostra a anlise dos casos de uso e o quadro 11 mostra o resultado referente aos requisitos no funcionais. Quadro 10: Resultado dos testes de fluxo de casos de uso.N Flux. Caso de uso Dados de teste Autenticar no servidor "wwwexe.inf.ufsc.br / ~glaucosn/dotprojec t/index.php" com usurio "admin" e senha "pass" Autenticar no servidor com informaes j inseridas previamente Autenticar no servidor "wwwexe.inf.ufsc.br / ~glaucosn/dotprojec t/index.php" com usurio "admin" e senha "senhaerrada" e depois com senha "pass" Autenticar no servidor "wwwexe.inf.ufsc.br / ~glaucosn/dotprojec t/index.php" com usurio "admin" e senha "pass" Pr requisitos Passos Resultados Sit. esperados Lista com os projetos "Sistema Web ok Arcanjo" e "Framework Angel" Lista com os projetos "Sistema Web ok Arcanjo" e "Framework Angel" Lista com os projetos "Sistema Web ok Arcanjo" e "Framework Angel"

1 Prin.

Autenticar usurio

Inserir endereo no campo de texto; Existir projetos inserir usurio no "Sistema Web Arcanjo" campo de texto; e "Framework Angel" inserir senha no no servidor campo de texto; clicar no boto "ok" Informaes do servidor salvas no celular e existir projetos Abrir o aplicativo "Sistema Web Arcanjo" e "Framework Angel" no servidor

2

Alt. 1a

Autenticar usurio

3

Alt. 2a

Autenticar usurio

Usurio "admin" no possuir senha "senhaerrada" e existir projetos "Sistema Web Arcanjo" e "Framework Angel" no servidor

Acessar o menu, selecionar "settings" , inserir informaes corretas e clicar no boto "ok" Inserir endereo no campo de texto; inserir usurio no campo de texto; inserir senha no campo de texto; clicar no boto "ok"

4

Alt. 3a

Autenticar usurio

No existir projetos no servidor "wwwexe.inf.ufsc.br/ ~glaucosn/dotproject/i ndex.php"

Lista sem projetos

ok

66

5 Prin.

Visualizar projetos

Visualizar informaes do projeto "Sistema Web Arcanjo"

Escolher projeto "Sistema Web Arcanjo", escolher opo Existir projeto "Sistema de visualizar Web Arcanjo" projeto, navegar pelas abas "Details", "Summary", "Description"

Visualizar as informae s do projeto ok "Sistema Web Arcanjo"

Visualizar 6 Prin. tarefas atrasadas

7

Alt. 5a

Visualizar tarefas atrasadas

Escolher projeto "Sistema Web Visualizar tarefa Arcanjo", atrasada "I2 - Existir tarefa atrasada escolher opo Aprimorar modelo "I2 - Aprimorar modelo de visualizar conceitual" do conceitual" no projeto tarefas atrasadas, projeto "Sistema "Sistema Web Arcanjo" visualizar tarefa Web Arcanjo" "I2 - Aprimorar modelo conceitual" Escolher projeto "dotProject Visualizar que no No existir tarefas Mobile", escolher existem tarefas atrasadas no projeto opo de atrasadas no projeto "dotProject Mobile" visualizar tarefas "dotProject Mobile" atrasadas, no aparecer nada

Visualizar tarefa ""I2 - Aprimorar modelo ok conceitual" e responsvel "gabriel"

No exibir nenhuma tarefa

ok

Entrar em contato Entrar em com o "gabriel", contato responsvel pela com tarefa atrasada "I2 - 8 Prin. responsvel Aprimorar modelo por tarefa conceitual" do atrasada projeto "Sistema Web Arcanjo"

E-mail enviado Acessar o menu para o Existir tarefa atrasada de contexto da gabriel, "I2 - Aprimorar modelo tarefa; Selecionar responsvel ok conceitual" com e-mail; Escrever pela tarefa responsvel "gabriel" e-mail; Enviar e- "I2 - mail Aprimorar modelo conceitual"

Quadro 11: Resultado dos testes de requisitos no funcionais.N 1 2 4 5 Requisito no funcional Rodar em Android 2.1 ou superior Estar conectado a internet Efetuar chamada Enviar e-mail Situao Testado no emulador para verso 2.1 e no aparelho Nexus S com verso 2.3.1 e 2.3.4 Testado com diferentes conexes wireless Confirmado na avaliao do sistema Confirmado na avaliao do sistema

67

5

AVALIAO A avaliao a etapa final do desenvolvimento do prottipo realizando um teste

de usabilidade envolvendo representantes do pblico-alvo do gerenciamento de projetos em dispositivos mveis. Como uma das principais preocupaes no desenvolvimento deste tipo de aplicativo a usabilidade (LOOCKWOOD, 2008) e a utilidade de um suporte desse via celular, o foco da avaliao tanto na utilidade quanto na usabilidade. A avaliao realizada com base no processo de estudos empricos proposto pelo (WOHLIN, 2000). 5.1 DEFINIO DA AVALIAO Para a realizao da avaliao necessrio definir os objetivos, perguntas e materiais utilizados. 5.1.1 Objetivo da Avaliao O objetivo avaliar a utilidade e usabilidade da tarefa Visualizar informaes de um projeto em planejamento que compreende os casos de uso Autenticar usurio e Visualizar projetos e da tarefa Enviar e-mail para responsvel por tarefa atrasada" que compreende os casos de uso Visualizar tarefas atrasadas e Entrar em contato com responsvel por tarefa atrasada. Conforme a ISO/IEC 9241 entende-se a usabilidade em termos de eficcia, eficincia e satisfao no contexto da aplicao da avaliao. Nesse contexto, identificaram-se os seguintes requisitos de usabilidade: Tarefa 1 - Visualizar informaes de um projeto em planejamento Eficcia: Visualizar informaes importantes sobre um projeto em andamento. Eficincia: Completar a tarefa em no mximo 4 minutos. Satisfao: 90% dos usurios ficarem satisfeitos ou muito satisfeitos.

68

Tarefa 2 - Enviar e-mail para responsvel por tarefa atrasada Eficcia: Conseguir enviar um e-mail para o responsvel pela tarefa atrasada. Eficincia: Completar a tarefa em no mximo 5 minutos. Satisfao: 90% dos usurios ficarem satisfeitos ou muito satisfeitos.

5.1.2 Perguntas da Avaliao Com esta avaliao tem-se como objetivo verificar se os requisitos de usabilidade foram cumpridos, analisando se os usurios tem facilidade de executar as tarefas Visualizar informaes de um projeto em planejamento e Enviar e-mail para responsvel por tarefa atrasada e se o sistema agradvel a ponto de motivar seu uso. Ao final, espera-se que as seguintes perguntas possam ser respondidas: Na tarefa 1, o participante conseguiu visualizar as informaes do projeto? Na tarefa 2, o participante conseguiu enviar o e-mail? A execuo das tarefas eficiente? As expectativas dos usurios em relao s tarefas foram satisfeitas? A execuo das tarefas se mostra intuitiva e os usurios no tm dificuldade em termin-la? 5.1.3 Design do Estudo Para realizar a avaliao realizado um teste de usabilidade conduzido da seguinte forma: feita a leitura do Script de Introduo e ento dado o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido para o participante ler e assinar. Em seguida feito um treinamento na plataforma Android. As tarefas so lidas e as dvidas sanadas. A gravao de udio e vdeo iniciada e o participante executa as tarefas. Aps o termino das tarefas entregue a Escala de Usabilidade do Sistema e o

69

Questionrio demogrfico para o participante responder. E ao final o participante questionado sobre o que achou do aplicativo. 5.1.4 Materiais da Avaliao Os materiais utilizados so os seguintes: 5.2 Termo de consentimento livre e esclarecido (Apndice A) Descrio da tarefa (Apndice B) Script de introduo (Apndice C) Escala de Usabilidade do Sistema (SUS) (Apndice D) Questionrio demogrfico (Apndice E) Roteiro do pesquisador (Apndice F) Treinamento (Apndice G) EXECUO DA AVALIAO A avaliao foi executada no dia 13 de maio de 2011, entre as 14:00 e 17:30 horas, na sala de reunies do INCOD - UFSC. Foram utilizadas duas cmeras para capturar o rosto do participante e a tela do aplicativo, Figura 21. Tambm foi registrado o udio durante a execuo das tarefas. O smartphone utilizado para a avaliao foi um Google Nexus S com a verso 2.3.4 do Android. Tambm foi utilizada a verso 2.1.5 do dotProject, instalado no espao que o aluno possui nos servidores da UFSC com endereo http://wwwexe.inf.ufsc.br/~glaucosn/dotproject. O pblico-alvo foram pessoas que possuam algum conhecimento na rea de gerenciamento de projetos. A avaliao contou com 7 participantes, selecionados entre alunos do departamento de Informtica e Estatstica da UFSC. Cada teste durou em mdia 20:34 minutos.

70

Figura 21: Participantes durante a avaliao. Os participantes da avaliao utilizam a internet diariamente, possuem celulares e na sua maioria, smartphone, conforme Figura 22. Utilizam o celular para diversas funes, como fazer ligaes, enviar mensagens de texto, jogar, tirar fotos e entrar na internet, como mostra a Figura 23. Apenas um dos participantes no tinha nenhuma experincia com a plataforma Android. Todos os participantes tinham algum conhecimento em gerenciamento de projetos, e a maioria j havia utilizado o dotProject, conforme Figura 24. Todos os participantes esto na faixa etria de 18 a 25 anos e possuem ensino superior completo ou incompleto. As respostas do Questionrio demogrfico esto disponveis no Apndice I.

71

4. Que Vpo de celular voc tem? Touchscreen Smarrone Dumbfone 2 2 3

Figura 22: Resultado da pergunta 4 do questionrio demogrfico.

6. Das aes abaixo quais voc costuma fazer no celular? Outras aplicaes. Acessar a internet Ler e enviar emails Tirar fotos Escutar rdio Jogar Enviar mensagens de texto Fazer e receber ligaes 5 7 4 6 4 5 2 5

Figura 23: Resultado da pergunta 6 do questionrio demogrfico.

9. Voc j usou algum so\ware para gerenciar projetos? Outro GantProject dotProject MS Project 1 2 4

Figura 24: Resultado da pergunta 9 do questionrio demogrfico.

72

5.3

RESULTADOS DA AVALIAO Os dados coletados foram analisados em relao s perguntas de pesquisa

definidas. A anlise resultou nas seguintes respostas: Na tarefa 1, o participante conseguiu visualizar as informaes do projeto? o Todos os participantes navegaram entre as informaes do projeto e fizeram a leitura da descrio do projeto. Na tarefa 2, o participante conseguiu enviar o e-mail? o Todos os participantes conseguiram enviar um e-mail para um responsvel por alguma tarefa atrasada. No entanto, dois participantes erraram em contatar o responsvel pela tarefa solicitada. A execuo das tarefas eficiente? o Os participantes levaram em mdia 2:52 minutos para executar a tarefa 1 e em mdia 2:06 minutos para executar a tarefa 2, conforme mostra a Figura 25. Esse tempo ficou dentro da expectativa de eficincia.

Tempo de execuo por tarefa 4:48 4:19 3:50 3:21 2:52 2:24 1:55 1:26 0:57 0:28 0:00 Tempo de execo

1

2 3:03 2:21

3 4:14 1:20

4 2:22 1:26

5 3:29 2:44

6 2:39 2:38

7 2:30 1:51

Mdia 2:52 2:06

Tarefa 1 1:49 Tarefa 2 2:28

Figura 25: Tempo de execuo por tarefa e mdia. As expectativas dos usurios em relao s tarefas foram satisfeitas?

73

o Com pontuao superior a 77,5 no SUS possvel consideram que o aplicativo atinge de forma satisfatria as expectativas dos usurios.

Pontuao por parVcipante SUS 97.5 77.5 77.5

85

82.5

92.5

92.5

1

2

3

4

5

6

7

Figura 26: Pontuao do SUS por participante. A execuo das tarefas se mostra intuitiva e os usurios no tem dificuldade em termin-la? o Na primeira tarefa alguns participantes que erraram na insero dos dados de autenticao sentiram falta de um aviso pelo erro de conexo, o que uma falha do sistema em notificar o usurio da situao do sistema. O tempo de resposta tambm foi citado por alguns participantes, que sentiram uma demora entre o toque na tela e a mudana de estado no software. Na segunda tarefa alguns participantes se sentiram frustrado ao clicar em uma tarefa e no obter mais detalhes sobre a mesma. Mostra o nome da tarefa e o nome do responsvel no se mostrou suficiente para atingir as expectativas dos participantes.

74

Com essa anlise ficou claro que o sistema possui algumas falhas de usabilidade, mas no contexto geral possui uma boa usabilidade. Os pontos fracos puderam ser identificados e no so considerados impactantes no desenvolvimento, podendo ser implantados de forma simples e sem comprometer o sistema. As melhorias seriam um sistema de notificaes ao usurio, para que ele entenda melhor o estado do sistema. E a adio de detalhamento das tarefas atrasadas, para que o gerente possua mais informaes sobre a tarefa. 5.4 AMEAAS VALIDADE As ameaas validade do teste podem ocorrer, pois o teste contou com um pequeno nmero de participantes. Os participantes no cobriam uma grande variao de faixa etria e conhecimento em gerncia de projetos. O estudo teria sido mais relevante se houvesse a participao de gerentes de projetos efetivos.

75

6

DISCUSSO A partir da avaliao realizada obteve-se uma primeira indicao que o aplicativo

poder ser til e ter boa usabilidade tendo uma boa aceitao entre os participantes do teste de usabilidade. O aplicativo pode ser til para auxiliar o gerente disponibilizando informaes importantes do projeto a qualquer hora e em qualquer lugar. Tambm auxiliando o gerente a contatar de forma rpida os responsveis por tarefas atrasadas. Ento o grupo de processos que ganha com isso o de monitoramento e controle e as atividades monitorar e controlar o trabalho do projeto e reportar o desempenho. Em comparao com os outros aplicativos identificados no estado da arte pode-se analisar o quadro 12. Porm no possvel comparar em termos de aceitao pela falta de informao. Quadro 12: Comparao das ferramentas identificadas no estado da arte e da ferramenta desenvolvida.Aplicativo Empresa Features Sincronizao de dados Visualizao de projetos Edio de projetos Visualizao de tarefas Edio de tarefas Visualizao de cronograma Edio de cronograma Quadro de horrios Contatos Mensagens (para comunicao com a equipe)

Timy Nascom Sim Sim Sim No No No No Sim No No

Beacon Binary Duo Sim Sim Sim Sim Sim No No No Sim Sim

ConnectWise dotProject Gtdagenda Rallydroid Mobile Mobile ConnectWise David Allen Sim Sim Sim Sim Sim Sim Sim Sim Sim No Sim Sim Sim Sim Sim No No No No Sim Rally No No No Sim Sim No No No No No - Sim Sim No Sim No No No No Sim Sim

76

7

CONCLUSO O objetivo geral desse trabalho desenvolver um aplicativo mvel para suportar

atividades do monitoramento e controle de projetos a ser integrado ao software dotProject. Esse trabalho fornece fundamentao terica sobre: gerenciamento de projetos de acordo com o PMBOK; sobre caractersticas de software para gerenciamento de projetos, incluindo as principais funcionalidades; e sobre a rea de dispositivos mveis, com foco no sistema Android. Foi realizado um estudo do estado da arte a fim de analisar as ferramentas para gerenciar projetos a partir de dispositivos mveis. Esse estudo mostrou que h a tendncia de levar funcionalidades de sistemas de GP para o dispositivo mvel, porm foram identificados somente 4 aplicativos especificamente para Android, e nenhum deles integrado ao sistema dotProject. Nesse contexto foi proposta, a extenso do dotProject, por ser um dos SGPs mais utilizados e de cdigo e uso livre. Identificando funcionalidades teis via celulares. Um prottipo foi construdo e avaliado. A principal contribuio do trabalho a demonstrao da utilidade e usabilidade de suporte de ferramentas de GP via celulares e da extenso de uma ferramenta amplamente utilizada e sob a licena GNU GPL de cdigo livre. Dessa forma espera-se que o monitoramento e controle do projeto possam ser feitos de forma mais efetiva. Contribuindo para que a taxa de sucesso de projetos aumente.

77

Para trabalhos futuros sugere-se a correo das falhas de usabilidade, apontadas na avaliao, de no existir mensagens de erro quando no se consegue conectar no servidor, e de no existir uma tela com mais descries sobre as tarefas atrasadas, especificando a data das tarefas atrasadas. E o desenvolvimento das

funcionalidades: sincronizao de dados, edio de projetos, edio de tarefas, visualizao de cronograma, que so funcionalidades j propostas em outros aplicativos. E uma avaliao em larga escala voltada aos usurios do dotProject envolvendo um maior nmero de gerentes de projetos de diversos contextos.

78

REFERNCIAS ANATEL (Braslia DF) (Org.). Brasil ultrapassa em: um celular por . Acesso em: 18 nov. 2010. BEREAUX, Elle. The Complete Guide to Project Management for New Managers and Management Assistants: How to Get Things Done in Less Time. [s. L.]: Atlantic Publishing Company, 2008. BLOKDIJK, Gerard. Project Management 100 Success Secrets. [S. L]: Lulu.com, 2007. CONSTANTINOU, Andreas; CAMILLERI, Elizabeth; KAPETANAKIS, Matos. Mobile Developer Economics 2010 and Beyond. Londres: Visionmobile, 2010. DAVIDSON, Jeff. 10 Minute Guide to Project Management. Indianapolis: Alpha Books, 2000. 4 v. (Management Series). DOTPROJECT. DotProject. Disponvel em: . Acesso em: 27 nov. 2010. DOTPROJECT. What is Included. Disponvel em: . Acesso em: 27 nov. 2010. FIRTMAN, Maximiliano. Programming the Mobile Web. Sebastopol: O'reilly Media, 2010. FITZEK, Frank; REICHART, Frank. Mobile phone programming: and its Application to Wireless Network. Dordrecht: Springer, 2007.

79

GARTNER. Gartner Says Android to Command Nearly Half of Worldwide Smartphone Operating System Market by Year-End 2012. Disponvel em: < http://www.gartner.com/it/page.jsp?id=1622614 >. Acesso em: 18 de mai. 2011. HEERKENS, Gary R. Project Management. [S. L.]: Briefcasebooks, 2002. HORINE, Gregory M. Absolute Beginner's Guide to Project Management. 2. ed. Estados Unidos: Que, 2009. IBCD. A Revoluo Digital leva Convergncia. Disponvel em: . Acesso em: 18 de mai. 2011. JORDAN, Lee. Project Management with dotProject: Implement, Configure, Customize, and Maintain your dotProject Installation. Birmingham: Packt Publishing, 2007. KERZNER, Harold. Project Management: A Systems Approach to Planning, Scheduling, and Controlloing. 7. ed. [S. L.]: John Wiley & Sons, Inc, 2001. KITCHENHAM, Barbara. Procedures for Performing Systematic Reviews. Keele, 2004. KLEIM, Ralph L.; LUDIN, Irwin S. Project Management Practioner's Handbook. [s. L.]: Amacom Books, 1998. LEVINE, Harvey A. Pratical Project Management: Tips, Tactics, and Tools. New York: John Wiley & Sons, Inc, 2002. LOCKWOOD, Arden. The Project Manager's Perspective on Project

Management Software Packages. Avignon, 2008. MEHTA, Nirav. Mobile Web Development. Birmingham: Packt, 2008.

80

MIKKONEN,

Tommi. Programming

Mobile

Devices: An

Introduction

for

Practitioners. Chichester: Wiley, 2007. PORTNY, Stanley E. Project Management for Dummies. 2. ed. Indianapolis: Wiley, 2007. PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (Org.). A Guide to the Project

Management Body of Knowledge: PMBOK Guide. 4. ed. Newtown Square: Project Management Institute, Inc, 2008. PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (Org.). Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos: Guia PMBOK. 3. ed. Newtown Square: Project Management Institute, Inc, 2004. ROTHMAN, Johanna. Manage It!: Your Guide to Modern, Pragmatic Project Management. Dallas: The Pragmatic Booksheld, 2007. WOHLIN, C. et all. Experimentation in Software Egineering: An introduction. Kluwer Academic Publishers, USA, 2000.

81

APNDICE A TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO Eu ............................... estou sendo convidado(a) a participar do teste de usabilidade de um prottipo de sistema da rea de gerenciamento de projetos, desenvolvidos no contexto do Trabalho de Concluso de Curso intitulado: Gerenciamento de Projetos em Dispositivos Mveis: Uma Evoluo ao Dotproject, realizado pelo aluno Glauco Neves, sendo orientado pela Prof.. Dra. rer. nat. Christiane A. Gresse von Wangenheim, PMP, cujo objetivo avaliar e melhorar a usabilidade do prottipo desenvolvido. A minha participao no referido projeto ser no sentido de auxiliar na identificao de pontos fortes e fracos no design de interface deste prottipo. Recebi esclarecimentos sobre a pesquisa e estou ciente de que minha privacidade ser respeitada, ou seja, meu nome ser mantido em sigilo. Eu autorizo a gravao de udio e vdeo durante os testes de usabilidade e entendo que as gravaes de udio e vdeo sero utilizadas somente para os fins desta pesquisa e no sero divulgados fora do contexto desta pesquisa. Fui informado(a) de que posso me recusar a participar do estudo, ou retirar meu consentimento a qualquer momento, sem precisar justificar. assegurada a assistncia durante toda a pesquisa. Manifesto meu livre consentimento em participar. Florianpolis, 13 de Maio de 2011 ______________________________________________ Nome e assinatura do participante ______________________________________________ Nome e assinatura do pesquisador

82

APNDICE B DESCRIO DA TAREFA CONTEXTO Voc um gerente de projetos de software de uma empresa. Voc est numa viagem de negcios, e no tem tido muito tempo para acessar seu notebook. Nesse momento voc est no aeroporto esperando seu vo e voc gostaria de acessar o dotProject para alcanar dois objetivos: Ler a descrio de um projeto que ainda est em planejamento para obter informaes para tratar com um cliente; e acompanhar o desenvolvimento de outro projeto, vendo se existem tarefas atrasadas, e caso exista, entrar em contato com o responsvel pela mesma. TAREFA 1 VISUALIZAR INFORMAES DE UM PROJETO EM

PLANEJAMENTO Utilizando um smartphone Android com o aplicativo do dotProject instalado, se autentique no servidor utilizando as seguintes informaes: Server address: http://wwwexe.inf.ufsc.br/~glaucosn/dotproject/index.php Username: admin Password: pass

Caso nenhum projeto aparea na tela, abra o menu de opes e utilize a opo settings pare verificar se as credenciais de autenticao esto corretas. Acesse o projeto Framework Angel e navegue pelas informaes do projeto. Por ltimo leia a descrio do projeto.

83

TAREFA 2 - ENVIAR E-MAIL PARA RESPONSVEL POR TAREFA ATRASADA Ainda com o aplicativo aberto, navegue de volta aos projetos e acesse o projeto Sistema Web Arcanjo navegue pela tarefas atrasadas. Para a tarefa atrasada I2 Aprimorar modelo conceitual acesse o menu de contexto e selecione a opo de email. Envie uma mensagem para o responsvel da tarefa como por exemplo: Ttulo: Atraso no modelo conceitual Mensagem: Gostaria que voc me enviasse um relatrio sobre os motivos do atraso.

84

APNDICE C SCRIPT DE INTRODUO Oi [nome do participante]. Eu sou Glauco Neves e estou fazendo meu Trabalho de Concluso do curso de Cincias da Computao na UFSC com o tema Gerenciamento de Projetos em Dispositivos Mveis: Uma Evoluo ao Dotproject. O objetivo geral desse projeto desenvolver um aplicativo mvel para suportar o monitoramento e controle de projetos a ser integrado ao software dotProject. Estou realizando este teste para analisar a eficincia, eficcia e satisfao dos usurios no uso do prottipo do meu sistema. O objetivo testar a interface do sistema e no voc. Se voc tiver dificuldades em usar o sistema, provavelmente outras pessoas tambm tero. Este teste simplesmente um meio para avaliar o design da interface e identificar questes que precisam ser melhoradas. Este teste no dever levar mais do que 30 minutos, mas voc no precisa conclu-lo caso sinta-se desconfortvel, voc pode parar a qualquer momento. Se sentir-se vontade, voc pode falar em voz alta durante o teste o que me possibilitar entender seu ponto de vista. Ao final farei algumas perguntas em

relao execuo da tarefa, a fim de encontrar possveis pontos fracos em minha proposta. Voc tem alguma dvida? Primeiro gostaria que voc lesse e confirmasse este termo de consentimento livre e esclarecido. Podemos comear!

85

APNDICE D ESCALA DE USABILIDADE DO SISTEMA(SUS) Discordo Totalmente 1. Eu usaria esse sistema frequentemente. 1 2. Eu achei o sistema desnecessariamente complexo. 3. Eu achei o sistema fcil de usar. 1 4. Eu precisaria de suporte tcnico pessoal para ser hbil em usar o sistema. 5. Eu achei que as funes do sistema estavam bem integradas. 6. Eu achei muitas sistema. 7. Eu acho que a maioria das pessoas ir aprender rapidamente a usar o sistema. 8. Eu achei o sistema muito incmodo de usar. 9. Eu me senti muito confiante usando o sistema. 10. Eu precisei aprender algumas coisas antes de conseguir usar o sistema. 1 2 3 4 5 1 2 3 4 5 1 2 3 4 5 1 2 3 4 5 inconsistncias no 1 2 3 4 5 1 2 3 4 5 1 2 3 4 5 2 3 4 5 1 2 3 4 5 2 3 4 5 Concordo Totalmente

86

APNDICE E QUESTIONRIO DEMOGRFICO INTERNET 1. Voc costuma acessar a Internet? (trabalho, em casa, lan house) Sim No 2. Com que frequncia voc acessa a internet? Diariamente Uma vez por semana Uma vez por ms Nunca CELULAR 3. Voc possui celular? Sim (quantos?) No 4. Que tipo de celular voc tem? Dumbfone (possui funes bsicas de ligaes e mensagens, possui apenas teclado numrico) Smartfone (celular com alguns aplicativos, teclado QWERTY) Touchscreen (qual a plataforma? (Symbian, IOS, Android) ) 5. Qual marca? Se no souber a marca, pode deixar em branco.

6. Das aes abaixo quais voc costuma fazer no celular? Pode marcar mais de uma. Fazer e receber ligaes Enviar mensagens de texto Jogar Escutar rdio Tirar fotos Ler e enviar e-mails Acessar a internet Outras aplicaes. Quais? 7. Quanta experincia com a plataforma Android voc considera ter? Nenhuma (Nunca havia utilizado) Pouca (J tinha visto ou utilizado pouco) Mdia (Utilizo de vez em quando)

87

Muita (Utilizo ou j utilizei frequentemente) GERENCIAMENTO DE PROJETOS 8. Quanta experincia com gerenciamento de projetos voc considera ter? Nenhuma Pouca (Apenas o que aprendi em aulas ou sendo gerenciado) Mdia (Aplico de vez em quando) Muita (Aplico ou j apliquei frequentemente) 9. Voc j usou algum software para gerenciar projetos? MS Project dotProject GanttProject Outro Qual: DEMOGRFICAS 10. Sexo Masculino Feminino 11. Faixa etria 18-25 anos 26-45 anos 46-60 anos Mais de 61 12. Escolaridade Ensino fundamental incompleto Ensino fundamental completo Ensino mdio incompleto Ensino mdio completo Ensino superior incompleto Ensino superior completo Possui ps-graduao, mestrado, doutorado... 13. Possui alguma deficincia ou dificuldade: Motora Visual Auditiva

88

APNDICE F ROTEIRO DO PESQUISADOR Data:______________ N do Participante:___________

Tempo total: De ______ ______ Tempo tarefa 1: De ______ ______ - Tempo tarefa 2: De ______ ______ Sucesso tarefa 1: Parcial Total - Sucesso tarefa 2: Parcial Total COMPORTAMENTO VERBAL Comentrio fortemente positivo Outro comentrio positivo Comentrio fortemente negativo Outro comentrio negativo Sugesto Pergunta Variao da expectativa Confuso Frustrado TAREFA 1 TAREFA 2

COMPORTAMENTO VERBAL Careta/Infeliz Sorrindo/Rindo/Feliz Surpreso/Inesperado Concentrado Impaciente

NO- TAREFA 1

TAREFA 2

Variao de expectativa Inclinado prximo tela Se remexendo na cadeira Suspirando Massageando cabea/pescoo

89

ERROS COMETIDOS Erro 1: Erro 2: Erro 3: Simples Grave Simples Grave Simples Grave Moderado Gravssimo Moderado Gravssimo Moderado Gravssimo

90

APNDICE G TREINAMENTO PGINA INICIAL

TELA DE TOQUE Tocar Para realizar aes em itens na tela, como cones de aplicativos e de configuraes, para digitar letras e smbolos usando o teclado virtual ou para pressionar botes virtuais, basta toc-los com seu dedo. Tocar e manter pressionado Toque e mantenha pressionado um item na tela. Toque nele e no levante seu dedo at ocorrer uma ao. Por exemplo, para abrir um menu de personalizao da tela "Pgina inicial", basta tocar em uma rea vazia na tela "Pgina inicial" at o menu abrir. BOTES DO CELULAR

91

MENUS H dois tipos de menus no Android: menus de opes e menus de contexto. Menus de opes Os menus de opes contm ferramentas que se aplicam s atividades da tela ou aplicativo atual, no a qualquer item especfico na tela. Abra os menus de opes pressionando o boto Menu voc pressionar Menu exibido. Em algumas telas, o nmero de itens do menu de opes maior que suportado no menu principal. Toque em Mais para abrir um menu de itens adicionais. . Nem todas as telas possuem menus de opes. Se

em uma tela que no possui menu de opes, nada ser

92

Menus de contexto Os menus de contexto contm ferramentas que se aplicam a um item especfico na tela. Toque e mantenha pressionado um item na tela para abrir um menu de contexto. Nem todos os itens possuem menus de contexto. Se voc tocar e mantiver pressionado um item que no possui menu de contexto, no acontecer nada.

93

APNDICE H RESULTADO DO SUS

1. Eu usaria esse sistema frequentemente. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 2 2 3

2. Eu achei o sistema desnecessariamente complexo. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente

7

3. Eu achei o sistema fcil de usar. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 2 5

4. Eu precisaria de suporte tcnico pessoal para ser hbil em usar o sistema. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 1 2 4

94

5. Eu achei que as funes do sistema estavam bem integradas. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 4 2 1

6. Eu achei muitas inconsistncias no sistema. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 1 1 5

7. Eu acho que a maioria das pessoas ir aprender rapidamente a usar o sistema. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 3 3 1

8. Eu achei o sistema muito incmodo de usar. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente

7

95

9. Eu me senV muito conante usando o sistema. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 4 2 1

10. Eu precisei aprender algumas coisas antes de conseguir usar o sistema. Concordo totalmente Concordo parcialmente No concordo nem discordo Discordo parcialmente Discordo totalmente 1 1 1 4

Pontuao por parVcipante SUS 97.5% 77.5% 77.5%

85.0%

82.5%

92.5%

92.5%

1

2

3

4

5

6

7

96

APNDICE I RESULTADO DO QUESTIONRIO DEMOGRFICO

1. Voc costuma acessar a Internet? No Sim 7

2. Com que freqncia voc acessa a internet? Nunca Uma vez por ms Uma vez por semana Diariamente 7

3. Voc possui celular? No Sim 7

4. Que Vpo de celular voc tem? Touchscreen Smarrone Dumbfone 2 2 3

97

6. Das aes abaixo quais voc costuma fazer no celular? Outras aplicaes. Acessar a internet Ler e enviar emails Tirar fotos Escutar rdio Jogar Enviar mensagens de texto Fazer e receber ligaes 5 7 4 6 4 5 2 5

7. Quanta experincia com a plataforma Android voc considera ter? Muita Mdia Pouca Nenhuma 1 1 2 3

98

8. Quanta experincia com gerenciamento de projetos voc considera ter? Muita Mdia Pouca Nenhuma 6 1

9. Voc j usou algum so\ware para gerenciar projetos? Outro GantProject dotProject MS Project 1 2 4

10. Sexo Feminino Masculino 3 4

11. Faixa etria Mais de 61 46-60 anos 26-45 anos 18-25 anos 7

99

12. Escolaridade Possui ps-graduao, mestrado, doutorado... Ensino superior completo Ensino superior incompleto Ensino mdio completo Ensino mdio incompleto Ensino fundamental completo Ensino fundamental incompleto 3 4

13. Possui alguma decincia ou diculdade: No responderam Audiwva Visual Motora 1 6

100

APNDICE J TEMPOS DA AVALIAO

Tempo de execuo por tarefa 4:48 4:19 3:50 3:21 2:52 2:24 1:55 1:26 0:57 0:28 0:00 Tempo de execo

1

2 3:03 2:21

3 4:14 1:20

4 2:22 1:26

5 3:29 2:44

6 2:39 2:38

7 2:30 1:51

Mdia 2:52 2:06

Tarefa 1 1:49 Tarefa 2 2:28

Tempo do teste Tempo 24:00 20:00 18:00 19:00 19:00 23:00

21:00

20:34

1

2

3

4

5

6

7

Mdia

101

APNDICE K CDIGO FONTE Pacote br.ufsc.dotproject.activity Classe DotProject.javapackage br.ufsc.dotproject.activity; import br.ufsc.dotproject.service.DotProjectServer; import android.app.Activity; public class DotProject extends Activity { public static DotProjectServer mDPInterface; public static final String DP_PREFERENCES = "Preferences"; public static final String DP_PREFERENCES_SERVER_ADDRESS = "Nada"; public static final String DP_PREFERENCES_USERNAME = "Username"; public static final String DP_PREFERENCES_PASSWORD = "Password"; public static final String DP_PREFERENCES_PROJECT_ID = ""; }

Classe MenuOptions.javapackage br.ufsc.dotproject.activity; import import import import import import import import android.content.Context; android.content.Intent; android.content.SharedPreferences; android.os.Bundle; android.view.View; android.widget.AdapterView; android.widget.ArrayAdapter; android.widget.ListView;

public class MenuOptions extends DotProject { SharedPreferences mPreferences; public void onCreate(Bundle savedInstanceState) { super.onCreate(savedInstanceState); setContentView(R.layout.activity_menu); mPreferences = getSharedPreferences(DP_PREFERENCES, Context.MODE_PRIVATE); final int id = mPreferences.getInt(DP_PREFERENCES_PROJECT_ID, 1); mDPInterface.setProjectPage(id); final String[] mOptions = { "View Project", "Overdue Tasks" }; final ListView mListViewProjects = (ListView) findViewById(R.id.listview_menu); mListViewProjects.setAdapter(new ArrayAdapter(this, android.R.layout.simple_list_item_1, mOptions)); mListViewProjects.setOnItemClickListener(new AdapterView.OnItemClickListener() {

102

public void onItemClick(AdapterView parent, View itemClicked, int position, long id) { if (id == 0) { startActivity(new Intent(MenuOptions.this, ViewProject.class)); } else { startActivity(new Intent(MenuOptions.this, OverdueTasks.class)); } } }); } }

Classe OverdueTasks.javapackage br.ufsc.dotproject.activity; import java.util.ArrayList; import java.util.HashMap; import import import import import import import import import import import import import import android.content.Context; android.content.Intent; android.content.SharedPreferences; android.net.Uri; android.os.Bundle; android.view.ContextMenu; android.view.ContextMenu.ContextMenuInfo; android.view.MenuItem; android.view.View; android.widget.AdapterView; android.widget.ListView; android.widget.SimpleAdapter; android.widget.TabHost; android.widget.TabHost.TabSpec;

public class OverdueTasks extends DotProject { SharedPreferences mPreferences; String phone; String email; @Override public void onCreate(Bundle savedInstanceState) { super.onCreate(savedInstanceState); setContentView(R.layout.activity_overdue_tasks); mPreferences = getSharedPreferences(DP_PREFERENCES, Context.MODE_PRIVATE); TabHost mTabHost = (TabHost) findViewById(R.id.tabhost_overdue_tasks); mTabHost.setup(); TabSpec mTabSpecOverdue = mTabHost.newTabSpec("overdue"); mTabSpecOverdue.setIndicator("Overdue"); mTabSpecOverdue.setContent(R.id.listview_overdue_tasks); mTabHost.addTab(mTabSpecOverdue); TabSpec mTabSpecShouldHaveStarted mTabHost.newTabSpec("shouldhavestarted"); =

103

mTabSpecShouldHaveStarted.setIndicator("Should have started"); mTabSpecShouldHaveStarted.setContent(R.id.listview_should_have_starte d_tasks); mTabHost.addTab(mTabSpecShouldHaveStarted); mTabHost.setCurrentTabByTag("overdue"); initOverdueTaksList(); initShouldHaveStartedTaksList(); } void initOverdueTaksList() { int id = mPreferences.getInt(DP_PREFERENCES_PROJECT_ID, -1); final ArrayList list = mDPInterface.requestOverdueTasksList(id); ListView mListViewProject = (ListView) findViewById(R.id.listview_overdue_tasks); SimpleAdapter notes = new SimpleAdapter(this, list, android.R.layout.simple_list_item_2, new String[] { "line1", "line2" }, new int[] { android.R.id.text1, android.R.id.text2 }); mListViewProject.setAdapter(notes); registerForContextMenu(mListViewProject); mListViewProject.setOnItemLongClickListener(new AdapterView.OnItemLongClickListener() { public boolean onItemLongClick(AdapterView parent, View itemClicked, int position, long id) { final HashMap mMap = (HashMap) list.get(position); final int user_id = Integer.valueOf(mMap.get("line3")); mDPInterface.setUserPage(user_id); phone = mDPInterface.requestPhone(); email = mDPInterface.requestEmail(); return false; } }); } void initShouldHaveStartedTaksList() { int id = mPreferences.getInt(DP_PREFERENCES_PROJECT_ID, -1); final ArrayList list = mDPInterface.requestShouldHaveStartedTasksList(id); ListView mListViewProject = (ListView) findViewById(R.id.listview_should_have_started_tasks); SimpleAdapter notes = new SimpleAdapter(this, list, android.R.layout.simple_list_item_2, new String[] { "line1", "line2" }, new int[] { android.R.id.text1, android.R.id.text2 }); mListViewProject.setAdapter(notes); registerForContextMenu(mListViewProject); mListViewProject.setOnItemLongClickListener(new AdapterView.OnItemLongClickListener() { public boolean onItemLongClick(AdapterView parent, View itemClicked, int position, long id) { final HashMap mMap = (HashMap) list.get(position); final int user_id = Integer.valueOf(mMap.get("line3")); mDPInterface.setUserPage(user_id);

104

phone = mDPInterface.requestPhone(); email = mDPInterface.requestEmail(); return true; } }); } @Override public void onCreateContextMenu(ContextMenu menu, View v, ContextMenuInfo menuInfo) { super.onCreateContextMenu(menu, v, menuInfo); getMenuInflater().inflate(R.menu.inflater_tasks_context, menu); } @Override public boolean onContextItemSelected(MenuItem item) { switch (item.getItemId()) { case R.id.item_call: Uri mTelephone = Uri.parse("tel:" + phone);//99165832"); Intent call = new Intent(Intent.ACTION_CALL, mTelephone); startActivity(call); return true; case R.id.item_email: Uri mEmail = Uri.parse(email);//"mailto:glaucosn@gmail.com"); Intent email = new Intent(Intent.ACTION_SENDTO, mEmail); startActivity(email); // // // // // // // Client")); Intent it = new Intent(Intent.ACTION_SEND); it.putExtra(Intent.EXTRA_EMAIL, email); Log.e("Task", email); it.putExtra(Intent.EXTRA_SUBJECT, task); it.putExtra(Intent.EXTRA_TEXT, "The email body text"); it.setType("text/plain"); startActivity(Intent.createChooser(it, "Choose Email return true; default: return super.onContextItemSelected(item); } } }

Classe ProjectsList.javapackage br.ufsc.dotproject.activity; import java.util.ArrayList; import java.util.HashMap; import import import import import import import import android.app.AlertDialog; android.app.Dialog; android.content.Context; android.content.DialogInterface; android.content.Intent; android.content.SharedPreferences; android.content.SharedPreferences.Editor; android.os.Bundle;

105

import import import import import import import import import import

android.view.LayoutInflater; android.view.Menu; android.view.MenuItem; android.view.View; android.view.ViewGroup; android.widget.AdapterView; android.widget.EditText; android.widget.ListView; android.widget.SimpleAdapter; br.ufsc.dotproject.service.DotProjectServer;

public class ProjectsList extends DotProject { SharedPreferences mPreferences; static final int AUTHENTICATE_DIALOG_ID = 0; @Override public void onCreate(Bundle savedInstanceState) { super.onCreate(savedInstanceState); setContentView(R.layout.activity_projects_list); mPreferences = getSharedPreferences(DP_PREFERENCES, Context.MODE_PRIVATE); if (!mPreferences.contains(DP_PREFERENCES_SERVER_ADDRESS)) { showDialog(AUTHENTICATE_DIALOG_ID); } else { init(); } } void init() { String server mPreferences.getString(DP_PREFERENCES_SERVER_ADDRESS, null); String username mPreferences.getString(DP_PREFERENCES_USERNAME, null); String password mPreferences.getString(DP_PREFERENCES_PASSWORD, null); mDPInterface = new DotProjectServer(server, password); mDPInterface.login(); initProjectsList(); } void initProjectsList() { final ArrayList mProjectsList = mDPInterface.requestProjectsList(); final ListView mListViewProjects = (ListView) findViewById(R.id.listview_projects_list); final SimpleAdapter mSimpleAdapter = new SimpleAdapter(this, mProjectsList, android.R.layout.simple_list_item_1, new String[] { "line1", "line2" }, new int[] { android.R.id.text1, android.R.id.text2 }); mListViewProjects.setAdapter(mSimpleAdapter); mListViewProjects.setChoiceMode(ListView.CHOICE_MODE_SINGLE); mListViewProjects.setTextFilterEnabled(true); mListViewProjects.setOnItemClickListener(new AdapterView.OnItemClickListener() { = = = username,

106

public void onItemClick(AdapterView parent, View itemClicked, int position, long id) { final Editor mEditor = mPreferences.edit(); final HashMap mMap = (HashMap) mProjectsList.get(position); final int project_id = Integer.valueOf(mMap.get("line2")); mEditor.putInt(DP_PREFERENCES_PROJECT_ID, project_id); mEditor.commit(); startActivity(new Intent(ProjectsList.this, MenuOptions.class)); } }); } /* * (non-Javadoc) Handling Authenticate Dialog */ @Override protected Dialog onCreateDialog(int id) { switch (id) { case AUTHENTICATE_DIALOG_ID: final LayoutInflater mInflater = (LayoutInflater) getSystemService(Context.LAYOUT_INFLATER_SERVICE); final ViewGroup mViewGroup = (ViewGroup) findViewById(R.id.dialog_authenticate); final View mLayout = mInflater.inflate(R.layout.dialog_authenticate, mViewGroup); final AlertDialog.Builder mBuilder = new AlertDialog.Builder(this); mBuilder.setView(mLayout); mBuilder.setTitle(R.string.title_authenticate_dialog); final EditText mServerAddress = (EditText) mLayout .findViewById(R.id.edittext_dialog_authenticate_server_address); final EditText mUsername = (EditText) mLayout.findViewById(R.id.edittext_dialog_authenticate_username); final EditText mPassword = (EditText) mLayout.findViewById(R.id.edittext_dialog_authenticate_password); mServerAddress.setText(mPreferences.getString(DP_PREFERENCES_SERVER_A DDRESS, "Http://")); mUsername.setText(mPreferences.getString(DP_PREFERENCES_USERNAME, "")); mPassword.setText(mPreferences.getString(DP_PREFERENCES_PASSWORD, "")); mBuilder.setPositiveButton(android.R.string.ok, new DialogInterface.OnClickListener() { public void onClick(DialogInterface dialog, int which) { final Editor mEditor = mPreferences.edit(); mEditor.putString(DP_PREFERENCES_SERVER_ADDRESS, mServerAddress.getText().toString());

107

mEditor.putString(DP_PREFERENCES_USERNAME, mUsername.getText().toString()); mEditor.putString(DP_PREFERENCES_PASSWORD, mPassword.getText().toString()); mEditor.commit(); ProjectsList.this.dismissDialog(AUTHENTICATE_DIALOG_ID); init(); } }); mBuilder.setNegativeButton(android.R.string.cancel, DialogInterface.OnClickListener() { public void onClick(DialogInterface dialog, whichButton) { ProjectsList.this.dismissDialog(AUTHENTICATE_DIALOG_ID); } }); final AlertDialog mBuilder.create(); return mAuthenticateDialog; } return super.onCreateDialog(id); } mAuthenticateDialog = new int

/* * (non-Javadoc) Handling Options Menu */ @Override public boolean onCreateOptionsMenu(Menu menu) { super.onCreateOptionsMenu(menu); getMenuInflater().inflate(R.menu.inflater_settings, menu); return true; } @Override public boolean onOptionsItemSelected(MenuItem item) { super.onOptionsItemSelected(item); showDialog(AUTHENTICATE_DIALOG_ID); return true; } }

Classe ViewProject.javapackage br.ufsc.dotproject.activity; import java.util.ArrayList; import java.util.HashMap; import import import import import import import import android.content.Context; android.content.SharedPreferences; android.os.Bundle; android.widget.ListView; android.widget.SimpleAdapter; android.widget.TabHost; android.widget.TabHost.TabSpec; android.widget.TextView;

108

public class ViewProject extends DotProject { SharedPreferences mPreferences; @Override protected void onCreate(Bundle savedInstanceState) { super.onCreate(savedInstanceState); setContentView(R.layout.activity_view_project); mPreferences = getSharedPreferences(DP_PREFERENCES, Context.MODE_PRIVATE); TabHost mTabHost findViewById(R.id.tabhost_view_project); mTabHost.setup(); = (TabHost)

TabSpec mTabSpecDetails = mTabHost.newTabSpec("details"); mTabSpecDetails.setIndicator("Details"); mTabSpecDetails.setContent(R.id.listview_details); mTabHost.addTab(mTabSpecDetails); TabSpec mTabSpecSummary = mTabHost.newTabSpec("summary"); mTabSpecSummary.setIndicator("Summary"); mTabSpecSummary.setContent(R.id.listview_summary); mTabHost.addTab(mTabSpecSummary); TabSpec mTabSpecDescription mTabHost.newTabSpec("description"); mTabSpecDescription.setIndicator("Description"); mTabSpecDescription.setContent(R.id.textview_description); mTabHost.addTab(mTabSpecDescription); mTabHost.setCurrentTabByTag("details"); initProjectDetails(); initProjectSummary(); initProjectDescription(); } void initProjectDetails() { int id = mPreferences.getInt(DP_PREFERENCES_PROJECT_ID, -1); ArrayList list = mDPInterface.requestProjectDetails(id); ListView mListViewProject = (ListView) findViewById(R.id.listview_details); SimpleAdapter notes = new SimpleAdapter(this, list, android.R.layout.simple_list_item_2, new String[] { "line1", "line2" }, new int[] { android.R.id.text1, android.R.id.text2 }); mListViewProject.setAdapter(notes); } void initProjectSummary() { int id = mPreferences.getInt(DP_PREFERENCES_PROJECT_ID, -1); ArrayList list = mDPInterface.requestProjectSummary(id); ListView mListViewProject = (ListView) findViewById(R.id.listview_summary); SimpleAdapter notes = new SimpleAdapter(this, list, android.R.layout.simple_list_item_2, new String[] { =

109

"line1", "line2" }, new int[] { android.R.id.text1, android.R.id.text2 }); mListViewProject.setAdapter(notes); } void initProjectDescription() { int id = mPreferences.getInt(DP_PREFERENCES_PROJECT_ID, -1); String description = mDPInterface.requestProjectDescription(id); TextView mTextViewDescription = (TextView) findViewById(R.id.textview_description); mTextViewDescription.setText(description); } }

Pacote br.ufsc.dotproject.service Classe DotProjectServer.javapackage br.ufsc.dotproject.service; import import import import import import import import import import import import import import java.io.IOException; java.io.UnsupportedEncodingException; java.util.ArrayList; java.util.HashMap; org.apache.http.HttpEntity; org.apache.http.NameValuePair; org.apache.http.client.HttpClient; org.apache.http.client.ResponseHandler; org.apache.http.client.entity.UrlEncodedFormEntity; org.apache.http.client.methods.HttpGet; org.apache.http.client.methods.HttpPost; org.apache.http.impl.client.BasicResponseHandler; org.apache.http.impl.client.DefaultHttpClient; org.apache.http.message.BasicNameValuePair;

import android.util.Log; public class DotProjectServer { int nextIndex; String server; String username; String password; String projectPage; String userPage; final HttpClient mHttpClient = new DefaultHttpClient(); final ResponseHandler mResponseHandler BasicResponseHandler(); public DotProjectServer(String password) { this.server = server; this.username = username; this.password = password; } public void login() { server, String

=

new String

username,

110

final ArrayList mParams = ArrayList(); mParams.add(new BasicNameValuePair("login", "login")); mParams.add(new BasicNameValuePair("username", username)); mParams.add(new BasicNameValuePair("password", password)); HttpEntity mEntity = null; try { mEntity = new UrlEncodedFormEntity(mParams); } catch (final UnsupportedEncodingException e) { } final HttpPost mPost = new HttpPost(server); mPost.addHeader(mEntity.getContentType()); mPost.setEntity(mEntity); try { mHttpClient.execute(mPost); } catch (final IOException e) { } }

new

public ArrayList requestProjectsList() { final HttpGet mGet = new HttpGet(server + "?m=projects"); String teste = ""; try { teste = mHttpClient.execute(mGet, mResponseHandler); } catch (final IOException e) { } ArrayList list = new ArrayList(); int a, b, c; String mAuxiliar = "", a) + 1; d = projectPage.indexOf("", c); e = projectPage.indexOf(" list new = new

HashMap", a) + 1; d = projectPage.indexOf("", c); e = projectPage.indexOf("