Folha 322 leo usado em pulverizaes pode queimar folhas de cafeeiros

Download Folha 322   leo usado em pulverizaes pode queimar folhas de cafeeiros

Post on 15-Apr-2017

105 views

Category:

Business

2 download

TRANSCRIPT

  • Fundao Procaf Alameda do Caf, 1000 Varginha, MG CEP: 37026-400

    35 3214 1411 www.fundacaoprocafe.com.br

    LEO USADO EM PULVERIZAES PODE QUEIMAR FOLHAS DE CAFEEIROS J.B. Matiello -Engo Agro Fundao Procaf.

    O leo, usado como adjuvante, em pulverizaes na folhagem de cafeeiros, pode

    favorecer a ao do sol, provocando queima na superfcie das folhas. Esse tipo de queima tem

    sido observado, de forma eventual, em lavouras em diferentes regies e, especialmente, nesse

    ltimo ano, com maior frequncia, devido condio de maior insolao e altas temperaturas

    observadas.

    Nas pulverizaes o uso de leo indicado em caldas aquosas, na base de 0,25 a 1,0%,

    como adjuvantes na veiculao de alguns defensivos, inseticidas/fungicidas, aplicados em

    cafeeiros, e, ainda, adicionados para uso de certos herbicidas, visando aumentar a eficincia dos

    produtos.

    Os leos podem ser de 3 tipos a) leos minerais compostos por fraes de cadeias

    parafinicas, aromticas, saturadas e insaturadas, de hidrocarbonetos (Triona, Assist, Joint, Nimbus

    etc) . b) leos vegetais comuns, de sementes como soja, algodo etc (Naturals, Agrleo, veget

    oil, Agrex oil ,leo Nortox etc) e c) leos vegetais metilados (Aureo etc.).Praticamente todos

    esses leos j so formulados com emulsificantes, para poderem ser misturados calda aquosa.

    Os leos tem ao molhante, por terem afinidade com as ceras que recobrem a superfcie

    das folhas. Tm efeito espalhante, reduzindo a tenso superficial das gotas e ajudam na formao

    de um filme sobre as folhas. Por essa caracterstica, de menor tenso, apresentam efeito

    penetrante, favorecendo sua entrada em espaos entre plaquetas cerosas. Eles, ainda, agem anti-

    deriva e anti evaporante e, por ltimo, aumentam a adesividade e diminuem a deriva.

    No cafeeiro o uso do leo visa duas principais funes - melhorar a adeso e a penetrao

    dos defensivos nas folhas. No entanto, apesar de existirem experimentos sobre o efeito do leo na

    eficincia de controle, estes trabalhos de pesquisa no esto disponveis para se poder avaliar o

    quanto influem na ao dos defensivos. Existe, ainda, necessidade de definir eventuais resduos

    deixados e o efeito deles sobre a camada cerosa das folhas,importante no mecanismo de defesa

    das plantas.

    As observaes feitas, em campo, sobre o modo de ocorrncia da queima de folhas pelo

    leo adjuvante, das caldas pulverizadas em cafeeiros, indicam que ela s ocorre na condio de

    presena de raios solares fortes. O efeito, assim, parece fsico, no uma fito-toxidez. A pelcula de

    leo, formada sobre a superfcie foliar, provavelmente funciona como uma lente, aumentando a

    temperatura.

    Diante de alguns problemas verificados com o uso de leos, cuidados devem ser adotados

    em dias de sol forte, especialmente em regies mais quentes.

  • Fundao Procaf Alameda do Caf, 1000 Varginha, MG CEP: 37026-400

    35 3214 1411 www.fundacaoprocafe.com.br

    Queima de poucas folhas, por ao de leo, restrita ao lado do cafeeiro batido pelo sol da tarde (esq.).

    Detalhe da queima de folhas por ao da pelicula de leo combinada com os raios solares.