fundamentos historicos filosóficos

Download Fundamentos Historicos Filosóficos

Post on 04-Oct-2015

14 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

CIAR Texto 85 pginas direitos humanos. Educao para diversidade.

TRANSCRIPT

  • Educao para a Diversidade e CidadaniaFundamentos Histricos, Filos!cos e Jurdicos dos Direitos Humanos

    1

    Fundamentos Histricos, Filos!cos e Jurdicos dos Direitos Humanos Apresentao

    Uma herana de dois contituionalismos

    Dos direitos humanos aos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos, liberdades e garantias

    Caractersticas dos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos como sistema de princpios

    Alguns direitos humanos fundamentais em

    espcie

    Direitos humanos, minorias e democracia

    Bibliogra!a

    Textos Complementares Desenvolvimento histrico dos direitos

    humanos

    Fundamentos dos direitos humanos

    O fundamentos dos direitos humanos

    Liberdade e Igualdade

    Educao para a Diversidade e CidadaniaFundamentos Histricos, Filos!cos e Jurdicos dos Direitos Humanos

    Douglas Antnio Rocha Pinheiro

    Ol Especializandos,

    A expresso Direitos Humanos (DH) tem sido veiculada por diversos meios de comunicao cada vez mais frequen-temente e utilizada em diversos contextos, muitas vezes tratada com falta de conhecimento mnimo e eivada de pr-concepes que desviam o debate sobre DH para ca-minhos nebulosos.

    Assim, os objetivos desta disciplina relacionam-se, a com-preenso de que os elementos que formam as origens e o conjunto desses Direitos esto no dilogo entre as trilhas da Histria, da Filoso!a e do Direito, posto que precisamos nos quali!car, ns educadores para enfrentarmos o fato de que as violaes a direitos fundamentais no ocorrem somente no mbito das relaes entre o cidado e o Estado, mas igual-mente nas relaes travadas entre pessoas fsicas e jurdicas de direito privado. Assim, os direitos fundamentais assegura-dos pela Constituio vinculam diretamente no apenas os poderes pblicos, estando direcionados tambm proteo dos particulares em face dos poderes privados.

    Doutorando e mestre em Direito, Estado e Constituio pela Universi-dade de Braslia. Professor assistente da Universidade Federal de Goi-s, coordena o curso de Direito no Campus Cidade de Gois. Integra o Observatrio da Constituio e da Democracia, coletivo de re"exo permanente vinculado ao grupo de pesquisa Sociedade, Tempo e Direito (CNPq UnB). Integrou a coordenao da equipe respons-vel pela estruturao e fortalecimento do Comit Estadual de Edu-cao em Direitos Humanos Gois (2009). Documentarista, dirigiu dois curtas sobre questes relativas a direitos humanos: Memrias de sombras (2008, 13min), melhor documentrio no Festival Nacional de Vdeo de Teresina e que registra a narrativa de mulheres vtimas de violncia domstica, e Bem educado (2010, 15min), que aborda a autonomia e a carnavalizao no processo de ensino-aprendizagem. Mestre em Cincias da Religio pela PUC Gois, desenvolve estudos sobre o princpio de laicidade do Estado, tendo publicado pela Edi-tora Argvmentvm o livro Direito, Estado e Constituio. Membro do Ncleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisa em Direitos Humanos (UFG). Currculo Lattes

    Fundamentos Histricos, Filos!cos e Jurdicos

    dos Direitos Humanos

  • Educao para a Diversidade e CidadaniaFundamentos Histricos, Filosficos e Jurdicos dos Direitos Humanos

    2

    Fundamentos Histricos, Filosficos e Jurdicos

    dos Direitos Humanos

    Apresentao

    Uma herana de dois contituionalismos

    Dos direitos humanos aos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos, liberdades e garantias

    Caractersticas dos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos como sistema de princpios

    Alguns direitos humanos fundamentais em

    espcie

    Direitos humanos, minorias e democracia

    Bibliografia

    Textos Complementares

    Desenvolvimento histrico dos direitos

    humanos

    Fundamentos dos direitos humanos

    O fundamentos dos direitos humanos

    Liberdade e Igualdade

    Educao para a Diversidade e CidadaniaFundamentos Histricos, Filosficos e Jurdicos dos Direitos Humanos

    Afinal, por ser participante do processo de interpretao constitucional, ao ressemantizar significantes constitucio-nais pela prtica do ensino-aprendizagem, o educador as-sume verdadeiro nus, qual seja, o de se utilizar do discurso reconstrutivo, bem como de suas ferramentas, para denun-ciar os simulacros de harmonia entre Constituio e consti-tucionalismo existentes na ordem vigente, tudo com vistas elaborao de um novo discurso e reconstruo de uma identidade mais inclusiva do sujeito constitucional.

    Que sejamos muito produtivos nessa jornada que se inicia!

  • Educao para a Diversidade e CidadaniaFundamentos Histricos, Filosficos e Jurdicos dos Direitos Humanos

    3

    Fundamentos Histricos, Filosficos e Jurdicos

    dos Direitos Humanos

    Apresentao

    Uma herana de dois contituionalismos

    Dos direitos humanos aos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos, liberdades e garantias

    Caractersticas dos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos como sistema de princpios

    Alguns direitos humanos fundamentais em

    espcie

    Direitos humanos, minorias e democracia

    Bibliografia

    Textos Complementares

    Desenvolvimento histrico dos direitos

    humanos

    Fundamentos dos direitos humanos

    O fundamentos dos direitos humanos

    Liberdade e Igualdade

    1. Uma herana de dois constitucionalismos

    A Reforma Protestante, iniciada no sculo XVI, alm de ter marcado uma ruptura da unidade crist ocidental, foi o ber-o de uma primeira luta por direitos, visto que as minorias religiosas passaram a reivindicar o direito de professar f diversa da catlica no sem razo, para Jellinek, rastrear o surgimento da liberdade de crena equivaleria a rastre-ar a prpria origem dos direitos fundamentais. Canotilho (2002, p. 383), contestando essa hiptese, entende que tal momento consagra muito mais uma idia de tolerncia do que propriamente uma concepo de direito inalienvel.

    Mas tolerncia e reconhecimento no so conceitos semelhantes?

    A diferena entre liberdade religiosa e tolerncia radi-ca, fundamentalmente, no facto de que a primeira vista como integrando a esfera jurdico-subjectiva do seu titular, ao passo que a segunda vista como uma concesso gra-ciosa e reversvel do Monarca, do Estado ou de uma maioria poltica e religiosa. A tolerncia religiosa consistiu, assim, num momento de transio no processo que conduziu consagrao constitucional do direito liberdade religiosa (MACHADO, 1996, p. 73).

    Norberto Bobbio, por sua vez, aclara a questo ao relem-brar que as guerras religiosas, antes mesmo de invocarem uma liberdade de crena, materializavam o direito de re-sistncia opresso, o qual pressupe um direito ainda mais substancial e originrio, o direito do indivduo a no ser oprimido, ou seja, a gozar de algumas liberdades fun-damentais (BOBBIO, 2004, p. 24) dentre as quais, agora sim, a liberdade religiosa encontrava-se em primeiro lugar.

    Esse direito de resistncia encontrou em John Locke uma consistente defesa terica e, nas Revolues Inglesas do s-culo XVII, fomentou uma primeira corrente do constitucio-nalismo. At ento, a Inglaterra era regida por uma monar-quia absolutista, forma de governo que se justificava pela argumentao hobbesiana. Para Thomas Hobbes, o estado de natureza era caracterizado por um estado de guerra de todos os homens contra todos os homens por motivos de competio, desconfiana e glria. Nesse momento, no havia regra que estabelecesse parmetros de conduta, de tal modo que toda ao era legtima. Ocorre, porm, que isso tornava a vida dos homens solitria, embrutecida e curta.

  • Educao para a Diversidade e CidadaniaFundamentos Histricos, Filosficos e Jurdicos dos Direitos Humanos

    4

    Fundamentos Histricos, Filosficos e Jurdicos

    dos Direitos Humanos

    Apresentao

    Uma herana de dois contituionalismos

    Dos direitos humanos aos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos, liberdades e garantias

    Caractersticas dos direitos humanos

    fundamentais

    Direitos como sistema de princpios

    Alguns direitos humanos fundamentais em

    espcie

    Direitos humanos, minorias e democracia

    Bibliografia

    Textos Complementares

    Desenvolvimento histrico dos direitos

    humanos

    Fundamentos dos direitos humanos

    O fundamentos dos direitos humanos

    Liberdade e Igualdade

    Tal percepo os teria impulsionado a pactuarem entre si a criao do Estado, fazendo-a nos seguintes termos: cada homem renunciaria toda a sua liberdade, entregando-a nas mos do soberano, tendo como contrapartida por parte deste a garantia de sua segurana. Liberdade e segurana colocavam-se, assim, como grandezas inversamente pro-porcionais de tal sorte que a estabilidade social se fazia ao custo da liberdade dos indivduos e da concentrao de poderes nas mos do monarca.

    O zoon politicon e os contratualistas

    Os contratualistas modernos Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau partiam de um pressuposto dis-tinto daquele aristotlico de que os homens eram dotados de um impulso associativo natural. Considerando a existn-cia real ou hipottica de um estado de natureza, um tempo-espao anterior constituio de uma sociedade civil orga-nizada, defenderam que o Estado surgiu artificialmente, ou seja, fruto de um acordo de vontades. Porm, cada um dos contratualistas apontou um contedo distinto do que teria sido pactuado do que resultou, por conseqncia, distin-tas vises sobre o Estado.

    Para Locke, no estado de natureza, a condio de liberda-de no significava uma condio de total permissividade. J existiriam, mesmo previamente sociedade civil, alguns direitos inalienveis cujo conhecimento seria revelado a to-dos os homens por meio da razo. O contrato social garan-

    tiria tanto uma execuo imparcia