gabarito edição nº 318

Download Gabarito Edição nº 318

Post on 07-Mar-2016

221 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 318, de 12 a 18 de julho de 2010.

TRANSCRIPT

  • P E R S O N A G E M

    Educadores mostram importncia da equipe de apoio da Uninorte

    JORNAL DA EDUCAO

    Ano VII EdIo n 318 RIo BRAnco-Ac, 12 A 18 dE JUlHo dE 2010 E-MAIl: gabarito_ac@terra.com.br

    Leia a verso online desta edio em www.portalgabarito.com.brGabarito

    C O N C U R S O

    Pgina 4

    Emerson aprova 7 candidatos no

    concurso da CEF

    Pgina 8

    METARRAI ATRAI MULTIDOColgio Meta realiza

    Metarrai com apresentaes de

    quadrilhas, bingo, pescaria e comidas tpicas. O evento

    atrai centenas de alunos, ex-alunos, amigos,

    pais e simpatizantes ao Colgio Meta.

    F A C U L D A D E

    Pgina 7

    Faculdade interativa COC realiza aula

    da saudade

    Pgina 3

  • A T U A L I D A D E

    Rio Branco-acre, 12 a 18 de julho de 2010Gabarito2

    - JORNAL DA EDUCAO

    Faculdade Meta inicia segundo semestre dia 26Recesso acadmico na faculdade comeou dia 10 e termina dia 25

    As atividades acad-micas do segundo se-mestre na Faculdade Meta (Fameta), de

    Colgio Padro sorteia livro com professoresn A direo do Colgio Pa-dro adquiriu trs exemplares do livro Professor e Aluno motivados: isto faz a diferen-a, 3 Edio Atualizada e Ampliada, Bilingue, das pro-fessoras Fabiana Kauark, Iana Muniz e Josane Morais.

    O livro foi adquirido du-rante o II Seminrio de Educa-o, realizado pelo Sindicato das Escolas Particulares do Acre (Sinepe), quando uma das autoras, a professora Fabiana Kauark, esteve em Rio Branco ministrando pa-lestras para os participantes do evento.

    Segundo a diretora, pro-fessora Geane Lucas, um dos exemplares foi sorteado entre

    as professoras do colgio e os outros dois exemplares ficaro na biblioteca para consultas.

    O livro se volta para a pro-blemtica da motivao como aspecto importante entre o professor-educador e aluno no contexto atual e busca apresentar respostas provis-rias para diversas indagaes como o que induz e conduz um comportamento motivado por um longo tempo? Como se manter motivado para o processo de ensino-aprendi-zagem na escola? Quais tm sido os fatores (dimenses) que se apresentam como im-pulsionadores da motivao do professor-educador no ambiente escolar?

    atividades letivas do segundo semestre na Fameta sero iniciadas no dia 26 de julho

    GabaritoPublicao dirigida para

    a rea da Educao

    Jornalista Responsvel:Evaldo Pereira Ribeiro

    (164 DRT/AM)Contato: 8402-5842

    Residencial Iolanda - Qd 18/Casa 14 n 395Bairro Geraldo Fleming - Rio Branco-AC

    Fone 3227-3040

    Educao Infantil e Ensino Fundamental

    Fazendo o presente, visando o futuro

    acordo com o Calendrio Aca-dmico 2010, comeam no dia 26 de julho. No dia 24 haver reunio com o corpo docente.

    As atividades do primeiro semestre foram encerradas no dia 9, com a realizao dos exames finais. No primeiro semestre v-rias atividades foram realizadas nos cursos da instituio. No curso de Cincias Biolgicas os alunos participaram de uma ati-vidade prtica no Horto Florestal, no dia 22 de maio, quando se comemorou o Dia Internacional da Diversidade Biolgica.

    Durante a atividade foi rea-lizada uma preleo feita pela coordenadora do curso, profes-sora Aldrey Gonalves, sobre a importncia da diversidade biolgica, principalmente na regio, considerada um celeiro de espcies; informativo sobre a importncia do tema, visto que o ano de 2010 foi declarado pela Assembleia Geral das Naes Unidas como o Ano Internacio-nal da Biodiversidade.

    Outra atividade do curso aconteceu na disciplina Anato-mia Humana, quando os alunos produziram material didtico como suporte para aulas nos en-sinos Fundamental e Mdio.

    Diretora geane Lucas e a professora Delcides sorteada com o livro

  • P E R S O N A G E M

    Rio Branco-acre, 12 a 18 de julho de 2010 Gabarito3

    JORNAL DA EDUCAO -

    Educadores da Unio Educacional do Norte (Uninorte) valorizam atividades desenvolvidas pelos azuizinhos

    Educadores falam da importncia dos azuizinhos

    Um aluno, ao escolher uma instituio de ensino leva em con-siderao seus pro-fessores e gestores. Entretanto, se for feita uma enquete entre pessoas que utilizam os servios de uma IES sobre a importncia dos profissionais que atuam em uma faculdade, alm de profes-sores titulados e bons gestores, haver quem avalie, tambm, a estrutura fsica, que deve ser adequada para atender bem sua clientela, como uma biblioteca com excelente acervo, salas de

    aulas climatizadas, laboratrios de informtica com equipamen-tos de ltima gerao e outros complementos perifricos que al-gumas pessoas tanto valorizam.

    Na Unio Educacional do Norte (Uninorte), entretanto, h uma equipe de educadores que nem todos conhecem, mas que desempenha um papel importante dentro da instituio, o pessoal de apoio, os azuizinhos, como so tratados carinhosamente os educadores que atuam no apoio s atividades acadmicas. O apoio dado de fato por esses

    Uninorte valoriza pessoal de apoio

    n Mas o que pensam os edu-cadores que trabalham com os azuizinhos? Para a educadora Lucinia Scramin Alves, gestora da Sala Integrada de Coordena-dores e Professores (SICP), todos esses anos a Uninorte conta com a prontido e a rapidez da equi-pe de apoio, que ajuda a manter a instituio organizada e bem estruturada. A Uninorte vem crescendo com sucesso, graas ao trabalho bem feito que a equipe de apoio viabiliza, e o bom fun-cionamento de toda estrutura do campus, permitindo que alunos,

    Equipe do pessoal de apoio faz uma parada para receber a homenagem dos educadores

    Educadora nia Scramin, gestora da SiCP

    professores e todos os envolvidos no processo de ensino, concre-tizem o to sonhado sucesso procurado por todos. Torna-se importante frisar que a equipe desempenha seu papel com se-riedade e presteza, facilitando o trabalho de todos os educadores da IES.

    A educadora Raquel Santos, coordenadora do curso de Le-tras, tambm s elogios para a equipe. Em seis anos de tra-balho na Uninorte, nunca ouvi reclamao alguma sobre esses modernos escoteiros que esto sempre alerta, de segunda a sbado, e, s vezes, tambm aos domingos. Eles fazem parte da base forte da nossa pirmide, por isso merecem nosso respeito e admirao.

    J a professora Vanessa Paskoali, do curso de Servio Social da Uninorte e do Iesacre, diz que, sem a colaborao e o apoio dos azuizinhos, seria difcil desempenhar a atividade docente com a mesma qualidade. Considerando a estrutura e a dimenso da Uninorte seria bem complicado desenvolver a funo docente sem a colaborao e a dedicao da equipe de apoio. Costumo dizer que alguns deles so como anjos em nossas vidas. Obrigada a todos!

    Educadora Raquel Santos,coordenadora do curso de Letras

    Vanessa Paskoali, Educadora do curso de Servio Social

    funcionrios fundamental para que os gestores tenham sucesso em seu trabalho e para que a atu-ao dos professores seja eficaz, pois nossos rapazes esto sempre prontos para atender logstica estabelecida pela instituio,

    diz a coordenadora do curso de Letras, professora Raquel Silva dos Santos.

    Hoje, atuando na Uninorte, so 13 educadores divididos em atividades que vo desde o apoio nos corredores limpeza,

    manuteno predial e segurana. Desses, trs esto estudando na Uninorte, nos cursos de Admi-nistrao, Cincias Biolgicas e Arquitetura, diz o gestor do pessoal de apoio, Jos Erivelton de Souza.

    andr e Erivelton estudam Cincias Biolgicas e administrao na Uninorte

  • C O N C U R S O

    Rio Branco-acre, 12 a 18 de julho de 2010Gabarito

    4- JORNAL DA EDUCAO

    Emerson aprova sete candidatos no concurso da CEFPr-concurso aprova 1 e 2 lugares para Tcnico Bancrio para o Acre

    OEmerson Pr-con-cursos e Vestibulares realizou, na manh de sbado, 10, um caf da manh para homenagear os sete aprovados no concurso pblico da Caixa Econmica Federal, para Tcnico Bancrio.

    Segundo o professor Emerson do Nascimento Silva, a aprovao resultado de um trabalho crite-rioso realizado por professores comprometidos e uma equipe de colaboradores que ajuda a fazer do pr-concurso o melhor prepa-ratrio para concursos pblicos.

    Foram aprovados os alunos Samuel Ferreira Lima (1 lugar); Jonathan Garcez Vieira Frederico (2 lugar); Juliana Lopes Moraes (5 lugar); Cssia Maria Lima de Souza (7 lugar); Elizangela Souza de Lima (13 lugar); Bruno

    CNA com descontos na mensalidade na Escola da Nova Cearn O CNA est com matrculas abertas na escola que funciona na Nova Avenida Cear, pr-xima da FAAO. A professora Kellen Cristina Duarte, co-ordenadora pedaggica, diz que o valor das mensalidades de R$ 60,00. Este valor apenas para atender alunos que moram nos Conjuntos Universitrio e Tucum e no Calafate.

    Mesmo com o preo dife-renciado, os alunos que opta-rem por estudar na escola da Nova Avenida Cear tero as mesmas vantagens de quem estuda no CNA do Conjunto Habitasa. A escola dispe de salas climatizadas, professores com experincia no exterior e o material que disponibiliza-do pela rede CNA.

    O CNA oferece uma meto-dologia comunicativa, aliada equipe pedaggica treinada constantemente e ao material didtico exclusivo, garantindo o aprendizado com eficincia e rapidez. O aluno obtm flu-ncia nas quatro habilidades da lngua: falar, compreender, ler e escrever, sempre atra-

    vs da vivncia de situaes reais do dia-a-dia, ouvindo msica, assistindo a filmes e videoclipes, participando de atividades e jogos. Assim, o aluno aprende o idioma natu-ralmente, por meio de muita conversao.

    A Escola de Idiomas CNA investe em infra-estrutura, como laboratrios de multi-mdia, aulas de apoio, biblio-tecas, recursos audiovisuais, internet, entre outros recursos modernos, a fim de que o alu-no tenha a melhor qualidade em ensino de idiomas. Nosso compromisso de qualidade com o aluno dedicao e respeito sua individualidade, atravs d