F.Q.- Clima, pressão atmosférica

Download F.Q.- Clima, pressão atmosférica

Post on 18-Dec-2014

102 views

Category:

Education

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

-Fatores que afetam o clima: Presso Atmosfrica -Vento -velocidade do vento -Anemmetro -Massas de ar -Superfcies Frontais -Linha Frontal -Sistema Frontal -

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Grupo 5. Fatores que afetam o clima: Presso Atmosfrica Diana Batista n8 Eliana Raimundo n10 Ins Pereira n14 Maria Dias n16 </li> <li> 2. O vento um fenmeno meteorolgico formado pelo movimento do ar na atmosfera. O vento gerado atravs de fenmenos naturais como, por exemplo, os movimentos de rotao e translao do Planeta Terra. </li> <li> 3. O vento muito importante para o ser humano, pois facilita a disperso dos poluentes e tambm pode gerar energia (energia elica). </li> <li> 4. O vento o movimento horizontal do ar sobre a superfcie do planeta, e resultante do aquecimento diferenciado pela radiao solar que incide sobre a Terra. Na meteorologia, esta palavra refere-se geralmente a um fluxo de ar bastante amplo, junto superfcie do planeta ou na atmosfera livre. O vento pode ser considerado como um vetor definido por uma grandeza, a velocidade do vento e uma direo. </li> <li> 5. Como se calcula a velocidade do vento? Usam-se anemmetros. Eles so calibrados em tneis de vento para que o nmero de voltas das suas ps corresponda a uma velocidade especfica: no tnel de vento criada uma poderosa corrente de ar a uma velocidade fixa. Dentro dele colocado um anemmetro que comea a girar as ps. Se o tnel estiver a soltar vento a uma velocidade de 10 km/h e as ps derem 100 voltas num minuto, os tcnicos j podem programar o aparelho para indicar 10 km/h. </li> <li> 6. Como se calcula a velocidade do vento? Mesmo assim, resta a dvida: como saber qual a velocidade da corrente de ar antes de calibrar o anemmetro? Uma das tcnicas usadas colocar um fio quente dentro do tnel. E quando o vento comea, o fio vai arrefecendo. Ento, quanto maior for o arrefecimento, maior ser a velocidade do ar. Meteorologista Amauri Oliveira, da USP. </li> <li> 7. So uma parte extensa e espessa da atmosfera, com milhares de quilmetros quadrados de extenso, que apresentam caractersticas prprias de presso, temperatura e humidade, determinadas pela regio onde se originam. </li> <li> 8. As massas de ar deslocam-se devido s diferenas de presso, e sempre de uma rea de alta presso (baixa temperatura e alta densidade) para uma rea de baixa presso (temperatura alta e densidade baixa). Quando uma massa de ar se desloca, a sua parte dianteira passa a ser conhecida por frente. Existe a ideia de que os ventos do norte (isto ventos vindos do Plo Norte) so frios, e os ventos vindos do sul (vindos de frica por exemplo) so mornos ou mesmo quentes, pelo menos em relao aos vindos do hemisfrio do norte. </li> <li> 9. No seu movimento, as massas de ar de diferentes caractersticas de temperatura, presso e humidade, encontram-se. Uma vez encontradas, do origem ao chamado sistema frontal que composto, de um modo geral, por uma frente fria, um motor do sistema, e uma frente quente que a antecede. As frentes oclusas surgem quando a frente fria, movendo-se mais depressa, ultrapassa a frente quente e ambas se encontram superfcie, na fase final do sistema. - Formas de deslocao das massas de ar </li> <li> 10. Superfcies Frontais </li> <li> 11. As superfcies frontais ocorrem quando o ar frio atua como uma barreira por cima de uma camada de ar, menos densa e quente, que ascende na atmosfera. </li> <li> 12. a superfcie de contacto entre duas massas de ar com caractersticas fsicas (temperatura e humidade) muito diferentes. </li> <li> 13. Linha que resulta da interseo da superfcie frontal com a superfcie da terra. </li> <li> 14. Conjunto de duas ou mais frentes associadas. </li> <li> 15. Superfcies Frontais Frias Ocorre quando a massa de ar frio avana, fazendo recuar a massa de ar quente. Representa-se por uma linha azul contnua orlada de picos. </li> <li> 16. Superfcies Frontais Quentes Ocorre quando a massa de ar quente empurra a massa de ar frio. Representa-se por meio de uma linha vermelha contnua orlada de semicrculos. </li> <li> 17. Superfcie Frontal Oclusa Ocorre quando uma massa de ar frio ultrapassa a massa de ar quente. Representa-se por uma linha contnua orlada de picos alternados com semicrculos. </li> <li> 18. Estas frentes termais so parte do sistema de tempestades, denominadas ciclones. Estes ciclones so responsveis pela precipitao em grande quantidade nas latitudes mdias Uma violenta ascenso necessria para a formao de nuvens. Contudo, a estabilidade do ar condiciona a extenso e o tipo de nuvem formada e a quantidade de precipitao que pode ser esperada. </li> <li> 19. Nas Superfcies Frontais Frias Produzem-se abundantemente nuvens, podendo ocorrer chuva forte e aguaceiros. </li> <li> 20. Nas Superfcies Frontais Quentes Produzem-se algumas nuvens ou chuva pouco intensa. </li> <li> 21. Nas Superfcies Frontais Oclusas Produzem-se abundantes nuvens, podendo ocorrer chuvas fortes, tempestades e trovoadas. </li> </ul>