geografia - aula 20 - oriente médio

Download Geografia - Aula 20 - Oriente Médio

Post on 06-Jun-2015

27.804 views

Category:

Documents

21 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

ORIENTE MDIOO Sudoeste do continente asitico recebe o nome de Oriente Mdio. uma das regies que mais chama a ateno no cenrio geopoltico e econmico mundial. Merece, assim, um especial destaque nesse curso. Observe inicialmente o mapa poltico dessa regio:

O Oriente Mdio encontra-se em uma rea estratgica, em contato com o centro e sul da sia, alm da Europa e da frica. cercado por posies estratgicas como o Canal de Suez e os Estreitos de Ormuz (passagem obrigatria para os navios petroleiros que se dirigem ao Golfo Prsico) e de Babel-Mandeb que liga o Golfo de den ao Mar Vermelho. O Canal de Suez, construdo no sculo XIX com a finalidade de facilitar as rotas martimas comerciais entre o Ocidente e o Oriente atravs do Mar Mediterrneo e o Mar Vermelho, est obsoleto. Sua pequena profundidade impede o trnsito de navios de grande calado. O Oriente Mdio cortado pelo Trpico de Cncer que atravessa a Arbia Saudita, Emirados rabes Unidos e Om. cercado pelo Oceano ndico e vrios mares como o Mediterrneo, Negro, Cspio e da Arbia. Limita-se com o Egito (pas africano), com o Paquisto, China e com vrios pases que integravam a ex-URSS.

Quadro natural

No relevo do Oriente Mdio encontramos um predomnio de reas planlticas antigas, de altitudes medianas e com muitas reas aplainadas. Destacam-se os Planaltos rabe, Iraniano e de Anatlia. Ao norte encontramos cadeias de montanhas, como os Montes Taurus (Turquia), Zagros (Ir) e a Cadeia do Hindu Kush (Afeganisto). Essas reas apresentam um relevo bastante irregular, acidentado, repleto de montanhas e sujeito a ocorrncia de terremotos. So reas geologicamente instveis. Verificam-se ainda plancies litorneas e uma plancie mais importante, com solos frteis, bero das primeiras civilizaes humanas: a Plancie da Mesopotmia, no Iraque. Podemos ainda destacar uma pequena depresso, formada por movimentos tectnicos, entre Israel e Jordnia, atingindo 394 metros abaixo do nvel dos oceanos: a Depresso do Mar Morto.

No Oriente Mdio predominam os climas rido e semi-rido, com a ocorrncia de xerfitas e estepes. Encontram-se vrios desertos nos pases dessa regio (Arbia Saudita, Ir, Kuweit...). Na regio do Mediterrneo domina o clima de mesmo nome, com veres quentes e secos e invernos suaves e chuvosos. Correspondendo a esse tipo de clima encontramos vegetaes arbustivas: maquis-garrigue. Nas reas mais elevadas ocorrem o clima e a vegetao de montanhas. A hidrografia dessa regio pobre e, devido ao clima mais seco, ocorrem vrios rios intermitentes ou temporrios. Os mais importantes, perenes e mais extensos so os rios Tigre e Eufrates. Eles nascem no Planalto de Anatlia, na Turquia, e correm para o sul atravessando a Plancie da Mesopotmia (regio entre rios). Esses rios terminam juntos formando uma nica foz: o Chatt-elArab, na fronteira entre o Iraque e o Ir, despejando as guas no Golfo

Prsico. Alm desses dois rios, podemos lembrar do Rio Jordo (modesto, mas importante por motivos religiosos e como fonte de gua). Ele acompanha a fronteira Israel-Jordnia e termina no Mar Morto. um rio de drenagem endorrica (sua foz se encontra em um mar totalmente isolado, no interior do continente).

Quadro humanoSomando-se todos os pases do Oriente Mdio encontramos uma rea um pouco menor do que o Brasil, totalizando 6.844.398 Km_. Mas a populao de seus pases em conjunto suplanta muito a brasileira com um total de 266.000.000 hab. Assim, o Oriente Mdio apresenta uma densidade demogrfica que quase o dobro da brasileira com 38,86 hab/Km_. Observe o quadro abaixo com informaes sobre todos os pases da regio.Densidade demogrfica (hab/Km_)34,5 9,75 884,96 52,46 86,48 32,3 36,18 43,32 54,36 299,52 52,18 112,25 346,15 12,24 89,64 86,73

Pas Afeganisto Arbia Saudita Barein Catar Chipre Emirados rabes Imen Ir Iraque Israel Jordnia Kuweit Lbano Om Sria Turquia

rea (Km_)652.225 2.153.168 678 11.437 9.251 83.600 527.968 1.648.196 434.128 20.700 97.740 17.818 10.400 212.457 185.180 779.452

Populao (hab)22.500.000 21.000.000 600.000 600.000 800.00 2.700.000 19.100.000 71.400.000 23.600.000 6.200.000 5.100.000 2.000.000 3.600.000 2.600.000 16.600.000 67.600.000

Populao Urbana (%)22 86 92 92 57 86 25 62 77 91 74 98 90 84 55 75

A populao do Oriente Mdio encontra-se mal distribuda. A ocorrncia de vrias reas desrticas e semi-ridas leva a concentrao da populao junto s fontes de gua. So reas importantes o litoral do Mar Mediterrneo, do Golfo Prsico, as proximidades do Mar Cspio, o Vale do Rio Jordo e a

Plancie da Mesopotmia, com solos frteis e cortada pelos Rios Tigre e Eufrates. Observam-se grandes vazios demogrficos na regio. O pas mais extenso da regio a Arbia Saudita, o mais populoso o Ir e o de maior densidade demogrfica Barein. Os ndices de urbanizao so elevados na maioria dos pases, mas encontramos alguns de reduzida urbanizao como o Afeganisto e o Imen. baixo o padro de vida no Oriente Mdio. Apesar das riquezas conseguidas com a explorao e venda do petrleo, a renda mal distribuda, ficando concentrada nas mos de poucos. Somente Israel pode ser considerado um pas de Primeiro Mundo no Oriente Mdio. Observe as diferenas de padro de vida no quadro abaixo:Analfabetism o (%)63,7 23 23,1 46 3,9 25,6

(2000 2005) Afeganisto Arbia Saudita Ir Iraque Israel Sria

Expectativa de vida (anos)43 - 43,5 71,1 - 73,7 68,8 - 70,8 63,5 - 66,5 77,1 - 81 70,6 - 73,1

Mortalidade infantil - %o161,3 20,6 35,9 63,5 5,9 22,3

Para conhecer a populao do Oriente Mdio importante tambm verificar a composio dessa populao quanto aos grupos tnicos e religiosos, o que permite entender melhor alguns conflitos que ocorrem nessa regio. Observe o prximo quadro:Pas Afeganisto Arbia Saudita Barein Catar Chipre Emirados rabes Imen Ir Iraque Israel etnias predominantespatanes e tadjiques rabes rabes rabes, paquistaneses e indianos gregos e turcos rabes e sul-asiticos rabes persas e azeris rabes judeus

religies predominantesislamismo islamismo islamismo islamismo cristianismo ortodoxo islamismo islamismo islamismo islamismo judasmo

Jordnia Kuweit Lbano Om Sria Turquia

rabes rabes rabes rabes rabes otomanos

islamismo islamismo islamismo e cristianismo islamismo islamismo islamismo

Quadro EconmicoNo Oriente Mdio algumas atividades econmicas so tradicionais como a pecuria nmade e a agricultura de subsistncia, praticadas h milhares de anos. Na pecuria destacam-se os rebanhos de ovinos, caprinos e camelos. So atividades limitadas e definidas pela influncia do quadro natural com muitas reas desrticas e semi-ridas. A prtica da agricultura de carter comercial pode ser encontrada no litoral do Mediterrneo, onde o clima favorece o cultivo de produtos como uva, oliveiras, figos, tmaras, ctricos e cereais. Ou ainda, na frtil Plancie da Mesopotmia com cultivos variados de cereais e frutas. Vrios pases do Oriente Mdio procuram tambm desenvolver a agricultura irrigada em reas desrticas. Israel um pas que pioneiramente procurou desenvolver tecnologia nesse setor, destacando-se os cultivos no Deserto de Neguev, no sul do pas, aproveitando gua do Rio Jordo e do Mar Morto. Na estrutura de produo agrcola desse pas vale tambm destacar duas formas de explorao da terra: Kibutz, uma explorao comunitria, tipicamente agroindustrial em terras doadas pelo Estado e o Moshav, uma cooperativa agrcola formada por proprietrios de terras. O setor industrial limitado destacando-se a produo de tapetes como no Ir, Iraque e Afeganisto, algumas indstrias de base na Turquia e maior diversificao industrial em Israel, com um parque industrial que no de grande porte, mas caracteriza-se pelo desenvolvimento tecnolgico (informtica, eletrnica, armas, setor nuclear...). Evidentemente, o maior destaque quando se fala em economia nessa regio o petrleo. Muitas jazidas so encontradas ao redor do Golfo Prsico, uma das maiores reservas mundiais. No se engane acreditando que todos os pases do Oriente Mdio so grandes produtores e exportadores de petrleo. Isso no verdade. E tambm no verdade que eles so pases ricos por possurem muito petrleo. Como j afirmamos anteriormente, a riqueza nessa regio muito mal distribuda, os lucros obtidos com a exportao de petrleo ficam nas mos de poucos, quando no so mal investidos ou gastos com armamentos e guerras.

Reservas mundiais provadas de petrleo4,0% 3,0% 12,0% 7,0%

2,0% 6,0% 66,0%

Oriente Mdio ex-URSS Europa

Amrica Latina Amrica AngloSaxnica

sia-Oceania

frica

Alguns pases do Oriente Mdio participam da OPEP (Organizao dos Pases Exportadores de Petrleo). So eles: Arbia Saudita, Ir, Iraque, Kuweit, Catar e Emirados rabes. Essa organizao procura ter um controle e influncia no mercado petrolfero mundial. Determina quotas de produo para cada pas membro, manipula a oferta desse produto no mercado mundial e, assim, influencia o preo dessa mercadoria. A OPEP rene tambm a Venezuela, na Amrica do Sul, a Indonsia, no Sudeste asitico e a Nigria, Lbia e Arglia, na frica. Apesar de ter determinado os famosos choques mundiais do petrleo na dcada de 1970, hoje a OPEP responde por menos de 40% do petrleo comercializado no mundo. Ateno: nem todos os pases que exportam petrleo esto nessa organizao. Na verdade, atualmente maior o nmero de pases exportadores de petrleo que no so pases membros da OPEP do que aqueles que a integram.

Produo mundial de petrleo11,1% 11,1% 29,3%

14,1% 10,1% 14,1% 10,1%

Oriente Mdio ex-URSS Europa

Amrica Latina Amrica AngloSaxnica

sia/Oceania

frica

Conflitos muito importante lembrarmos, ainda que de passagem, de alguns dos conflitos que j ocorreram ou ocorrem no Oriente Mdio. Precisamos alertar que, ao analisar esses conflitos, no devemos nos permitir generalizaes. No podemos simplesmente acreditar que todo conflito no Oriente Mdio apresenta razes religiosas ou a briga pelo controle do petrleo. Assim, vamos apre