folha de guas claras 1

Download Folha de guas Claras 1

Post on 11-Feb-2016

225 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

15 a 31 de março de 2014

TRANSCRIPT

  • Ano 1 Edio 1 distribuio GrAtuitA15 A 31 dE mAro dE 2014

    folhadeaguasclaras.com.br

    Praa Bem-Te-Vi

    Biblioteca pblica vive lotada

    A Administrao Regional pouco tem a ver com a organizao e limpeza do espao de convivncia. Os moradores se organi-zaram e transformaram uma praa de mato alto num recanto de beleza.

    Pginas 4 e 5

    Uma iniciativa dos moradores traz qualidade de vida para o espao pblico

    Pgina 3

    Miss guas ClarasEsto abertas as inscries para o concurso para a escolha da mulher mais bonita da cidade, que ir suceder Jssica Freitas. Pgina 11

  • 15 a 31 de Maro de 2014 folha de guas Claras2 oPinio

    falando srio Jos roBerTo Bueno

    Editor: Alcir Alves de SouzaJornalista Profissional (DRT 767/80)

    Reportagem: Rafael Souza Jornalista Profissional (DRT 10260/13)

    Endereo: EQ 31/33 Ed. Consei Sala 113/114 71065-315 Guar 3381 4181

    A Folha de guas um produto da Editora Jornal do Guar, h 32 anos no mercado de comunicao comunitria. A Folha de guas Claras distribuda gratuitamente por todas as bancas de jornais da cidade; em estabelecimentos comerciais, associaes, entidades, faculdades; nas agncias bancrias, na Administrao Regional, outros rgos pblicos, nos consultrios mdicos e odontolgicos, portarias dos edifcios comerciais e shoppings de guas Claras. E, ainda, por mailing, na nossa pgina eletrnica e nas redes sociais.

    Circulao

    bueno@folhadeaguasclaras.com.br

    Chegamos para somar

    Estamos lanando o semanrio, que inicialmente ser quinzenal, Folha de guas Claras com uma expectati-va bastante grande quanto partici-pao dos moradores na elaborao do nosso jornal. A inteno sermos a ponte entre a comunidade e o comr-cio; entre os usurios e os rgos go-vernamentais e, sobretudo, queremos ser a voz do leitor.

    Para atingirmos a meta estabele-cida, nossa edio completa ir muito alm dessas pginas impressas. Te-mos um espao interativo em pgina na internet, onde voc (pessoa fsica) poder anunciar a perda de um ani-mal, a venda de objetos, veculos e at imveis.

    A editora que representamos atua no mercado de comunicao h mais de 30 anos. Trabalhamos com profis-sionais formados na rea, experientes e de reconhecida trajetria jornalsti-ca. A misso da Empresa levar in-formao verdadeira aos vizinhos e a meta principal da equipe ouvir o lei-tor para transformar essas mensagens em notcia.

    Apesar de transitarmos muito bem nos diversos setores do governo local e federal, somos independentes. Nos-sa linha editorial ser baseada em rei-vindicaes de quem mora ou trabalha em guas Claras. Focaremos o traba-lho na poltica local, lazer, cultura, es-porte, entretenimento e servio. Sem-pre valorizando a qualidade de vida de quem vive nesta regio.

    Desde j, a equipe Folha agradece a receptividade e conta com a sua co-laborao. Fale conosco, mande suges-tes e crticas, anuncie no seu jornal de bairro.

    insatisfaoPesquisa feita pela CNI em

    todo o Brasil mostra insatisfao do brasiliense com alguns servios oferecidos. A sade pblica foi criticada por 72% dos entrevistados no DF o maior percentual de rejeio no Pas. Perdeu at para o Maranho, Bahia, Gois, Tocantins e Minas Gerais que mandam muitos doentes se tratarem aqui. Segurana pblica aparece em segundo lugar com 57%. Praticamente empatados em terceiro lugar tm-se drogas (33%), educao (31%) e transportes/mobilidade (28%). Manifestao popular para ser analisada pelo secretrio de comunicao, Andr Duda.

    Base da sadeO Hospital de Base foi elogiado

    em matrias de pginas inteiras no maior veculo de comunicao impresso do Distrito Federal, no ms passado. Intitulada A Base da sade no DF, uma das reportagens falava dos avanos importantes ocorridos ali, em treinamento de pessoal e equipamentos de ponta. Os destaques ficaram por conta da Emergncia, Setor Neurocardiovascular, internao e Acupuntura. Mrito do infectologista Julival Ribeiro - o mesmo diretor que levantou o Hospital Regional da Ceilndia, na dcada de 80, com reformas fantsticas para a poca e mudana de filosofia no atendimento.

    PeladasAs partidas de futebol dos times

    de Braslia so verdadeiras peladas que no atraem pblico. Os cartolas do DF decidiram apelar para convencer a torcida a ir ao estdio. Antes de cada jogo houve desfile de mulheres seminuas. As modelos participaram do concurso Musa Candango, cuja final coincide com o trmino do campeonato esportivo em 5 e 14 de abril. Pelos nmeros apresentados, nem mulher bonita deu jeito. Fica a dica: que tal concurso de bandas marciais, ginstica rtmica em grupo ou Drum Bass, antes e no intervalos dos jogos? Pelo menos os familiares dos diversos msicos e atletas pagaro ingresso e essas modalidades ganharo fora, na carona do Candango. Bom para todos os lados.

    resistnciaNo d para entender a resistncia

    do GDF em construir uma ponte simples ligando o Park Way ao Guar, dando continuidade Avenida Vereda da Cruz (que separa a rea vertical de Arniqueira, em guas Claras). Essa pequena obra de arte da engenharia resolveria parcialmente o problema de fluxo de veculos de quem vai dessa regio ao Plano Piloto no incio da manh. Enquanto diversos rgos locais promovem um jogo de empurra, os eleitores amargam at uma hora num trnsito horrvel no trecho entre a Administrao da RA XX e a EPTG uma distncia de pouco mais de 3 km. Outubro est a...

    skolados do asfaltoUm motogrupo - cujos

    membros tm como tradio ajudar crianas necessitadas e a luta pelo meio ambiente - desenvolve algumas aes em guas Claras. J plantaram mudas de rvores nas matas ciliares do Crrego Veredo, ajudam crianas da favela em Vereda da Cruz, alm de entregarem donativos arrecadados pelo Grupo na Creche Recanto Renascer, em Valparaso. Quatro Skolados moram em guas Claras: Javali, Bob, Zangado e Cuca. Bom exemplo a ser seguido - em especial por aqueles que discriminam motociclistas.

    Bom exemploO administrador Denilson Costa

    ficou admirado com a iniciativa de alguns moradores de guas Claras em adotarem praas pblicas. um bom exemplo de cidadania, porque essas pessoas no esperam tudo do poder pblico. Elas levam projetos frente, conservam e preservam, disse. Para quem no sabe, alguns residentes voluntrios e comerciantes pagam jardineiros, distribuem saquinhos para recolher fezes de cachorros, plantam e cuidam de mudas de flores e rvores. So bons exemplos s geraes futuras para a qualidade de vida garantida no espao comum.

    guas-clarenseQuem nasce em gua Clara/MS gua-clarense. Porntanto, quem nasce

    em guas Claras/DF seria guas-clarense? Pode ser... Mas o difcil nascer aqui, porque no temos hospital pblico ou maternidade. Aproveitando a nota, tambm no temos escola pblica no setor vertical, nem creche pblica. O GDF deve pensar que somos todos ricos e devemos apenas pagar pela sade e educao dos menos favorecidos, sem ter o direito de optar em matricular nossos filhos aqui ou acol.

    Tel.: 61 3381 4181 contato@folhadeaguasclaras.com.br folhadeaguasclaras.com.br

    um produto

  • 15 a 31 de Maro de 2014folha de guas Claras 3

    Perdida entre arranha-cus da Avenida Castanheiras com a Rua Ip, ao lado de uma praa, um antigo stand de vendas de imveis foi transformado em biblioteca pblica, graas iniciativa da empresa Gasol. Apesar de ter ar condicionado, o espao

    quente, mal ventilado e vive lotado. As doze mesas rece-bem diariamente uma mdia de 50 pessoas.

    O acervo foi doado pela comunidade, empresrios da cidade e usurios. Segundo a coordenadora da biblioteca, Ester Melo Viana, os livros e

    apostilas esto em fase de ar-rumao. No ano passado, a biblioteca ficou fechada para manuteno do prdio. Por isso os livros ainda no esto todos nas prateleiras, disse. Segundo a servidora, o acervo existente de obras literrias muito bom, mas o espao mais utilizado como sala de estudos, explicou.

    A precariedade fsica ofe-recida justificada pelos funcionrios por se tratar de instalaes provisrias. A biblioteca definitiva ser ins-talada em outra rea j desti-nada, mas o local no foi di-

    vulgado pela Administrao Regional, afirmou Ester. A servidora esclareceu tambm que o novo projeto est pron-to, mas falta a autorizao do Governo do Distrito Federal (GDF) para o incio da cons-truo.

    A aluna de nutrio da Unip, Maria Clara Branqui-nho, estava estudando na Biblioteca Pblica de guas Claras numa tarde de calor e no suportou. O lugar pe-queno e muito quente. Alm disso, vive lotado, reclamou.

    CuriosidadeO vigilante Vincius Eduar-

    do Santos Gomes, de 37 anos de idade, trabalha no local h quatro anos e orienta alguns concurseiros. Tambm es-tudo muito para concursos. Troco ideias, livros e aposti-las com os usurios. Acabo ajudando porque sou formado em letras/espanhol e o plan-to de dvidas sai de graa, brinca o funcionrio de uma empresa terceirizada que aos finais de semana tambm msico em bares da regio. Meu sonho manter esses

    estudantes seguros, aprender sempre, tocar minhas msi-cas aos finais de semana e ser aprovado em um concurso pblico para garantir minha estabilidade financeira futu-ra, concluiu.

    Cidade

    Biblioteca de guas Claras sobrevive de doaesCom quase 100 mil habitantes, guas Claras vertical no tem escola pblica e apenas possui uma biblioteca pequena de iniciativa pblico-privada

    A Biblioteca de guas Claras funciona em um antigo stand de vendas de imveis. Hoje, o pblico formado

    por concurseiros em busca de paz para estudar. O acervo est em fase de organizao. Doaes so sempre bem-

    vindas, disse a servidora Ester Viana

    O vigilante Vincius Eduardo Santos Gomes trabalha no local h quatro anos e orienta alguns concurseiros. Tambm estudo

    muito para concursos

  • 15 a 31 de Maro de 2014 folha de guas Claras4

    O ex-secretrio da Educao e da Administrao Pbli-ca do GDF, Denilson Bento da Costa assumiu a Administra-o de guas Clara