gabarito edição jan 2010 - completo

Download gabarito edição jan 2010 - completo

Post on 14-Jun-2015

532 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Sucesso esquenta o clima na CBPM1- Oposio tenta tomar posse da entidade com manobra judicial 2- Duas chapas perdem o prazo de inscrio e podem ficar fora da disputa 3- Recursos na Justia ainda podem provocar adiamento do pleito

Caixa Beneficente vai eleger direo para trinio 2010-2013Arquivo/ Pedro Pantoja

FOXJORNALrgo informativo do Clube de Cabos e Soldados da PMERJ

Presidente : Jorge Lobo

Editor: Rogrio SantAna

Governo do Estado ainda resiste a conceder aumento digno para PMA Caixa Beneficente da PM vai eleger no prximo dia 15 de Janeiro a nova diretoria que comandar os destinos da instituio no trinio 2010-2013. Jorge Lobo atendendo pedido dos associados e dos atuais dirigentes aceitou o desafio e disputa a reeleio. Pesquisas indicam seu amplo favoritismo e campanha j ganhou as ruas. Todos defendem a continuidade da atual administrao e dizem que time que esta ganhando, no se mexe - Pg 03

SALRIO

Emprstimo consignado vira caso de policia

SOciAL60 mil cestas entregues pela Caixa beneficente Pg 6

FinAnASConfira o balancente das contas da CBPMERJ Pg 2 Presidente da ASPRA defende Lobo Pg 5 preciso dar bons salrios aos policiais do Rio de Janeiro para a gente exigir que ele cumpram sua funo. Se precisar fazer bico, j estamos correndo risco. Se ele ganhar pouco e precisar trabalhar fora j estamos correndo risco, discursou o presidente Lula recentemente. Mas apesar da Unio ter liberado para o Estado R$ 350 milhes para segurana em 2009, governo do Estado se nega a conceder um reajuste que represente pelo menos a perda acumulado do perodo. Salri no Estado o pior do Brasil

APOiO

PLAntOPolcia Civil investiga fraudes em emprstimo concedido a servidores denunciado por Lobo desde o ano passado A mfia atua na rea de emprstimo consignado para servidores pblicos estaduais , em especial para PM , que agora objeto de investigao de inqurito da Delegacia de Defraudaes.

Diretoria esteve reunida durante todo o recesso Pg 3

Zona Oeste do Rio ter 16 novas linhasMedida visa melhorar o transporte pblico na regio. Empresas tero que cumprir vrias exigncias. Das 16 linhas, trs so novas e outras 13 eram operadas pela Viao Oriental, que teve a permisso cassada no fim de dezembro. O Rionibus informou que s vai se pronunciar depois que analisar os detalhes da licitao

NIBUS

ServioPgina 02 - JANEIRO-2010

Prefeitura lana edital de licitao para 16 linhas de nibus da Zona Oeste

Para tentar melhorar o transporte pblico na Zona Oeste do Rio de Janeiro, a Prefeitura do Rio de Janeiro o edital para explorao de 16 linhas de nibus da regio. A Secretaria municipal de Transportes espera que em 60 dias as linhas j estejam sendo operadas pelos vencedores da licitao. Das 16 linhas, trs so novas e outras 13 eram operadas pela Viao Oriental, que teve a permisso cassada no fim de dezembro. As empresas tero que cumprir vrias exigncias. Entre elas, o uso de nibus articulados para o Centro e de GPS em todos os veculos, para que a Secretaria monitore itinerrios e o nmero de passageiros.

Prestando Contas

Balano de prestao de contas da Caixa Beneficente dos anos de 2007 e 2008

Os balanos acima publlicados foram devidamente aprovados pelos Conselhos Fiscal e Deliberativo de acordo com atas que encontram-se a diposio no site WWW.cBPMERJ.cOM BRPROCON ONLINEPARTICIPEVoc pode enviar as suas crticas e sugestes atravs do e-mail clubedecabosesoldados@gmail.com ou pelo endereo Rua Pedro I, n 16 - Praa Tiradentes - Centro.

FOXFundador: Carmelos Ferreira da Silva Editor Chefe: Rogrio Santana Diretora Comercial: Jnia Bizarelli Fotografia: karen Luchesi Projeto Grfico e Diagramao: Genaro Braga Tel: 7833-3640genarobraga@gmail.com

IMPRESSO

ACONTECEU...O banco Morada foi condenado a pagar R$ 5 mil de indenizao, a ttulos de danos morais, por ter includo indevidamente o nome de um consumidor no cadastro dos inadimplentes. O desembargador Carlos Eduardo Passos, da 2 Cmara Cvel do Tribunal de Justia do Rio, negou a apelao do banco contra a sentena, em 1 instncia, que o condenou. A autora da ao, Bruna Sant'Anna, teve seu nome negativado devido a um cheque sem fundos passado por estelionatrios. O laudo pericial demonstrou a diferenas entre a grafia da consumidora e da pessoa que assinou o cheque. O desembargador relator do processo afirmou que "o laudo pericial concluiu que as assinaturas so flagrantemente diferentes e seriam percebidas at mesmo por uma pessoa comum, que identificaria, com facilidade, a fraude".

+ FCIL

Novo Portal para reclamarSecretaria Estadual de Defesa do Consumidor RJ Atravs do PROCON ON LINE. a Secretaria Estadual de Defesa do Consumidor e do Rio de Janeiro est ampliando a rede de atendimento dp PROCON levando-o para mais perto de voc. Nesses pontos voc tira suas dvidas, faz reclamaes e inicia processos. http://www.consumidor.rj.gov. br/procononline_1.asp

SALRIO MNIMONACIONAL: REGIONAL: R$ 510,00 R$ 586,67

Edio Ano 0 N 01. O Jornal Fox rgo oficial de divulgao do Clube de Cabos e Soldados da PM, editado e publicado pela Panorama Comunicao

TELEFONES TEIS Hospital So Lucas Travessa Frederico Pamplona 252-5552 Delegacia da Mulher 3399-3690 Delegacia do Turista 2511-5112 Policia Militar 190 Delegacia Policial 13 2247-0359 Prefeitura do Rio 2503-3000 PROCON 2224-4916 Centro de Informao Turstica Av. Princesa Isabel, 183 Tel: 2542-8080 / 2542-8004 Fax: 2542-0694

Tiragem: 20 mil exemplares

DESAPARECIDO CARLOS ANDERSON MORAES SILVAFilho de Carlos Luiz Soares Silva e Andreia Maciel Moraes, o adolescente nasceu no dia 7 de maio de 1993 e desapareceu no ltimo dia 1 de setembro, no bairro Jardim Metrpole, no municpio de So Joo de Meriti, na Baixada Fluminense. Quem tiver informao entrar em contato com a FIA.

O Jornal FOX produzido pela Panorama Comunicao da Baixada LTDA Rua Pedro I, n 16, Praa Tiradentes - Centro - Rio de JaneiroOs nossos colaboradores no possuem obrigaes de horrio ou continuidade, no mantendo nenhum vnculo empregatcio com esse Jornal FOX, em consonncia com a Lei de Imprensa 5250/67. Os conceitos emitidos pelos colunistas e matrias assinadas so de inteira responsabilidade dos mesmos.

Redao / Comercial - Telefax- 2696-8522

Tel: (21) 2299-1470 - 2579-2154 Endereo eletrnico: procurominhafamilia@fia.rj.gov.br

Eleies da caixa Beneficente da Polcia Militar Dia 15 de Janeiro 2010 Informaes: www.cbpmerj.com.br - Acesse

Planto durante o recesso para garantir eleies

A Dretoria executiva da Caixa Beneficente e o Conselho Deliberativo mantiveram-se em planto durante todo o recesso com vistas e dirimir dvidas e controvrsias o processo eleitoral, bem como preparar a realizao das eleies 2010. O Presidente Jorge Lobo , tambm visitou alguns batalhes e o conjunto habitacional Alferes em Madureira , com objetivo de divulgar a realizaao do pleito. O clima de eleio toma conta da instituio e a maioria dos associados defendem a permanencia da atual diretoria que mudou a histria da Caixa Beneficente da Policia Militar

CBPMERJ

Eleies

JANEIRO - 2010 - Pgina 03

Caixa Bebeficente da Policia Militar realiza no prximo dia 15 de Janeiro as eleies para escolha da nova direo para trienio 2010-2013. O atual Presidente da Instituio Jorge Lobo atendendo a pedidos disputar a reeleio. Sua gesto tem aprovao de 80% dos associados que apontam a transparncia, a democratizao e a humanizao do atendimento como os ponto s altos da adminstrao. Apesar de enfrentar a frente da CBPM uma grave crise financeira, consequncia de anos de m administrao Lobo conseguiu equilibrar as finanas e avanar consideravelmente no pagamento dos beneficios. A Caixa Beneficente originada do Decreto Legislativo Federal n 1095, de 1903,quando o ento presidente da repblica,Rodrigues Alves, criou e regulamentou uma Caixa Beneficente na Brigada Policial da Capital. Aps a criao, a instituio teve asua denominao modificada para Caixa Beneficente da Polcia Militar do Distrito Federal, Decreto 3.493/38, Caixa Beneficente da Polcia militar do Estado da Guanabara, Decreto 408/1965, e aps a fuso, Caixa Beneficente da Polcia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Em 1995, atravs de uma uniformizao de jurisprudncia, a Justia entendeu que a Caixa Beneficente deveria ser dirigida por representantes eleitos pelos associados, uma vez que a insti tuio era mantida atravs da contribuio dos policiais militares, e por isso, ela deveria se adequar as condies da outras entidades na mesma situao. Ento, foi ai que um grupo de associados, aps uma convocao na imprensa, promoveu a eleio para o cargo eletivo, onde saiu vitorioso Ary Lopes Santos. Mesmo com a eleio de cha-

Processo democrtico e transparente Caixa Beneficente elege nova diretoria em 15 de Janeiro em pleito aberto e participativo Apa liderada por Ary Lopes que tinha como Vice Presidente Jorge Lobo , houve resistencia por parte do Comando da PM que tinha frente o Coronel PM Dorasil Corval que no se pronunciou a respeito, mantendo assim os dirigentes indicados a frente instituio. Em seguida, o coronel Dorasil foi substitudo pelo coronel Srgio da Cruz e novo requerimento foi enviado e a resposta novamente foi o silncio. A efetivao do resultado s aconteceu anos depois.Afinal, diante da indiferena do Comando Geral da PM no restou alternativa diretoria eleita, a no ser recorrer a Justia, dando incio assim a uma longa e cansativa batalha jurdica. O processo que tinha como objetivo o reconhecimento legal das eleies de 15 de janeiro de 1999, ficou entregue ao juiz lvaro Henrique. Aps trs anos de processo com a concesso de quatro liminares, o juiz reconheceu atravs de sentena longa, com 12 folhas a legitimidade e o direito da diretoria eleita. Vale lembrar que neste intervalo, o ento governador Anthony Garotinho revogou o decreto 9633, tornando assim a CaixaBeneficente uma i

Recommended

View more >