gabriel cramer

Download Gabriel Cramer

Post on 11-Jul-2015

2.007 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Gabriel Cramer

  • Gabriel Cramer nasceu em Genebra, na Sua, a 31 de Julho de 1704, O seu pai era mdico e, dos seus dois irmos, um tornou-se tambm mdico e outro professor de Direito. (daqui pra frente do Tyrone)

  • Com apenas 18 anos obteve o grau de doutor pela Universidade de Genebra com uma tese sobre a teoria do som, e aos 20 anos foi nomeado professor de Matemtica pela mesma universidade.

  • Mas teve que dividir a materia de matemtica na faculdade que lecionava, ele com geometria e mecnica e Calandrini com lgebra e astronomia.

  • Aps dois anos, foram convidados a uma viagem, para aumentar o nivel de experincia e aprender mais com outros matemticos. Cramer o fez, e com isso obteve o titulo nico de professor de Matemtica onde lecionava.

  • O seu mtodo de ensino foi tambm inovador: Cramer decidiu, com o consentimento da Academia, dar as aulas em francs em vez de latim (como era habitual na poca).

    Foi ainda membro do Conclio dos Duzentos e depois do Conclio dos Setenta, onde aplicou o seu conhecimento matemtico artilharia, reconstruo de edifcios e construo de fortificaes. (acaba aqui a do tyrone)

  • A sua obra mais famosa a Introduction lanalyse des lignes courbes algbriques, publicada em 1750. Nela aborda os sistemas de equaes lineares com mltiplas incgnitas e formula um teorema que daria origem conhecida Regra de Cramer, que descreve como obter a inversa de uma matriz recorrendo ao clculo de determinantes. (comea a fala do Maciel)

  • Regra de Cramer

  • A regra de Cramer um teorema em lgebra linear, que d a soluo de um sistema de equaes lineares em termos de determinantes.

  • lgebra linear um ramo da matemtica que surgiu do estudo detalhado de sistemas de equaes lineares e se utiliza de alguns conceitos e estruturas fundamentais da matemtica como: vetores, espaos vetoriais, transformaes lineares, sistemas de equaes lineares e matrizes.

  • Uma equao linear uma equao envolvendo apenas somas ou produtos de constantes e variveis do primeiro grau. (acaba aqui a do Maciel)

  • Aplicaes

  • A lgebra Linear tem um grande nmero de aplicaes dentro e fora da Matemtica. Programao linearProcessamento de imagemFsica matemticaEstatstica (comea a do mar)

  • Programao Linear -Em matemtica, problemas de Programao Linear (PL) so problemas de optimizao nos quais a funo objetivo e as restries so todas lineares.

    Ex: Semeado com trigo ou cevada ou uma combinao de ambas. O fazendeiro tem uma quantidade limitada de fertilizante F permitido e de inseticida P permitido que podem ser usados, cada um deles sendo necessrios em quantidades diferentes por unidade de rea para o trigo (F1, P1) e para a cevada (F2, P2). Seja S1 o preo de venda do trigo, e S2 o da cevada. Se chamarmos a rea plantada com trigo e cevada de x1 e x2 respectivamente, ento o nmero ideal de km2 de plantao com trigo vs cevada pode ser expresso como um problema de programao linear .

  • Processamento de Imagem

    qualquer forma de processamento de dados no qual a entrada e sada so imagens tais como fotografias ou quadros de vdeo. Alm de ser um estgio para novos processamentos de dados tais como aprendizagem de mquina ou reconhecimento de padres.

  • Fsica matemtica

    Fsica matemtica um ramo da Fsica terica, que estuda desde simetrias at modelos integrveis, em "Campos e partculas".O maior numero de pesquisas neste campo so os modelos do tipo cadeia de spin e as simetrias associadas a estes modelos. Em particular, interessam os modelos com eltrons fortemente correlacionados, devido a sua importncia na compreenso da supercondutividade alta temperatura.

  • Estatstica

    Utiliza-se das teorias probabilsticas para explicar a frequncia de fenmenos e para possibilitar a previso desses fenmenos no futuro.E dentro da Estatstica entra o modelo linear generalizado (MLG) uma flexvel generalizao da regresso de mnimos quadrados ordinria. Relaciona a distribuio aleatria da varivel dependente no experimento (a funo de distribuio) com a parte sistemtica (no aleatria) (ou preditor linear) atravs de uma funo chamada funo de ligao.

  • Trmino da vida de Cramer

  • O esforo e empenho que Cramer dedicou preparao da sua Introduction lanalyse des lignes courbes algbriques e ao seu trabalho editorial, somado a todas as suas actividades quotidianas, fragilizaram significativamente a sua sade.

    Em 1751, uma queda da sua carruagem deixou-o prostrado, e passou dois meses a recuperar na cama. O esgotamento que o excesso de trabalho lhe provocara levou o seu mdico a recomendar-lhe um perodo de descanso no Sul de Frana para recuperar a sua sade. Seguindo o conselho do seu mdico, Cramer partiu de Genebra a 21 Dezembro de 1751. Faleceu ainda durante a viagem, em Bagnols-Sur-Cze, j na Frana, a 4 de Janeiro de 1752.

  • Consideraes finais :

    No se desgaste demais com matemtica, ou pode morrer por ela . (acaba aqui com o mar )