formação de preços

Download Formação de preços

Post on 06-Nov-2015

8 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Formação de preços

TRANSCRIPT

  • Roberty Pires

    GESTO ESTRATGICA DE CUSTOS

  • CAP 10 Determinao de Preos

    CAP 11 Relatrios Gerenciais

    CAP 12 Gesto Financeira

    GESTO DE CUSTOS

  • 3

    MTODO DE PRECIFICAO

    PREO a expresso do valor de troca que se oferece por

    alguma coisa que satisfaa uma necessidade ou desejo.

    Definio

  • 4

    OBJETIVOS DOS PREOS

    Maximizar o capital empregado para perpetuar os

    negcios de modo auto-sustentado:

    O retorno do capital d-se por lucros auferidos ao longo do

    tempo. Assim, somente por meio da correta fixao e

    mensurao dos preos de venda possvel assegurar o

    correto retorno do investimento efetuado.

  • 5

    OBJETIVOS DOS PREOS

    Proporciona, a longo prazo, o maior lucro possvel.

    - Empresas buscam a perpetuidade;

    - Cuidados com preos de curto prazo para maximizar lucros;

    Permitir a maximizao lucrativa da participao

    De mercado.

    - Faturamento e lucros devem ser aumentados;

    - Efeitos negativos sobre os lucros(Excesso de es estoque, fluxo de caixa negativo concorrncia agressiva, sazonalidade etc)

  • 6

    OBJETIVOS DOS PREOS

    Maximizar a capacidade produtiva:

    - Reduzir ociosidade e desperdcios operacionais;

    - Preos devem considerar a capacidade de

    atendimento aos cliente:

    Preos baixos podem ocasionar elevao de vendas e

    a no-capacidade da manuteno de qualidade do

    atendimento ou dos prazos de entrega;

    Preos elevados reduzem vendas, podendo ocasionar

    ociosidade da estrutura de produo ou de pessoal;

  • 7

    PREO DE VENDA

    a expresso monetria que o produto ou servio vale.

    quanto o comprador est disposto a pagar para obter o produto/servio.

    Corresponde a avaliao que o comprador faz das

    utilidades que o produto ou servio agrega.

  • 8

    CUSTO E VALOR

    Todo e qualquer preo esta limitado pelo mercado, ou

    seja, pelo valor percebido pelo cliente, quando falamos

    em formar preos devemos ter em mente que existem

    dois conceitos que devem ser analisados .

    o custo que o quanto foi gasto pela empresa para se

    ofertar o produto ou servio;

    o valor que o quanto o produto atende aos aspectos

    desejados pelos clientes.

  • 9

    VARIVIES QUE PODEM INFLUENCIAR OS PREOS

    O preo estar sempre situado entre dois extremos o custo e o valor, sendo que a empresa deseja o lucro e o mercado deseja benefcios extras. Entre os fatores que podem influenciar nos preos de venda temos:

    Capacidade e disponibilidade de pagar do consumidor;

    Qualidade /Tecnologia do produto;

    Existncia de produtos substitutos;

    Nveis de produo/vendas planejadas;

    Custos e despesas devem ser conhecidos profundamente.

  • 10

    METODOLOGIAS DE FORMAO DE PREO DE VENDA

    A correta formao de preos fundamental para a sobrevivncia e crescimento de qualquer empresa ou empreendimento, independentemente do tamanho do negcio ou da rea de atuao.

    A Poltica de preos precisa ser eficiente a fim de maximizar os resultados e garantir a continuidade dos negcios.

    A formao de preos de venda importa na deciso da empresa de uma metodologia a ser adotada que fica, na prtica na dependncia do tipo de deciso que a empresa precisa tomar. importante observar que todos os dados que vo formar o preo de venda esto nos documentos e/ ou nas demonstraes

    contbeis da empresa.

  • 11

    Em geral so adotados quatro mtodos para formao

    de preos:

    1. Primeiro o MARK-UP (mtodo mais comum na

    prtica empresarial);

    2. Segundo o preo baseado na concorrncia;

    3. Terceiro o preo baseado no Mercado;

    4. Quarto o misto, que baseado nos custos,

    concorrncia e no mercado.

    Aspectos Qualitativos

    MTODOS DE FORMAO DE PREOS

  • 12

    TAXA DE MARCAO (MARK-UP)

    O que Mark-UP?

    Mark-up um ndice aplicado sobre o custo de um produto ou

    servio para a formao do preo de venda, baseado na ideia

    de preo margem; que consiste basicamente em somar-se ao

    custo unitrio do produto ou servio uma margem de lucro para

    obter-se o preo de venda

    Aspectos Qualitativos

  • 13

    FORMAO DE PREO COM APLICAO DO MARK-UP

    Esta metodologia consiste em considerar para a

    formao de preos percentuais de certas despesas

    sobre o faturamento, sendo assim, temos os

    percentuais de margem de lucro, despesas

    operacionais, custo financeiro, etc., este faturamento

    ser calculado em cima de projees oramentrias

    de modo que no se busque uma rentabilidade

    exagerada em pocas de alta demanda e no se

    transfira para o preo custos com estruturas ociosas.

  • 14

    Como calcular o Mark-up ?

    O preo deve ser suficiente para cobrir todos os custos, despesas e

    impostos e no final gerar um lucro na venda para manter a empresa

    ativa, desta forma podemos simplificar a estrutura do mark-up onde

    o preo e igual a somatria de todos os elementos inclusive o

    lucro desejado.

    (+) Custos

    (+) Despesas

    (+) Impostos

    (+) Lucro

    (=) Preos de venda

    Aspectos Quantitativos

    Estrutura:

    Preo de venda = 100,00%

    ICMS na venda = 18,00%

    Pis e Cofins = 4,65%

    Comisses = 2,50%

    Depesas Adm = 6,00%

    Lucro antes dos impostos = 20,00%

    Total = 51,15%

  • 15

    O MARK-UP Divisor e o Multiplicador

    Suponhamos que voc paga hoje R$ 1,00 (Custo) no quilo da chapa de

    ao, o ICMS de18%, PIS e COFINS 4,65%, comisso do

    vendedor 2,5%, despesas administrativas 6% e seu lucro desejado ante

    o imposto de 20%.

    Mark-up divisor = 100,00% - 51,15% / 100 = 0,4885

    Se utilizamos o ndice mark-up divisor seria o custo de R$ 1,00 /

    0,4885= 2,0471 o preo do quilo para garantir o pagamento de todos os

    custos, impostos e gerar um lucro de 20%.

    Mark-up multiplicador = 1 / 0,4885 = 2,04708291

    Se utilizarmos este ndice mark-up multiplicador o custo seria R$ 1,00

    X 2,04708291 = R$ 2,05 o quilo ou seja chegamos tambm no mesmo

    valor usando esta formula.

    Aspectos Quantitativos

  • 16

    Demonstrao do Resultado:

    Vendas R$ 2,05 100%

    (-) Custos (R$ 1,00) (48,85%)

    (-) ICMS (R$ 0,37) (18%)

    (-) Pis e Cofins (R$ 0,09) (4,65%)

    (-)Comisses (R$ 0,05) (2,5%)

    (-) Despesa Adm (R$ 0,13) (6 %)

    = Lucro R$ 0,41 (20 % )

    Resultado com MARK-UP Divisor e o Multiplicador

    Sabendo que o mark-up de 2,04708291 na aquisio de um produto onde

    se manter os mesmo impostos e despesas e se deseja gerar um lucro

    de 20% basta pegar o custo do produto e multiplicar por este ndice

    de 2,04708291

    Ex: Tubo de ao Custo Kg R$ 6,00 X 2,04708291 = R$ 12,2825 kg o preo

    de venda com lucro de 20% liquido

  • 17

    FORMAO DE PREO COM APLICAO DO MARK-UP NO COMRCIO

    Aspectos Quantitativos

    Preo de Venda = Custo da Mercadoria

    --------------------------------------------------------------------

    1- (% Custos Fixos+ % Desp Com. + % Margem de Lucro)

    Na parte de cima da frao consideramos o custo de aquisio

    de uma unidade de mercadoria junto ao fornecedor , portanto

    o custo varivel e no o custo unitrio total . Os custos fixos

    da empresa passam a ser considerados na parte de baixo da

    frao , e no o custo fixo unitrio de um produto , mais os

    custos totais da loja

  • 18

    CLCULO DO CUSTO DE COMPRA

    Todos os custos para aquisio de mercadoria, materiais ou servios at

    o momento de sua utilizao participam do custo de compra.

    Colunas1 Custo de compra da materia prima ($)

    + Custo unitrio na fatura (IPI) 300

    - Desconto na Fatura (incondicionais) -5

    + Fretes / seguros / outros 10

    - impostos recuperveis (ICMS e IPI) (36+22)

    + impostos no recuperveis -

    +/- outros -

    = Custo de compra da mercadoria 247

    Mercadoria Matria prima

  • 19

    METODOLOGIA DE PV CUSTEIO VRIAVEL

    Este mtodo permite que se

    evite decises erradas do

    tipo descontinuar um produto

    por apresentar lucratividade

    negativa, ou incrementar

    produto aparentemente mais

    lucrativo, a partir do rateio

    dos CF;

    Permite identificar MC a partir

    dos custos e despesas

    variveis e considera os

    custos e despesas fixos como

    um valor a ser absorvido pela

    soma de todas as margens

    individuais.

    A margem de contribuio representa o lucro varivel do produto, ou

    seja, o quanto um determinado produto contribui para o pagamento de

    despesas administrativas/comerciais a diferena entre o preo de

    venda unitrio do produto e os custos e despesas variveis por unidade

    de produto.

  • 20

    ASPECTOS FINANCEIROS DOS CUSTOS E PREOS

    Desconto Comercial : concedido ao comprador em virtude de

    vrios fatores tais como fidelidade e volume de compras,

    montante previamente conhecido e, uma vez conhecido valera

    para aquela transao (no condicionado).

    Desconto Financeiro: o desconto financeiro tambm se refere ao

    conhecido desconto de fidelidade , que existe muito mais em

    funo de uma programao anual de compras de determinado

    vo