física - · pdf filebiscoito recheado chocolate 1 unidade 72 biscoito integral de trigo...

Click here to load reader

Post on 30-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • NCLEO ESTADUAL DE EDUCAO DE JOVENS E ADULTOS CULTURA POPULAR CONSTRUINDO UM NOVO MUNDO

    FSICA

  • O QUE FSICA

    Fsica um termo com origem no Grego physis que significa natureza. a cincia que estuda

    as leis que regem os fenmenos naturais suscetveis de serem examinados pela observao

    experimentao, procurando enquadr-los em esquemas lgicos.

    A fsica estuda a natureza.

    Alguns dizem que fsicos esto interessados em determinar a natureza do espao, do tempo, da

    matria, da energia e das suas interaes. Esta definio excluiria certas reas mais novas da fsica que

    trabalham com a biologia, por exemplo.

    Outros dizem que Fsica a nica cincia fundamental e que estas divises so artificiais, ainda

    que tenham utilidade prtica. Seu argumento simples: a Fsica descreve a dinmica e configurao

    das partculas fundamentais do universo. O universo tudo que existe e composto destas partculas.

    Ento todos os fenmenos, eventualmente abordados em outras cincias, poderiam ser explicados em

    termos da fsica destas partculas. Seria como dizer que todos os resultados das outras cincias podem

    ser derivados em bases fsicas. Isso j acontece com explicaes de fenmenos antes demonstrados

    pela Qumica e hoje explicados pela Fsica. Entretanto, ainda no muito fcil explicar a grande

    maioria dos fenmenos de outros ramos da cincia, pois isto envolve campos ainda no explorados e

    uma matemtica muito elaborada.

    Com base nisso, alguns chegam a sugerir que at mesmo o crebro um dia poder ser descrito por

    uma equao ou um conjunto de equaes matemticas (muito provavelmente envolvendo muitos

    argumentos de probabilidade).

    H os que argumentam que as divises da cincia tm origem social e histrica e que definies de

    fsica so forjadas para tentar reunir todas as pessoas que so aceitas como fsicos pela sociedade.

    Talvez quem esteja certo seja quem acredite na mxima:

    Fsicos so pessoas diferentes, em lugares diferentes, fazendo coisas diferentes.

    Alguns dos fsicos mais conhecidos da Histria so Galileu Galilei, Isaac Newton e Albert

    Einstein.

    Fsica uma cincia fundamental que se desenvolve com base em teorias e experimentos. Fazem

    parte das principais teorias da fsica: a mecnica clssica (descrio do movimento de objetos ), a

    mecnica quntica (determinao de medidas de grandezas), a relatividade (relaes do espao-tempo

    e a gravidade) e o eletromagnetismo (estudo da eletricidade e magnetismo).

    A Fsica Clssica abrange todas as teorias e conhecimentos desenvolvidos at fins do sculo XIX,

    abrangendo os princpios da mecnica clssica, ondulatria, termodinmica e eletromagnetismo.

    A Fsica Moderna engloba as teorias e conceitos a partir do sculo XX, destacando-se a mecnica

    quntica, relatividade e fsica experimental (investigao dos fenmenos fsicos utilizando processos

    experimentais)

    As reas em que se divide a Fsica so: Acstica (estudo do som); Eletricidade (estuda a

    eletricidade); Mecnica (estudo do movimento); Nuclear (estuda os ncleos e a matria nuclear);

    ptica (estudo da luz).

    ENERGIA

    Energia significa capacidade de se realizar trabalho. O homem, por exemplo, emprega energia

    muscular para fazer determinado trabalho; as mquinas de uma indstria necessitam de energia

    (eletricidade, por exemplo) para realiz-lo; e assim por diante.

    A energia dos alimentos

    Para suprir as necessidades de nutrientes do nosso organismo, ou seja, para ficarmos bem

    alimentados, basta comer o suficiente. No devemos exagerar.

  • Quando o organismo obtm mais energia do

    qque gasta, seu peso aumenta. A obesidade ge-

    eralmente consequncia de um excesso de energia

    n no organismo em relao ao gasto. O excesso de

    ccarboidratos, por exemplo, convertido em

    ggordura e armazenado em clulas que forma o

    tttecido adiposo.

    A atividade muscular a principal forma de

    gastar energia. Metade da energia gasta por uma

    pessoa corresponde sua atividade muscular. Mas

    essa produo varia conforme as atividades

    realizadas por cada pessoa. Num operrio da

    construo civil, por exemplo, aproximadamente

    de sua energia so gastos dessa forma.

    Calorias: medindo a energia dos alimentos Os alimentos, como carboidratos, lipdios e protenas, possuem energia. E essa energia pode ser

    medida.

    A unidade de medida da energia contida nos alimentos a caloria (cal).

    Uma caloria a quantidade de calor necessria para aumentar em um grau Celsius (1C) a

    temperatura de um grama de gua. Como a caloria uma unidade muito pequena, mais fcil medir a quantidade de energia dos

    alimentos em quilocalorias (Kcal): uma quilocaloria (1Kcal) igual a mil calorias (1000 cal).

    Observe alguns exemplos de alimentos e suas respectivas quantidades aproximadas de energia:

    Alimento Quantidade Calorias

    Caf com acar 1 xcara de 50 ml 33

    Suco de abacaxi natural 1 copo de 240 ml 100

    Costeleta de porco 2 unidades (100g) 483

    Hamburger bovina 1 unidade (56g) 116

    Salsinha 1 unidade (40g) 120

    Biscoito Recheado chocolate 1 unidade 72

    Biscoito integral de trigo 1 unidade (15g) 28

    Banana 1 unidade (65g) 55

    Batata 100g 83

    Leite integral 1 copo 166

    Ovo 1 unidade 77

  • A quantidade de calorias necessrias a uma pessoa depende da sua idade, seu sexo, de seu peso e de

    sua atividade fsica. Veja alguns exemplos:

    Fases da vida Energia necessria (valores

    aproximados em Kcal/dia)

    Beb em fase de amamentao 950

    Mulher em fase de amamentao 3100

    Adolescente do sexo masculino 3200

    Adolescente do sexo feminino 2300

    Veja agora a quantidade de calorias gastas em algumas atividades do cotidiano por 1hora:

    Atividades Energia gasta (valores aproximados em

    Kcal/dia)

    Assistir aula 126

    Assistir TV 70

    Dormir (8h) 60

    Danar 315

    Correr 560

    Nadar devagar 560

    Andar de bicicleta 400

    Fontes de energia

    Nos primrdios, o homem utilizava apenas a energia dos prprios msculos, Com o decorrer do

    tempo passou a usar tambm outras formas de energia, tais como a fora animal (boi, cavalo), o fogo

    (queima de madeira), a gua (rodas d'gua) e o vento (moinhos).

    A partir do sculo XVIII, com a Revoluo Industrial, o homem passou a utilizar as chamadas

    fontes de energia modernas, de rendimento muito mais elevado (carvo mineral, petrleo e gs natural,

    hidroeletricidade, energia atmica ou nuclear), que juntas, respondem por cerca de 95% de toda a

    energia utilizada no mundo.

    Classificao das fontes de energia

    As fontes de energia primria, ou seja, a energia fornecida pela natureza so classificadas em:

    1. Renovveis, assim chamadas porque nunca se esgotam, isto , so fontes contnuas de energia. Por

    exemplo: solar, hidrulica, elica (dos ventos), dos vegetais (lenha, carvo vegetal) e outras.

    2. No-renovveis so aquelas que se esgotam com o uso. Compreende os minerais energticos e

    radioativos como carvo mineral, petrleo, xisto, urnio.

    Podemos classificar, tambm, as fontes de energia em antigas ou arcaicas (fora muscular animal e

    humana, fogo etc.), modernas (carvo mineral, petrleo, hidroeletricidade e energia nuclear) e

    alternativas (energia solar, elica, das mars, geotrmica e outras).

  • Energia Mecnica

    Energia mecnica aquela que acontece devido ao movimento dos corpos ou armazenada nos

    sistemas fsicos. Dentre as diversas energias conhecidas, as que veremos no estudo de dinmica so:

    Energia Cintica;

    Energia Potencial

    Energia Potencial Gravitacional;

    Energia Potencial Elstica;

    Energia Cintica a energia ligada ao movimento dos corpos. Resulta da transferncia de energia do sistema que

    pe o corpo em movimento.

    Energia Potencial Energia Potencial a energia que pode ser armazenada em um sistema fsico e tem a capacidade de

    ser transformada em energia cintica.

    Conforme o corpo perde energia potencial ganha energia cintica ou vice-verso.

    Energia Potencial Gravitacional a energia que corresponde ao trabalho que a Fora Peso realiza.

    obtido quando consideramos o deslocamento de um corpo na vertical, tendo como origem o nvel

    de referncia (solo, cho de uma sala, ...).

    Energia Potencial Elstica Corresponde ao trabalho que a Fora Elstica realiza.

    EXERCCIO : VERDADEIRO OU FALSO?

    ( ) O Petrleo um recurso finito e seu esgotamento, segundo algumas estimativas, pode no

    ultrapassar os prximos 40 ou 50 anos, o que o torna uma fonte de energia que no se renova. Alm

    disso, o fato de ele ter sido primeiramente refinado antes de ser utilizado e transformado em outros

    elementos, como o diesel e a gasolina, tornou-o um recurso secundrio.

    ( ) A energia solar, da forma como foi apontada pela alternativa, uma fonte primria, pois utilizada

    diretamente pelo ser humano.

    ( ) O etanol uma fonte de energia renovvel, pois sua produo acompanha a demanda de sua

    utilizao.

    ( ) Uma fonte primria refere-se forma de utilizao de uma fonte de energia, e no s suas

    caractersticas em si mesmas. Por exemplo: o petrleo bruto, utilizado diretamente, uma fonte

    primria; porm, quando ele refinado e transformado, passa a ser co