Fluxo de caixa e dre

Download Fluxo de caixa e dre

Post on 03-Dec-2014

21.222 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Captulo 3 Fluxos de caixa e planejamento financeiro</li></ul> <p> 2. Elaborao da demonstrao de fluxos de caixa </p> <ul><li>Ademonstrao de fluxos de caixaresume o fluxo de caixa da empresa em certo perodo. </li></ul> <ul><li>Essa demonstrao dividida em trs partes: </li></ul> <ul><li><ul><li>fluxos operacionais; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>fluxos de investimento; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>fluxos de financiamento. </li></ul></li></ul> <ul><li>A natureza desses fluxos apresentada na Figura 3.1, no prximo slide. </li></ul> <p> 3. Elaborao da demonstrao de fluxos de caixa 4. Processo de planejamento financeiro </p> <ul><li>Oplanejamento financeiroenvolve a orientao, a coordenao e o controle das atividades da empresa, de modo a lev-la a atingir seus objetivos. </li></ul> <ul><li>Dois produtos bsicos do planejamento financeiro so oplanejamento de caixae oplanejamento de resultados . </li></ul> <ul><li>O planejamento de caixa envolve a elaborao do oramento de caixa da empresa. </li></ul> <ul><li>O planejamento de resultados consiste na elaborao tanto de oramentos de caixa quanto de demonstraes financeiras projetadas. </li></ul> <p> 5. Processo de planejamento financeiro </p> <ul><li>Osplanos financeiros de longo prazo (estratgicos)estipulam as medidas financeiras planejadas da empresa e o impacto esperado dessas medidas para perodos de dois a dez anos. </li></ul> <ul><li>As empresas sujeitas a incerteza operacional elevada tendem a usar planos com prazos mais curtos. </li></ul> <ul><li>Esses planos representam um dos componentes de um plano estratgico integrado de uma empresa (juntamente com planos de produo e marketing) e ajudam a orient-la na direo de seus objetivos. </li></ul> <p>Planos financeiros de longo prazo (estratgicos) 6. </p> <ul><li>Os planos financeiros de longo prazo consideram uma variedade de atividades financeiras, incluindo: </li></ul> <ul><li><ul><li>gastos propostos em ativos permanentes; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>atividades de pesquisa e desenvolvimento; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>desenvolvimento de produtos e marketing; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>estrutura de capital; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>fontes bsicas de financiamento. </li></ul></li></ul> <ul><li>Esses planos geralmente apiam-se em uma srie de oramentos e planos de resultados anuais. </li></ul> <p>Planos financeiros de longo prazo (estratgicos) Processo de planejamento financeiro 7. </p> <ul><li>Osplanos financeirosde curto prazo (operacionais)determinam as providncias financeiras de curto prazo e o impacto previsto dessas providncias, abrangendo um perodo operacional de um a dois anos. </li></ul> <ul><li>Os dados bsicos incluem a previso de vendas e outros dados operacionais e financeiros. </li></ul> <ul><li>Os produtos bsicos so oramentos de operaes, o oramento de caixa e as demonstraes financeiras projetadas. </li></ul> <ul><li>Esse processo descrito graficamente no prximo slide. </li></ul> <p>Planos financeiros de curto prazo (operacionais) Processo de planejamento financeiro 8. Planos financeiros de curto prazo (operacionais) Processo de planejamento financeiro 9. </p> <ul><li>Como foi indicado na ilustrao anterior, o planejamento financeiro de curto prazo comea com umapreviso de vendas . </li></ul> <ul><li>Com base nessa previso, so elaboradosplanos de produoque levam em conta os prazos necessrios de preparao de equipamentos e as necessidades de matrias-primas. </li></ul> <ul><li>A partir dos planos de produo, so feitas estimativas de mo-de-obra direta, gastos gerais de produo e despesas operacionais. </li></ul> <ul><li>Com toda essa informao, pode ser preparada a demonstraoprojetadade resultado e o oramento de caixa levando, em ltima instncia, preparao do balano projetado. </li></ul> <p>Planos financeiros de curto prazo (operacionais) Processo de planejamento financeiro 10. </p> <ul><li>Ooramento de caixaoupreviso de caixa uma demonstrao das entradas e sadas previstas de caixa da empresa. </li></ul> <ul><li> utilizado para estimar necessidades de caixa no curto prazo, com ateno especial a supervits e dficits previstos. </li></ul> <ul><li>Ossupervitsdevem ser aplicados, e osdficits,cobertos. </li></ul> <ul><li>O oramento de caixa uma ferramenta til para a determinao da distribuio de entradas e sadas em certo perodo. </li></ul> <ul><li> comum serem preparados oramentos mensais para um perodo de um ano. </li></ul> <p>Planejamento de caixa: oramentos de caixa 11. </p> <ul><li>O oramento de caixa comea com umapreviso de vendas , a qual simplesmente uma predio das receitas de venda para um perodo. </li></ul> <ul><li>Um pr-requisito da previso de vendas uma previso daeconomia , dosetor , daempresae de outros fatores externos e internos que possam influenciar as vendas da empresa. </li></ul> <ul><li>A previso de vendas usada a seguir como base da estimativa das entradas mensais de caixa resultantes das vendas projetadas, bem como das sadas decorrentes de gastos de produo, gerais e outras despesas. </li></ul> <p>Planejamento de caixa: oramentos de caixa 12. Formato geral de um oramento de caixa Planejamento de caixa: oramentos de caixa 13. Exemplo: Coulson Industries A Coulson Industries, empresa do setor de material blico, est elaborando um oramento de caixa para o perodo de outubro, novembro e dezembro. As vendas da empresa, em agosto, foram de $ 100.000 e, em setembro, de $ 200.000.Vendas de $ 400.000, $ 300.000 e $ 200.000 foram previstas, respectivamente, para outubro, novembro e dezembro. Historicamente, 20% das vendas tm sido vista, 50% tm gerado contas a receber cobradas um ms mais tarde e os 30% restantes tm gerado contas a receber cobradas dois meses mais tarde. Em dezembro, a empresa receber um dividendo de $ 30.000 de aes de uma subsidiria. Planejamento de caixa: oramentos de caixa 14. Exemplo: Coulson Industries Com essas informaes, possvel elaborar o seguinte quadro de recebimentos projetados da Coulson Industries. Planejamento de caixa: oramentos de caixa 15. Exemplo: Coulson Industries A Coulson tambm coletou as seguintes informaes relevantes para a elaborao de um quadro de pagamentos projetados: as compras representaro 70% das vendas 10% sero pagos vista, 70% sero pagos no ms seguinte ao da compra e os 20% restantes sero pagos dois meses aps a compra. A empresa tambm gastar dinheiro pagando aluguel, salrios, impostos, comprando ativos fixos, pagando juros, dividendos, bem como uma parte de suas dvidas. Segue-se o quadro resultante de pagamentos projetados. Planejamento de caixa: oramentos de caixa 16. An Example: Coulson Industries Planejamento de caixa: oramentos de caixa 17. Exemplo: Coulson Industries O oramento de caixa da Coulson Industries pode ser obtido combinando-se o quadro de recebimentos com o quadro de pagamentos. No final de setembro, o saldo de caixa da Coulson era de $ 50.000, o saldo de instituies financeiras a pagar era igual a $ 0 e o saldo de aplicaes financeiras de curto prazo tambm era igual a $ 0.A Coulson tambm deseja manter um saldo mnimo de caixa de $ 25.000. Em conseqncia, ter um saldo superior ao mnimo em outubro, e um saldo insuficiente em novembro e dezembro. Disso tudo resulta o oramento de caixa a seguir. Planejamento de caixa: oramentos de caixa 18. Exemplo: Coulson Industries Planejamento de caixa: oramentos de caixa 19. </p> <ul><li>Os oramentos de caixa indicam se est prevista uma insuficincia ou um excesso de caixa nos meses cobertos pela previso. </li></ul> <p>Avaliao do oramento de caixa </p> <ul><li>O saldo excedente de $ 22.000 em outubro deve ser aplicado em ttulos de curto prazo. Os dficits em novembro e dezembro precisam ser financiados. </li></ul> <p> 20. </p> <ul><li>Uma das maneiras de lidar coma incerteza na elaborao de oramentos de caixa preparar vrios deles com base em diferentes cenrios (exemplos: pessimista, mais provvel, otimista). </li></ul> <ul><li>Com base nessa faixa de fluxos de caixa, o administrador financeiro pode determinar o volume de financiamento necessrio para cobrir a situao mais desfavorvel. </li></ul> <ul><li>Esse mtodo tambm d uma idia do risco associado s alternativas. </li></ul> <ul><li>Um exemplo desse tipo de anlise de sensibilidade para a Coulson Industries apresentado no slide seguinte. </li></ul> <p>Lidando com a incerteza no oramento de caixa 21. Lidando com a incerteza no oramento de caixa 22. </p> <ul><li>Asdemonstraes financeiras projetadasso demonstraes previstas demonstraes de resultado e balanos. </li></ul> <ul><li>Os dados necessrios para preparar as demonstraes financeiras projetadas com as abordagens mais comuns incluem: </li></ul> <ul><li><ul><li>demonstraes financeiras do ano anterior; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>previso de vendas para o ano seguinte; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>premissas bsicas a respeito de alguns fatores. </li></ul></li></ul> <ul><li>A elaborao de demonstraes financeiras projetadas ser demonstrada com base nas demonstraes da Vectra Manufacturing. </li></ul> <p>Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas 23. Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas 24. Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas 25. </p> <ul><li>O primeiro ingrediente bsico da elaborao de demonstraes financeiras projetadas a previso de vendas da Vectra Manufacturing. </li></ul> <p>Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 1: Comear com uma previso de vendas 26. </p> <ul><li>Essa previso baseia-se em um aumento de $ 20 para $ 25 por unidade para o Modelo X e de $ 40 para $ 50 por unidade para o Modelo Y. </li></ul> <ul><li>Esses reajustes so necessrios para cobrir aumentos esperados de diversos custos, incluindo mo-de-obra, matria-prima e gastos gerais de produo. </li></ul> <p>Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 1: Comear com uma previso de vendas 27. </p> <ul><li>Um mtodo simples de elaborao de uma demonstrao projetada de resultado o deporcentagem das vendas . </li></ul> <ul><li>Esse mtodo comea com a previso de vendas e depois expressa o custo dos produtos vendidos, as despesas operacionais e outros itens, como porcentagem das vendas projetadas. </li></ul> <ul><li>No exemplo da Vectra, a maneira mais fcil de fazer isso consiste em reconstruir a demonstrao de resultado de 2003 como porcentagem das vendas, o que mostrado no prximo slide. </li></ul> <p>Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 2: Elaborao da demonstrao projetada de resultado 28. Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 2: Elaborao da demonstrao projetada de resultado 29. </p> <ul><li>Usando essas porcentagens e a previso de vendas elaborada para 2004, podemos projetar toda a demonstrao de resultado. </li></ul> <ul><li>Os resultados so apresentados no prximo slide. </li></ul> <ul><li> importante observar que esse mtodo supe que todos os custos so variveis e aumentam ou diminuem proporcionalmente variao das vendas. </li></ul> <ul><li>Isto subestimar os lucros quando as vendas estiverem subindo e os superestimar quando elas estiverem caindo. </li></ul> <p>Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadasEtapa 2: Elaborao da demonstrao projetada de resultado 30. Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadasEtapa 2: Elaborao da demonstrao projetada de resultado 31. </p> <ul><li> claro que algumas despesas da empresa crescero com o nvel de vendas e outras no. </li></ul> <ul><li>Em funo disso, a aplicao estrita do mtodo da porcentagem das vendas um tanto ingnua. </li></ul> <ul><li>A melhor maneira de gerar uma demonstrao projetada de resultado mais realista consiste em segmentar as despesas da empresa em componentes fixos e variveis. </li></ul> <p>Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 2: Elaborao da demonstrao projetada de resultado 32. </p> <ul><li>Talvez o melhor enfoque para a preparao do balano projetado seja aquele baseado nojulgamento subjetivo. </li></ul> <ul><li>De acordo com este mtodo simples, os valores de algumas contas de balano so estimados e o financiamento externo necessrio da empresa utilizado como conta de fechamento. </li></ul> <ul><li>Para aplicar esse mtodo Vectra Manufacturing, algumas hipteses precisam ser levantadas. </li></ul> <p>Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 3: Preparao do balano projetado 33. Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 3: Preparao do balano projetado </p> <ul><li>Deseja-se um saldo mnimo de caixa de $ 6.000. </li></ul> <ul><li>Supe-se que as aplicaes em ttulos de curto prazo permanecero constantes em seu nvel atual de $ 4.000. </li></ul> <ul><li>As contas a receber sero de aproximadamente $ 16.875, representando 45 dias de vendas em mdia [(45/365) x $ 135.000]. </li></ul> <ul><li>O estoque final deve permanecer no nvel de $ 16.000.25% ($ 4.000) correspondem a matria-prima e 75% ($ 12.000) a produtos acabados. </li></ul> <ul><li>Ser comprada uma nova mquina que custa $ 20.000. A depreciao total prevista para o ano de $ 8.000. A adio de $ 20.000 aos ativos permanentes lquidos existentes de $ 51.000 e a subtrao da depreciao de $ 8.000 resultam em ativos permanentes lquidos de $ 63.000. </li></ul> <p> 34. Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 3: Preparao do balano projetado </p> <ul><li>As compras sero de $ 40.500, representando 30% das vendas anuais (30% x $ 135.000). A Vectra leva cerca de 72 dias para pagar seus fornecedores. Em conseqncia, as contas a pagar a fornecedores sero de $8.100 [(72/360) x $ 40.500]. </li></ul> <ul><li>Os impostos a pagar devem totalizar $ 455, representando um quarto do imposto devido de 2003. </li></ul> <ul><li>O saldo de instituies financeiras a pagar permanecer em $ 8.300. </li></ul> <ul><li>No haver variao de outros passivos circulantes, exigvel de longo prazo e capital social. </li></ul> <ul><li>Os lucros retidos crescero de acordo com a demonstrao projetada de resultado. </li></ul> <p> 35. Planejamento de resultados: demonstraes financeiras projetadas Etapa 3: Preparao do balano projetado 36. Avaliao das demonstraes projetadas Limitaes de enfoques simplificados </p> <ul><li>As principais limitaes dos enfoques expostos para a elaborao de demonstrao projetadas esto associadas a duas premissas bsicas: </li></ul> <ul><li><ul><li>o desempenho financeiro passado da empresa se repetir no futuro; </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>certas contas sero obrigadas a assumir os valores desejados. </li></ul></li></ul> <ul><li>Por esses motivos, imperativo que se prepare primeiro uma previso do comportamento geral da economia e sejam feitos ajustes para levar em conta outros fatos ou eventos. </li></ul>