frc ed 776 23 agosto 2013

Download Frc ed 776 23 agosto 2013

Post on 10-Mar-2016

249 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio 776 da Folha Regional de Cianorte com circulao na sexta-feira, 23 de agosto de 2013

TRANSCRIPT

  • Sexta-feira, 23 de Agosto de 2013 - Ano 12 - Edio 776 - R$ 2,00Fone: (44) 3018-2015 - Site: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

    A promotora de Justia, Dra. Elaine Lima, da Vara da Infncia e Juventude, convo-cou uma coletiva com a im-prensa na manh desta quin-ta-feira (22), para falar sobre

    a reunio que realizou com os vereadores do municpio na ltima quarta-feira (21). Se-gundo a promotora, o Legisla-tivo mostrou-se bastante dis-posto a apoiar as melhorias

    propostas para o atendimen-to de crianas com distrbios mentais em Cianorte.

    A reunio foi excelente e conseguimos o respaldo espe-rado por parte dos vereadores.

    Recentemente realizados uma sindicncia na cidade, verifi-cando a realidade das crianas que possuem distrbios men-tais e ficamos perplexos com os resultados. Apresentamos

    alguns casos ao Legislativo, que assim como o Executivo, mostrou sensibilizado com a situao e disposto a tomar as providncias cabveis, disse.

    Pg. 4

    Promotora comemora avanos na ateno criana e ao adolescente

    Segundo a promotora, o Legislativo mostrou-se bastante disposto a apoiar as melhorias propostas

    Provopar entrega kits de materiais pedaggicos CMEIs

    O Governo do Paran vai repassar at o fim do ano R$ 90,4 milhes para o transporte escolar dos municpios paranaenses. O recurso beneficia direta-mente 210 mil estudantes da rede estadual de edu-cao que dependem de transporte para frequen-tar a escola. Nos ltimos trs anos, o valor repas-sado pelo Estado para os servios de transporte es-colar aumentou 200%. Os municpios tm o recurso depositado diretamente na conta das prefeituras, em 10 parcelas mensais. A primeira depositada em fevereiro, antes do incio do ano letivo. Pg. 2

    Governo triplica verba para

    transporte escolar e beneficia

    120 mil alunos

    Desde 2010, o repasse do Governo do Estado para o transporte escolar dos municpios para passou de R$ 28 milhes para R$ 90,4 milhes

    Departamento de Esporte de Jussara recebe

    materiaisPg. 3

    Paran lidera criao de

    empregos na regio sul

    Pg. 2

    Operao Tapa-Buracos

    intensificada em Terra Boa

    Pg. 3

    O governador Beto Ri-cha liberou os recursos do Programa Caladas do Paran para 31 pequenos municpios. So R$ 10 mi-lhes para as prefeituras construrem nas ruas pa-vimentadas. As ruas pavi-mentadas dos municpios contaro com caladas nas duas laterais das vias, rampas de acesso, respei-tando legislao. Pg. 2

    Municpios tero R$ 10 mi para construo

    de caladasNo Brasil, de acordo

    com dados da SEDH, a cada oito minutos, um me-nor de idade vtima de abuso sexual, sendo ape-nas 2% dos casos denun-ciados. Alm disso, no ano passado, foram registra-das mais de 120 mil ocor-rncias de violncia, como maus-tratos e espanca-mentos, contra crianas e adolescentes. Pg. 4

    Sbado dia de mobilizao

    contra a violncia infantil

    Uma grande mobiliza-o est sendo promovi-da em prol da atualizao vacinal de crianas com idades at cinco anos em todo o Brasil. A partir des-te sbado (24), o Minist-rio da Sade, por meio das secretarias municipais, oferece gratuitamente as 11 vacinas que compem o calendrio bsico de va-cinao infantil. Pg. 8

    Campanha de multivacinao

    inicia neste sbado

    Pg. 8

  • Ed. n 776 Sexta-feira, 23 de Agosto de 2013 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com - Av. Brasil, 1167 - Sl. 03

    CuritibaagnCia Estadual

    O Governo do Paran vai repassar at o fim do ano R$ 90,4 milhes para o transporte escolar dos municpios paranaenses. O recurso beneficia dire-tamente 210 mil estudan-tes da rede estadual de educao que dependem de transporte para fre-quentar a escola.

    A aluna Tain Freitas, 7 anos, leva aproxima-damente cinco minutos de casa at o Colgio Es-tadual Santa Terezinha, no municpio de Pinho, centro-oeste do Estado. A p, seria pelo menos uma hora de caminhada para vencer a distncia entre a casa e a escola. So aproximadamente seis quilmetros e ns no te-mos como lev-la at a escola. Se no tivesse o transporte escolar ter-amos que nos mudar ou ela no teria como ir para a escola, afirma o agri-cultor Edenilson Freitas.

    Nos ltimos trs anos, o valor repassado pelo Estado para os servios de transporte escolar au-mentou 200%. Os muni-cpios tm o recurso de-positado diretamente na conta das prefeituras, em 10 parcelas mensais. A primeira depositada em fevereiro, antes do incio do ano letivo.

    Estamos cumprindo o compromisso de repas-sar aos municpios valo-res mais justos e compa-tveis com o custeio das despesas porque sabemos que o transporte funda-mental para a qualidade da educao e para o fu-turo das crianas e dos jo-vens, destaca o governa-dor Beto Richa.

    CRITRIOS Os critrios de repas-

    se dos recursos tambm mudaram para atender melhor a cada realidade municipal. Desde 2012, a base de clculo do trans-porte escolar passou con-siderar a quilometragem rodada por municpio. Os dados so cadastrados pelos municpios no Sis-

    tema de Gesto do Trans-porte Escolar (Siget).

    Toda a nossa regio teve um aumento subs-tancial no transporte es-colar cumprindo um com-promisso assumido pelo secretrio da Educao, Flvio Arns. Aps estudo verificamos que a manei-ra como era feito o repas-se estava prejudicando os nossos municpios, diz o prefeito de Turvo, Antonio Marcos Seguro, que pre-sidente da Associao dos Municpios do Centro do Paran (Amocentro).

    O pagamento era fei-to por alunos e no por quilmetro rodado. Os municpios que tm mui-tas estradas rurais eram prejudicados pelo mtodo antigo, explica Antonio Marcos.

    AUMENTO Desde 2010, o repasse

    do Governo do Estado aos municpios passou de R$ 28 milhes para R$ 90,4 milhes. Somado aos R$ 20,5 milhes do Progra-ma Nacional do Transpor-te Escolar (PNATE) o in-vestimento em transporte escolar somar R$ 111,5 milhes em 2013.

    Tnhamos defasagem muito grande, mas gra-as a sensibilidade do go-vernador Beto Richa e do vice-governador Flvio Arns, nossa situao me-lhorou muito a situao em que o transporte es-colar se encontrava em nosso municpio, lembra o prefeito de Guarapuava, Csar Silvestre Filho.

    Com o aumento do re-passe do Governo do Es-tado, o municpio de Pi-nho vai economizar mais de R$ 800 mil. De acordo com o prefeito Dirceu Jos de Oliveira o repasse mos-tra a ateno que a atual gesto est dando para os pequenos municpios.

    Ns temos percebido o esforo que o Governo do Estado tem feito para ajudar os municpios pe-quenos. Com esse repas-se ns vamos economi-zar cerca de R$ 800 mil que podero ser inves-tidos em outras reas, conta Dirceu.

    CuritibaagnCia Estadual

    A Secretaria da Famlia e Desenvolvimento Social informa que as famlias beneficirias do Programa Bolsa Famlia que esto h mais de dois anos sem atualizar informaes de-

    vem realizar a reviso ca-dastral at dezembro. No Paran so mais de 46 mil famlias que correm o ris-co de ter o benefcio blo-queado, caso no confir-mem os dados.

    O Programa Bolsa Fa-mlia, coordenado pelo Ministrio do Desenvolvi-

    mento Social e Combate Fome (MDS), transfere renda com base nos dados do Cadastro nico de Pro-gramas Social (Cadnico). Por isso, os beneficirios tm at 13 de dezembro para apresentar aos ges-tores municipais do pro-grama os documentos de

    identificao pessoal do Responsvel Familiar e dos demais integrantes da famlia. Tambm devem ser entregues outros do-cumentos que ajudem na qualificao de informa-es, como o comprovan-te de residncia e a conta de energia eltrica.

    CuritibaagnCia Estadual

    O Paran teve o melhor desempenho da regio Sul e nono do Pas na criao de empregos com cartei-ra assinada no ms de ju-lho. O Estado teve um sal-do de 1.800 novos postos de trabalho. Santa Catari-na criou 1.344 postos de trabalho e o Rio Grande do Sul registrou perdeu 3.644 postos de trabalho. Os dados so do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministrio do Trabalho, e foram divulgados nesta quarta-feira (21/08).

    Em 2013, o Paran est na terceira posio na gerao de empregos, com 86.635 carteiras as-sinadas, atrs apenas de So Paulo (309.666) e Mi-nas Gerais (144.366). No mesmo perodo, Santa Catarina gerou 66.371 no-vos postos de trabalho e o Rio Grande do Sul,76.978.

    Os setores que mais ge-raram empregos no Paran em julho foram os de Ser-vios, com 2.863 postos, e Comrcio, com 942 vagas, seguidos da Agropecuria,

    com 240 postos. A Cons-truo Civil e Indstria de transformao foram res-ponsveis pelos maiores saldos negativos (-1.210 e -1.073, respectivamente).

    Os municpios que mais criaram postos de trabalho no ms de julho foram Po-recatu, com a gerao de 925 vagas; Paranava, com 440 novas vagas; Londrina, com 392 postos de traba-lho; So Jos dos Pinhais, com 362 vagas; Campo Largo; com 361 vagas; e Foz do Iguau, com 298 no-vos postos de trabalho.

    Em julho, o saldo do emprego na atividade su-croalcooleira na agri-cultura ou na indstria de transformao foi posi-tivo em 776 postos. Vale ressaltar que este saldo representa o melhor re-sultado para meses de julho, considerando uma srie histrica que se ini-cia em 2007. Em julho de 2013, entre as classes que caracterizam a atividade sucroalcooleira, poss-vel ressaltar a fabricao do acar em bruto (905) como o maior saldo positi-vo, seguido pelo cultivo de cana-de-acar (11).

    CuritibaagnCia Estadual

    O governador Beto Ri-cha liberou nesta quarta--feira (21) os recursos do Programa Caladas do Pa-ran para 31 pequenos municpios. So R$ 10 mi-lhes, a fundo perdido, para as prefeituras cons-trurem nas ruas pavimen-tadas das cidades. As ruas pavimentadas dos munic-pios contaro com caladas nas duas laterais das vias, rampas de acesso, respei-tando legislao federal de acessibilidade, meio-fio, e quadras completas.

    A solenidade de forma